Saltar para o conteúdo

o mínimo que se lhe pode exigir

23 Agosto, 2018
by

Se bem entendi esta crise na Iniciativa Liberal, o líder Ferreira da Silva sai e o vice-presidente Krauss fica para o tentar substituir. Também parece que os motivos da zanga são devidos às ligações de Krauss ao PS e a Costa, o que, não sendo novidade para ninguém, terá provocado agora, por razões não explicadas, uma ruptura entre aqueles dois dirigentes. Foi isto? Foi outra coisa qualquer? Não sei, e apesar dos comunicados, contra-comunicados e notícias nos jornais, ainda não deu para perceber o que se está a passar. O que é mau, embora seja a marca genética da casa. E é mau porque quem se reclama adepto da «responsabilidade» e da «transparência» devia pôr tudo em pratos limpos, e explicar o que levou a uma decisão tão drástica. Por outro lado, se querem salvar o projecto, há que fazer as rupturas que forem necessárias para que a Iniciativa Liberal deixe de ser uma coisa pardacenta e duvidosa, e passe a ser um projecto inteligível. Ora, isso só poderá ser feito pelo líder demissionário, que tem, aliás, recebido apelos para se recandidatar na sua página pessoal do Facebook. Que faça o que tem que ser feito e limpe a casa, é o mínimo que se lhe pode exigir.

Anúncios
8 comentários leave one →
  1. 23 Agosto, 2018 21:10

    Esta história da Iniciativa Liberal fez-me lembrar os partidos maoistas da minha juventude.

    Mas na altura ainda tinhamos a desculpa de sermos realmente jovens e não haver liberdade de informação…

    Lamentável!

    Gostar

  2. 23 Agosto, 2018 22:29

    Bastante elucidativo (Wiki) as “cambalhotas
    que o Partido Liberal (Reino Unido) teve que fazer…
    (Consultem)

    Gostar

  3. Mario Figueiredo permalink
    24 Agosto, 2018 01:36

    “há que fazer as rupturas que forem necessárias para que a Iniciativa Liberal deixe de ser uma coisa pardacenta e duvidosa”

    Mas qual quê. Este partido não tem conserto. A única forma era fazer ruptura consigo próprio e deixar-se da infantilidade ideológica de querer ser um partido liberal.

    Ó Rui, convenhamos: É só mesmo possível a lideres que tão bem identificou como não tendo qualquer historial liberal (tendo inclusivamente demonstrado inequivocamente a sua falta de conhecimento) criar partidos liberais. Projectos desta natureza são nado-mortos em qualquer parte do mundo onde se formam. Ver como exemplo a eterna crise de identidade que é o Partido Libertário nos EUA, que nem se conseguem entender sobre o que realmente defendem e cujo último candidato presidencial foi inclusivamente alvo constante de chacota pela terrível falta de conhecimento que demonstrou tanto dos princípios liberais como do funcionamento dos sistemas do estado.

    Pelo contrário, aqueles que realmente andam nestas lides do liberalismo à muito tempo e que o estudam a fundo, não lhes ocorre formar partidos liberais. Percebem, isso sim, que o liberalismo tal como o conservadorismo é uma extensão ideológica e não uma base ideológica. Faz tanto sentido formar um partido liberal como criar um novo modelo automóvel por causa dos assentos.

    É certo que em Portugal conseguimos levar ao parlamento um partido cujo único pacote legislativo que têm para o país é sobre animais. Daqui até levar um partido liberal a um ou dois deputados é um pequeno passo. Mas este tipo de aberrações partidárias só têm acontecido à esquerda com partidos satélites do PCP. Se o PS está a tentar emular e testar aqui a possibilidade de construir uma alternativa de futuro à geringonça, pois o Santa Krauss parece ser a pessoa certa para lhes dar esse presente e tomar as rédeas do partido a tempo de o conduzir nessa direcção. Claro, não temos é um partido liberal. Mas também nunca o foi.

    Liked by 2 people

  4. Arlindo da Costa permalink
    24 Agosto, 2018 05:26

    Cenas macacas dos nossos «liberais» 🙂

    Gostar

  5. Chopin permalink
    24 Agosto, 2018 07:28

    Pelo que percebi, o liberalismo vai do MRPP ao CDS. O próprio engenheiro não reconhecido pela Ordem, será liberal.
    Li por aí que há liberais a sair do armário. Ao fim de 44 anos devem estar cheios de mofo e de traça.

    Gostar

  6. Oscar Maximo permalink
    24 Agosto, 2018 07:40

    Uma vez que, segundo a IL, interessa pouco explicar as razões, interessa mais quem vence, devia a IL, quando alcançar o poder, propor a reintrodução do duelo. uma forma de resolver diferendos de maneira mais limpa.

    Gostar

  7. 24 Agosto, 2018 09:19

    Difícil imaginar criaturas menos fdp que esta canalha politiqueira.
    Chica porra!

    Gostar

  8. JgMenos permalink
    24 Agosto, 2018 18:22

    Começar por se demitir não princípio de coisa nenhuma, é fim de liderança.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: