Saltar para o conteúdo

Se isto não fosse trágico dava vontade de rir

13 Dezembro, 2009

«EMEL lança parquímetro individual e serviço de transporte de crianças» A EMEL que se caracteriza por não conseguir tomar conta duns parquímetros pretende agora fazer uma rede de transporte de crianças? Já agora essa rede da CML/ EMEL é uma alternativa a esta anunciada pela CML/Alfacinhas?

9 comentários leave one →
  1. K2ou3 permalink
    13 Dezembro, 2009 12:48

    Só é pena que o ridiculo não tnha ainda o impacto da Gripe A.

    Gostar

  2. 13 Dezembro, 2009 13:57

    Li o link da notícia do Sol e só vejo vantagens.
    1. Em vez da moedinha no parquímetro, utiliza-se um cartão no parquímetro, quando entra e quando sai do estacionamento.
    Parece um serviço mais rigoroso e que evita as tentações dos amigos do alheio, por aquilo estar cheio de moedas. Evita que os parquímetros sejam estragados e evita pessoal na recolha do dinheiro.
    2. Um parque de estacionamento onde as crianças são recolhidas para serem depois transportadas em transporte colectivo aos estabelecimentos de acompanhamento infantil, parece excelente.
    3. Há ainda outra coisa na notícia que o post não refere. É a utilização futura dos parquímentro para abastecimento dos carros eléctricos.

    Não sei como não se lembraram de habilitar o parquímetro a fornecer um cafezinho.

    Gostar

  3. Eleutério Viegas permalink
    13 Dezembro, 2009 15:18

    É para estas m***as que nos roubam no IMI, nas taxas e no IMT. Além do IRS, pois estes fdps de Lisboa não abdicam nem de 0,1.

    E fazem ciclovias, muito úteis, até no cimo dos prédios… Também com dinheiro roubado aos nossos bolsos. Esta das ciclovias é mesmo pacóvia. Julgam o zé e o toino que estão em Amesterdão…

    Gostar

  4. 13 Dezembro, 2009 17:36

    Cada cinquenta anos, o país sonha ser a primeira sociedade liberal avançada do mundo. Cada cinquenta anos, o libertário volta à superfície. Procura-se então um banqueiro ou um professor de economia capaz de casar meio século de bordel com O Espírito das Leis (223)
    “O quinto império”
    Mominique de Roux (1977, Paris

    Gostar

  5. 13 Dezembro, 2009 19:01

    Então e as outras “magníficas” ideias destes sanguessugas desta
    perversa “empresa”, como os pagamentos por telemóvel, etc.
    Nada nem ninguém consegue exterminar esta trampa das emeis e seus muitos esquisofrénicos (mas sacadores) “boys”??
    Esta é uma das faces do espelho da desgraça deste pseudo país!

    Gostar

  6. 13 Dezembro, 2009 19:59

    A autarquia lisboeta, tal como a do Porto, devia era preocupar-se em repovoar a cidade. Caso contrário, corre o risco de o serviço às criançinhas não poder ser concretizado por falta de objecto. Lembram-se, por exemplo, da antiga escola secundaria no Largo do Carmo? Chamava-se Veiga Beirão. Deixou de ter alunos.

    Gostar

  7. anónimo permalink
    13 Dezembro, 2009 20:04

    #6 – “A autarquia lisboeta, tal como a do Porto, devia era preocupar-se em repovoar a cidade”

    é só marcares a hora, que o costa manda um funcionário da autarquia a tua casa cobrir a tua mulher. se tiveres filhas avisa que ele manda reforços.

    Gostar

  8. Ricardo permalink
    14 Dezembro, 2009 12:51

    Alguém reparou na sugestão de fazer o abastecimento de carros eléctricos nos parquímetros a partir de 2011?

    Não é esta uma bela forma de se estender a cobertura de parquímetros a toda a área urbana?
    Há muito que os parquímetros deixaram de servir a sua anunciada e oficial finalidade para se transformarem apenas numa fonte de receita para a autarquia e em mais um imposto para os habitantes.

    Gostar

  9. dói muito? isso passa permalink
    14 Dezembro, 2009 23:12

    E que tal fazer uns parquímetros em forma de porquinhos mealheiros?

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers gostam disto: