Saltar para o conteúdo

A sério?

21 Abril, 2013

Pilar implacável com “censura” – Se Pilar fosse implacável com “censura” teria de ser implacável com José Saramago. Os casais literários são uma canseira e uma estranha forma de vida.

Anúncios
74 comentários leave one →
  1. balde-de-cal permalink
    21 Abril, 2013 09:37

    por vezes o lixo humano junta-se para escrever e publicar umas merdas

    Gostar

  2. imperador permalink
    21 Abril, 2013 09:57

    Saramago o democrata , não me façam rir

    Gostar

  3. YHWH permalink
    21 Abril, 2013 10:10

    Foi de facto tentada censura sobre Saramago (pelo «intelectual» Cavaco Silva e o inimitável bobo da corte
    Sousa Lara…), mas a coisa saíu ao contrário: efeito boomerang.

    Gostar

  4. André permalink
    21 Abril, 2013 10:22

    Do Saramago ainda só li dois livros, o “Memorial do Convento” e “Levantado do Chão”, dois livros bastante interessantes. Gostei de os ler, acho que o Saramago é um bom escritor. Na minha opinião, um pouco melhor que Lobo Antunes.
    Não acredito que Saramago fosse um democrata, mas sinceramente, também não acredito que Cavaco seja um democrata (talvez porque a sua estratégia de não-político também foi usada por Salazar). Muito honestamente, um homem que fez o que ele fez ao longo da sua carreira não tem direito a falar de democracia nem a acusar os outros de serem ou não serem comunistas, como se a orientação política fosse um fator de qualidade literária! Obviamente que para algumas pessoas é, deviam pensar em analisar uma obra de arte antes de pensar no autor dessa obra.
    Sinceramente Helena, se se está a referir ao problema do DN, esquece-se que foi uma decisão promulgada em plenário e que o DN já tinha sido alvo de um saneamento por uma direção anterior. Também é interessante saber que mais tarde, Pinheiro de Azevedo “estrangula financeiramente o jornal. Em 25 de Novembro, o jornal foi suspenso e Saramago afastado.” (fonte DN, pode procurar na internet com a pesquisa saramago dn). Afinal, quem é que fez a maior censura? O que saneou 24 jornalistas com a maioria dos trabalhadores? Ou o que estrangulou financeiramente o jornal e o suspendeu? A Helena devia saber, melhor do que muita gente, que falar dos acontecimentos do verão quente não é linear e que convém analisar todo o percurso do que se passou.

    Gostar

  5. José L. permalink
    21 Abril, 2013 10:35

    São os defensores da democracia à PCP: muito abanam as bandeiras com chavões sobre liberdade e democracia, mas rapidamente arrumam essas bandeiras atrás da porta quando há terceiros a exercer esses direitos de uma maneira que os incomoda e não é aprovada por eles.

    Gostar

  6. piscoiso permalink
    21 Abril, 2013 11:23

    Que post mais estranho.
    A ser assim, nunca uma benfiquista casaria com um sportinguista.

    Gostar

  7. Portela Menos 1 permalink
    21 Abril, 2013 11:35

    Helena é mais adepta de censura relvista…

    Gostar

  8. Fala Barato permalink
    21 Abril, 2013 11:48

    já sabemos quem é o autor dos rabiscos na casa dos bicos… podem chamar a polícia.

    Gostar

  9. javitudo permalink
    21 Abril, 2013 12:00

    1975
    José Saramago é nomeado director-adjunto do Diário de Notícias, de onde viria a sair na sequência do 25 de Novembro, decidindo dedicar-se em exclusivo à escrita. Quando entrou, anunciou aos jornalistas: “Quem não está com a Revolução, é melhor não estar no Diário de Notícias”. Num tempo de opções radicalizadas, os editoriais, apesar de não assinados, vinham marcados pelo seu estilo inconfundível, posto ao serviço da facção gonçalvista do MFA. O saneamento de três dezenas de jornalistas, na sequência de um documento de protesto contra a falta de pluralismo do jornal, colou ao seu nome, visto como o mentor do processo, um rasto de polémica que o acompanhou sempre. Em declarações sobre o tema ao jornal brasileiro Folha de S. Paulo, Saramago assumiu a sua responsabilidade na decisão, mas disse que esta não foi apenas dele, mas de “um corpo coerente de pessoas que fez gorar o golpe preparado no exterior do jornal.”
    Um fdp com Nobel dá mais nas vista do que sem Nobel. É tempo de dizer que o rei foi nu.
    “José Saramago era um homem mau. Cara vincada incapaz de exprimir um sorriso, escrita prenhe de ódio e crítica aos valores mais normais e caros à civilização que o viu nascer, valores esses que ele, com as suas ideias, suas declarações e sua obra, renegou em Lanzarote. »

    Gostar

  10. tric permalink
    21 Abril, 2013 12:07

    Gostar

  11. tric permalink
    21 Abril, 2013 12:14

    Gostar

  12. licas permalink
    21 Abril, 2013 12:29

    javitudo
    Posted 21 Abril, 2013 at 12:00 | Permalink
    1975
    José Saramago é nomeado director-adjunto do Diário de Notícias, de onde viria a sair na sequência do 25 de Novembro, decidindo dedicar-se em exclusivo à escrita. Quando entrou, anunciou aos jornalistas: “Quem não está com a Revolução, é melhor não estar no Diário de Notícias”.
    ___________________________________

    E queixa-se a Pilar/Pilhante de censura . . .
    É que para o José o estar *com a Revolução* seria pelo menos, pelo menos, não
    abrir a boca denunciando o Projecto Stalinista/PCP de conquistar o Poder
    e jamais largá-lo como eles são tão costumados a fazê-lo.
    E queixa-se a Pilar/Pilantra de censura quando o José *saneou* dezenas de
    jornalistas assim que chegou ao Diário de Notícias . . .
    SÓ VISTO . . .

    Gostar

  13. Antonio Almeida permalink
    21 Abril, 2013 13:02

    José Saramago era um ditador cunhalista!
    NO DN, mostrou asua vertente de ditador.
    Quanto a Pilar, nada diferente !

    Gostar

  14. pedro permalink
    21 Abril, 2013 13:02

    Gosto da escrita de Saramago ,mas não esqueço o que o fdp fez no DN.

    Gostar

  15. Fincapé permalink
    21 Abril, 2013 13:38

    Fiquei com dúvidas sobre se a Helena considera que Pilar:
    – não tem o direito de pensar pela própria cabeça;
    – não tem o direito a ter opiniões evolutivas;
    – tem de pensar pela cabeça do Saramago;
    – deveria remeter-se ao silêncio depois da morte de Saramago;
    – deveria usar um véu negro pela cabeça e vestir saias compridas pretas o resto da vida;
    Fiquei ainda com dúvidas se a Helena acha que uma pessoa como Cavaco Silva, que parece demonstrar um vil desprezo pela escrita de Saramago, merece ser presidente de todos os portugueses.

    Gostar

  16. 21 Abril, 2013 13:48

    andré,quem é do pcp é bom .quem não for é á mau.isto aplicado á critica literária dava pano para mangas.ver o que se disse dos escritores fora do neo-realismo cunhalista.

    Gostar

  17. javitudo permalink
    21 Abril, 2013 13:59

    Finca pé, a que propósito Helena teria que responder às suas questões?
    Sabendo das contas de Pilar antes e depis de aturar o velhote estaria em condições de fazer os comentários apropriados.
    Com os políticos do protetorado passa-se o mesmo,
    Só que alguns são conhecidos internacionalmente por ter a massa em offshores.
    Para viver precisam da mãezinha e de fazer empréstimos aos bancos.
    Será que a estupidez e a cegueira viraram doença endémica entre os papalvos?

    Gostar

  18. Expatriado permalink
    21 Abril, 2013 14:02

    Pensamento marciano
    .
    “Quando TODOS pensarem como nos, nao havera necessidade de censura”

    Gostar

  19. Fincapé permalink
    21 Abril, 2013 14:04

    Javitudo,
    E quem lhe disse que eu tinha dito que a Helena teria de responder às minhas perguntas? Aliás, as perguntas fazem-se na escrita com pontos de interrogação, certo? 😉
    ——-
    Mas se o chateiam as minhas dúvidas, leia daqui a pouco (um minuto ou dois), neste mesmo local, um conselho (já viu, um conselho, não uma dúvida) que vou dar à Helena. 😉

    Gostar

  20. Fincapé permalink
    21 Abril, 2013 14:10

    Helena,
    Anselm Jappe está em Portugal. Conheço mal, mas considero um dos maiores pensadores vivos. Hoje vem no Público uma extraordinária entrevista com ele com ideia que eu próprio trago na cabeça há imensos anos, criadas sem nunca as ter lido.
    ” No dia 24, pelas 18:30, proferirá também a conferência «História da Internacional Situacionista», na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, a convite do Instituto de História Contemporânea.”
    Só para chatear o seu incondicional Javitudo, aqui fica um conselho: não vá à conferência. Colide tão fortemente com “pensamento” ultraliberal que, certamente, lhe faria mal.
    PS: se eu vivesse perto e pudesse assistir, sem dúvida estaria presente.
    Com toda a consideração.

    Gostar

  21. 21 Abril, 2013 14:17

    E implacável também os despedimentos, presumo…

    Gostar

  22. carneiro permalink
    21 Abril, 2013 14:25

    passo diariamente em frente da casa dos bicos.
    Cada buraco do pavimento onde a minha mota ressalta faz-me lembrar esta Senhora.

    Gostar

  23. Tiro ao Alvo permalink
    21 Abril, 2013 14:29

    Adré,
    Não se precipite: ouça e leia, que tem muito que apreender sobre o tempo em que Saramago se julgou rei.
    E entretanto leia mais alguma coisa dele. Pode ser que assim chegue lá mais depressa…

    Gostar

  24. Pffff ! permalink
    21 Abril, 2013 14:29

    Significado da palavra: P.O.R.T.U.G.A.L.

    País Onde Roubar, Tirar, Usurpar, Gamar e Aldrabar, é Legal !!!!

    Gostar

  25. Portela Menos 1 permalink
    21 Abril, 2013 14:35

    Para a tralha esta é sempre a pior semana do ano; abrem os armarios e aquilo é só bafio!
    Helena faz o seu papel e o resto é saltar o odiozinho da tralha fascizante.

    Gostar

  26. Expatriado permalink
    21 Abril, 2013 14:39

    A mantra marciana…….

    Gostar

  27. Churchill permalink
    21 Abril, 2013 14:53

    Helena
    Post certeiro.
    Essa individua merecia que lhe fizessem metade que o ex-marido fez aos outros.
    .
    Em todo o caso é chover no molhado, a esquerda é sempre total e absolutamente ditatorial, fazem censura a tudo e não têm pudor de se queixar dos outros.
    Têm dúvidas? Passem por Barreiro, Seixal e Almada, e digam se encontram alguma rua, estátua, edifício, jardim, ou seja lá o que for, que não tenha o nome de algum “artista” comunista? Mesmo os que havia antes, como. onte Salazar, foram renomeados.

    Gostar

  28. Churchill permalink
    21 Abril, 2013 14:55

    Esquecia-me disto, até as escolas mudaram de nome. Sempre que constroem uns pavilhões aproveitam para colocar o nome de Zeca Afonso, António Gedeão, Bento Jesus Caraça, etc.

    Gostar

  29. Expatriado permalink
    21 Abril, 2013 14:58

    Ha’ alguma rua ou estatua com o nome de “Chico da CUF”?

    Gostar

  30. javitudo permalink
    21 Abril, 2013 15:04

    Já tinha saudades do termo fássista.
    Neo liberal, já não chega, ultraliberal é mais sonante.
    O delírio vem com a febre, volatiliza-se co o vento.

    Gostar

  31. Fincapé permalink
    21 Abril, 2013 15:05

    Helena,
    Leia os seus seguidores e veja como é fácil catalogar os escritores: basta perguntar-lhes se são de esquerda ou direita.
    É como os músicos. Tony Carreira e Marco Paulo, grandes animadores de comícios do PPD são bons; Fausto e Deolinda, com posições de esquerda, são maus.
    Vê que é fácil?

    Gostar

  32. Portela Menos 1 permalink
    21 Abril, 2013 15:07

    … Aí estao eles, rapidamente e em força 🙂

    Gostar

  33. Expatriado permalink
    21 Abril, 2013 15:28

    A proposito de censura.
    .
    Os marcianos estao ausentes da sessao de encerramento do congresso da UGT.
    .
    Nao se querem “misturar com fassistas” ou estao a censurar as politicas e orientaçao da UGT?

    Gostar

  34. JDGF permalink
    21 Abril, 2013 15:50

    A ver se nos entendemos.
    Pilar tem alguma coisa a ver com o DN?
    Resta-nos acreditar que Cavaco, na sua avaliação económica (não saberá fazer outra), não valoriza Saramago como um ‘activo’ para o País. É a sua notação.
    O que fizemos para não merecer melhor?

    Gostar

  35. Xico permalink
    21 Abril, 2013 15:55

    Fincapé
    Confunde qualidade artística com qualidade da mensagem. Para sua desilusão, Marco Paulo é muito melhor cantor do que alguma vez o será Fausto. O que não quer dizer que não aprecie melhor a mensagem de Fausto do que a de Marco Paulo.
    Karajan foi militante do partido nazi e é considerado um dos grandes músicos do século XX.
    Já agora, e para não trazer ao barulho os modernos escritores portugueses vivos: Fernando Pessoa era de direita pura e dura, no entanto foi um grande crítico e opositor de Salazar. É considerado tão grande como Camões.
    Céline é um dos melhores escritores franceses do século XX, não obstante ser da direita mais radical e simpatizante nazi.
    Saramago foi de esquerda e é um grande escritor, porque escreve bem e não porque é de esquerda.

    Gostar

  36. 21 Abril, 2013 16:04

    Pilar, a espanhola, devia estar muito caladinha.
    O monhé deu-lhe um monumento nacional para ela expor a sua viuvez vaidosa, atraveu-se a decorar a fachado (imagem aquilo nos Jerónimos), espatifou centenas de milhares de euros para a decoração, e tem a ousadia de abrir a boca num evento onde era convidada.
    É esperta, vai fazer render o falecido até ao tutano, ainda vão aparecer muitos exemplares póstumos.

    Gostar

  37. javitudo permalink
    21 Abril, 2013 16:49

    Ó portela, fuja que els aí vêm com a cruz suástica numa mão a foice na outra que é tudo a mesma sujeira.
    Tenha medo, muito medo, eu por mim já não saio de casa há muito tempo.
    No 25A vou estar na cave a beber laranjada à saúde não sei de quem mas bebo que vai estar calor.

    Gostar

  38. Basto_eu permalink
    21 Abril, 2013 16:52

    Até depois de marado o raio do velho continua a chular dos meus impostos sem minha autorização. Em altura de mexer no “rectificativo” era bom que cortassem algum (ou a totalidade) à fundação desta moinante.
    Já que o gaijo “não queria conviver com um governo que em plena democracia…” e foi para Lanzerot, era bom que ela continuasse por lá e deixasse de chatear.

    Gostar

  39. licas permalink
    21 Abril, 2013 16:53

    JDGF
    Posted 21 Abril, 2013 at 15:50 | Permalink
    A ver se nos entendemos.
    Pilar tem alguma coisa a ver com o DN?
    Resta-nos acreditar que Cavaco, na sua avaliação económica (não saberá fazer outra), não valoriza Saramago como um ‘activo’ para o País. É a sua notação.
    O que fizemos para não merecer melhor?
    ___________________________

    VAMOS LÁ A SABER: Foi por via VAGINAL que a Pilar
    se tornou um GÉNIO ?

    Gostar

  40. Portela Menos 1 permalink
    21 Abril, 2013 16:57

    Javi
    Fale aí com o Fado que de xenofobia ele percebe.

    Gostar

  41. 21 Abril, 2013 16:59

    A Helena não presta mesmo.
    Já repararam que quem deu o Nobel a Saramago nem foram os comunistas mas o entendidos em literatura??? Claro que agora vem a tótó da Helena, porque é uma tótó que mete dó nos comentarios que faz, dizer que Saramago , não sei quantos…
    Li levantado do chão e gostei, tentei o Memorial do convento e é areia demais pro meu trator. Esse deixo para os inteliengente dos Fados, Fadinhos e Fadetes que por aqui andam.
    Helena, comerás tanta merda como os demais quando o que defendes nos ROUBAR até a honra.

    Gostar

  42. Expatriado permalink
    21 Abril, 2013 17:21

    E’ do binho marciano. Da’ ca’ uma pancada……

    Gostar

  43. javitudo permalink
    21 Abril, 2013 17:44

    Ó fincapé, e não é que você cita um filósofo marxista em condições, um tipo que não é cego, explica como os que se dizem comunas no fundo querem é ir ao pote como os outros, de comunas não têm nada.
    Diz o Jappe e muito bem dos comunas de praças como a nossa:”
    “Depois de aceitar, implícita ou explicitamente, as categorias básicas da sociedade de mercado, apenas permaneceram para lutar por uma distribuição mais justa – lutas salariais, implementação e defesa do Estado de bem-estar. Política, extensão do tráfego não é mais o constante negociação em torno da distribuição de riqueza no mercado. Portanto, as variantes sociais democráticas do marxismo leninismo e esquerdistas não foram capazes de compreender os perigos de críticas de que seria apenas o tráfego que atribuem todos os distúrbios do sistema capitalista fatores derivados, como finanças e, em seguida personnaliserait estas estruturas. A transição para o anti-capitalismo do direito, que afirma defender o trabalhador honesto contra “Wall Street” e apresenta os males do capitalismo como o resultado de uma conspiração judaica, só é muito lógico e, em parte, explica a facilidade com que países com grandes movimentos operários foram tão facilmente convertido ao fascismo. Há um certo anti-capitalista, um anti-capitalismo falso e enganador, mas sempre pronto para ir, e agora mais do que nunca, os temas podem até se espalhar para o interior da esquerda”.
    Com tipos assim podemos-nos entender. Se o paulinho das feiras o descobre ainda o convida para o cds.

    Gostar

  44. André permalink
    21 Abril, 2013 18:07

    Basto_eu, se lesse os documentos estatais, saberia que a Fundação José Saramago não recebe subsídios. Saberia que como a fundação foi criada já num período de crise, o Estado considerou (e muito bem, na minha opinião) não dar dinheiro a uma fundação privada.

    Gostar

  45. 21 Abril, 2013 18:20

    André,
    Pois…mas sabes quanto mamou a artista do sistema Joana Vasconcelos para expor em Versalhes com direito a presença do Ministro dos negocios estrangeros Paulo Portas ??? Segundo as má linguas , rondou os 400 mil aerios

    http://caras.sapo.pt/famosos/2013/03/30/exposicao-de-joana-vasconcelos-leva-personalidades-ao-palacio-da-ajuda

    Gostar

  46. Churchill permalink
    21 Abril, 2013 18:27

    André
    Então e quanto é que estão a pagar pelo aluguer da Casa dos Bicos?
    E sendo fundação quanto é que não estão a pagar de impostos?
    .
    Só o permitir que se faça em Lisboa a sede da Fundação do bicho, que disse o diabo de portugueses e de Portugal antes de se exilar em Lazarote, envergonha as pedras da calçada.
    Vá ali fora ver se está a chover!!

    Gostar

  47. licas permalink
    21 Abril, 2013 18:31

    Ai, ai a *presença de P. Portas* é que estragou tudo.

    Gostar

  48. Portela Menos 1 permalink
    21 Abril, 2013 18:48

    o próximo post de Helena – para animar a tralha – é sobre Joana Vasconcelos, a “intelectual” despesista do regime 🙂

    Gostar

  49. 21 Abril, 2013 19:01

    Licas,
    Bem pelo contrario, só que no caso de Cavaco nen o nome conseguiu soletrar.
    Consegues alcançar a diferença???

    Gostar

  50. javitudo permalink
    21 Abril, 2013 19:01

    ó portela até já sabe o que vai na cabeça dos outros. Na sua é fácil adivinhar. Muitos enganos.
    Oiça Joaquim Aguiar, um dos que não anda cá por acaso.
    “Quem tem mais culpa, quem engana ou quem se deixa enganar? Muitos podem querer enganar, mas só terão sucesso se houver ainda mais que aceitem ser enganados. Entre os que querem enganar e os que aceitam ser enganados há outros, talvez poucos, que sabem o que é o engano, que deveriam ter a coragem e a decência de dizerem o que sabem, sem falinhas mansas, com dureza e severidade. Estes são os mais culpados dentro das multidões dos que enganam e dos que se deixam enganar. Porque são os que sabem, os que não podiam deixar de saber, que se esconderam na sombra, deixando o palco aos que enganam e não esclarecendo os espectadores que se deixaram enganar porque ninguém lhes explicou o que lhes ia acontecer.

    E o que sabiam os que optaram por ficar na sombra do palco? Sabiam desde 1995 (o ano em que começa a tragédia) que Portugal tinha perdido os reguladores automáticos que eram a taxa de câmbio (que obrigava à desvalorização e à destruição de riqueza quando a balança comercial desequilibrava) e a taxa de juro (que obrigava a pensar duas – ou vinte – vezes antes de contrair créditos). Esta era uma mudança que obrigava a refazer hábitos e vícios, mas os que ficaram na sombra acharam que não precisavam de dizer nada, tudo estava a evoluir com total normalidade.

    Indecência é saber e ficar na sombra, em silêncio. É claro que uma realidade são as pessoas e outra realidade são os números. O problema é que as pessoas querem números – e foi nos números que as pessoas foram enganadas”.
    ó, portela quer números, aí os tem, uma dívida descomunal causada pelos ladrões que nem você consegue apanhar.
    ó portela até nós temos coisas em comum, eu sei você não aguenta, deixe lá isso passa.

    Gostar

  51. Expatriado permalink
    21 Abril, 2013 19:02

    Este marciano esta’ num intervalo do ensaio da preparaçao do 25A versao XXXIX……

    Gostar

  52. javitudo permalink
    21 Abril, 2013 19:15

    Hollande bate recorde de impopularidade e ó mais ninguém pede a sua demissão.
    O presidente francês, François Hollande, bateu o recorde de impopularidade de um chefe de Estado em França, desde que em 1958 se começaram a fazer este tipo de sondagens, com 74% dos franceses descontentes com a sua política.
    O estudo do instituto Ifop, publicado hoje pelo Journal du Dimanche, indica que o presidente socialista ultrapassa em dois pontos percentuais o pior registo alcançado pelo seu antecessor, Nicolas Sarkozy.
    Na última sondagem, Hollande registou uma impopularidade de 68%. Segundo o Ifop, esta subida de seis pontos percentuais é explicável pelo “caso Cahuzac”, a demissão do ministro do Orçamento por ter uma conta bancária na Suíça não declarada. Apenas um quarto dos inquiridos aprova a gestão de Hollande, valor que regista também uma queda de seis pontos, mas é superior aos 22% obtidos por François Mitterrand em 1991.

    Gostar

  53. licas permalink
    21 Abril, 2013 19:46

    Bolota
    Posted 21 Abril, 2013 at 19:01 | Permalink
    Licas,
    Bem pelo contrario, só que no caso de Cavaco nen o nome conseguiu soletrar.
    Consegues alcançar a diferença???
    __________________________
    A tentativa de calar APENAS FOI PIOR SUCEDIDA
    do que a de Sócrates com Manuela Moura Guedes.

    Gostar

  54. fernando tavares permalink
    21 Abril, 2013 20:29

    Seria já agora que visitassem este blogue onde escrito:
    A CASA DOS BICOS
    Aqui: http://portugalglorioso.blogspot.pt/2013/04/a-casa-dos-bicos.html

    Gostar

  55. licas permalink
    21 Abril, 2013 20:33

    Pelo que diz Javitudo . . .
    Cá é diferente: Com Jorge Sampaio, a dissolver a Assembleia da República (depressa , pá) porque o Governo Santana Lopes estava a perder popularidade. A sorte do Hollande de não ser português sob a chefia de um Rato do Largo . . .

    Gostar

  56. Duarte de Aviz permalink
    21 Abril, 2013 20:35

    E tudo isto é no que dá quando o Estado e os políticos se metem nas coisas da “cultura” com o dinheiro dos impostos. Agora aguentem com a senhora, que remédio.

    Gostar

  57. 21 Abril, 2013 20:51

    Ele há coisas…Enquanto Cavaco nã pesca nada de cultura ao ponto de despresar um Nobel,a sua Maria, grande conhecedora… ficou fascinada com a exposição:
    “A Joana é um grande exemplo do que se faz em Portugal. Tenho um gosto enorme em ter a exposição da Joana aqui no Palácio da Ajuda e sei que ela tem um gosto especial por expor aqui. Gosto muito do trabalho da Joana e das suas peças. Há uma que para mim tem um sentimento especial, pois assisti ao seu nascimento, que é a de tapeçaria, já que fui eu que fui com ela às tapeçarias de Portalegre.” mainada

    Tavares, não te distraias e vai somando quanto é que esta nos vai custar. Cada abelha, é uma pequena fortuna

    Gostar

  58. licas permalink
    21 Abril, 2013 20:56

    fernando tavares
    Posted 21 Abril, 2013 at 20:29 | Permalink
    ____________
    MUITO AGRADECIDO, f. tavares, li e fiquei elucidado
    a quanto nos fica a tal Pilar/Pilhadora/Pulha.

    Gostar

  59. Carlos Fonseca permalink
    21 Abril, 2013 21:34

    E quanto a casais de ocasião e de conveniência social, em que um dos cônjuges escreve e o outro põe-lhe vírgulas eróticas, para pausas respiratórias e de profunda reflexão?

    Gostar

  60. A. R permalink
    21 Abril, 2013 22:02

    A esquerda chique e estúpida que querem fazer os outros iguais a eles. Sabemos que servem só a um sr: marx. E achar alguém contra a censura no meio deles é o mesmo que encontrar uma virgem numa casa de putas

    Gostar

  61. maranus permalink
    21 Abril, 2013 22:17

    De modo que terá sido essa a tirada que incomoda a Helena,
    “Pilar disse que “o tonto” justificou a decisão, afirmando que o romance “ofendia a maioria dos portugueses”, que “um comunista não podia representar Portugal” e que “o livro estava mal escrito”.
    A tirada que chateia a Helena, e não propriamente o dito ‘tonto’, parvalhão sem préstimo, nem o inútil paspalhão de averell do bolo, ainda lembram?, e que País este de tal gente assim ridícula a presidente e ‘sacratairos’ como primeiros desonestos, mentirosos, qual cambada de sectários .

    Gostar

  62. maranus permalink
    21 Abril, 2013 22:20

    A. R. (arlindo do rego) ouviu falar no groucho marx e não lhe sai mais nada. E ó atrasadão, por aí anda ainda a esta hora ?

    Gostar

  63. maranus permalink
    21 Abril, 2013 22:31

    digo, e não troca migalhas do pote por nenhuma largueza de vistas, salutar e pródiga .

    Gostar

  64. maranus permalink
    21 Abril, 2013 22:44

    sem nobreza
    que não vemos nos escritos de Helena,
    que se lembre, oh, tristeza,
    sequer a pontinha de promessa
    e incentivo, de beleza .

    Gostar

  65. Fincapé permalink
    21 Abril, 2013 22:45

    Xico,
    Você não leu bem o que eu escrevi e aponta-me uma confusão que eu não fiz. E diz coisas que eu não abordei. Por acaso, até concordo com aquilo que diz.
    ——–
    Javitudo,
    “Ó fincapé, e não é que você cita um filósofo marxista em condições, um tipo que não é cego, explica como os que se dizem comunas no fundo querem é ir ao pote como os outros, de comunas não têm nada.”
    Obrigado pelo elogio. 😉
    Não será bem assim como diz. No entanto, aquele pensamento enquadra-se numa perspetiva de que tenho deixado tópicos desde que venho aqui comentar como humilde provinciano. São imagens de uma sociedade louca, abordadas de uma forma muito racional.

    Gostar

  66. jojoratazana permalink
    21 Abril, 2013 23:15

    José Saramago, continua a ser uma espinha encravada, na goela de muito democrata de longa data.
    Mas não devemos ligar-lhes, são apenas cavacos, adoradores desta salada a que chamam governo.

    Gostar

  67. AliaZs permalink
    22 Abril, 2013 00:15

    Dasse, a discussão transparesse o imagem de Portugal (Lisboa). Afonso Henriques recussita e degola os mouros. Ainda bem que aqui (aonde?) não queremos brazões nem brasileiros (Camilo), onde se pode, sem vergonha, se troca os “b” pelos “v”, mas nunca Liberdade por servidão!

    Gostar

  68. neotonto permalink
    22 Abril, 2013 06:19

    Os casais literários são uma canseira e uma estranha forma de vida.

    Os casais literarios sao uma canseira porque (tal como a Helena intenta “conduzirnos” hehe “conduzirnos”) , este tipo de casais nunca sería para experimentaçoes e experiencias da fórmula 69. 69 comentarios aqui que chegamos. Aleluia.
    Bom. Nao sejamos tao dogmáticos como a Helena. Também devem existir casais literários que se nao chegam até 69 mais quase, quase. Que mania de simplificar…Referíase por um acaso a uma tal Kodama de Borges?
    A bem dizer ;que melhor legatarias que uma Maria o uma Pilar para continuar com a amigavel tradiçao de levar certas-extranhas-e-genuinas-formas de vida?

    Gostar

  69. 22 Abril, 2013 06:46

    Referíase hehe

    Gostar

  70. Portela Menos 1 permalink
    22 Abril, 2013 08:52

    Já toda a malta percebeu – excepto o Fado – que Neotonto nao é potuguês, por isso os erros de escrita. Mas esta falta de nível do Fado “portugues” …

    Gostar

  71. Castrol permalink
    22 Abril, 2013 14:01

    E esta ainda por cima tem uma Fundação…

    Gostar

  72. Fincapé permalink
    22 Abril, 2013 17:53

    Subscrevo o que disse Portela menos 1.
    Por vezes, algumas pessoas têm de inventar para poder criticar. Senão, não conseguem. É o caso.
    Ai Fado, Fado… que vida é a tua. Ai isto é o Malhão. Malhão, também serve. 😉

    Gostar

  73. Juromenha permalink
    22 Abril, 2013 22:35

    Nesta “hermana”, a total falta de “verguenza torera” é largamente compensada pelo apuradíssimo faro para a “pesetilla”…

    Gostar

  74. falcão permalink
    23 Abril, 2013 22:58

    Ó Lenita!, a inveja é uma coisa tão feia… Ainda para mais vinda de uma blogueira tão séria… Deixe lá, nem todas podem ser musas de grandes criadores literários ou outros… Olhe, deixe-se de coisas, até porque para os cerebrozinhos que por aí andam e de que este blogue é um cabal exemplo, com escrevinhar umas coisas para o pessoal do bairro, a menina já consegue a quota de fama de que muitas – e muitos – gostariam. Até pode vir a ser condecorada por esse génio da cultura e do conhecimento que chegou a presidente da República… Pumba!!! Vinga-se assim do Saramago que nunca conseguiu tal proeza…

    Gostar

Deixe uma Resposta para falcão Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: