Skip to content

aviso à navegação

11 Março, 2016
by

O estatismo projectou a ideia, que vingou em sociedades mais frágeis, como a portuguesa, de que os governantes são uma espécie de seres superiores ao comum dos mortais, de elevada inteligência, com capacidades para além do normal, que zelam, abnegadamente, pela nossa felicidade. Erro fatal: não apenas são homens exactamente iguais aos outros nas suas limitações e incapacidades, como muitos deles têm um elevado quociente de estupidez congénita, que o vício e a dependência da política agravaram e obstruíram o mais elementar sentido crítico. E esta gente toma decisões que a todos nos podem afectar. É bom estarmos conscientes disso.

Anúncios
26 comentários leave one →
  1. LTR permalink
    11 Março, 2016 09:21

    A ver se nos entendemos: a máquina de alguns partidos é uma espécie de fábrica de filtragem do que há de pior, para aperfeiçoamento contínuo, de que o melhor exemplo expelido é o actual pseudo-PM e a malta comunista que o rodeia, vermelha decorada a rosas. O que nos poderia valer a todos seria rebentarmos novamente e sermos comandados com algum juízo do exterior, não fossem as cambalhotas do senhor Moscovici e as suas monumentais cambalhotas sincronizadas e encarpadas à retaguarda a mais evidente prova de que os países têm estado a exportar criaturas daquela mesma espécie para os mais altos órgãos de decisão central da UE.

    Liked by 1 person

  2. ali kath permalink
    11 Março, 2016 09:39

    infelizmente ps, pc e be é só lixo humano

    Gostar

  3. Manuel Branco permalink
    11 Março, 2016 10:07

    Uma dentada para Marcelo, não é?

    Sabemos isso, e se se for cristão, então nem pode ser de outra maneira. Mas não é preciso ser cristão: depois de dez anos no purgatório com uma criatura que não teria passado de secretário de estado das finanças de Salazar não há mesmo qualquer dúvidas de que não há semideuses por aí. No entanto o homem prestou um serviço inestimável à causa republicana: imagine-se o que seria ter tido quarenta anos daquilo e agora ainda gramarmos com a Patrícia.

    Gostar

  4. Juromenha permalink
    11 Março, 2016 10:48

    Gente menor, consabidamente.
    Basta ver, e escutar, os dois bípedes que representam os papéis de “primeiro ministro” e de “presidente da assembleia da república”. Nem vale a pena falar da criadagem que os complementa.
    Um país que permite semelhantes nulidades a “governá-lo”…

    Liked by 1 person

  5. Algarvio permalink
    11 Março, 2016 11:05

    O preço a pagar pela tua não participação na politica é seres governado por quem é inferior
    Platão 428 AC

    Gostar

    • LTR permalink
      11 Março, 2016 11:35

      Em 428 AC ainda não havia camelos ou esse tal de Platão quis ser simpático?

      Gostar

  6. 11 Março, 2016 11:55

    O que o texto diz, sendo há muito uma inacreditável evidência para alguns, ainda surpreende e deixa perplexos muitos.
    Aliás, o mito da transcendência e da superioridade passou do bruxo para o sacerdote e do sacerdote para o político, depois de coincidirem durante séculos.
    É a forma de manter o povo explorado, submisso e atemorizado.
    No princípio, a trovoada era Deus a ralhar…
    Desmistifico, mais uma vez:
    1. a política nunca foi sequer uma função nobre; antes foi sempre a forma de as classes dominantes manipularem e explorarem o povo de deus;
    2. logicamente e como regra, exercem tal função os piores de nós.
    Disse.

    Gostar

  7. 11 Março, 2016 12:07

    O post sugere-me ainda mais dois pontos:
    1. se as coisas são como são, para quando a substituição da democracia (?!) representativa (mas que representantes!…) pela democracia direta?
    2. com um histórico tão desprezível, proponho que, quando a função for reabilitada, a palavra “política” seja definitivamente banida do vocabulário corrente e seja substituída pela expressão “serviço publico”.

    Gostar

  8. 11 Março, 2016 12:32

    A maioria dos tugas ainda tem o respeitinho ancestral e salazarento por quem exerce o poder.

    Exemplo recente de carneirada no poder e que vai gerar seguidismo: reparem na cor das gravatas que está a singrar desde a posse do Marcello. Azul celeste.

    Gostar

  9. 11 Março, 2016 15:24

    Marcello está em grande ! Um queriducho, sobretudo das mulheres acima dos quarenta; não se nota nas beijocas e abraços quantidade relevante de malta jovem…
    Super star eleito, super star em 2001 ?
    Amanhã a festança continua com os espaços do Palácio de Belém abertos à populaça. Espero que a partir de segunda-feira comece a trabalhar, no duro ! A partir pedra !

    Gostar

  10. licas permalink
    11 Março, 2016 15:33

    Celeste vem a ser a tirada do Jerónimo no Avante: Não abdicaremos
    ( nossos ideais) do Marxismo-Leninismo.
    Acho até óptimo, desde que não acabem as Eleições Livres, claro.
    Diminuem, encolhem, estão em risco de desaparecerem_______
    mas são cada vez mais fortes, segundo eles. .. . .

    Gostar

  11. licas permalink
    11 Março, 2016 15:47

    Após o “implante” do micro na cachimónia . . .
    Todo o comunista que ouse pensar independentemente
    cai em pecado mortal: o Papa elimina-o,

    Gostar

    • 11 Março, 2016 16:09

      então, parece que o “seu” estimado Maduro, tal e qual o JSócrates em Évora, também afirmou que o Lula se preso será um novo Mandela… E o Lula, há dias disse que se sentiu “prisioneiro político” (tal como o Sócrates) quando foi levado a interrogatório… Será que há uma cartilha para esta gente surgir como mártir da justiça ?

      Liked by 1 person

      • licas permalink
        11 Março, 2016 17:48

        meu caro
        Com o génio que a natureza os dotou , eles
        copiam-se uns aos outros porque, assim,
        escusam de usar os miolos.

        Gostar

      • licas permalink
        11 Março, 2016 17:55

        Afinal não foi ele quem clamou que o Processo Lava-jacto
        constitui uma ignomínia só para impedir que Lula da Silva
        se recandidate à Presidência do Brasil?

        Gostar

  12. 11 Março, 2016 16:41

    As televisões têm, para além do futebol e futebolices um novo maná para fidelizar e aumentar audiências: Marcello.

    Gostar

    • Boris permalink
      11 Março, 2016 16:54

      Já assim era na TVI, ao domingo à noite, entre as 21h-21h30.

      Gostar

      • 11 Março, 2016 17:20

        Conheço uma mulher que não percebe patavina de política e, dizia-me, também não conseguia perceber o que o Marcello dizia. Mas gostava muito dele e deu-lhe o voto. Tá explicado o fenómeno.

        Gostar

  13. 11 Março, 2016 17:19

    Desde há cerca de 60′ há uma grande manif de suinicultores na Segunda Circular. Contra decisão e inércis do governo. Capoulas prometeu recebe-los, mas enviou o chefe de gabinete. Trânsito perturbadíssimo.
    Talvez porque estão a banhos ou já em hibernação de fim-de-semana, não surgem nas TV’s os habituais deputados do PC e do BE, tão céleres a apoiar manifs antes do AC-DC ocupar o poder ?

    Liked by 1 person

  14. licas permalink
    11 Março, 2016 17:51

    Não acredito na ausência: porcos é assunto de família . . .

    Gostar

  15. licas permalink
    11 Março, 2016 18:00

    Quanto ao Marcello (Presidente eleito da nossa Republiqueta)
    há muito dei por que ele é (quase impercetivelmente) belfo.

    Gostar

    • 11 Março, 2016 18:34

      Tenho enorme curiosidade pelo momento em que o PR Marcello se cale e vá para o gabinete trabalhar e mais curiosidade pelo momento e o que dirá quando ressurgir.

      Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: