Skip to content

Dado o desinteresse dos media portugueses por esta morte aqui ficam vários links

17 Junho, 2017

Una policía israelí muere apuñalada por un palestino en Jerusalén en un ataque reivindicado por el IS

Islamic State claims fatal stabbing of Israeli policewoman Hadas Malka

Anúncios
16 comentários leave one →
  1. Expatriado permalink
    17 Junho, 2017 11:24

    Espere sentada ou… esqueça…

    Gostar

  2. lucklucky permalink
    17 Junho, 2017 12:13

    99% jornalistas portugueses sempre apoiaram os ataques contra Israel.

    -Ainda me lembro quando a narrativa que construiram era o “desespero” para ataques terroristas…

    Essa narrativa de repente deixou de ser usada. Agora são “desequilibrados mentais”

    -Depois foi a narrativa dos “assassinatos selectivos” quando um míssil israelita atingia um chefe do Hamas”

    Essa narrativa também deixou de ser utilizada. Quando toda a gente a passou a fazer o mesmo contra a Al Qaeda &Co. de repende “assassinatos selectivos” desapareceram das notícias.

    -A narrativa da Convenção de Genebra ainda por cima falsas pelo fósforo também deixámos de as ouvir.
    Assim que os Europeus e os EUA passaram a usar fósforo no Afeganistão e Iraque.

    – As narrativa da violação das convenções de Genebra, mais uma vez falsas por causa das bombas clusters também as deixámos de as ouvir.
    Agora temos inúmeros vídeos no Youtube de clusters lançadas pelos Russos e exército Sírio na Síria. Os EUA no Iraque e Afeganistão.

    Os Jornalistas só não chamam ninguém dos grupos oprimidos pelo Islão como Zororastras, Bahá’í, Caldeus, Yazadi, Druzos, Assírios, Tribos Sudanesas, Etíopes cristãos e muitos outros. Incluíndo mulheres.

    Esses já não têm direito ao “desespero”.

    Vejam como os jornalistas agora que o terrorismo lhes bate à porta, como em – Manchester- deixaram de chamar tanto “especialistas sociais” como “comentadores” e passaram a chamar “especialistas de segurança” como “comentadores”

    Liked by 1 person

    • André Miguel permalink
      17 Junho, 2017 14:55

      Se for contra pretos o jornalismo marxista tambem não se importa. Todas as semanas, todas mesmo, há atentados na Nigéria e Camarões, nem um é notícia! Um só!!! Puta que os pariu a todos…

      Gostar

      • lucklucky permalink
        17 Junho, 2017 17:11

        Sem dúvida, apenas se for um branco que se possa ligar ao “capitalismo” será notícia.

        Tal como os atentados no Paquistão contra os Ahmadis onde foram proibidos de se considerar Muçulmanos.

        Palestine

        Ahmadis were reported to be persecuted in the Palestinian Authority-controlled areas in 2010.[132] In 2010, Mohammed Sharif Ouda, head of the Ahmadi community in Israel, told Arutz Sheva radio that the Palestinian Authority is “encouraging the cold-blooded murder of Ahmadis” by failing to take concrete action to protect the community.

        United Kingdom

        Ahmadis in the UK have endured killings, mass protests by other Muslims against Ahmadi mosque construction,[139] and threats and intimidation.

        Tanveer Ahmed is a 32 year old Sunni Muslim cab driver from Pakistan who lived in Bradford.[9] On 7 July 2016, he admitted murder.[7] On 9 August 2016, he was sentenced to life imprisonment with minimum of 27 years in the High Court in Glasgow by Judge Lady Rae.[10] The judge said Asad Shah was regarded by those who knew him as a “peaceful and peace-loving man and family man who went out of his way to show respect for those of any faith.”[10] She said his murder was an “appalling display of merciless violence” and told Ahmed that he was responsible for the “barbaric, premeditated and wholly unjustified killing of a much loved man who was a pillar of the local community.”[10]

        The Ahmadiyya community are now conducting an anti-extremism campaign in Scotland. Representatives from the Sikh, Jewish and Christian attended the launch of the campaign and invitations were extended to the Glasgow Central Mosque and the Muslim Council of Scotland. The Guardian reported that both Mosque and Council declined the invitations “at the last minute” with apologies.

        Oops! Os chamados “moderados” não quiseram comparecer.

        On hearing his sentence, the killer shouted: “Muhammad is the prophet, he is the only one.”[11] His supporters in the public gallery chanted back to show their solidarity.[10]

        Coisas que obviamente não aparecem nas “notícias”

        Gostar

  3. Juromenha permalink
    17 Junho, 2017 12:54

    Repetindo : Prostituição Comunicacional portuguesa.
    Facciosa, ignorante, subserviente – e cobarde, muito cobarde.

    Liked by 1 person

  4. javitudo permalink
    17 Junho, 2017 12:55

    Na tugolândia os jornalistas estão formatados a preceito. Há poucas excepções e por isso é fácil escolher. Os pseudo debates televisivos são zap, a maioria dos jornais são lixo.
    Para esatar informado recorre à imprensa estrangeira como no tempo do botas.
    Até o El País, oleado pelo psoe, é melhor que os pasquins do dia.

    Liked by 1 person

  5. piscoiso permalink
    17 Junho, 2017 12:56

    Pela morte de Helmut Kohl, enche o Público a 1ª página.

    Gostar

  6. jmpg permalink
    17 Junho, 2017 13:34

    Coitados dos jornalistas. Pouco estudiosos , com salários e empregos precários o que fazem : estão na onda, repetem se, são banais e pronto .

    Gostar

  7. André Miguel permalink
    17 Junho, 2017 14:51

    Fico a aguardar, sentado, os minutos de silêncio nos campos da bola e as indignações costumeiras…

    Liked by 1 person

  8. javitudo permalink
    17 Junho, 2017 15:37

    Os media tugas cultivam o Kulturbolschewismus e comportam-se como cães amestrados do kosta e &. Estão a favor da consolidação das forças globalistas e das multinacionais.
    Sempre que há ameaça de bronca os “protectores da verdade e da objectividade” eis que distorcem os eventos da forma desejável para quem puxa pela trela. Publicam artigos de ataque contra opositores políticos e contra os “indesejáveis”, pagos à peça.
    http://www.cmjornal.pt/tv-media/detalhe/socrates-paga-blogue-a-assessor-de-medina
    Erguem cortinas de fumo para encobrir os factos ora omitidos, negados ou mal-representados a bel prazer. A ética jornalística que arrotam, não passa de uma farsa.
    Prezam acima de tudo a indústria do espectáculo, procurando adormecer e intoxicar a população inocente cada vez mais em declínio.
    São cumplices dos crimes cometidos contra o Ocidente por parte dos “refugiados” e colocam pressão sobre os tribunais de modo a que os criminosos possam sair livres ou com penas ridículas. Os jornalistas corruptos da tv que são a maioria, têm que ser expostos até que se engasguem no seu próprio veneno.

    Liked by 1 person

  9. javitudo permalink
    17 Junho, 2017 16:13

    Caixa de comentários do Insurgente. ANDRÉ MIGUEL
    “Podemos agradecer ao jornalismo marxista que educa o rebanho do rectângulo. Quando isto for outra vez ao charco, por favor, não atirem pedras apenas aos políticos, lembrem-se das casas de putas em que se tornaram as redações, que nos deviam informar e esclarecer ao invés de se venderem por uma migalha do pote sacado ao contribuinte”.
    Pelos vistos nem todos estão a dormir.

    Liked by 1 person

  10. Arlindo da Costa permalink
    18 Junho, 2017 00:44

    Pergunte a Israel que financia -com a Arábia Saudita – e dá «cobertura» ao Estado Islâmico.

    Gostar

    • Tiradentes permalink
      18 Junho, 2017 07:54

      Ora aqui está uma verdade verdadeira. Mas a pergunta devia ter sido feita muitos anos atrás. Quem financiou, apoiou,armou……o suposto “povo palestiniano” para matar judeus?

      Vai ver encontra na sua camarilha politica comunistóide muitos, quase todos, engajados nessa luta.
      E queixa-se de quê?
      De o “estado islâmico” atacar o ocidente capitalista? de mexer com a poltrona burguesa onde comodamente senta o seu cu revolucionário?
      Está a provar do mesmo veneno que andou a dar aos outros e não gosta?

      Liked by 1 person

    • 18 Junho, 2017 13:53

      Sr Arlindo,
      Quer-se dizer que o sr é assim, como direi, mais Irão, não?

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: