Skip to content

Limpeza à maneira

22 Fevereiro, 2018

Andam aí muitas pessoas indignadas com um e-mail da Autoridade Tributária (com maiúscula, como Deus) porque, ai, caramba, eles não têm nada que me mandar limpar mato só porque vivo num apartamento da Rua Castilho ou porque não possuo qualquer terra (o eufemismo “possuir terra” atinge dimensões cómicas por altura do IMI). Enfim, gente que reclama por tudo e por nada, como se não fosse competência da Autoridade Tributária (com maiúscula, como Deus) mandar cortar mato ou lavar as mãos depois de usar o quarto-de-banho.

Pessoalmente, vejo com bons olhos a autorização implícita da Autoridade Tributária (com maiúscula, como Deus) para cortar os sobreiros do terreno vizinho (não chora, Câmara Municipal, com maiúscula, como Deus). E tu, azinheira… espera aí só um bocadinho…

Anúncios
10 comentários leave one →
  1. weltenbummler permalink
    22 Fevereiro, 2018 09:19

    na churrasqueira antónio das mortes
    andam todos cagados de medo
    brevemente abre novas agências

    Gostar

  2. Procópio permalink
    22 Fevereiro, 2018 10:17

    Ainda os moços e os amigos andam a festejar já a limpeza ao longe se avizinha.
    Há que saber esperar.

    Gostar

  3. Procópio permalink
    22 Fevereiro, 2018 10:58

    Isto também tem que ver com o Estado Profundo que prolifera em várias sociedades como governos alternativos, não eleitos. O poder é mantido através de chantagem, controle de mídia, incitamento de guerras, pressões sobre o ministério público se necessário.
    Os tugas fariam bem em atualizar a história recente para ver como estão sendo manipulados.

    Liked by 2 people

  4. 22 Fevereiro, 2018 16:27

    Sorte a minha por viver neste muito bom andar na Avenida da Liberdade com uma renda de 1105 euros ! Mato aqui não há, só umas ervinhas no telhado.
    (O azulado na fachada).

    Gostar

  5. JCA permalink
    22 Fevereiro, 2018 17:15

    .
    E dinheiro para limpar ??
    .
    Onde se podia fazer dinheiro ardeu tudo (madeira, forragens, casas, veiculos agricolas, armazens, palheiros, currais, atividades economicas etc)
    .
    .
    E muitos dos destruidos pelos incendios não souberam comunicar os seus prejuizos florestais, fruticolas, imoveis (armazens industriais, palheiros, casa de habitação), viaturas, ferramentas, sementes, rações animais etc
    .
    também é verdade que esta tragedia ainda sem paternidade é equivalente a um ‘tapete destrutivo de bombardeamento B52 vietaneme style’ causou a destruição florestal e economica de cerca de 1/4 de país,
    .
    também é imperativo nacional que é preciso segurar o que resta das populações mais jovens no interior e evitar que os mais velhos ‘emigrem’ para lares da terceira idade (despovoamento e mais despesas sociais),
    .
    .
    como tal seria politicamente importante pelo menos que:
    .
    o governo abrisse um prazo especial para todos os que por ignorancia ou outra razao qualquer não comunicaram os seus prejuizos nos prazos legais anteriores,
    .
    e ao mesmo tempo instruir as Autarquias para providenciarem equipes moveis (um veiculo, um funcionario e um computador portatil) para previamente anunciadas preencherem e arrumarem no momento todas as papeladas burocraticas de aldeia em aldeia para essa gente não ser marginalizada nos programas de apoio que o Governo operacionalmente se dispõs corretamente a proporcionar.
    .
    É materia burocratica irrelevante no tema principal, facilmente ultrapassavel mas muito relevante para a onda de fundo de desertificação que destruiu pelo menos do Tejo ao Douro.
    .
    (as cidades não têm formação nem ambiente para se aperceberem ou sentirem a realidade da tragedia nacional que o interior está a passar)
    .

    Gostar

  6. 22 Fevereiro, 2018 18:22

    O MarceloCarmonaThomaz continua na maior ! Em São Tomé, arbitrou um jogo de futebol.
    Será que uma. duas, mais vezes assistirá a um parto em Portugal, para compor o CVitae dos afectos ?

    Gostar

  7. Arlindo da Costa permalink
    22 Fevereiro, 2018 19:20

    Criticar aqui é fácil mas quando é para limpar as testadas, caminhos e quintais, ai Deus quem me acuda!

    Toca a trabalhar e deixai-vos de pieguices!

    Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      22 Fevereiro, 2018 19:37

      Vai trabalhar malandro. Oferece-te para limpar matos e dá o corpo ao manifesto. Isto para mereceres o pão e a carne que comes, pois deves viver parasitando.

      Gostar

  8. Leunam permalink
    22 Fevereiro, 2018 19:32

    Já é preciso ter azar.

    Os pinheiros que não me arderam, tenho de os mandar cortar porque os vizinhos construíram casas junto deles.

    Ao preço que a madeira (não queimada) está é como se também eles tivessem ardido.

    Muitos desses pinheiros ainda conheceram o anterior Regime e viviam na total ignorância do que era fogo.

    Eles estão muito gratos ao novo Regime por lhes ter ensinado essa novidade e vão dar a vida por esse ensinamento.

    Bravo C(r)apoulas!

    Gostar

  9. 22 Fevereiro, 2018 22:54

    Mais um Imposto disfarçado…
    Taxas, taxinhas e Tachos…
    E o Tribunal Constitucional, nestes tempos Esganiçados, nem fala em Inconstitucionalidades do Governo…
    Os Guardas Florestais eram ‘Faxistas’…
    • «foi António Costa, em 2006 quando era ministro da Administração Interna, que decidiu extinguir a carreira de guarda-florestal»…
    Pagam-se Impostos – para o Estado não exercer as suas funções!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: