Saltar para o conteúdo

10 Fevereiro, 2019

Em 1919, um governo português obrigou os ferroviários grevistas a viajarem num vagão aberto à frente das locomotivas para evitar actos de sabotagem, Mas como, mesmo atropelando um pouco as datas, é difícil incluir o vagão-fantasma (ou os “fuzilamentos de Setúbal” levados a cabo pela GNR em 1911) na presente musealização das lutas operárias como sinónimo de anti-salazarismo dessas lutas e desses protagonistas pouco ou nada reza a História. Não fosse a esquerda dona e senhora da narrativa oficial sobre o presente e o passado – essa narrativa em que que a direita surge invariavelmente como inimiga dos trabalhadores – e não estariam reduzidas à condição de notas de rodapé os episódios mais severos de repressão dos trabalhadores em Portugal. File0476

(Foto do vagão fantasma)

 

 

Anúncios
13 comentários leave one →
  1. Contumaz permalink
    10 Fevereiro, 2019 10:47

    Helena

    Gostar

    • Alberto Silva permalink
      10 Fevereiro, 2019 17:38

      Às armas! Às armas!
      Pela Pátria lutar.
      Contra os canhões marchar, marchar!

      Gostar

  2. Contumaz permalink
    10 Fevereiro, 2019 10:52

    Helena
    Devias escrever era sobre a luta de libertação dos povos das nossas ex-colónias contra os colonos de que fazias parte.

    Gostar

  3. helenafmatos permalink
    10 Fevereiro, 2019 10:56

    Pode dizer-me em que colónia vivi? Obrigada, Helena Matos

    Liked by 2 people

  4. 10 Fevereiro, 2019 10:58

    Boa!

    Gostar

  5. Velho do Restelo permalink
    10 Fevereiro, 2019 11:14

    A “memória” é inimiga do “processo revolucionário” em curso !
    Hoje, por curiosidade, fui espreitar o site da amnistia internacional para ver o que dizem sobre “Venezuela”. Até divulgam algumas notícias e relatórios interessantes, mas é preciso pesquisar, enquanto que a notícia dum grupo de jovens contra Bolsonaro merece destaque de “Home Page”!
    É sabido que as prisões do Brasil não são pp um campo de férias, já as da Venezuela devem ser um resort caipira, pelo menos paga-se para lá estar …

    Liked by 1 person

  6. Manuel Assis Teixeira permalink
    10 Fevereiro, 2019 11:30

    Muito bom! O seu artigo .no Observador diz tudo! Até quando? Até quando vamos permitir o domínio desta esquerda sectária e sufocante com a conivência de vários serventuários desde o Marcelo ao Paulo Macedo! Até quando?

    Liked by 2 people

  7. A. R permalink
    10 Fevereiro, 2019 11:55

    Excelente! A esquerdalha ferve e dá gosto ver o azedume: para eles até 1.5 milhões de mortos em África pós-75 é uma conquista.

    Liked by 1 person

  8. 10 Fevereiro, 2019 12:15

    O PC, o BE e o P”S” vão discutir “internamente” o que a HMatos revela. Os resultados serão divulgados por cada um ou em conjunto pela futura e ainda mais alapada nova geringonça talvez…após Setembro de 2014. Ou talvez não, conforme mais uma “iluminação” influenciar o supervisor de Belém.

    Gostar

    • 10 Fevereiro, 2019 12:17

      Errata: 2024.
      Mas 2014 também serviria de desculpa aos gerigonços: “ó pá, nós já condenámos o caso, vocês estiveram distraídos…”.

      Liked by 1 person

  9. 10 Fevereiro, 2019 15:51

    É isso mesmo.
    A esquerda dona e senhora da história passada e presente .
    Que tristeza . !!!!!
    E que mentira pegada muitas vezes !!!!

    Gostar

  10. Alberto Silva permalink
    10 Fevereiro, 2019 17:47

    O que irrita verdadeiramente o “nosso” 1º ministro:
    -A luta dos enfermeiros.
    -O PNR.
    -O Mário Machado.
    -Os coletes amarelos ainda sem motor de arranque.
    -O desprezo de cada vez mais portugueses aos sorrisos do diabo.

    Gostar

  11. JPT permalink
    11 Fevereiro, 2019 10:47

    Cuidado, é melhor não lhes dar ideias com isso do “vagão fantasma” ser culpa do Salazar (em modo “Regresso ao Futuro”)! Relembro que a “camioneta fantasma” (que a corja do “outro Costa” usou para limpar os republicanos liberais), deu azo a uma peça da Barraca e uma série da RTP, ambas, a dizer que a coisa foi montada por um um padre monárquico .

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: