Saltar para o conteúdo

A propósito de segurança privada

4 Novembro, 2017

Desesperados por ninguém ter filmado as agressões de que foram vítimas por parte dos seguranças  devem estar os homens que apresentaram queixas por agressão e sequestro na Festa do Avante em 2015.

Em Abril deste ano, 2017, ficou a saber-se que “Esgotadas as diligências de prova, não foi possível ao MP identificar o os autores dos factos”.

 

Anúncios
18 comentários leave one →
  1. Procópio permalink
    4 Novembro, 2017 22:48

    Naquela festa não se agride gente boa. O celinho ia lá todos os anos e nunca o trataram mal.
    Eu diria mesmo que se o seu amigo ricardo salgado lá fosse até o felicitavam. Ele é que tinha muito que fazer e nunca lá foi.

    Gostar

  2. 4 Novembro, 2017 23:21

    O PCP não brinca em serviço.
    Quando é preciso está atrás de paredes de vidro opaco.

    Gostar

  3. Artista português permalink
    4 Novembro, 2017 23:50

    Alguém se lembra de há uns anos ter desaparecido um rapaz, salvo erro açoreano, que foi visto pela última vez naquela discoteca (Urban Beach), onde terá discutido com os seguranças? Desde esse dia desapareceu e nunca mais foi visto. A família bem tentou descobrir este mistério mas, ao que consta, em vão.

    Gostar

  4. Arlindo da Costa permalink
    4 Novembro, 2017 23:53

    A segurança profissional do PCP zela sempre pela ordem e pela concórdia.

    Gostar

  5. Procópio permalink
    5 Novembro, 2017 00:26

    “A segurança profissional do PCP zela sempre pela ordem e pela concórdia”.
    Humor negro. Às vezes zelavam mal.
    Nos Gulags ocorriam grande número de tragédias por erros decisões erradas. A tragédia de Nazino, na Sibéria ocidental é um exemplo do que aconteceu aos desgraçados que deveriam cultivar a ilha:
    Privados de apetrechos, com os medicamentos e comida desparecida em grande parte durante a viagem, numa ilha completamente virgem, sem nenhuma construção e sem víveres, os deportados procuram sobreviver alimentando-se de cadáveres ou praticando antes de verdadeiro canibalismo. Carta enviada por um dirigente comunista local a Stalin e depois comunicada a todos os membros do Politburo.
    Vai mais vodka para a mesa do Czar!

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      5 Novembro, 2017 06:53

      Procópio….isso foi apenas um pequeno desvio no caminho para o paraíso socialista do Arlindo…..no geral a segurança do Avante conseguiu manter mais de 15 milhões deles bem “fresquinhos” naquelas terras frias, produzindo de tudo sem salário e muitas vezes sem comida para as conquistas civilizacionais socialistas. Aliás eram sortudos….pois a maioria que pensava em “liberdade” ( como poderia se pensar em liberdade numaterra socialista em que a “liberdade” era a sua essência?) eram considerados comprovadamente esquizofrénicos e eram internados. Caso não se curassem o tratamento era passar pelo “Campo Pequeno do Arlindo” e eliminava-se essa doença social.

      Gostar

  6. Filipe Costa permalink
    5 Novembro, 2017 01:14

    Noo Avane houve sexo oral, aqui não.

    Gostar

  7. A. R permalink
    5 Novembro, 2017 07:20

    Eles leram os manuais todos: STASI, KGB, etc. Sabem atirar a pedra e esconder a mão.

    Gostar

  8. Procópio permalink
    5 Novembro, 2017 10:14

    A propósito da segurança que os tugas iriam ter…
    Assassinatos em massa sob regimes comunistas
    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
    Assassinatos em massa sob regimes comunistas foram cometidos durante o século XX e as estimativas do número de mortos variam muito, dependendo da metodologia utilizada nas investigações feitas pelos estudiosos.
    Pesquisadores concentram-se nas causas das mortes em massa em sociedades específicas, apesar de terem sido indicadas algumas causas comuns para tais assassinatos em massa. Algumas estimativas mais altas incluem não apenas os assassinatos em massa ou execuções que tiveram lugar durante a eliminação de opositores políticos, guerras civis, campanhas de terror e coletivização agrícola forçada, mas também vidas perdidas devido a guerra, fome, doença e exaustão em campos de trabalho forçado. Há estudiosos que acreditam que as políticas e erros na gestão dos governos contribuíram para essas calamidades e, com base nessa conclusão combinam todas essas mortes em categorias vagamente definidas como “assassinatos em massa”, “democídio”, “politicídio”, “classicídio”, ou “genocídio”. O Livro Negro do Comunismo, Martin Malia sugeriu um número de mortes de entre 85 e 100 milhões de pessoas.
    Alguns tugas bem as mereciam. Para já com a geringonça enquanto as notícias deitam foguetes, os proventos mingarem, os filhos mais aptos fogem e algumas filhas, as que andam na universidade de Chelas também precisam de andar janotas, né!

    Gostar

  9. J Coimbra permalink
    5 Novembro, 2017 12:10

    Ainda falam no Salgado. Claro que ele estava nas festas do Avante sem lá ir. As máquinas multibanco eram do BES. à borla para a organização.

    Gostar

  10. 5 Novembro, 2017 13:33

    É irresponsável comentar parte dum vídeo. Se um tipo me der um murro e eu ripostar, e só passar na tv a parte em que eu bato, os comentários serão diferentes do que seriam se mostrassem o vídeo na totalidade.
    Há uma diferença entre violência excessiva e violência gratuita.

    Gostar

  11. licas permalink
    5 Novembro, 2017 15:35

    Ainda no assunto da “falta de geito” comunista (comum nos nos regimes autoritários) de lidar com manifestações contra os governos da sua cor. . .
    Na Venezuela a tal liberdade de manifestação da população nunca é, na verdade, ajudada pela Polícia a desenrolar-se pacificamente, sem confrontos. Muito pelo contrário, suas forças dispõem-se de maneira a impedir completamente, por todos os meios, a progressão dos cidadãos que percorrem as ruas.
    Daí . . .

    Gostar

  12. licas permalink
    5 Novembro, 2017 16:14

    jeito (por sinal. . .)

    Gostar

  13. José Domingos permalink
    5 Novembro, 2017 21:37

    Acho estranho, depois de tanta queixa, o “estado de direito” não fazer nada.
    Será que os donos das discotecas, são “convidados” a aceitar estes tipos de segurança, para “evitar” problemas.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: