Saltar para o conteúdo

Carlos Moedas: o cerco que se segue

6 Fevereiro, 2022

Hoje no Observador trato do cerco que aí vem: «Enquanto o país que quer ficar bem na fotografia pede cerco ao Chega, o PS trata do cerco a Carlos Moedas. A CML ter um presidente não socialista é para o PS um desafio intolerável à sua hegemonia.

Que a extrema-esquerda diabolize o Chega não é de admirar nem de condenar, o que não se pode aceitar é que de imediato o país todo se sinta obrigado a repetir-lhes o mantra, para desse modo obter a versão ideológica do passe sanitário. partidos como o PSD ou a IL não percebem que amanhã eles serão o alvo dos novos cercos. »

14 comentários leave one →
  1. marão permalink
    6 Fevereiro, 2022 16:41

    Não passarão.

    Liked by 2 people

    • Luis permalink
      6 Fevereiro, 2022 18:20

      Seria interessante uma exposição da história da EMEL, como se criou para substituir a polícia na caça à multa, como há 20 anos se transformam lugares de estacionamento proibido em lugares de estacionamento pago, como apesar de ser agora uma empresa “privada” continua a fazer parte do aparelho socialista, como toda a gente pensa que a CML é que controla a EMEL, e como desde que Moedas ganhou a CML a quantidade de fiscais e de multas se multiplicou…

      Gostar

      • carlos rosa permalink
        6 Fevereiro, 2022 18:31

        Deixa-os multar. O dinheiro das multas vai ajudar o Carlos Moedas a pôr o PS na ordem.

        Gostar

    • carlos rosa permalink
      6 Fevereiro, 2022 18:34

      O PS é um partido de um homem só. O Kosta Vírus

      Liked by 1 person

  2. 6 Fevereiro, 2022 16:45

    Kosta Virus nunca mais! Nem que seja necessária a revolução armada!

    Liked by 1 person

  3. voza0db permalink
    6 Fevereiro, 2022 17:42

    Melhores cumprimentos do juiz Rui Fonseca e Castro… Até hoje o único tuga com tomates para ir contra a escumalha salafrária e corrupta que a manada boçal tuga tanto adora defender e votar.

    https://odysee.com/@GrandJury:f/Grand-Jury-1-EN:0

    Gostar

    • voza0db permalink
      6 Fevereiro, 2022 17:52

      E directamente da mesma “universidade” – Johns Hopkins University – que ajudou a planear a OPERAÇÃO COVIDIUS em Outubro de 2019, é publicada esta pérola…

      A Literature Review and Meta-Analysis of the Effects of Lockdowns on COVID-19 Mortality

      Click to access A-Literature-Review-and-Meta-Analysis-of-the-Effects-of-Lockdowns-on-COVID-19-Mortality.pdf

      Resumo para os tugas boçais:

      Embora esta meta-análise conclua que os confinamentos tiveram pouco ou nenhum efeito na saúde pública, eles impuseram enormes custos económicos e sociais onde foram adotados. Em consequência, as políticas de confinamento são infundadas e devem ser rejeitadas como um instrumento de política pandémica.

      Como é evidente para todos os que votaram na escumalha que em 2020/2021 votou no “parlamento” a favor (ou se absteve) de confinamentos e proibições de circulação entre concelhos – entre tanta outra estupidez – tudo isto não passa de desinformação!

      Gostar

  4. Weltenbummler permalink
    6 Fevereiro, 2022 17:50

    já começaram os cercos para a hegemonia ou TOTALITARISMO do ps com a preciosa ajuda do PR e dos seus comentários

    Liked by 1 person

  5. voza0db permalink
    6 Fevereiro, 2022 17:55

    Quanto ao Moedas… É sempre divertido ver escumalha a brincar!

    Gostar

  6. Chopin permalink
    6 Fevereiro, 2022 19:34

    O cerco ao Chega não é sanitário (eufemismo para enganar ingénuos). É um cerco ideológico puro e duro.
    Já no caso do Sr Moedas, é luta entre dois currais eleitorais. Disputa de cargos. Quem controla os mais importantes centros de poder, fica com os melhores negócios.
    O Portugal de hoje é isto.

    Liked by 1 person

  7. João Sousa permalink
    7 Fevereiro, 2022 11:52

    Que o PS quer deitar abaixo Moedas no mais curto espaço de tempo possível, é uma certeza desde o momento em que se percebeu que era Moedas o eleito: não só o PS considera seu direito controlar todo o Estado, como é necessário não correr o risco de Moedas ter condições e tempo suficientes para mostrar (ou não) a validade do seu projecto.

    Que se considere uma notícia do Expresso como prova dessa realidade, isso já me parece absurdo. Afinal, este é o Expresso que nos dizia para ouvirmos Baptista da Silva, que em tempos de Sócrates garantia que o FMI já não vinha (quando o FMI até já tinha comprado o bilhete) e que, nos tempos de Passos, garantia a urgência de um segundo resgate. Se o Expresso me jurar que está sol, eu continuo a ir ver à janela.

    Que o PCP esteja disponível para continuar a prestar estes servicinhos ao PS, isso admito não perceber. Será que, seis ou sete anos depois, ainda não compreendem como a submissão à gerigonça os prejudicou no seu próprio eleitorado?

    Liked by 1 person

  8. JgMenos permalink
    7 Fevereiro, 2022 12:01

    Muito se fala da definição das direitas.
    SÓ HÁ UM passo prévio: definam-se em relação a uma esquerda autoritária/totalitária, desonesta e corrupta.

    É tempo de desmascarar essa corja!

    Liked by 1 person

    • carlos rosa permalink
      7 Fevereiro, 2022 20:45

      O Caminho está no Chega.
      Estudar o território e as pessoas, tendo por princípio o que existe feito do tempo em que os patriotas mandaram alguma coisa.
      Desenvolver a agricultura sustentável que alimente os portugueses. Ajuda a combater as secas e as enxurradas. É preciso é saber e quem sabe é quem pisa a terra.
      Criar investimentos industriais, usar tecnologias de ponta, investigar, criar.
      Ordenar Portugal para atrair turistas.
      Há muito tempo que Portugal não vê isso. Chega de esquerdice.
      Em Frente,
      Marche!

      Liked by 1 person

  9. Albino Manuel permalink
    11 Fevereiro, 2022 14:02

    Raios partam este bicho. Queixava-me do outro e este ainda é pior. Um mar de lixo e de desleixo.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: