Saltar para o conteúdo

Análise: futuro do PSD e novos partidos

11 Janeiro, 2019

Arrisco armar-me em politólogo:

Depois da reacção de Luis Montenegro às declarações de Manuela Ferreira Leite, o anúncio da sua intenção de disputar a liderança do PSD não poderia passar deste fim-de-semana, sob pena de passar uma imagem de protagonista fraco e temeroso.

Perdeu, no entanto, a oportunidade de anunciar já ontem em conferência de imprensa que poderia ter organizado e chegar hoje à convenção do MEL já como “candidato” e mostrar nas televisões as “Cortes” a ouvi-lo.

Neste momento, a melhor hipótese de sobrevivência de Rui Rio à frente do partido será, a meu ver, também a pior notícia para a Direita. Ou seja, se Rio quiser maximizar as probabilidades de continuar presidente deverá permitir que eleições internas ocorram ainda antes das Europeias. Se pretender “vingar-se” dos críticos, o ideal para ele será convocar eleições também já e anunciar que não disputará a liderança, deixando Montenegro, Morgado ou outro que avance “queimar-se” com o resultado do PSD no próximo acto eleitoral para o Parlamento Europeu.

O melhor cenário para Montenegro será Rui Rio fazer birra e convocar eleições apenas após as Europeias, mas aí terá certamente uma contenda com outros nomes, nomeadamente Morgado.

Para este último, o que talvez mais lhe convenha é o mesmo que Montenegro, com a diferença de que Morgado se pouparia a desgaste imediato, mantendo-se na sombra até ser conhecido o resultado das Europeias.

Depois das Europeias, tanto Morgado como Montenegro (ou outros) terão uma tarefa hercúlea e sob alta pressão de tempo para juntar os cacos do PSD de forma a não ter um resultado desastroso para a Assembleia da República.

Quanto aos novos partidos Iniciativa Liberal e Aliança, julgo que só sobreviverão após as Legislativas se até lá Rio se mantiver à frente do PSD. Ambos terão de ir a votos nas Europeias, (independentemente de quando haja eleições no PSD) sob pena de defraudarem as elevadas expectativas dos seus apoiantes em tirar teimas e ver quanto valem em votos.

Se houver novo líder do PSD (antes ou depois das Europeias) tanto o Aliança como o Iniciativa Liberal terão muita dificuldade em congregar os descontentes com a liderança de Rio e/ou os agora abstencionistas. Neste quadro, o Aliança poderá fazer uma coligação para as legislativas com qualquer dos novos líderes do PSD. Quanto ao IL, será mais fácil com Morgado, mas uma coligação será um balde de água fria para quem lutou por algo fora do sistema.

Entretanto, se Costa tiver a sorte de conseguir continuar a mascarar razoavelmente a realidade do país, pior para todos nós.

Os tempos não se avizinham famosos e restam-me apenas dúvidas sobre o momento da grande queda que aí virá.

*

Anúncios
13 comentários leave one →
  1. lucklucky permalink
    11 Janeiro, 2019 12:22

    Meh.
    Espero que ninguém se deixe arrastar pelo canto de sereia do PSD suposto “liberal” que quando vai para o Governo defende sempre mais impostos, maiores impostos e mais Estado. Só a um ritmo de aumento menor que a Esquerda.

    Liked by 1 person

    • 11 Janeiro, 2019 12:36

      Que avance a Alternativa ao Regime podre que desgoverna Portugal desde 25 de Abril de 1974.

      Gostar

      • lucklucky permalink
        11 Janeiro, 2019 18:58

        Os Portugueses não querem Liberdade querem um paizinho.
        Aparecesse um Salazar com uma Estrela Vermelha e estariam todos atrás dele.

        Gostar

  2. 11 Janeiro, 2019 13:41

    Telmo Correia,
    Hoje pelas 16 horas o LMontenegro anuncia-se no Centro CBelém. Escute-se pois o que anunciará e porque quer ser alternativa ao RRio.

    Se os indefectíveis do RR não se importarem por o PSD ter nas próximas europeias e legislativas um resultado demolidor, então façam barreira, coloquem-se em trincheiras para defenderem o líder-flop.

    Gostar

    • 11 Janeiro, 2019 16:33

      OPS !…
      Telmo Azevedo Fernandes,
      desculpe-me, não sei o que me levou a confundir o seu nome com o do videirinho.

      Gostar

  3. Pedro permalink
    11 Janeiro, 2019 14:25

    O PSD vive dos grandes desastres da economia mundial provocados pelos seus cúmplices de wall street.

    Daí esperar embevecido por novas crises mundiais, para poder culpar a “esquerda” nacional pelas consequências das crises.

    Um verdadeiro partido de abutres.

    Gostar

    • lucklucky permalink
      11 Janeiro, 2019 19:08

      Está a falar da bolha financeira-imobiliária provocada por ter sido necessário aquecer a economia mundial para pagar os crescentes custos do Estado Moderno?

      Gostar

  4. lupabinocular permalink
    11 Janeiro, 2019 14:39

    Para tudo! A votação para o prémio “Comentário estúpido de 2019” foi precocemente encerrada e o vencedor é o comentador Pedro, das 14:25.

    Liked by 1 person

  5. weltenbummler permalink
    11 Janeiro, 2019 14:44

    o psd afogou-se no rio

    Gostar

  6. LTR permalink
    11 Janeiro, 2019 14:50

    Com um chico-esperto não eleito a governar em desastre e negação ostensivos é muito fácil ganhar as eleições. O que é preciso é ter a língua afiada, porque material para expor a fraude é à tonelada. Talvez alguém me possa explicar como é que um sistema com hospitais que a meio do ano já não têm dinheiro só aumentam a dívida em 50% em mais de três anos.

    Gostar

  7. Luis Lavoura permalink
    11 Janeiro, 2019 15:08

    os novos partidos Iniciativa Liberal e Aliança […] terão de ir a votos nas Europeias, […] sob pena de defraudarem as elevadas expectativas dos seus apoiantes em tirar teimas e ver quanto valem em votos

    Terão de ir a votos nas Europeias por outra razão, que é tratar-se de eleições nacionais com uma alta taxa de abstenção e nas quais por isso pequenos partido têm oportunidade de fazer um brilharete.

    Ainda outra razão, para a Iniciativa Liberal, é que faz parte de um partido europeu e a União Europeia é uma parte importante do seu ideário político.

    Por outro lado, poderão não ver quanto valem em votos, porque é possível que escolham ir em coligação entre si (e talvez com a Democracia 21 se essa se transformar em partido).

    Gostar

  8. 11 Janeiro, 2019 16:52

    LMontenegro foi cristalino na sua apresentação para substituir o inapto RRio e para fazer oposição ao AC-DC e ao P”S”. Veremos se consegue retirar pedregulhos internos dentro do PSD.

    Gostar

  9. Arlindo da Costa permalink
    11 Janeiro, 2019 19:25

    Para o António Costa e para a maioria esmagadora dos portugueses os tempos próximos serão gloriosos e confirmaram o bom senso dos cidadãos.

    Quem não gostar sempre pode ir chorar para o Muro das Lamentações e meter lá umas cunhas 🙂

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: