Saltar para o conteúdo

Amizades de Costa

16 Outubro, 2018

O novo ministro da Economia toma posse, acumulando com a pasta de Adjunto do PM que já tinha, bem sabendo que o Tribunal certamente o demitirá, mais dia menos dia desta ultima pasta por acumulação indevida de funções privadas já enquanto ministro. A sua nomeação para novo cargo deve ser apenas uma forma de evitar ser corrido forçadamente do Governo. É certo que se manterá a questão das suas falsas declarações, pois que ele invoca ter renunciado a 15/12/17 à gestão da empresa por si criada um dia antes de tomar posse pela primeira vez como ministro, mas uma semana depois (21/12/17), entregou declaração no TC onde afirmava ser ainda gerente. Uma das duas declarações é falsa.

Curioso para ver o que sucederá ao que agora o spin socialista tenta forçada e infundadamente designar por «super-ministro». É de notar ainda que o seu ministério perde a pasta da Energia para o ministério do Ambiente. Não por qualquer razão política, de reorganização dos serviços, de opção programática. Mas apenas simplesmente por questão pessoal, pois que o actual ministro declarou-se impedido por razões profisssionais de lidar com assuntos dessa área. É portanto uma remodelação caseirinha, onde se dá um jeitinho na orgânica do governo para enquadrar a pessoa, o poder ao serviço do sujeito embora devesse ser o contrário….

Curioso e preocupante ainda o assalto partidário por parte do PS ao sector energético. É uma chefe de gabinete e um deputado na «entidade independente» ERSE, é um comissário politico, líder do spin mais básico como secretário de estado da energia. O que quer o PS dali? Não se diga depois que o fizeram às escondidas, é mesmo em frente de toda a gente.

Anúncios
4 comentários leave one →
  1. 16 Outubro, 2018 12:11

    O PS no seu melhor! Sempre ao lado dos Financeiros e das Maiores Empresas! Salazar seria fortemente contra! Eu também!

    Gostar

  2. 16 Outubro, 2018 18:20

    Galamba, o degradante Galamba, não é “líder do spin mais básico”: é mesmo “líder do spin mais rasteiro”.

    Liked by 1 person

  3. licas permalink
    16 Outubro, 2018 21:14

    À boa maneira do Partido

    Copio
    ” São cinco: além do líder parlamentar socialista, Carlos César, há outros quatro “césares” na administração pública e em cargos públicos. Aliás, toda a família: a mulher foi nomeada pelo Governo regional, o filho foi eleito pelo PS regional, a nora nomeada por uma secretária do governo regional, o irmão escolhido pelo ex-ministro da Cultura do actual Governo.”

    Gostar

  4. Arlindo da Costa permalink
    17 Outubro, 2018 01:44

    Pois….o Sr. Primeiro-Ministro talvez devesse convidar os amigos e a súcia do Cavaco ou então os boys do Casal Ventoso do Passos Coelho e do Morais Sarmento!

    Queriam!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: