Saltar para o conteúdo

TSU e a falácia do Nirvana

30 Setembro, 2012

A medida da TSU foi criticada como se a alternativa fosse manter o status quo, isto é, a mesma carga fiscal e o mesmo nível de consumo. Essa alternativa é utópica  e nunca esteve em cima da mesa. O cenário alternativo à TSU é um cenário em que a reposição dos subsídios à função pública tem que ser pago com aumentos de impostos e em que o ajustamento da economia é retardado. A curto prazo as empresas sentirão de imediato um aumento do custo do trabalho, sobretudo nas novas contratações e nos profissionais mais indispensáveis à empresa, uma vez que o salário líquido vai baixar. Mesmo que o consumo se mantenha, será mantido de forma insustentável, o que só retardará o ajuste que as empresas têm que fazer. A médio prazo, com um ajustamento mais lento terão que ser tomadas novas medidas de austeridade para compensar o facto de um ajustamento pelo lado dos impostos ter efeitos mais negativos na economia que um ajustamento do lado da despesa. Os empresários portugueses comportaram-se como jogadores de xadrez que só pensam na jogada actual. Vão perder, e muito, nas jogadas seguintes.

18 comentários leave one →
  1. balde-de-cal permalink
    30 Setembro, 2012 09:28

    nesta republiqueta nacional-socialista os patrões têm o mesmo nível dos assalariados.
    ignorância, estupidez, má-fé, inveja, ódio.
    sobram :
    1 milhão de analfabetos
    4 milhões de quase analfabetos
    1 milhão de alcoólicos
    uma série de comentários bestas sobre o post

    Gostar

  2. anti-comuna permalink
    30 Setembro, 2012 09:30

    Parece que o Hollande já está com problemas. Mais um que deu com a cabeça na parede:
    .
    .
    “FRANCIA | Jornada de protesta contra las medidas de Hollande
    .
    París se rebela contra la austeridad”
    .
    in http://www.elmundo.es/elmundo/2012/09/30/internacional/1348958498.html
    .
    .
    Não havendo dinheiro, não há luxos.

    Gostar

  3. lidia sousa permalink
    30 Setembro, 2012 09:37

    que interesse este Senhor ter dificuldades ou não de comunicação? O que faz ele? qual é a sua missão. Quem o elegeu? Foi o PASSOS / ALFORRECA, COM AUTORIZAÇÃO DO PR? Mas Se ele é o Consultor ilegal foI 1º Ministro. porqque divaga sobre os assuntos que deveria, ser da responsabilidade do 1º Ministro. Será por cobardia deste que já tem medo de falar, porque tudo o que diz não tem nexo. Com este consultor, tipo louco dos MONTY PYTON, ajudado pelo BRAGA DE MACEDO louco de todo. ajudado pelo ex comuna PINA MOURA. mais o DIAS LOUREIRO O homem que escolheu Passos para 1º Ministro, considerado uma pessoa , muito esperta não vê o descalabro que este 1º Ministro e ajudantes estão a comdiuzir o Paós para o CAOS. a NAO SER QUE SEJA ESSE O OBJECTIVO DE QUANTO PIOR MELHOR, O E O PT como pode mais uma vez estar calado, quando no Governo enterior andava todos os dias a CLAMAR INSISTENTÁVEL EXPLOSIVO. porqee tinhe em PARIS O PONTA DE LANÇA BORGES NO FMI A FAZER O PAPEL SUJO, E NUNCA DISSOLVEU O PARLAMENTO OU DEMITIU O 1º mINISTRO, PARA EVITAR A TAL EXPLOSÃO QUE ELE PRECONIZAVA E FOI CONIVENTE COM TUDO O QUE SE PASSOU. QUEM PAGA O BRUTAL ORDENADO DO BPRGES? QUEM NÃO PASSA PELO CRIVO DO TRIBUNAL CONSTITUCIONAL, POIS NÃO É OBRIGADO A FAZER A DECLARAÇÃO POR NÃO SER ,MINISTRO.

    Gostar

  4. Albarran permalink
    30 Setembro, 2012 09:38

    Uma boa jogada actual, deixa uma vantagem posicional melhor para as jogadas futuras. A economia não é tão linear como o Borges e o JM a põem (tira TSU aos empregados e põe nas empresas, diminui custos do trabalho e melhora os parâmetros de investimento), considere por um momento os efeitos reflexivos (ou auto.correctores) defendidos por exemplo por um Soros sobre a economia e verá que não pode funcionar uma medida como a que foi anunciada pelo Passos Coelho. Mesmo sem poder definir exactamente quais seriam todos os efeitos reflexivos! È obvio que aumentar o IRS também vai ser mau, mas menos mau. A questão central continua a não ser atacada: diminuir os gastos do Estado, com PPP (ok o JM já afirmou que isso são peanuts, mas nem que fosse assim!) com uma melhor definição daquilo que queremos do Estado, com o “soltar” das escolas do dominio publico para possivel gestão privada das primárias e secundárias, “soltar” os centros de saude da esfera do Estado para as Câmaras Municipais, ou cooperativas dos profissionais que neles exercem, ou alargar á privatização juntamente com os Hospitais da área de influência… Acabar com os milhares e milhares de institutos publicos, acabar, extinguir, mandar para o desemprego quem lá está! Indeminizar se necessário!
    Despedir 50.000 funcionários publicos, nem que tenham de vender uns kilos de ouro para pagar as indeminizações/rescisões. Menos Estado, Melhor Estado e consequentemente menos impostos. Olhe fundir câmaras municipais ou extingui-las todas e criar 5 ou 6 regiões administrativas !!

    Gostar

  5. anti-comuna permalink
    30 Setembro, 2012 09:45

    “È obvio que aumentar o IRS também vai ser mau, mas menos mau. ”
    .
    .
    Como? Pode explicar usando a tal Teoria da Reflexividade? Obrigado.

    Gostar

  6. anti-comuna permalink
    30 Setembro, 2012 09:49

    Um link para os senhores das sebentas: http://tinyurl.com/9xs9x2l
    .
    .
    Deve ser chato reconhecer que o Greenspan, agora odiado por algumas seitas tidas como “puros liberais e randianos” descobrirem que o gajo era unha com carne com ela e até foi ele um dos grandes colaboradores para ela escrever algumas coisas. ehehehheh
    .
    .
    Os gajos das regisebentas apanham cada choque, que nem sabe onde se metem. Podem vender biblias mas é preciso ler as bíblias e as compreender mesmo. heehhhhe

    Gostar

  7. Tim permalink
    30 Setembro, 2012 10:18

    Lobo Xavier: Caso da TSU “mostra uma impreparação que aterroriza”
    O facto de o governo dizer que estava tudo bem, antes da apresentação das medidas sobre a TSU, mostra uma “impreparação que aterroriza”, afirma António Lobo Xavier na Quadratura do Círculo.

    Gostar

  8. Grunho permalink
    30 Setembro, 2012 10:20

    O Miranda ouviu um filho da puta idiota dizer umas patacoadas sobre a TSU e como o que ele disse prejudicava toda a gente (menos a ele e os amigos, que vivem à custa do estado) resolveu atrelar-se.

    Gostar

  9. Tim permalink
    30 Setembro, 2012 10:29

    CDS e PSD arrasam declarações de António Borges (Renascença)
    António Pires de Lima não poupa o consultor do Governo para as privatizações. O empresário e dirigente do CDS, sem querer gravar declarações, disse à Renascença que as palavras de Borges são “tão infelizes” e “tão arrogantes”, que “nem merecem comentários”.

    Gostar

  10. Albarran permalink
    30 Setembro, 2012 10:48

    Falta saber como vão ficar os escalões do IRS. Mas nestes há mexidas praticamente todos os anos, já as TSU teriam carácter permanente…
    Pode-se afirmar que o emprego clandestino tenderia a aumentar com uma TSU mais elevada para o trabalhador, enquanto um IRS mais elevado, dado o nivel salarial dos clandestinos não deve ter esse efeito.
    Caro anti-comuna leio com agrado muito do que escreve, tem posições e conhecimentos (que eu não disponho) de alguém bastante inteligente, mas esta da TSU é completamente contra-intuitiva e tem também teoricos, como saiu no tal think-tank de antigos colaboradores do Bush que são contra! E os empresários, são burros?

    Gostar

  11. anti-comuna permalink
    30 Setembro, 2012 10:51

    “E os empresários, são burros?”
    .
    .
    Não. Foram manipulados pelos que vegetam à custa do Estado.

    Gostar

  12. anti-comuna permalink
    30 Setembro, 2012 10:55

    Caro Albarran, sugiro que leia isto: https://blasfemias.net/2012/09/29/as-dificuldades-de-comunicacao-de-antonio-borges/#comment-1143803

    Gostar

  13. Albarran permalink
    30 Setembro, 2012 11:15

    Já li, mas não concordo com a ideia da manipulação, nem com qualificar o TC como novo Conselho da Revolução, ainda tenho memória das decisões do CR (pró-comunistas sempre) e da dificuldade de passarem as leis naqueles dias… Nas manifs não eram só os funcionários publicos!

    A redução do aparelho do Estado na minha opinião deve encolher serviços, libertar gente (que pode ir fazer outras coisas, inevitávelmente TERÀ de fazer outras coisas!) em vez de haver reduções transversais de salários.
    Visto assim, pode-se eventualmente conseguir equilibrar o défice publico e manter niveis salariais mais elevados.

    Gostar

  14. anti-comuna permalink
    30 Setembro, 2012 11:44

    Caro Albarran, se os sindicatos portugueses não fossem dominados pela função pública, o que eles fariam era negociar com o patronato, eventuais aumentos salariais, para compensar a subida da TSU de um lado e a queda do outro. Claro, que como os sindicatos portugueses são dominados por comunas e pelo funcionalismo público, eles nunca poderiam aceitar negociar com o patronato, já que só os trabalahdores do sector privado poderiam evitar os cortes salariais.
    .
    .
    Portanto, quem é o culpado dos aumentos de impostos sobre o trabalhador do sector privado são os parasitas do funcionalismo público. Que conseguiram o seu quinhão á custa da perdão dos trabalhadores do sector privado.
    .
    .
    Para bom entendedor…
    .
    “parasita
    .
    nome masculino
    .
    1. BIOLOGIA animal ou planta que, associado com outro ser vivo, o prejudica de qualquer modo
    2. figurado, pejorativo pessoa que vive à custa de outrem”
    .
    in http://www.infopedia.pt/lingua-portuguesa/parasita
    .
    .
    O funcionalismo público, tal como um qualquer parasita, associou-se ao sector privado para o prejudicar. Embora disfarçando atirando as culpas para a Troika ou para o governo. Ou seja, os parasitas chupam o sangue ao sector privado e estes nem se apercebem quem lhes está a ir ao bolso. eheheheheheh

    Gostar

  15. anti-comuna permalink
    30 Setembro, 2012 11:48

    Eu até acho que os parasitas em Portugal não são os vulgares piolhos ou pulgas. Não. São mais elaborados. Desconfio que são de uma espécie de morcegos que chupam o sangue das suas vítimas mas a sua saliva contém elementos sedativos e até anti-cicratizantes, para o sangue das vítimas escorrer melhor. E sem dor, claro.
    .
    .
    O funcionalismo público português deveria adoptar como mascote este morcego: http://images.nationalgeographic.com/wpf/media-live/photos/000/005/cache/common-vampire-bat_505_600x450.jpg

    Gostar

  16. Albarran permalink
    30 Setembro, 2012 15:55

    “Uma coisa é a equidade, que era incorrecta, os resultados que a medida pretendia obter junto das empresas, que não ia obter. Outra coisa é dizer-se que a medida está errada, qualquer que seja a medida alternativa — e neste caso será melhor”, sustentou.. AFIRMOU O RICCIARDI DO BESI, sobre a TSU.

    Gostar

  17. 30 Setembro, 2012 16:17

    E se a reposição dos subsídios e o financiamento da economia fosse concretizado assim:

    http://notaslivres.blogspot.pt/2012/09/medida-2-criacao-de-condicoes-para.html

    Gostar

  18. Castrol permalink
    1 Outubro, 2012 10:31

    Estamos nesta embrulhada porque o Estado gastou demais!
    Continuamos nesta embrulhada porque o Estado continua a gastar demais!
    Não há luz ao fundo do túnel, porque o Estado se recusa e gastar menos!
    Culpamos os sucessivos (des)governos, quando a culpa é do todos nós! Queremos manter o status quo a todo o custo, nem que para isso seja necessário levar à falência todo o sector privado do País, que é, em última análise, quem nos sustenta…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: