Saltar para o conteúdo

Carta aberta à população em geral que sofre e lê blogues na internet

22 Março, 2014

As pessoas que me conhecem sabem o profundo respeito que sinto pelos socialistas. Não há qualquer ironia nesta afirmação, é a mais pura das verdades: pessoas que passam 20, 30, 50, em muitos casos até 80 anos, enganadas, lutando por vitórias de amanhãs adiados, merecem mais que simples respeito, merecem conforto e carinho. Como com meninos, sem acesso à PlayStation enquanto erram sucessivamente os ditados sobre “elétricos” por inclusão de consoantes expurgadas, a dureza subjacente a objectivo impassível é frustrante e desmotivadora para meros pragmáticos.

Quem me conhece sabe o quão valorizo a poesia e a arte renovadora, a mensagem anímica de recompensa em Éden laico por trabalho concretizado num mundo em permanente subjugação capitalista, oprimido desde o momento em que um vertebrado foi caçar bichinhos não-igualitários deixando a fêmea a nidificar.

Sim, a igualdade de género também me preocupa profundamente: milhões de homens, privados de menstruação ao longo de séculos de opressão apenas mitigada pelo castigo da impossibilidade de incubação de nova vida, sofredores, exigem, com razão, fazer valer os seus direitos sociais de igualdade.

Alguns liberais virão com a conversa de que pessoas são capazes de decidir por si próprias, que não precisam de planeamento central, que as comunidades se organizam e providenciam forma de subsistência permitindo a inclusão de quem quer ser incluído… tudo tretas. As pessoas estão sempre zangadas porque os governos são ilegítimos, porque roubam, porque são corruptos, porque querem tacho, porque querem pagar dívidas e/ou porque aplicam austeridade. O que é um facto é que as pessoas têm sempre razão e a democracia não é muito democrática: as pessoas precisam de quem decida por elas sobre as questões verdadeiramente importantes, fracturantes e estruturantes para a comunidade, sempre de forma consensual e respeitando a vontade popular; daí que decidi que a partir de agora posso ser o vosso líder.

36 comentários leave one →
  1. maria ferreira permalink
    22 Março, 2014 19:08

    V.Exª. conhece melhor família do que a Socialista? Eu lamento não ter assinado em 1975 o papelinho mágico. Queria ser livre, por isso não me posso queixar.
    Mário Soares pôs lá 100.000, Guterres 100.000 e Sócrates não ficou atrás. O PSD tb pôs muitos só que a coisa já estava muito explorada. Sei que o meu nº quando passei pelo Estado era o 340.000 se a imprensa diz que são 790.000, é só pedir ao Guterres para fazer as contas.
    Cumps.

    Gostar

  2. JCA permalink
    22 Março, 2014 19:17

    Também com certa ironia mas sem ‘alfinetada’ a quem quer que seja, sem qualquer ofensa a alguém ou correlação com quem por aqui colabora escrevendo, ou demais citados abaixo, atrevo divulgar o seguinte que não sei se é de Esquerda, Direita, Centro, ou Extremos, sequer opinar cientificamente, mas achei curioso para interessados ‘estudados’ na matéria que aborda:
    .
    These Are the 10 Most Psychopathic Jobs

    1. CEO
    2. Lawyer
    3. Media (TV/Radio)
    4. Sales Person
    5. Surgeon
    6. Journalist
    7. Police Officer
    8. Clergyperson
    9. Chef
    10. Civil Servant

    http://www.policymic.com/articles/72653/these-are-the-10-most-psychopathic-jobs-in-america
    .
    Como disse acima não avaliso, apenas curiosidade. Mais especialistas poderão dar um interessante contributo de ‘defesa da honra’ contra ou pró. O que está escrito no site, é o que está escrito por quem diz ser grande cientista, ou especialista sobre Psicopatias e não só como por lá escreve.
    .

    .

    Gostar

  3. JorgeGabinete permalink
    22 Março, 2014 20:57

    Caro VC, já tem um rival para a sua liderança (até às europeias):
    “Nós queremos parar com os cortes que já deviam ter parado há mais tempo e iniciar a recuperação do rendimento, dos salários e das pensões dos portugueses”, prometeu o secretário-geral do PS

    Se lhe disser que os liderados o merecem, ou que você os merece a eles, corro o risco de ser ofensivo, apenas desejo boa sorte 🙂

    Gostar

    • vitorcunha permalink*
      22 Março, 2014 21:10

      Jorge,

      Por vários motivos, sendo que o principal é medo de gente que apunhala pelas costas, apoio incondicionalmente António José Seguro e Francisco Assis até exactamente o fecho das urnas das eleições europeias. Pode ser medo do desconhecido mas, considerando todas as outras hipóteses, parece-me a melhor para todos. 🙂

      Gostar

  4. 22 Março, 2014 20:59

    Resumindo: haja quem nos governe.

    Ave, Cunha!

    Gostar

  5. J. Madeira permalink
    22 Março, 2014 21:36

    A sua proposta não é inovadora! É, mais coisa menos coisa,
    o que se tem passado com a partidocracia que se governa
    nestes últimos 39 anos!!!

    Gostar

    • vitorcunha permalink*
      22 Março, 2014 21:38

      Tem que se tentar ao contrário, então. Tentar fazer eleições ou algo assim.

      Gostar

      • neotonton permalink
        22 Março, 2014 21:43

        A sua proposta é muito inovadora!. Bom post.

        Gostar

  6. 22 Março, 2014 22:09

    desde o momento em que um vertebrado foi caçar bichinhos não-igualitários deixando a fêmea a nidificar.

    Como sabe a leoa caça enquanto o leão dormita.
    Em Paris é também uma leoa que vai caçar o ambicionado posto de regente da cidade.
    O dono do mundo (FMI) é de uma mulher.
    O outro dono do Mundo, o Obama, espera ansioso novas do que a mulher anda a fazer na poderosa China.
    Até em Portugal a segunda figura é uma mulher e na primeira também manda outra.
    Tudo muda.
    Até os comunistas agora já não falam em comunismo que os socialistas nunca o fizeram.
    Palpita-me que não vai ter sucesso.

    Gostar

    • vitorcunha permalink*
      22 Março, 2014 22:19

      Quem é a segunda figura de Portugal? O Joaquim é a primeira.

      Gostar

    • 22 Março, 2014 23:38

      Já era.
      Agora com a entrada do angolanos lá na sociedade perdeu um bocadinho de importância, o que aliás se vê pela classificação do clube do coração dele.

      Gostar

  7. JorgeGabinete permalink
    22 Março, 2014 22:19

    Oponho-lhe uma carta fechada à população em particular que sofre a ler blogs e blogues:

    Aos que entre o sentimento de orfandade e o complexo de Édipo, aos que deserdados de um grande líder se voltam em atracção (não sem revolta) para o lado oposto e aqui desaguam a desancar, aos que, em suma, não pregam aos seus (já nem se conseguem ouvir) e seguem as palavras de sua eminência e se voltam para fora de si mesmos.
    Sabemos da tristeza que vivem no vosso dia-a-dia, idas que são as suas lutas fracturantes, quando se lhes acaba a euforia da rua voltam a encontrar-se perante si mesmos e regressam a essa insatisfação, esse estado de ansiedade. Quantas mais lutas se inventarão para alimento dessa ânsia do estar bem onde não se está? Esse gesticular irreprimido mesmo na ausência (retirada?!) de oponentes, essa salivosa verbalização do desconforto de todos os coitados por estes tempos representados amiúde.
    -Que parvo que sou, pensar que ter/dar o voto me aproximava de mim e agora todos podem participar e decidir?! Até mesmo esses que não sabem que o sonho comanda a vida, tão concreta e empedernida que outra vida não quer…
    Perdi-me… (-:
    Já sei!
    Cuidado com a adição ao ódio, à militância no enxovalho, começam assim e acabam não valendo um… [apagado – disco pedido]
    Alegrem-se, chegou o grande líder, o pai das filhas, mãe dos filhos e elfo dos outros, que abre os braços e diz: venham a mim que sou a vossa casa (já que aqui moram mesmo!) e conciliem esse vosso amor/ódio com a fome de um messias. Pobres dos que tanto tempo buscam uma casa estando nela refugiados, abram os olhos e vejam estas paredes que não impedem ninguém de entrar mas vos tapam a vista para fora, as vossas saudades do que sonharam não se aplacam pela impossibilidade.
    -Agora que já sei como votar, como posso votar em não votar?
    Fecho

    Gostar

  8. @!@ permalink
    22 Março, 2014 23:28

    Ei oh vitor põe a bota em cima outra vez só para ver quem é o lider.

    Gostar

  9. Fincapé permalink
    22 Março, 2014 23:39

    “Alguns liberais virão com a conversa de que pessoas são capazes de decidir por si próprias, que não precisam de planeamento central, que as comunidades se organizam e providenciam forma de subsistência permitindo a inclusão de quem quer ser incluído… tudo tretas.” É verdade, Vítor, tudo tretas.
    Estes liberais são loucos, como diz o Asterix! Veja lá o que seria uma pessoa decidir sozinha construir um aeroporto na avenida da Liberdade. Seria um caos. Ou uma comunidade querer construir uma estrada que não coincidisse com a com a da comunidade seguinte. Era uma chatice. Se calhar, cada comunidade teria de ter um soba. O que nem seria mau. Não eram necessárias eleições.
    E aqui é que encaixava bem a frase do Vítor: “…decidi que a partir de agora posso ser o vosso líder.” 😉

    Gostar

    • neotonton permalink
      23 Março, 2014 06:40

      Veja lá o que seria uma pessoa decidir sozinha construir um aeroporto na avenida da Liberdade.
      .
      Recorde fincape,so se haver lucro…mais se ja for construido por outro/outros e pa, havera que aproveita-lo, nao e?
      Nao lhe recordao estes paxarracos a outros paxaros nomeados cucos…:)

      Gostar

  10. J.Pinto permalink
    23 Março, 2014 08:55

    Eu candidato-me a líder n.º 2, isto se o líder n.º 1 permitir (nada pode ser feito contra a vontade do omnipresente).

    Gostar

    • vitorcunha permalink*
      23 Março, 2014 09:29

      Talvez não tenha conseguido perceber que não me candidatei a coisíssima nenhuma.

      Gostar

  11. Bento 2014 permalink
    23 Março, 2014 09:40

    Só com um campo opcional para abstenção (X) no boletim de voto.

    Gostar

  12. Trinta e três permalink
    23 Março, 2014 09:48

    Já experimentou entender o Estado como simples representante, legítimo, da vontade dos cidadãos, ou o seu exemplo limita-se à realidade portuguesa?

    Gostar

    • vitorcunha permalink*
      23 Março, 2014 10:00

      É para mim? Não me lembro de ter falado do Estado.

      E o Benfica? Lá vai indo.

      Gostar

      • Trinta e três permalink
        23 Março, 2014 10:08

        Aí, essa memória…
        “(…) Alguns liberais virão com a conversa de que pessoas são capazes de decidir por si próprias, que não precisam de planeamento central (…)”.
        E o Benfica vai destacado.

        Gostar

      • vitorcunha permalink*
        23 Março, 2014 10:09

        Aí o planeamento central é o Estado? Eheheheheheh.

        Gostar

      • Trinta e três permalink
        23 Março, 2014 12:57

        Claro que sim. Qual é a dúvida?

        Gostar

      • vitorcunha permalink*
        23 Março, 2014 13:05

        Nenhuma, camarada.

        Gostar

  13. JorgeGabinete permalink
    23 Março, 2014 15:00

    O rival e alternativa credível não se fica: http://www.ionline.pt/artigos/portugal/seguro-diz-nao-quer-ser-primeiro-ministro-diga-sim-tudo

    vale pela foto, legenda: já está equipado com o escafandro (para dois?!) para quando levar o país ao fundo

    Gostar

  14. Luis Moreira permalink
    23 Março, 2014 15:40

    Se deixassem o estado pedir emprestado e nós todos a viver de subsídios tinhamos uma bela vida. Se VEª tem vontade de trabalhar deite-se que isso passa. Há alguma coisa melhor?

    Gostar

    • Fincapé permalink
      23 Março, 2014 16:38

      O Estado ou os representantes medíocres que nós escolhemos (ou não escolhemos) para a sua administração?
      Ou melhor: defina Estado. 😉

      Gostar

  15. A. R permalink
    23 Março, 2014 17:18

    Eh, Eh, Eh .. excelente. Essa do nidificar e falta de menstruação estão interessantes

    Gostar

  16. A. R permalink
    23 Março, 2014 17:19

    … a esquerdalha pacifista vai sair à rua a partir tudo: vidraças de bancos, mobiliário urbano, lojas, calçada portuguesa. A nome da paz e da concórdia dos cemitérios.

    Gostar

    • Fincapé permalink
      23 Março, 2014 17:49

      Calma, A.R.
      Pode ser que a direita trauliteira desta vez não se consiga infiltrar. 😉

      Gostar

  17. PiErre permalink
    23 Março, 2014 19:09

    A que hora começa o jogo? Isso é que interessa.

    Gostar

  18. Veronica Santos permalink
    24 Março, 2014 16:24

    LOL

    Gostar

  19. Veronica Santos permalink
    24 Março, 2014 16:27

    Muito bom este texto….Muitos parabéns…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers gostam disto: