Saltar para o conteúdo

O extremismo, quando é de esquerda, é “fofinho”

8 Janeiro, 2019

A TVI, na sua crónica criminal (sim, criminal) do programa Você na TV, subordinada ao tema “Precisamos de um novo Salazar?”, decidiu convidar Mário Machado um ex-recluso e antigo líder do movimento Portugal Hammerskins (PHS) para uma entrevista. Imediatamente foi o fim do mundo! O PCP (sim esse!) pediu uma audiência urgente da ERC afirmando que “a Assembleia da República, enquanto órgão de soberania representativo da democracia portuguesa, não deve permanecer indiferente perante atentados aos valores democráticos e humanistas” quando é o próprio a defender e louvar as ditaduras sanguinárias  que nada têm de humanistas e ignora todos os dias as matanças que por lá se fazem!  Os comentadores marxistas, que defendem também as maravilhosas ideologias leninistas, estalinistas, trotskistas, maiostas, chavistas responsáveis pelos genocídios que todos conhecemos da História,  indignaram-se coitadinhos e não pouparam críticas severas (deve ser por medo da concorrência). Entretanto, os “humanistas democráticos moderados e tolerantes” ameaçaram de morte o autor da rubrica Bruno de Carvalho e sua família. Mas que hipocrisia monumental é esta?

A ver se nos entendemos: a TVI é uma empresa privada e a decisão boa ou má de trazer este convidado ou outros ao programa, é da sua única e inteira responsabilidade e um direito ao abrigo da liberdade de expressão numa sociedade que se diz democrática. Não coagiram ninguém a assistir ao programa. Há um botão na TV que liga e desliga para quem quiser. Somos livres. Estava enquadrado num programa de entretenimento numa rubrica criminal (repito, criminal). A escolha, mesmo que polémica, não deve ser condicionada porque isso é censura. É o regresso do “lápis azul”.  E para quem enche a boca constantemente para relembrar a censura de Salazar, não deixa de ser irónico esta colagem fascista da malta da esquerda ao “ditador”. Decidam-se! Porque se é para proibir os extremistas, proíbam-se TODOS! Ponto.

Tenho tolerância zero à hipocrisia. Não, não sou defensora de extremismos sejam de direita ou esquerda. O que está aqui em causa é a dualidade de critérios que os esquerdistas impõem consoante suas conveniências apelidando de “fofinho” e heróico todo o extremismo CRIMINOSO de esquerda. Só isso. Vamos a exemplos?

Comecemos pelos “artistas” da extrema esquerda do BE e PCP que têm assento no Parlamento e que assumidamente enaltecem, defendem e louvam ditadores assassinos como o foi Fidel Castro, Che Guevara e ainda o são, Nicolás Maduro e Kim Jong-un e que nos entram a toda a hora, pela casa adentro em horário nobre, em tudo quanto é tv, a defender essa ideologia hedionda, que quer no presente quer no passado, exterminou milhões de pessoas (mais de 100 milhões) só para impor à força o comunismo. E pior: só com 8% de votos estão em coligação a decidir (destruir) nossas vidas colados ao Costa, à espera de uma oportunidade para colocar essa ideologia mortífera em prática. Alguém se incomoda com isto?

Depois temos Otelo que foi um dos fundadores das FP25, um grupo terrorista perigoso que assassinou gente só por questões ideológicas nos anos 80 e que não foi condenado porque foi amnistiado por Mário Soares, mas mesmo assim  encheu as televisões de entrevistas. Veja aqui mais detalhes sobre o tema. Alguém se incomoda com isto?

Recuando ainda mais no tempo, temos Rolão Preto um líder do Movimento Nacional-Sindicalista inspirado em Hitler que se descrevia como anti-democrático, anti-comunista, anti-burguês, anti-parlamentar, nacionalista, corporativista e familiar. Ou seja um radical extremista que queria derrubar Salazar para impor outra ditadura mais “fofinha” – a dele. Como lutou contra o ditador, Mário Soares acabou por, a título póstumo, condecorá-lo com a Ordem do Infante D. Henrique pelo seu «entranhado amor pela liberdade», leia-se, amor ao poder. Ou seja, Soares condecorou um Nazi português. Alguém se incomodou com isto?

Mais recente, na RTP, uma grande entrevista com Isabel do Carmo, um ex-membro do extinto grupo armado terrorista “Brigadas Revolucionárias” em que ela  foi bombista  e assaltante de bancos, reconhecendo que incitou à tomada do poder pela violência, diga-se, terrorismo, e  que nesse exercício morreu gente inocente, entre elas crianças. Na entrevista que pode ver aqui, não só explicou animadamente como assaltava para financiar as armas e material para fazer bombas, como se se tivesse tratado de uma brincadeira inofensiva de adolescentes, como branqueou completamente a gravidade daquelas acções afirmando que foram para derrubar o Estado Novo e devolver a liberdade. Acontece que este grupo formado em 1973, intensificou suas acções terroristas precisamente depois do 25 Abril,  já o governo tinha caído e desmembrou-se para formar as FP25 que actuaram até 1980. Ou seja, o objectivo destes terroristas era tomar o poder absoluto que ainda não tinham conquistado com a revolução dos cravos. Como prémio foi condecorada por Sampaio. Alguém se insurgiu contra esta entrevista?

E para terminar em grande, o famoso Camilo Mortágua a quem já se deu palco nas TV’s, um terrorista da LUAR, também este a tentar impor o comunismo com bombas e sangue e que segundo a filhota foi tudo a “brincar”.  Alguém se revolta com isto?

Se demos palco a estes terroristas e ainda deixamos que eles estejam representados no Parlamento a apregoar a ideologia que só se consegue  impor  com derramamento de sangue, qualquer outro também pode. Vamos lá ser sérios, ok?

A mim não me incomoda que os entrevistem e os mostrem  (até agradeço) desde que os jornalistas façam um trabalho exemplar de investigação isento, fazendo o contraditório  com perguntas pertinentes e certeiras que ajudem a percebermos quem são realmente estes indivíduos para que possamos  fazer um juízo correcto  sobre suas acções.  Isso é serviço público e pedagógico porque dá a conhecer as personagens, o seu modo de pensar e actuar elucidando-nos sobre suas motivações. É com informação de qualidade, disponível a todos, que se protege a sociedade dos extremismos e não o contrário.  Porque esconder aumenta a ignorância e isso sim é perigoso.

Anúncios
37 comentários leave one →
  1. bst permalink
    9 Janeiro, 2019 17:16

    O populacho Marcelo dos telefonemas não foi a correr visitar o ditador Fidel a Cuba?
    Os muitos cubanos mortos por ordem do ditador não o incomodaram.

    Liked by 3 people

  2. 9 Janeiro, 2019 17:21

    Muito bem . 👏👏👏

    Liked by 1 person

  3. SRG permalink
    9 Janeiro, 2019 18:23

    Artigo notável da Cristina Miranda. Realmente as pessoas,( políticos principalmente) por vezes nem se apercebem das contradições criminosas em que chafurdam. No nosso país qualquer vestígio que seja de direita, a esquerdalhada logo os apelida de extrema. Deviam era ter vergonha de seguir a cartilha de criminosos que assassinaram milhões se pessoas por todo o mundo, e querem lavar o cérebro das pessoas principalmente as mais ingénuas. Mas o povo, não tardará muito abrirá os olhos e irá dar-lhes a resposta que merecem.

    Liked by 1 person

    • Alberto Silva permalink
      9 Janeiro, 2019 22:02

      Só quando o PS puser o povo todo a pão e água.
      A festa socialista ( comunista, maoista, trotzequista, etcetarista) ainda vai durando.
      Anunciam-se Metros, Comboios, Aeroportos, Autocarros, Hospitais, etc. em versão sorridente……Qual austeridade, qual carapuça, isso foi com a Direita, e nós somos de Esquerda, porra!
      As exportações baixam e as importações aumentam, mas qual é o problema? Ainda hoje o Governo foi buscar mais 4000 milhões lá fora! Há-de vir quem pague….
      Sejamos optimistas, porra!

      Liked by 1 person

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      10 Janeiro, 2019 00:30

      Notável mesmo! Lição de história recente e tudo na ponta da língua!
      Leiam, hipócritas deste mundo!

      Liked by 1 person

  4. SRG permalink
    9 Janeiro, 2019 18:25

    Errata: se=de

    Gostar

  5. Daniel Ferreira permalink
    9 Janeiro, 2019 19:07

    Os governantes legalizaram o assassinato de bebés e chamam-lhe Aborto, alguém se importa com isto?

    Os governantes querem legalizar o assassinato de idosos e chamar-lhe Eutanásia, alguém se importa com isto?

    Os governantes querem confundir sexualmente e CASTRAR quimicamente as nossas crianças com a “transexualidade”, assassinando GERAÇÕES futuras inteiras, alguém se importa com isto?

    Os governantes colocaram NAS NOSSAS UNIVERSIDADES terroristas do MRPP a lecionar os nossos jovens, alguém se importa com isto?

    Os governantes expurgaram o Cristianismo da nossa Constituição NO DIA A SEGUIR a terem morrido (assassinados?) 13 portugueses numa celebração Cristã na Madeira, alguém se importa com isto?

    Os governantes colocaram na nossa Constituição que não é preciso ser filho de portugueses para ter cidadania Portuguesa, alguém se importa com isto?

    Os governantes retiraram Eça de Queirós e reescreveram os manuais escolares da nossa FANTÁSTICA história e agora puseram como leitura obrigatória um texto a denegrir o Bartolomeu Dias enquanto pagam a mais um da escumalha!!!, alguém se importa com isto?

    Os governantes tem um acordo “de Felicidade” assinado com a Arábia Saudita, que tem na sua constituição a perseguição e assassinato de Cristãos ao dia de hoje!!, coisa que fazem sem cessar. Alguém se importa com isto?

    Os governantes assinaram um acordo “de modernização de material administrativo” (!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!) com o Iraque, o país com o maior número de campos de recrutamento do estado Islâmico e onde estão a chegar contentores sem qualquer supervisão alfandegária, alguém se importa com isto?

    Os governantes estão a tentar colocar o Patriotismo, força UNIFICADORA NACIONAL que perdura à mais de 850 anos como algo extremista e que deve ser eliminado!! E foi para isto que a palhaçada do também ator Mario Machado serviu, alguém se importa com isto?

    Não é por acaso que os “pedosexuais” do Grupo de Lisboa Oriental tem na sua página da wikipédia que foram importantes na retirada da pena de morte. É obvio que para quem não planeia mais nada a não serem crimes de lesa-pátria até não haver mais pátria, este ponto tenha sido importante.

    Liked by 3 people

  6. 9 Janeiro, 2019 19:55

    Republicou isto em Palhota-da-Malamala.

    Gostar

  7. 9 Janeiro, 2019 19:58

    Muito bem D. Cristina Miranda, mais uma partilhada na Palhota.

    Liked by 1 person

  8. lucklucky permalink
    9 Janeiro, 2019 20:37

    Calma, calma novi-linguagem do jornalismo Marxista esses não são “extremistas” são “activistas”.

    Imaginemos que o jornalismo chamava a Mário Machado “activista”…..

    Liked by 1 person

  9. Arlindo da Costa permalink
    9 Janeiro, 2019 20:53

    Vocês caem no ridículo ao defenderem Mário Machado, um criminoso e cadastrado e que nada tem a ver com ideologias políticas e muito menos Salazar.

    É uma desonra para Salazar incluir este berbere Mário Machado no grupo de apoiantes do ex-ditador.

    E quem advoga a presença de Mário Machado também devia advogar a presença de todos os pedófilos, violadores e assassinos nos programas da manhã e da tarde.

    Como é que Portugal pode ser um país decente com este tipo de gente???????

    Gostar

  10. Toino permalink
    9 Janeiro, 2019 21:03

    Retifico apenas uma coisa. As FP25 atuaram até meados dos anos 80 e não “até 1980”. A maior parte dos crimes e, os mais graves, foi entre 84-86. Nessa altura já havia uma constituição aprovada “a caminho do socialismo” e já tinha havido diversas eleições de mocráticas.

    Liked by 1 person

  11. 10 Janeiro, 2019 00:24

    Fabuloso! consegue fazer toda essa arenga sem fazer uma única, uma só crítica que se veja, a Mário Machado. No fundo, enquadra-se naquilo que critica: se forem mais “do nosso lado”, deixa-mo-las passar sem problemas de maior.
    Mas já se deu ao trabalho de escrever um post tão longo, devia ter tomado as devidas notas antes: tirando Otelo e as FPs (e obviamente os Fideis e Kims que enumera mais acima) não sei quais as vítimas mortais de todos os outros. Isabel do Carmo fazia parte das BRs, não das FP, e apesar de ter andado a brincar aos revolucionários não se lhe conhecem vítimas mortais. O mesmo para o Camilo Mortágua. E também não parece saber que Rolão Preto, tal como outros membros do NS, mudaram o seu rumo depois de dissolvido o movimento e tornaram-se adeptos da democracia liberal. Rolão acabou mesmo como dirigente do PPM, esse partido “nazi”. Soares deu-lhe a medalha a título póstumo por isso, não por andar e imitar o Führer nos jantares do NS.

    Gostar

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      10 Janeiro, 2019 00:37

      Camilo Mortágua assassinou o oficial Nascimento Costa a bordo do Santa Maria. O filho dele estava na barriga da mãe e NUNCA conheceu o pai.
      Informe-se!

      Gostar

      • 13 Janeiro, 2019 02:29

        é precisamente por me sentir informado que repito que não tenho conhecimento de mortes por parte de Camilo Mortágua. O oficial de que fala morreu em luta com o contingente espanhol que ocupou o Santa Maria. E a meio que tenha informações em contrário, continuo sem saber quem foram as vítimas de Mortágua.

        Gostar

    • Cristina Miranda permalink
      10 Janeiro, 2019 08:26

      Olhe João, não se disperse com tanta vontade de encontrar argumentos pra sua narrativa. O texto é claro. Não se trata de defesa nem de uns nem de outros APENAS é uma critica à dualidade de critérios. Ponto. Segundo: o facto de Rolão Preto se ter “convertido” não anula seu passado. Terceiro: não disse q Isabel do Carmo pertenceu às FP25. Quarto: o Camilo matou sim

      Gostar

      • 13 Janeiro, 2019 02:33

        Como digo ao comentador de cima, não sei quem foram as vítimas mortais de Mortágua. E sobre a dualidade, haverá assim tanta? Também houve uma rede bombista em meados dos anos setenta no extremo oposto, e alguns deles apareceram também na tv. É com estes que se podem contar os elementos mais violentos da extrema esquerda. De qualquer forma, Mário Machado é um caso diferente porque não é meramente um “actor político”: é um delinquente – que ainda há meses se viu envolvido numa guerra de gangs de motards – a quem querem atribuir um qualquer estatuto político que não tem.

        Gostar

    • Velho do Restelo permalink
      10 Janeiro, 2019 11:37

      Logo, o MM ainda pode ser condecorado ! Só precisa de “mudar de rumo”!

      Liked by 1 person

  12. Os corruptos que se cuidem permalink
    10 Janeiro, 2019 00:40

    Rolão Preto foi condecorado por ter lutado contra Salazar. Nesse sentido, foi condecorado por aquilo que era na altura (um fascista, ele sim – Salazar nunca) e não pela sua militância no PPM do pós-25A.

    Gostar

  13. Os corruptos que se cuidem permalink
    10 Janeiro, 2019 00:42

    Rolão Preto era o verdadeiro fascista do período do Estado Novo, líder dos camisas azuis. OLhe aqui com todas as letras, mesmo no Expresso:
    https://expresso.pt/cultura/2015-10-29-Rolao-Preto-o-fascista-que-apoiou-Humberto-Delgado#gs.5NHUS8Wq

    Gostar

  14. Os corruptos que se cuidem permalink
    10 Janeiro, 2019 00:43

    E já agora, Humberto Delgado o que acha que foi também? Fica a pergunta.

    Gostar

  15. Os corruptos que se cuidem permalink
    10 Janeiro, 2019 00:47

    Tudo o acima referido resume-se no seguinte: Rolão Preto foi um fascista condecorado em “democracia” (ponho sempre este termo entre aspas) pelo grande democrata e antifascista Marocas… eh, eh, ele há coisas do diabo!

    Liked by 1 person

  16. Pedro permalink
    10 Janeiro, 2019 08:40

    “A ver se nos entendemos”

    Desde quando por a TVI ser uma empresa privada está acima da lei ?

    Um criminoso de delito comum que procura publicidade para expandir os seus crimes beneficiou dessa publicidade graças a uma empresa privada.

    Pessoas preocupadas com essa criminalidade pediram a fiscalização das autoridades, que até decidiram em favor do criminoso.

    Qual é o vosso problema ?

    Querem fazer do líder dos hammerskins o mártir da direita liberal ?

    Que falta de gosto.

    Gostar

  17. Manuel permalink
    10 Janeiro, 2019 10:00

    Brilhante artigo da Cristina.

    Liked by 1 person

  18. R. Cardoso permalink
    10 Janeiro, 2019 10:01

    Bla bla bla… Liberdade de expressão e tal! Enfim… Parece que é só quando pende para um dos lados! E a hipocrisia inerente (incluindo alguns dos comentadores de serviço aqui) está mesmo a ficar no ponto… Ai “sociedadezinha” esta… Estás a ficar, estás!

    Liked by 1 person

  19. PiErre permalink
    10 Janeiro, 2019 10:19

    Excelente post de Cristina Miranda. Grato.

    Liked by 1 person

  20. Jorge Mra permalink
    10 Janeiro, 2019 22:41

    5 estrelas. Eu próprio já tinha pensado e comentado esta abordagem histérica do sistema pseudo democrático em que vivemos. E a própria TVI capitulou suspendendo o responsável e seu programa. Será que têm medo???

    Liked by 1 person

  21. António José permalink
    11 Janeiro, 2019 16:19

    há coisas mais impotantes para os portugueses mais importantes do que a história . A cruzada dos portugueses sérios é por a palavra corrupção nas conversas dos portugueses e os mais esclarecidos sobre este tema esclarecer os outros 85% dos malefícios da corrupção sobre a economia do país e que por via deste flagelo somos o 3º pais da união europeia mais pobre e com os politicos, deputados, banqueiros e outras elites a viverem do que roubam com completa impunidade e quem tem culpa não são os juizes mas sim as leis encomendadas aos escritórios de advogados pelos nossos deputados. É preciso mudar as leis de maneira que defendam muito melhor os interesses dos portugueses em detrimento dos politicos corruptos e todas as elites ladras.

    Liked by 2 people

Trackbacks

  1. O extremismo, quando é de esquerda, é “fofinho” – PortugalGate

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: