Saltar para o conteúdo

Acho que ainda não fui perfeitamente claro

25 Junho, 2021

Um médico que recomende a alguém saudável a toma da vacina covid é um potencial criminoso. Pode simplesmente ser um mero cartomante, a jogar com a sorte e a acertar, mas pode ser o contrário, um vulgar criminoso. A única forma possível de um médico mencionar a vacina a quem o consulte é a de que, caso este queira arriscar, pode participar no maior estudo clínico de sempre. De outra forma, prefiro o vendedor de enciclopédias porta-a-porta em papel.

O certificado de vacinação é uma fraude, um logro, uma fantochada. Exibir o certificado com orgulho é comparável a exibir o pénis em frente à escola primária, com a atenuante do exibicionista sexual ser alguém que ainda é passível de tratamento psiquiátrico.

Que gente tome a vacina para que os deixem em paz, é tolerável. Que gente tome a vacina porque a isso é coagido por uma corja de criminosos políticos, charlatães da ciência-religião e nazis em saída de armário tem um nome, que repito com todas as letras: C-R-I-M-E.

Nunca descemos tão baixo. Nunca foi tão rápida a descida. Vai tudo ficar bem.

Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: