Saltar para o conteúdo

O berlusconimómetro

17 Novembro, 2009

Hove um tempo em que Belusconi era, em Portugal, o simbolo daquilo que um político não deve ser. Um ministro era fotografado com o Berlusconi e gerava-se um embaraço na lusa pátria. O pior que se podia dizer de alguém era que se assemelhava a Berlusconi. Todos os dias havia anedotas com o Berlusconi e não havia quem  não desse como consensual que o dito por Berlusconi usava uns artifícios legais para não ser julgado. Ninguém se interessava pelos crimes de que o dito Berlusconi era acusado, suspeito, envolvido, arguido ou referido. O Berlusconi era culpado à partida.  Como é que filmavam, fotografavam, escutavam ou obtinham provas para acusar o Berlusconi era coisa que não interessava a ninguém. O Berlusconi era culpado e pronto. Presumo que assim se deve manter mais ou menos pelo mundo. Acontece que em Portugal agora não dá jeito falar do Berlusconi. Parece mal. Pode falar-se mas baixinho. Os artifícios que arranja para não ir a tribunal são agora remetidos para umas breves e começa aser cada vez mais difícil responder à pergunta: o que distingue o nosso primeiro-ministro do Berlusconi? Note-se que este último  anda naquela roda viva com os juízes, que acusa de serem comunistas, por umas coisas que fez nas suas empresas, do género comprar programas de televisão e corromper testemunhas, e não enquanto primeiro-ministro. Se estivéssemos a trocar cromos a coisa não estava fácil!

Para lá das questões judiciais propriamente ditas que francamente espero que se resolvam dentro do quadro legal de cada um dos países mesmo que esse quadro seja francamente absurdo,  Berlusconi e Sócrates partilham a mesma ligeireza, a mesma falta de sentido Estado e a mesma embaraçosa atitude auto-condescendente (sorridente no Berlusconi, furibunda em Sócrates)   quando são confrontados com aspectos equívocos dos seus actos. Como se percebe sei pouco sobre Berlusconi mas vou certamente apurar mais pq este homem tornou-se a na nossa referência. O berlusconimómetro é a melhor medida para avaliar o que nos está a acontecer. É a medida-padrão para percebermos quanto baixámos na escala dos valores.

Anúncios
46 comentários leave one →
  1. balde-de-cal permalink
    17 Novembro, 2009 10:59

    aqui há uma multidão de ratazanas
    piores que o Berlusconi

    Gostar

  2. Acção Directa permalink
    17 Novembro, 2009 11:00

    Engraçado. Acabo de falar no berlusconi para comentar o Daniel Oliveira. No ponto.

    Spartakus.

    Gostar

  3. Rxc permalink
    17 Novembro, 2009 11:02

    O italiano é um mafioso, o nosso é apenas um tipo “porreiro, pá”.

    Gostar

  4. Anónimo permalink
    17 Novembro, 2009 11:02

    O melhor é ficar calada. Não vá a acusação ser por ter chamado nomes á Manuela Moura Guedes ou ao presidente ou ao…

    Dáva-me uma coisinha má
    Uma conversa ao telefone

    Gostar

  5. Anónimo permalink
    17 Novembro, 2009 11:05

    eu passo-me se alguém acusar o PM de calunias e difamações em telefonema privado
    … lol

    caio para o lado!

    Gostar

  6. OLP permalink
    17 Novembro, 2009 11:07

    Qual a diferença entre os dois?
    Berlusconi gosta de mulheres bonitas e novas (isso pelo menos está provado).
    O nosso José…quando muito ….bem…. da Câncio? (prova ainda a fazer já que a mesma se recusa a ser denominada de “namorada”).
    Mas que há diferença há.

    Gostar

  7. helenafmatos permalink
    17 Novembro, 2009 11:09

    Não acho que Portugal ganhe o que quer que seja com este inenarrável caso das conversas com alegadas injúrias a terceiros (as) entre Vara e Sócrates.
    O que quero ver discutido é o que levou ao assalto pelo PS ao BCP e à CGD e como é que uma criatura com o curriculum de Armando Vara acaba a ser escolhido para aquelas funções

    Gostar

  8. General permalink
    17 Novembro, 2009 11:10

    Um pescador de caranguejos, quando ia á pesca tinha por hábito nunca tapar o balde em que colocava os caranguejos que ia apanhando.

    Isso intrigava todas as pessoas que estavam á sua volta.

    Um belo dia alguém que o observava já algum tempo perguntou-lhe:

    – Desculpe, mas explique-me porque não tapa o balde dos caranguejos ? Não tem medo que eles possam escapar?

    O pescador olhou para o individuo e muito calmamente respondeu:

    – Não é preciso… Estes são caranguejos portugueses! Quando um tenta subir, os outros imediatamente o puxam para baixo!

    Gostar

  9. Anónimo permalink
    17 Novembro, 2009 11:17

    #7 se calhar é porque a criatura não é tão má como parece

    Gostar

  10. José permalink
    17 Novembro, 2009 11:24

    Sobre Berlusconi é preciso ler o jornal La Repubblica e a revista L´Espresso, onde escreve Umbero Eco. São os dois órgãos de informação que não estão debaixo da alçada da Mondadori, de Berlusconi. Tal como por cá, para saber coisas do Zé pinóquio, é preciso ler o Sol, agora que a Manuela Moura Guedes não está no jornal da TVI.

    É evidente que na altura em que o Zé pinóquio sair, vai ser preciso ler outros. Mas não o Diário de Notícias, porque no dia em que isso acontecer, o Marcelino vira a casaca. Ou viram-lha.

    Gostar

  11. 17 Novembro, 2009 11:40

    Se alguma vez Sócrates, ou qualquer outro político portuga, tiver as contas bancárias de Berlusconi, estará a marimbar-se para a política.
    Um gajo a nadar em dinheiro, não precisa mergulhar na merda da politiquice.

    Gostar

  12. José permalink
    17 Novembro, 2009 11:43

    Entretanto, em Itália, a coisa já vai Assim

    Gostar

  13. Trolha de capacete branco permalink
    17 Novembro, 2009 12:12

    Sempre é melhor ser milionário e ir para a política, por prazer, do que ser um teso semianalfabeto e ir para a política para enriquecer, não só com o salário, claro !

    Gostar

  14. Rxc permalink
    17 Novembro, 2009 12:35

    9, olhe que eu acho que é precisamente por ser tão mau como é (reles, baixo, sem escrúpulos), que está onde está…

    Gostar

  15. Porcageiro permalink
    17 Novembro, 2009 12:41

    o Berlusconi ainda lá está, como está o Alberto da Madeira

    Gostar

  16. Euroliberal permalink
    17 Novembro, 2009 12:53

    Comentário relativo ao precedente post do Gabriel, que bloqueia os europatriotas:

    Imperialista era a velha ordem pré-1945, em que todas as potências europeias eram potencialmente inimigas de todas as outras, variando as alianças ao sabor das relações de força momentâneas. Essa Guerra CIVIL europeia de mil anos terminou com a constituição da CEE que substituiu uma cooperação fraterna à rivalidade mortífera entre os estados-nações. O resultado foi (finalmente) a PAZ Perpétua (Kant dixit) na Europa. Mas enquanto o modelo não é exportado mundialmente é preciso assegurar a paz externa com um exército Europeu, é óbvio que sim. BIBAUROPA !

    Gostar

  17. 17 Novembro, 2009 12:55

    Os crimes de que é acusado Berlusconi, fraude fiscal e corrupção de actos judiciais, seriam-lhe porventura mais fáceis de executar impunemente se não estivesse no palco da política.
    Silvio não resiste ao estrelato, tendo até inspirado com a sua alcunha “Caimão”, o cineasta Moretti que fez um filme com esse mesmo título.

    Gostar

  18. 17 Novembro, 2009 13:03

    Helena,

    O italiano só recentemente recuperou a liderança dos odiozecos politicamente correctos do pessoal da “comunicação” e do comentário, tipo aquela múmia do açoriano Resendes. É que eles são muito sérios (porque não riem). Antes de 2009, o top do odiozeco era o W. Bush, mas aí não pegavam por processos e coisas do género, mas sim por ele ser belicista, americano e burro. Como, agora, têm o “moreno”, que é um querido* , viraram-se outra vez para o “berlusco”…

    *não é belicista, veja-se o Afeganistão, nem burro, ver-se-á o estado em que os states ficam depois dele, nem americano… então não é africano?

    Gostar

  19. atom permalink
    17 Novembro, 2009 13:17

    Então o Blasfémias está zangado com o seu correligionário Berlusconi. Este pessoal de direita nunca mais se entende…
    Organizem-se!

    Gostar

  20. Golp(ada) permalink
    17 Novembro, 2009 13:17

    este “astójio” do Piscoisa diz:

    “Se alguma vez Sócrates, ou qualquer outro político portuga, tiver as contas bancárias de Berlusconi, estará a marimbar-se para a política.
    Um gajo a nadar em dinheiro, não precisa mergulhar na merda da politiquice.”

    Esta pérola, demonstra bem a falta de visão, dado que NÂO só o dinheiro motiva, mas sim o PODER, hò “astójio”.

    Gostar

  21. 17 Novembro, 2009 13:24

    Alguém julgar que o poder político é o maior dos poderes, só pode estar a sonhar com Hitler, e mesmo esse, viu-se como acabou.

    Gostar

  22. Hawk permalink
    17 Novembro, 2009 13:40

    Creio que há por aqui muitos invejosos por não serem convidados para as festanças que o tal antigo cantor de cruzeiros marítimos dava na sua casa de praia (ou campo, tanto faz),

    Gostar

  23. helenafmatos permalink
    17 Novembro, 2009 14:00

    Era mesmo o que me faltava ter de aturar nesta caixa de comentários gente que vem para aqui colocar aquilo que noutros blogues ou noutro post não lhe deixam. Já tenho que me chegue!

    Gostar

  24. Golp(ada) permalink
    17 Novembro, 2009 14:13

    Ao Piscoisa:

    Outra pérola:

    “Alguém julgar que o poder político é o maior dos poderes, só pode estar a sonhar com Hitler, e mesmo esse, viu-se como acabou”

    Verdades à La Palisse.
    Diz algo original ou então fecha a matraca.

    Gostar

  25. IsabelPS permalink
    17 Novembro, 2009 14:14

    HM: “Não acho que Portugal ganhe o que quer que seja com este inenarrável caso das conversas com alegadas injúrias a terceiros (as) entre Vara e Sócrates.
    O que quero ver discutido é o que levou ao assalto pelo PS ao BCP e à CGD e como é que uma criatura com o curriculum de Armando Vara acaba a ser escolhido para aquelas funções”

    Pois.

    Gostar

  26. anonimo permalink
    17 Novembro, 2009 14:24

    #24 – se querem ter participação de pensamento único é contratar pessoal para seleccionar os comentários alinhados e responder alinhadamente. o site meter também pode ser trabalhado de acordo, acho que a conta blafémias está a cargo de uma sobrinha do godinho.

    Gostar

  27. José permalink
    17 Novembro, 2009 14:27

    #18:

    “seriam-lhe porventura”.

    O “blog colectivo” do Piscoiso é que o safa. Nunca se saberá se foi o Piscoiso ou a Piscoisa a escrever assim.

    Gostar

  28. anonimo permalink
    17 Novembro, 2009 14:33

    “O “blog colectivo” do Piscoiso é que o safa.”

    tu é mais para a troca e usurpação de nicks, declarações de honestidade, certidões de competência e atestados de conhecimento.

    Gostar

  29. 17 Novembro, 2009 14:34

    #24. HM
    Compreendo-a e só lhe agradeço que no meu exercício de um sistemático contraditório, não me tenha censurado, ainda que o insulto não seja prática na minha escrita, só excepcionalmente usado em réplicas de igual jaez, sempre com respeito pelo tema do post.
    Já estranho que deixe passar comentários como os de “Golp(Ada)”, de permanente assédio pessoal, sem qualquer referência ao post (#21, #25).

    Gostar

  30. José permalink
    17 Novembro, 2009 14:37

    ferreira: essa enxaqueca do bestunto nunca mais te larga.

    Gostar

  31. 17 Novembro, 2009 14:39

    #28.
    eheheheh
    O José deu agora em juiz de correctores ortográficos.
    É uma evolução.
    É mais um em assédio.

    Gostar

  32. 17 Novembro, 2009 14:45

    O “nosso” Berlusconi é bem pior que o Berlusconi dos italianos.
    É que o italiano pode ser mafioso (sei lá se é…), mas não conversa ao telefone com o Vara sobre assuntos de Estado, não mete cunhas para o “amigo Joaquim” do DN nem diz que a MMG é “uma p…” e tem “boca de br….”.
    Ora, digam lá se não tenho razão.

    Gostar

  33. José permalink
    17 Novembro, 2009 14:51

    Piscoiso/a:

    Só corrijo as calinadas que afligem um qualquer aluno da escola primária…

    Quanto ao assédio, se for a Piscoisa a falar, podemos temos conversa.Se for o Piscoiso, mais vale dar uma volta a ver se há outros clientes.

    Gostar

  34. 17 Novembro, 2009 18:39

    #34.
    Vc. tem umas peneiras do caraças.
    Eu sou um gajo cheio de erros e não tenho nenhum pejo em os assumir.
    Já a sua obsessão em apontar os erros aos outros, parece algo de patológico, até porque ninguém lhe encomendou o sermão.
    É capaz de ser só exibicionismo.
    Não é grave.

    Gostar

  35. anonimo permalink
    17 Novembro, 2009 18:58

    oh fiscal ortográfico o título de poste é berlusconimómetro ou berlusconimetro. grato pela info.

    Gostar

  36. Eduardo F. permalink
    17 Novembro, 2009 19:24

    Quando um Ministro como Vieira da Silva fala em “espionagem política”, expressão pensada e não resultante de um qualquer “calor” de debate, dirigindo-se directamente à justiça e ao Ministério Público, ao mesmo tempo que Mário Soares classifica de facto “comezinho” aquilo que a PJ designou por rede tentacular, que é isto senão a total berlusconização da vida pública portuguesa?

    Temo, até, que a escala do berlusconimómetro não tenha a amplitude necessária para medir a dimensão do fenómeno!

    Gostar

  37. 17 Novembro, 2009 19:35

    Holleree Dee Doodle
    Yirh
    ops

    Gostar

  38. José Ribeiro da Fonseca permalink
    17 Novembro, 2009 19:38

    O Berllusconi deve estar arrependido de não ter nascido em Portugal.

    Em Itália ele tem a justiça, os juízes e a comunicação social à perna.

    Se fosse nesta pôrra de país ele tinha o salvo-conduto das altas instâncias e a protecção dos ronhas de serviço.

    Puta que os pariu!

    Gostar

  39. Eduardo F. permalink
    17 Novembro, 2009 19:58

    Não é um berlusconimómetro mas é parecido. Conforme se pode ler aqui, numa escala de 0 a 10, temos direito a uma nota de 5,8 no ranking da “percepção da corrupção”. Equiparados ao Porto Rico e um pouco acima do Botswana. Não está mal! Resta acrescentar que, também neste índice, caímos 3 lugares face ao ano passado.

    Já sei que haverá alguns, muito ufanos, que virão dizer que, apesar de tudo, estamos à frente da Grécia e da Itália. Ou seja, um pouco melhor que os maus. Medíocres, portanto.

    Gostar

  40. 17 Novembro, 2009 20:01

    O quê, a Itália do Silvio, o Berlusconi, está pior?
    Mamma mia!

    Gostar

  41. Zenóbio permalink
    17 Novembro, 2009 22:44

    “Se alguma vez Sócrates, ou qualquer outro político portuga, tiver as contas bancárias de Berlusconi, estará a marimbar-se para a política.
    Um gajo a nadar em dinheiro, não precisa mergulhar na merda da politiquice.”

    Engano seu, Piscoiso. O Berlusconi tem que chafurdar na merda para conseguir manter-se longe da prisão. Tal como cá, um PM corrupto, tudo faz para torpedear a justiça e furtar-se ao castigo devido.

    Gostar

  42. Anónimo permalink
    17 Novembro, 2009 23:16

    Ó Piscoiso/a eu moro à tua beira. Não tens nada que fazer todo o dia. Ó meu triste vê se passas a fazer qualquer coisa e não queiras ser artista/triste do Blasfémias. Só te fica mal a ti e as tuas francesinhas.

    Gostar

  43. MONKO permalink
    17 Novembro, 2009 23:26

    NÃO SE RECORDAM DUM FILME DE NINO MORETTI,NO QUAL BERLUSCONI E A CAUSA DE TODO E MAIS ALGUMA COISA.
    O FILME CHAMAVA-SR O CAIMÃO.
    A COISA JÁ TRESANDA.

    Gostar

  44. Eduardo F. permalink
    17 Novembro, 2009 23:44

    Por que razão será que o #45 é tão igual ao #18? Ou seja, MONKO=Piscoiso.

    Gostar

  45. MONKO permalink
    18 Novembro, 2009 21:55

    EDUARDO F
    NÃO CONHEÇO NEM SEO QUEM É POSCOISO.
    ESTA A SUPOR SOBRE QUEM NÃO CONHEÇE.
    POR ACASO NÃO LI AQUILO A QUE SE REFERE,SENÃO NEM TINHA ESCRITO NADA.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: