Saltar para o conteúdo

Ouvido na TSF

21 Maio, 2009

Discussão surrealista no Parlamento. O partido do governo a defender incentivos à importação de automóveis (que por vezes apareciam disfarçados de medidas ambientais). A oposição a defender que os incentivo defendidos pelo governo não chegam para revitalizar o comércio automóvel. Num ano de crise profunda, os nossos deputados entretêm-se a discutir a melhor forma de estimular a indústria automóvel alemã.

Estes mesmos deputados, ou outros como eles, estarão em breve a discutir o grave problema do défice externo e a propor medidas de incentivo às exportações. Ou então, estarão a discutir o grave problema do excesso de automóveis e a propor incentivos aos transportes públicos.

Anúncios
7 comentários leave one →
  1. 21 Maio, 2009 09:45

    Vamos ver se percebi. Os deputados estiveram a discutir a melhor forma de estimular as marcas alemãs de automóveis?
    E camionetes?

    Gostar

  2. 21 Maio, 2009 10:27

    Só pode ser brincadeira, com a carga fiscal que há sobre automóveis só leva horas a discutir o assunto quem não quer fazer nada.

    Gostar

  3. 21 Maio, 2009 10:44

    É demasiado ridículo… Nem governo nem oposição sabem o que raio fazer para combater a crise. É uma idiotice completa!

    Eu cá tenho uma pequena sugestão. Para superar esta crise, precisamos de um aumento no consumo, que funciona como um choque eléctrico no coração de uma economia moribunda. Para isso, é necessário combater o desemprego. E, dado que a grande fatia do emprego em Portugal se encontra nas micro e pequenas empresas, porque não investir nestas, dar-lhes o devido apoio (sim, em dinheiro!), pagar-lhes a tempo e horas o que lhes é devido, e sobretudo mudar por completo as regras de pagamento do IVA (por exemplo, como sugerido aqui).

    Agora, tentar salvar Quimondas quando no mesmo distrito mais de 4000 micro empresas fecharam recentemente (o que implica pelo menos 4000 desempregados, muito mais do que todos os funcionários da Quimonda), tentar reanimar a industria automóvel, isso são medidas pouco corajosas.

    Gostar

  4. lucklucky permalink
    21 Maio, 2009 10:55

    Já só resta deixar cair de podre. Essa gente não tem noção alguma do que é que economia e o que faz alguém começar um negócio. Pior é que nos EUA e Europa Ocidental a lógica não é muito diferente.

    Os Portugueses têm o que merecem. Os outros para lá caminham.

    Gostar

  5. Anónimo permalink
    21 Maio, 2009 10:56

    o miranda ouve coisas e deduz coisas e os clientes comentam as coisas deduzidas pelo miranda. ponha lá o link s.f.f.

    Gostar

  6. 21 Maio, 2009 12:44

    A oposição a defender que os incentivo defendidos pelo governo não chegam para revitalizar o comércio automóvel.

    Não ouvi, mas diga-me que foram os deputados do PCP e BE, ou estarão os socialistas de Direita também implicados no disparate?

    Gostar

  7. João de Braga permalink
    21 Maio, 2009 13:01

    Este governo perdeu mesmo a vergonha!!!! Todos os paises apoiam a compra de automóveis, reduzindo os impostos. O que faz o nosso país governado por iluminados (deve ser da maizena), aumenta os impostos!!!!! resultado: quebra nas vendas de 40%. Quem fala em incentivo à indústria automóvel alemã, obviamente não tem noção daquilo que é a indústria automóvel!!!!!! Devem pensar que se fazem carros como quem faz baldes de plástico, tudo na mesma fábrica!!!!!!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: