Skip to content

3 Agosto, 2013

Os palestinianos têm a televisão do Hamas

Os venezuelanos têm coisas como esta

 

Nós temos esta versão da Carbonária-Formiga BrancaPoiares Maduro e Lomba são tão-somente o fascismo a bater-nos ao de leve à porta

Anúncios
29 comentários leave one →
  1. Joaquim C. Tapadinhas permalink
    3 Agosto, 2013 11:06

    Este jornalista que ocupa lugar de provedor do leitor, ou lá o que isso seja, mais uma designação que no fundo não é coisa nenhuma, devia ser mais comedido no seu sermão. Exprime-se como se fosse um Deus, um ser perfeito, entrando na matilha dos que estão à espera que saia qualquer lebre para a esfarrapar. Todos, os que estamos atentos, sabemos que infelizmente este Governo não está à altura das circunstâncias, mas também sabemos que ele é o fruto das árvores que semeámos. A covardia, que foi uma sementeira que cresceu exponencialmente, é o terreno apropriado para certos oportunistas se evidenciarem. Todos os governantes actuais têm defeitos e naturalmente os terão. E os dos anteriores governos eram a perfeição em pessoas? Os defensores de regimes totalitários de esquerda abriram a capoeira e lançaram aos galgos Maria Luís Albuquerque, dois secretários de Estado, Rui Machete e por fim, outro mais um, de nome Joaquim Jorge, porque quando empregado dum banco esteve em vias de negociar com o governo Sócrates uns contratos swaps, que durante esse governo foram feitos centenas. Agora do provedor do leitor vêm mais dois nomes, limpos dos swaps que estão na moda, mas pessoas ligadas à comunicação social. Isto bateu no fundo e nem a Santa Inquisição usou processos tão refinados.

    Gostar

    • manuel permalink
      3 Agosto, 2013 11:55

      Comentário muito ponderado nestes tempos conturbados.Não acrescentaria mais nada.Parabéns.

      Gostar

  2. Susana Heitor permalink
    3 Agosto, 2013 11:10

    Descontando o exagero e os devaneios literàrios, mascarenhas tem toda a razao. E os jornalistas com um minimo de dignidade e consciência profissional não deviam por um pè naquelas palhaçadas.

    Gostar

  3. Portela Menos 1 permalink
    3 Agosto, 2013 11:30

    Grande artigo de OPINIÃO!

    Gostar

  4. Tiradentes permalink
    3 Agosto, 2013 11:45

    Um palerma aldrabão sempre a falar dos seus homónimos.

    Gostar

  5. A C da Silveira permalink
    3 Agosto, 2013 11:47

    Este empregado predilecto do “amigo Joaquim”, ex sindicalista, e que tem um curso feito como o do Relvas, não se enxerga. Não percebi muito bem onde é que ele quer chegar, mas se calhar, nem ele.
    O Diário de Noticias, não por aquilo que hoje representa, mas por aquilo que foi em tempos, merece muito melhor do que este cretino como “provedor dos leitores”. Só o titulo que ostenta arrepia-me…

    Gostar

  6. Fincapé permalink
    3 Agosto, 2013 11:50

    Por mim, pode muito bem Óscar Mascarenhas vergastar como o fez toda a imbecilidade que lhe aparecer pelo caminho. E que nunca lhe doa a vergasta.
    Mesmo que possa cometer alguns exageros. A não ser assim, até corremos o risco de ficarmos assexuados de tão puros. 😉

    Gostar

  7. Carlos III permalink
    3 Agosto, 2013 12:36

    O Mascarenhas parece um pouco exaltado. Talvez haja mais alguma coisa que não lhe agradou de todo.

    Gostar

  8. JP Ribeiro permalink
    3 Agosto, 2013 12:44

    Não percebi nunca qual a função de um provedor do leitor mas no DN parece ser a de estar vigilante a ver o “ovo da serpente”, recordando assim a fala de Brutus quando se refere a Julio César. Ah ganda cultura! Será que tal como Brutus, este mais modesto Óscar quer assassinar (ou promover o assassíno) de algum seu parente? Ou teremos aqui apenas um caso de um modesto educador do tipo avante ó vítimas da fome!

    Gostar

  9. minivan permalink
    3 Agosto, 2013 13:53

    Ó Helena, não te esqueças do Cavaco e da inspiração de nossa senhora na sétima avaliação. Uns vêem passarinhos, outros vêem senhoras em cima de árvores.

    Gostar

  10. Pável Rodrigues permalink
    3 Agosto, 2013 14:23

    Estes jornalistas de “matilha” que por cá campeiam não têm vergonha nem juízo. Viúvas do socretismo, enchem agora a boca de “anti- fassismo”, para tentar disfarçar a condição de mainatos que lhes coube no triunfo do regime social/socialista que conduziu Portugal à bancarrota. Agarrados aos escombros da obra miserável que ajudaram a edificar, sentem-se na obrigação de retribuir as prebendas múltiplas e as chorudas benesses de que beneficiaram durante aquele que ficará na nossa História como um dos seus períodos mais negros e ….tristes.
    Não tenho qualquer tipo de simpatia nem por Poiares Maduro nem por Pedro Lomba. Parece-me que se trata de “mais do mesmo”, ou seja , mais social/socialismo. Mas não pactuo com este tipo de ataques. Será que as “actividades jornalísticas” por eles patrocinadas – os tais briefings com a imprensa- seja lá isso o que for, estão a colocar em risco a ditadura do jornalismo de causas que retirou qualquer independência e objectividade à nossa imprensa, e de que o sr. Orcas Mascarenhas é reconhecidamente um dos principais provedores? Se assim for, vivam os briefings! Vivam.
    Só não entendo como Helena Matos pôde limpar-se a “este” avental ! Ou terá sido simplesmente uma provocação, para testar os seus leitores?

    Gostar

  11. RCAS permalink
    3 Agosto, 2013 16:11

    Pável Rodrigues
    “Presumo” que o meu caro seja um admirador profundo, do blog “Portugal Profundo” de António Balbino Caldeira… que era e é uma especie de cãozinho Pavlov, que em tempos Sócráticos, comandava a matilha, sempre prontos a salivar ódio ás hostes Sócráticas!

    “triunfo do regime social/socialista que conduziu Portugal à bancarrota.”
    “Sempre que me defronto com “esta filosofia” penso sempre estar perante alguem que:
    1- É simplesmente ignorante. Fala por falar. A grande maioria!
    2- Não é ignorante, sabe algumas coisas, mas é bovinizado, o caso dos militantes partidários,( os empalados claro) ou simpatizantes fundamentalistas. Sacodem sempre a agua do capotea assobiando sempre para o lado. Ponto!
    3- É politica e intelectualmente desonesto, problema vulgar nos responsáveis partidários!
    Lanço-lhe um desafio… mostre aquilo que vale, e diga-me baseado em dados oficiais, qual era a situação orçamental, o defice, a divida, e a taxa de crescimento do País, no primeiro semestre de 2011, convença-me se quiser e souber.
    Se não sabe ou não quer… um conselho, vá dar banho ao cãozinho!…

    Gostar

    • Joaquim C. Tapadinhas permalink
      3 Agosto, 2013 17:24

      Há pessoas que nasceram com o condãozito de acertarem em tudo, tudo saberem e estar sempre do lado da luz. Foram abençoadas e, por ter tal sorte, não deviam tratar menos respeitosamente os infelizes que não tiveram tal oportunidade. Ninguém escolhe a família onde nascer, nem o grau de inteligência que possui. Se foram bafejadas pela Divina Providência não deviam ser incorrectas com os seus interlocutores, mesmo que julguem que estes não passam de pobres diabos. Passar bem!

      Gostar

      • RCAS permalink
        3 Agosto, 2013 22:56

        Não me recordo de ter comentado a sua intervenção. E se não comentei foi porque não o considero “bovinizado”… até ver…

        1- É simplesmente ignorante. Fala por falar. A grande maioria !
        É o caso do Pável!…
        Passe bem!

        Gostar

  12. manuel permalink
    3 Agosto, 2013 17:22

    RCAS: As contas estavam “marteladas” a dívida escondida era colossal,ainda hoje, existe muita dívida fora do perímetro orçamental. Quem obrigou a esriturar a dívida foi a troika,porque este governo, se não fosse assim ,continuaria a esconder ppp,swaps,câmaras falidas,dívidas da saúde ,etc.O que parece é que o aparelho do estado foi assaltado pelo crime organizado e quando interrogados pelas comissões parlamentares a resposta é “não me lembro” este silêncio é similar ao “omertà”.

    Gostar

    • RCAS permalink
      3 Agosto, 2013 23:15

      Manuel: o que Vc chama”marteladas”, eram regras do Eurostat em vigor creio que até 2010. Eram regras para o Sócrates, como o foram para Manuela Ferreira Leite, Durão Barroso, Guterres, ou Cavaco Silva!
      Se me perguntar se eu acho bem? digo-lhe NÂO! felizmente acabaram! ainda bem.
      Foi exactamente por isto que o defice do 1ºsemestre de 2011 foi por imposição do Eurostat, de 9,1% do PIB!
      Se tivesse sido aplicado as anteriores regras antes em pleno vigor, o défice não teria sido de 9,1 mas 6,2% do PIB!
      Por isso mmesmo, penso que o resgate, devia ter sido mais ou menos de 120 mil milhões, para cobrir os défices encobertos das empresas publicas!
      “Tentemos” ter um minimo de seriedade nestas coisas, não acha?
      Para isso é preciso “trabalhar” um bocado na pesquisa, e estar atento ao “contraditório” politico, em todo o lado!

      Gostar

  13. Pável Rodrigues permalink
    3 Agosto, 2013 18:42

    Se não forem factores do tipo “dependência financeira”, só factores de ordem psicossocial ou psicopatológica podem justificar esta estranha atracção de alguns “comentadores”, particularmente no Blasfémias, não tanto pela “obra socratina ” mas mais pela personalidade do seu autor. Estranho e inconcebível! Mas cada um come do que gosta.

    Deixando os insultos de parte – uma prática socrática – aqui ficam alguns dos mais relevantes contributos do “grande timoneiro” José Socrates e seus muchachos para a situação de bancarrota em que deixaram o país:

    -Maior desemprego dos últimos 90 anos;
    -Maior dívida pública dos últimos 160 anos;
    -Mais baixo crescimento económico dos últimos 90 anos;
    -Maior dívida externa dos últimos 120 anos;
    -Mais baixa taxa de poupança dos últimos 50 ano.

    Por favor, não me obrigue a quantificar. Basta ir ao Google…
    Afinal eu tinha razão: a Helena Matos só pretendeu deitar lenha para a figueira…

    Gostar

    • RCAS permalink
      3 Agosto, 2013 23:45

      A “obra Sócratina”, qualquer dia vou-te esclarecer os neurónios com umas coisitas… até por comparação com a situação actual, esta sim de quase bancarrota,com um País a empobrecer dia a dia e que já recuou no tempo segundo os entendidos, o equivalente a cerca de 13 anos “apesar” repito “apesar”dos 78 mil milhões da Tróika!
      Não respondeste á minha pergunta:
      “Qual era a situação orçamental, o defice, a divida, e a taxa de crescimento do País, no primeiro semestre de 2011. COM DADOS OFICIAIS!
      Deixa-te de “tretas” vai, pesquisa e aprende que é para acabares, com a “narrativa” própria dos ignorantes e manipuladores,de que não “havia dinheiro para pagar salários e pensões”…
      Claro que mesmo depois de saberes a verdade, assobias para o lado!…é o costune!
      Fazes parte do imeeeeeeenso grupo, daqueles que neste País viveram a crise internacional em perfeito estado de negação!
      Pelo menos no minimo… abre a pestana!

      PS- A personalidade do autor? quem te dera a ti e a nós tê-lo lá hoje, não com gaverno minoritário, rodeado de cassandras á esquerda e á direita, mas com a situação do seu primeiro governo de maioria absoluta!
      Compara com estes mediocres que tens cá agora, “tenta,” faz um esforçozinho… já sei não és capaz, vives em puro estado de negação!…

      Gostar

      • RCAS permalink
        3 Agosto, 2013 23:56

        Um acrescentozinho… as operadoras tem agora,vbas gravações dos programas durante 7 dias.
        Vai à RTP1 e vê o comentário do Sócratico, no Domingo passado! Vê se consegues descortinar a diferença, principalmente no fim do comentário!
        Ficas a ver a “personalidade do autor”, depois… compara!

        Gostar

  14. A. R permalink
    3 Agosto, 2013 23:34

    2 milhões de venezuelanos deitam-se agora com fome num país onde nunca entraram tantas divisas como agora. É a tragédia psicopata do comunismo que os chilenos, já a beira da fome pelas mãos do homofóbico e estalinista Allende, derrubaram na rua e Augusto carimbou.

    Gostar

  15. eramasfoice permalink
    4 Agosto, 2013 03:56

    Andam aqui uns escroques a defender o cocócrates e a sua bancarrota, andam aqui outros escroques bandeados com o governo de merda que temos. Vão todos ser empalados. Já faltou mais.

    Gostar

  16. Pável Rodrigues permalink
    4 Agosto, 2013 08:17

    Isto é mesmo gastar cera com ruim defunto! Mas.cá vai:
    – Os insultos e outras diatribes do linguarejar deste senhor são marcas indeléveis da sua (falta) de cultura – licenciados ao Domingo é o que dá – nada a fazer!
    Estes senhores (os socretinos e os que os apoiaram e apoiam) deviam estar TODOS na cadeia, pois tanto é ladrão o que rouba como os que consentem. Mas por agora é a justiça que temos. Foi feita por eles às suas medidas e conveniências!

    Entretanto, há fortes indícios de que o povo já se vai apercebendo da realidade e os resultados começam a fazer-se sentir.
    Conferir aqui::http://macambuzio.com/2013/07/socras-a-segunda-feira/

    Gostar

  17. Tiradentes permalink
    4 Agosto, 2013 09:45

    Adorável é pedir “dados oficiais”. Mas dados oficiais de quem e de quê? das contas “marteladas” oficialmente?
    Certezas remos poucas mas sabemos que em 2005 o sector público (estado e empresas) tinha de dívida cerca de 96 mil milhões e que em 2011 já tínhamos acrescentado mais 93 mil milhões oficialmente.
    Isto até vir um contabilista escurinho da troika que cada papel que levantava, cada minhoca na gaveta.
    Começou com as PPPs e esta acrescenta mais de 30 mil milhões a 20 anos.As Parpúblicas desta vida são outras e as últimas são as swaps que em 2008 não existiam oficialmente mas que existem oficialmente em 2013.
    “Portantes” oficialmente as contas são todas oficiais, umas mais outras menos,”vareia”.
    O problema maior é que oficialmente esta gente toda teve só matemática de quarto ano ( na quarta classe ainda se aprendia a fazer contas de “sumir”) e o português não é coisa que se entranhe na consciência de muitos senão soletrando.
    Fica assim muito difícil distinguir oficialmente a oficialidade de contas que oficialmente foram oficializadas pelos oficiais e pelos seus oficializados.

    Gostar

  18. Joaquim C. Tapadinhas permalink
    4 Agosto, 2013 10:58

    Para RCAS, com consideração

    O prof. Marcelo, que é um produto que se tem mantido no tempo e resistido a tudo e todos, pois filho do ministro Baltazar Rebelo de Sousa e afilhado de Marcelo Caetano, assentou arraiais na política democrática e vai de-se mantendo como comentador catedrático. Contudo, quando passou pelo período de classificar os outros pela acção ou conhecimento, embora atribuindo-lhes notas baixas ou medianas, nunca lhes chamava ignorantes. Parece que agora o progresso traz um substituto, por acaso mais arrasador, pois este sem conhecer a formação académica ou experiência de vida vivida dos cidadãos, quer em lugares públicos, quer em privados ou nos meios colectivos, atribui-lhes um atestado de ignorância, com uma tal frontalidade, que é preciso ter em conta tanta perspicácia e sabedoria. É bom que ainda haja neste país pessoas tão competentes a avaliar os outros, mas um pouco de contenção, às vezes, fazia jeito e ajudava mais ao ambiente conturbado que vivemos. Desejo-lhe as maiores felicidades do mundo.

    Gostar

    • RCAS permalink
      4 Agosto, 2013 21:54

      Por acaso já o tratei mal? não pois não? imagine porquê?

      Gostar

  19. PaísDeDoidos permalink
    4 Agosto, 2013 14:08

    Esse filho da puta poderia ser o próprio corrupto, soubesse o corrupto escrever; pode ser o corrupto, com um assessor para a escrita ao lado, daqueles que têm tachos (permanentes!)nas empresas “púbicas” e nos chulam, enquanto permanecem ao serviço, na corte de putas e paneleiros, a lambarem o cu das putas e paneleiros que se governam à nossa custa.
    Já ía sendo hora de se dar caça a todos estes filhos da puta.

    Gostar

    • RCAS permalink
      4 Agosto, 2013 21:49

      Deve ser aquilo que pensas de ti própio quando te vês ao espelho!…

      Gostar

  20. JP Ribeiro permalink
    4 Agosto, 2013 20:26

    Regime social-socialista.
    O termo está bem achado e aplica-se como uma luva ao sistema que nos governa há quase quanta anos, e ao polvo que o mesmo sistema gerou. E os que agora ameaçam os críticos do regime actual são invariavelmente os que lhe comem à mesa, às vezes só migalhas, mas sempre na esperança de um dia que se vai fazendo raro, lhes tocar um naco mais anafado.
    Lembro-me como se fosse hoje dos que à pouco defendiam o muro de Berlim, os hospitais psiquiatricos, e até o tiro na nuca que tornou famoso o Che Guevara, mas que agora andam mais mansos a encher a barriga com outras comedorias, e nas horas vagas a escrevinhar na net.

    Gostar

    • RCAS permalink
      4 Agosto, 2013 21:51

      “todo es segun el color del cristal com que se mira”…

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: