Saltar para o conteúdo

Não há ódio. Não há autor. Não há motivo. As explosões explodem e as pessoas morrem.

21 Abril, 2019

O Expresso publica um texto que identifica como sendo da LUSA sobre os atentados no Sri Lanka. Enquanto que no ataque às mesquitas na Nova Zelândia logo surgiram termos como terrorista, ódio, racista e as vítimas eram identificadas como muçulmanos e imigrantes, no caso do Sri Lanka as explosões explodem, as pessoas morrem e o presidente apela à calma. Os católicos são fiéis.

«Explosões em Dia de Páscoa fazem mais de 150 mortos no Sri Lanka (atualizado)
Pelo menos 137 pessoas, entre as quais um português, morreram após uma série de explosões que ocorreram em três igrejas e três hotéis no Sri Lanka, de acordo com novo balanço avançado por fonte policial. O Presidente do Sri Lanka, Maithripala Sirisena, apelou hoje à calma depois uma série de explosões sentidas em três hotéis de luxo e três igrejas, onde muitos fiéis celebravam o Domingo de Páscoa.»

Anúncios
16 comentários leave one →
  1. Prova Indirecta permalink
    21 Abril, 2019 13:14

    É o social fascismo islâmico , estúpido !

    Liked by 1 person

  2. André Silva permalink
    21 Abril, 2019 13:19

    Citando a extraordinária Katie Hopkins:
    MAKE NO MISTAKE, WE ARE AT WAR. OUR CIVILIZATION IS UNDER ATTACK.

    Liked by 2 people

  3. José Ribeiro permalink
    21 Abril, 2019 13:31

    Mais importante de tudo é saber o que pensa a Srª Jacinda Ardern sobre este assunto.

    Liked by 2 people

  4. Luis permalink
    21 Abril, 2019 13:53

    Se o louco do D. Sebastiao nao tivesse ido a Alcacer-Quibir e nao tivesse passado a vida a rejeitar dormir com mulheres e hoje provavelmente essa ilha falaria portugues e teria maioria crista, como Timor-Leste. O portugueses chegaram a conquistar quase toda a ilha mas perderam-na para os holandeses no contexto da Uniao da coroa a Castela.

    Gostar

    • 21 Abril, 2019 15:29

      Aconselho-lhe, Luís, a ver um episódio do YouTube sobre o elmo de.Dom Sebastião. O homem não voltou a face aos inimigos, mas foi provavelmente assassinado ao lhe ser arremessada uma granada de mão. Do tipo utilizado entre as nossas tropas. Uma apresentação fascinante de um historiador militar.

      Liked by 2 people

  5. Luís Lavoura permalink
    21 Abril, 2019 14:48

    Confesso que não vejo nada de inexato no texto transcrito.

    Gostar

  6. Carlos Guerreiro permalink
    21 Abril, 2019 15:09

    “Não há ódio. Não há autor. Não há motivo. As explosões explodem e as pessoas morrem.” E o papa Francisco preocupado com a Siria e a Libia, não há homem mais bondoso…

    Liked by 4 people

  7. 21 Abril, 2019 21:03

    Budismo pacífico…

    Gostar

  8. Artista português permalink
    21 Abril, 2019 22:09

    Sempre na vanguarda: “Comediante vence presidenciais”

    Gostar

  9. Oscar Maximo permalink
    22 Abril, 2019 06:56

    Impressionante como todos os jornais evitam usar a palavra terrorismo, não vá Bruxelas ou o Papa zangar-se.

    Liked by 2 people

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: