Saltar para o conteúdo

Como é que a Lusa prova isto?

15 Abril, 2019

A Lusa criou um site designado combatefakenews.lusa.pt  O combate passa por publicarem uns textitinhos mais ou menos institucionais em que invariavelmente aparece o seguinte parágrafo:

«As ‘fake news’, comummente conhecidas por notícias falsas, desinformação ou informação propositadamente falsificada com fins políticos ou outros, ganharam importância nas presidenciais dos EUA que elegeram Donald Trump, no referendo sobre o ‘Brexit’ no Reino Unido e nas presidenciais no Brasil, ganhas pelo candidato da extrema-direita, Jair Bolsonaro

Após ter lido esta litania em vários textos da Lusa
‘Fake News’ são “mais um desafio” do que um perigo
Regulador da Comunicação propõe criar lista de sites e sugere sanções
“Os Verdes” defendem “comunicação social plural e contraditória”
Alemães defendem ação rápida das autoridades contra notícias falseadas

Venho solicitar que a Lusa dê exemplos dessa utilização de notícias propositadamente falseadas nessas campanhas eleitorais e por quais candidatos. Ou pretenderá a Lusa que as fake news só são um problema quando o resultado das urnas não confirma os vencedores que a Lusa considera correctos?

Anúncios
17 comentários leave one →
  1. Antonio Maria Lamas permalink
    15 Abril, 2019 11:06

    Ainda por cima a Lusa ´dirigida por um tal Nicolau, um dos “founding fathers” das “fake news”.
    Já se esquecerem da grande entrevista ao grande especialista da grande ONU, o grande Baptista da Silva?

    Liked by 1 person

    • lucklucky permalink
      15 Abril, 2019 19:00

      Ora bem.

      As Fakes News foi a desculpa criada pelos jornalistas por terem perdido as eleições Americanas.

      Gostar

  2. JgMenos permalink
    15 Abril, 2019 11:13

    A esquerdalhada está entre espantada e assustada que comecem a ignorar-lhe o corretês que laboriosamente anda a construir há umas dezenas de anos

    Gostar

  3. Luís Lavoura permalink
    15 Abril, 2019 11:14

    que a Lusa dê exemplos dessa utilização de notícias propositadamente falseadas nessas campanhas eleitorais e por quais candidatos

    Um exemplo de fake new foi a alusão de que Sócrates seria homossexual, posta a circular (indiretamente) pela campanha eleitoral de Santana Lopes.

    Gostar

    • Oscar Maximo permalink
      15 Abril, 2019 14:26

      Muito melhor: não foi o PS que chamou a troika, diz Costa.

      Liked by 1 person

    • Velho do Restelo permalink
      15 Abril, 2019 14:41

      O caso que o bairradino Lavoura refere foi um “equivoco”. Santana referia-se ao Socas grego, mas o Socas tuga até achou interessante a ideia, e foi logo estudar filosofia para França para ficar ainda mais parecido com o grego 🙂

      Gostar

  4. 15 Abril, 2019 11:14

    Fake news são as noticias da Lusa encomendadas por este Governo. Um dia a Lusa será “corrigida” …

    Liked by 1 person

  5. MJRB permalink
    15 Abril, 2019 12:01

    Ora aí está já despudorada e abusivamente em acção e no tempo certo (e combinado) a missão para que foi incumbido o Nicolau. Controlar. Cortar.
    Há vários modos de fazer censura e privilegiar notícias.

    Gostar

    • Rão Arques permalink
      15 Abril, 2019 12:25

      Até que lhe cortem o laço.

      Gostar

      • MJRB permalink
        15 Abril, 2019 14:49

        Eu já lhe cortei os laços há muito tempo como vaidoso jornalista “económico”, defensor de um dos maiores vígaros, promotor dos Baptistas da Silva e agora controlador-mor de notícias.
        Um cromo é um cromo é um cromo, colocado com lápis azul na mão por outro cromo, o AC-DC.

        Gostar

  6. Rão Arques permalink
    15 Abril, 2019 12:11

    Falta Marcelo vir dizer que todas as verdades será apuradas.
    Até prova em contrário serão credíveis e verdadeiras todas as mentiras que soprem com vento a favor dos conhecidos malabaristas com a Lusa ao serviço.

    Gostar

  7. Velho do Restelo permalink
    15 Abril, 2019 12:40

    E quando o autor do texto assume tratar-se duma FN ?
    Ou melhor ainda, classifica o texto como FN, mas parte da informação publicada é correcta e outra parte não, deixando ao leitor o desafio de descobrir a verdade ?
    Haja dinheiro e tudo se resolve. A ERC até propõe que cada orgão de CS crie um provedor ! Pois, isso ia ter um custo que seria compensado com um … digamos contributo (para não usar o termo subsídio) por parte do estado ! Saudosista …

    Gostar

  8. Manuel Assis Teixeira permalink
    15 Abril, 2019 13:54

    Há aí dedo da D. Estrela Serrano a aconselhar o Dr. Nicolau…

    Gostar

  9. 15 Abril, 2019 20:12

    Ver Nicolau Santos, o tal do “ouçam Baptista da Silva”, do “FMI já não vem” no tempo de Sócrates e do “Portugal pode precisar de novo resgate” no tempo de Passos Coelho, preocupado com as “fake news”, é um bocado como imaginar a Ciccionlina preocupada com as badalhoquices que se fazem nos filmes porno…

    Gostar

  10. A. R permalink
    15 Abril, 2019 22:19

    É como o inenarrável Polígrafo na SIC: descobre mentiras à direita e verdades à esquerda.

    Gostar

  11. 17 Abril, 2019 00:43

    ISTO É O RESULTADO DE TEREM COM ADMI UM TAL DE NICOLAU SANTOS.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: