Saltar para o conteúdo

Lápis azul

11 Dezembro, 2018

Este texto do EXPRESSO é um exemplo perfeito da forma como se noticiam os atentados que podem ter sido praticados por terroristas islâmicos. A primeira regra é que JAMAIS se escreve islâmico. Por exemplo se houvesse a mínima suspeita do autor dos tiros ser nazi o texto estaria cheio das expressões “nazi”, “ultra”, “fascista”, “populista”, “extrema-direita”… Mas como neste momento se acredita que o autor deve ser muçulmano não se refere nada dessa pertença.

Um tiroteio eclodiu num mercado de Natal na cidade francesa de Estrasburgo e fez pelo menos quatro mortos e 11 feridos, alguns com gravidade, segundo informações confirmadas pela agência Reuters junto das autoridades francesas. O tiroteio eclode e faz mortos. quem mata é o tiroteio não o homem que segura a arma.

O ataque só tem um autor, que já foi identificado pelas autoridades mas que continua em fuga. O Parlamento Europeu foi fechado e os funcionários permanecem no interior
Expresso Os dados sobre este tipo de autores demoram muito a ser publicados

(…)O suspeito foi identificado mas continua em fuga. Também segundo o “Le Fígaro”, o nome do homem contava da “Lista S”, que identifica pessoas consideradas em risco de radicalização ou já com ligações provadas ao terrorismo. Esta manhã, a polícia teria tentado encontrar este mesmo homem para o prender por um alegado homícidio mas não o encontrou em casa.  Mas será ao terrorismo maoista? Fascista? Um amigo dos animais furioso com a exploração das renas?

O ataque ocorreu numa zona movimentada, onde se realiza todos os anos o principal mercado de Natal da cidade. E o facto de o atentado ter acontecido num mercado de Natal não leva a que se acrescente que estes têm sido alvo do terrorismo islâmico? 

(…) Um representante do sindicato da polícia, Stephane Morisse, confirmou à Associated Press que a polícia encontrou explosivos na casa do suspeito esta terça-feira de manhã, quando tentou, sem sucessso, prendê-lo. É bom que o Expresso transmita esta informação aos colegas pois em muitos deles informa-se que ainda não se sabe se o atentado terá tido motivação terrorista. Certamente que foi por amor ao próximo.

 

Anúncios
30 comentários leave one →
  1. procópio permalink
    11 Dezembro, 2018 23:51

    Apoio ao jornaleiros do espesso:
    “Sur Telegram, les sympathisants de l’État islamique célèbrent l’attaque
    Sur différents canaux Telegram, identifiés par “Site intelligence”, site internet spécialisé dans la surveillance des réseaux sociaux djihadistes, les sympathisants de l’État islamique célèbrent l’attaque survenue ce mardi soir à Strasbourg”.

    Liked by 1 person

  2. Chopin permalink
    12 Dezembro, 2018 00:08

    Tenho observado a desinformação social e está maravilhoso. “Um ataque” é o mais repetido. “Possível atentado” também está bem.

    “É preciso mais investimento na integração” diz a senhora Marisa qualquer coisa, do Bloco de Esterco, que embolsa mais de 15 mil euros/mês.
    “É preciso não estigmatizar segmentos da população como os migrantes”, diz a senhora Ana Gomes, do socialismo corrupto.

    Liked by 3 people

  3. 12 Dezembro, 2018 00:25

    Eu acho mesmo que as supostas vitimas, é que foram irresponsaveis e culpadas pela sua propria morte. Não tinham nada que se atravessar à frente das balas.

    Gostar

  4. Manuel Assis Teixeira permalink
    12 Dezembro, 2018 08:10

    Muito bom! E anda sempre o sr director do Expresso a ” rasgar as vestes” pela liberdade de expressão, quando o seu jornal é o campeão do branqueamento e da noticia cirúrgica, selectiva e habilmente escrita!

    Liked by 1 person

  5. Rão Arques permalink
    12 Dezembro, 2018 08:11

    A verdade a que (não) temos direito.

    Gostar

  6. JgMenos permalink
    12 Dezembro, 2018 08:28

    Está para breve a exposição do estado psicótico do islâmico!

    Liked by 1 person

  7. 12 Dezembro, 2018 08:58

    Estes canalhas covardes dos merdia do regime são uma vergonha e um nojo.

    Liked by 1 person

  8. caampus permalink
    12 Dezembro, 2018 09:07

    Atenção que Guterres o pantanoso vai comentar, esperemos então.

    Liked by 1 person

  9. 12 Dezembro, 2018 09:48

    Gostava de ler ou ouvir os crentes do islamismo a condenar estes actos! Estão mudos (quem cala, consente), o que quer dizer que são cúmplices!

    Liked by 1 person

  10. Aónio Lourenço permalink
    12 Dezembro, 2018 10:11

    Pelas indicações que tenho lido, o tipo era um rufia, já tinha sido condenado várias vezes por vários assaltos, roubos, crimes violentos de natureza distinta. Logo, sinceramente, não vejo a ligação à religião, mas posso estar errado. Talvez e a Lena tenha informações de que eu não disponho.

    Gostar

    • Zé Manel Tonto permalink
      12 Dezembro, 2018 11:06

      O Aónio quando quer faz-se de parvo.

      Portanto o rufia, de um dia para o outro, deixa de fazer assaltos e passa a matar indiscriminadamente, no meio da rua, com o modus operandi de terroristas mouros, porque acordou para aí virado.

      Liked by 2 people

    • 12 Dezembro, 2018 13:10

      pelas indicações que temos dos teus posts só podes ser muito estúpido.

      Gostar

    • Alberto Silva permalink
      12 Dezembro, 2018 21:30

      O homem é um criminoso. Deve ser detido e julgado pelas leis da República com direito a advogado de defesa. Se for preso tem direito a todas as regalias como qualquer preso.
      Viva a República. Viva notre ami Miterrand e sucs.

      Liked by 1 person

  11. António Maria permalink
    12 Dezembro, 2018 10:27

    No dia que um atentado seja perpetrado por um negro, islâmico, mas fascista de extrema direita, sempre quero ver como o “Costinha” vai fazer a notícia.

    Liked by 1 person

  12. 12 Dezembro, 2018 10:35

    E na mesma altura, uma data de imbecis europeus estão reunidos em Marrakech para assinar o certificado de óbito da Europa.
    E Macron manda 80 millions dos impostos dos coletes amarelos para a “autoridade de palestina”…
    Traidores!

    Liked by 1 person

  13. 12 Dezembro, 2018 10:36

    E na mesma altura, uma data de imbecis europeus estão reunidos em Marrakech para assinar o certificado de óbito da Europa.
    E Macron manda 80 millions dos impostos dos coletes amarelos para a “autoridade de palestina”…
    Traidores!

    Liked by 1 person

  14. Zé Manel Tonto permalink
    12 Dezembro, 2018 11:04

    Fui avisado por telefone que tinha havido barracada (tenho um familiar em no Parlamento Europeu, acontece à melhores famílias).

    Pensei logo, foi um mouro de certeza.

    É triste estar certo >95% das vezes e quase ninguém querer ver a raiz do problema.

    Continuem a ir buscá-los à costa da Líbia que eles, ou os filhos, hão de continuar com estas merdas.

    Liked by 1 person

  15. Zé Manel Tonto permalink
    12 Dezembro, 2018 11:13

    A minha proposta para resolver isto é simples, eficaz, e não prejudica ninguém de bem.

    Um sistema de justiça com dois ramos: um para mouros e outro para todos os outros.

    Para a malta normal que vive no mundo civilizado, os crimes e penas mantêm-se.

    Para os bárbaros do século VII as penas para crimes violentos (e este animal já tinha cometido alguns) são alteradas, passando a só haver duas: deportação ou pena de morte.

    Os mouros que cumprem as regras e não planeiam massacrar quem os rodeia não têm que temer. Merdas como este já estavam de volta ao Norte de África ou guilhotinados. De qualquer maneira havia 3 pessoas que não têm nada que ver com o assunto que não tinham morrido.

    Liked by 1 person

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      12 Dezembro, 2018 18:44

      Foram 3 pessoas desta vez. E as outras todas que também não tinham nada a ver com o que lhes caiu em cima nos outros atentados todos?

      Liked by 1 person

      • Zé Manel Tonto permalink
        13 Dezembro, 2018 03:09

        Os 150 do Bataclan tinham-se safado com este modelo de Justiça, os animais mouros tinham cadastro.

        Os de Barcelona também se tinham safado, o líder da célula era um marroquino com cadastro por tráfico de droga.

        Ponto essencial, ninguém faz um atentado terrorista como primeiro crime. Antes de chegarem a esse ponto já tiveram vários actos de delinquência. Expulsá-los ou fazer rolar cabeças à primeira vez que pisarem a linha impede problemas muito mais graves.

        Gostar

  16. Jorge permalink
    12 Dezembro, 2018 11:17

    Nouvel OBS:
    Les services de renseignement, qui le surveillaient activement depuis 2015, savaient que l’homme était violent. Fiché S en raison de sa proximité avec la mouvance salafiste présente à Strasbourg, Chérif C., le tireur qui a sévi à …

    Selon nos informations, il s’agirait de Chérif C., domicilié à Strasbourg. Il avait été signalé par la Direction générale de la sécurité intérieure (DGSI) lors d’un passage en prison où il s’était fait remarquer pour des violences et son prosélytisme religieux, d’après nos sources.

    LE Point:

    Actualité Société
    Fusillade à Strasbourg : ce que l’on sait de l’attaque
    Un homme de 29 ans a ouvert le feu à plusieurs reprises près du marché de Noël de Strasbourg mardi soir, tuant 3 personnes et en blessant 13 autres. Source AFP
    Modifié le 12/12/2018 à 11:25 – Publié le 12/12/2018 à 07:16 | Le Point.fr

    Ajouter aux favoris

    Commenter

    Envoyer par email

    142 partages
    Abonnez-vous

    Plusieurs centaines de membres des forces de sécurité étaient mobilisées dans la nuit du mardi 11 au mercredi 12 décembre pour tenter de retrouver l’auteur en fuite de la fusillade qui a fait au moins trois morts et treize blessés mardi soir sur le marché de Noël de Strasbourg alors que le gouvernement décidait de placer la France en « urgence attentat ». Près de 420 policiers sont mobilisés – sécurité publique, CRS, PJ, Raid, Raid Bièvres, BRI, SDAT et police scientifique. « Le tireur est toujours recherché. Il a failli être pris hier soir (…), mais s’est volatilisé » après des échanges de tirs avec des policiers, a expliqué le maire de Strasbourg, Roland Ries, sur Europe 1.

    À partir de 19 h 50, un homme seul ouvre le feu à plusieurs reprises dans le centre-ville de la métropole alsacienne, qui accueille le traditionnel marché de Noël. Un suspect est rapidement identifié, il s’agit d’un homme de 29 ans né à Strasbourg, bien connu de la police. Il a « semé la terreur […] sur trois points de la ville », selon les mots du ministre de l’Intérieur Christophe Castaner. « Les militaires de la force Sentinelle ont fait usage de leurs armes pour tenter d’intercepter l’assaillant. Entre 20 h 20 et 21 heures, il s’est confronté par deux fois à nos forces de sécurité avec systématiquement des échanges de tirs », a-t-il développé.

    Suivez notre direct après la fusillade à Strasbourg

    Dans sa course meurtrière, l’homme tue trois personnes et en blesse treize autres, dont huit gravement, avant de disparaître en s’engouffrant dans un taxi, selon une source proche de l’enquête. « Certains ont eu une balle dans la tête », a également indiqué Roland Ries, sur BFM TV. Selon le maire de la capitale alsacienne, les victimes sont principalement des hommes, dont un touriste d’origine thaïlandaise. Le chauffeur de taxi, indemne, dira aux policiers que le suspect est blessé. L’état-major des armées a par ailleurs indiqué qu’un soldat Sentinelle avait été blessé légèrement à la main par le ricochet d’un tir de l’assaillant.

    Très fréquenté, le site du marché de Noël est sous étroite surveillance dans le contexte de menace djihadiste élevée, d’autant que le site avait fait l’objet d’un projet d’attentat en décembre 2000. « On a entendu plusieurs coups de feu, trois peut-être, et on a vu plusieurs personnes courir. L’une d’elles est tombée, je ne sais pas si c’est parce qu’elle a trébuché ou parce qu’elle a été touchée. Les gens du bar ont crié ferme, ferme et le bar a été fermé », a raconté un témoin joint par l’Agence France-Presse et confiné dans son appartement.
    Un lourd passé judiciaire

    C’est « un homme très défavorablement connu pour des faits de droit commun pour lesquels il a fait l’objet de condamnations en France et en Allemagne et pour lesquels il a purgé ses peines », a indiqué Christophe Castaner. Selon une source proche de l’enquête, le fuyard a été fiché S en 2016, l’abréviation pour « Sûreté de l’État », par les services antiterroristes. Il avait été signalé par la direction générale de la sécurité intérieure (DGSI) lors d’un passage en prison, où il s’était fait remarquer pour des violences et pour son prosélytisme religieux, d’après la même source. « Il a fait plusieurs séjours en prison et c’est à l’occasion de ces séjours en prison qu’a été détectée une radicalisation, mais, dans la pratique religieuse, jamais de signe de passage à l’acte », a précisé le secrétaire d’État auprès du ministre de l’Intérieur Laurent Nuñez.

    É melhor usar orgãos de informação bem informados para não desatar a disparatar inutilmente.

    Gostar

  17. Ana Vasconcelos permalink
    12 Dezembro, 2018 12:51

    Um “tiroteio eclodiu” parece que foram vários atiradores a disparar uns contra os outros o que não é verdade. Será isto uma forma de fake news?

    Liked by 1 person

    • lucklucky permalink
      12 Dezembro, 2018 13:24

      É típica fake news do jornalismo “de referência”

      Um tipo dispara e é promovido a tiroteio…

      Liked by 1 person

    • colono permalink
      12 Dezembro, 2018 14:20

      Senhora Dona (Menina?) Ana Vasconcelos e D. lucluckyO tiroteio foi entre o atirador assassino e a policia…. Tanto assim é que o fascinora foi ferido…. para ser ferido com tiro(s) houve tiroteio ….

      Tenham um Alá nATAL

      Gostar

      • lucklucky permalink
        12 Dezembro, 2018 18:23

        Não percebes colono, escrito assim a culpa é do tiroteio.

        Gostar

  18. 12 Dezembro, 2018 13:12

    No dias em que acontecer um atentado no parlamento europeu, com os srs deputados vitimas do mesmo, podem ter a certeza que as politicas de emigração de portas abertas e pactos de mesmo, seriam logo rasgados em pedaços.

    Liked by 2 people

  19. 14 Dezembro, 2018 16:45

    A esta hora ja goza com as 7 virgens…

    Gostar

Deixe uma Resposta para Jorge Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: