Skip to content

Quem é o Culpado do Inferno em Chamas?

20 Outubro, 2017

Fixe este número: 519 mil hectares de floresta ardida na região interior centro e norte do país SÓ em 2017, o equivalente à área de 519 mil campos de futebol onde jazem milhares de animais,  mais de 100 vidas humanas (até ver) queimadas vivas e centenas de casas, fábricas, produções agrícolas e ecossistemas destruídos. Depois junte a frieza de um primeiro-ministro que diz “que os portugueses têm de se habituar” , de um secretário de estado  que diz “não podermos ficar todos à espera que cheguem os nossos bombeiros e aviões” apelando ao “desenrasquem-se”, de uma MAI que diz que “temos de ser resilientes”, como reacção a esta SEGUNDA tragédia mortífera, como nunca se vira, e reflictam.  Não foi por causa das temperaturas elevadas, não senhor! Não foi por ser um ano excepcionalmente seco. Não foi raios nem queimadas. Não foi por causa dos incendiários do costume. Não! Não foi por causa disto que o Inferno em chamas chegou e incinerou tantos seres. Foi por INÉRCIA CRIMINOSA DO ESTADO. Outra vez.

Porque não há justificação que possam dar  e que explique como um país DEPOIS de uma tragédia tão grande como Pedrógão, não tomou acções PREVENTIVAS imediatas colocando todas as florestas em permanente vigilância e consequente limpeza de matas. Porque foi encerrada a fase Charlie ainda com temperaturas elevadíssimas e tempo seco, sem um pingo de chuva. Porque se deixou expirar contratos de meios aéreos reduzindo de 48 para 18 os meios de combate. Como foi possível deixar exactamente igual as chefias incompetentes e sem formação suficiente na ANPC.  Porque depois de cair o CONAC deixou-se o comando nas mãos Albino Tavares, o número dois, exactamente aquele que impediu o registo de mais alertas na fita do tempo aquando Pedrógão. Porque não foi imediatamente decretado na primeira tragédia que ceifou vidas, o estado de calamidade. Porque não foi de imediato substituído por outros meios de comunicação (os que nunca falharam nos tempos anteriores ao SIRESP) como plano B até resolver esse contrato de comunicação ruinoso e ineficiente. Eu explico: numa casa roubada onde até decorreu mortes trágicas, se de seguida não se põe trancas à porta nem vigilância, é porque simplesmente QUEREMOS que volte a acontecer. Porquê? Ora aqui está o grande busílis da questão…

É que só mesmo um parvo não entende o que está VERDADEIRAMENTE por trás disto tudo (veja aqui). A começar pela análise das fotos que foram chegando da catástrofe. Uma delas a qual  se tornou viral (veja aqui), tirada em Vieira de Leiria, analisada por  um conhecedor na matéria (ex-militar), revelava um fumo MUITO NEGRO e espesso com chamas vivas que alcançavam mais de 200 metros de altura (veja aqui) no pinhal de Leiria. Segundo o mesmo, jamais  pinheiros e resina a arderem teriam este cenário. Atribui a outros combustíveis como a mistura de gasolina e napalm (uma hipótese a considerar). Porque não se analisou isto? Mais: foram cerca de 600 focos de incêndio praticamente todos em simultâneo a deflagrarem de noite e madrugada. Cabe na cabeça de alguém que isto não seja um acto extremamente bem organizado por indivíduos MUITO BEM ENTENDIDOS na matéria e com a CUMPLICIDADE absoluta de gente bem colocada no poder? Mais ainda: o ataque foi só no INTERIOR centro e norte e este último num fim de semana que antecedia a previsão de chuva. Coincidências… A quem convém esta área ardida? Veremos daqui por uns tempos… E vou mais longe, para uma PJ tão hábil a no dia seguinte a Pedrógão descobrir a causa do incêndio numa árvore, não consegue imediatamente e só pela visualização das fotos do pinhal de Leiria chegar a uma única conclusão? Porque está tudo em silêncio e nem a Comunicação Social interroga isto? Porque agem como se tudo isto fosse normal?

Curiosamente vem agora o Louçã do alto da sua divina sabedoria dizer que é preciso um Super Ministério do Combate ao Fogo (mais boys anda girls chefiados quiçá por ele) em vez de mais eficiência do Estado na PREVENÇÃO e combate, a nacionalização das florestas  e expropriação a quem não limpa matas em vez de medidas de ajuda aos proprietários. Mas que conveniente. A reforma agrária do “tempo novo”.

A verdade é que o Governo QUIS manter tudo exactamente igual ignorando e MINIMIZANDO totalmente o trágico acontecimento em Pedrógão como se viu com Costa de ir tranquilamente para férias. O pedido de desculpas que nunca veio alegando que “só se dá na vida privada” demonstra algo que passou totalmente despercebido: um primeiro-ministro que não vê mal no que aconteceu. Que vê apenas danos colaterais. Porque onde há surpresa há choque e onde há choque há um sentimento profundo de culpa do qual nos tentamos redimir. Fiz-me entender? E isto está longe de ser arrogância.

O culpado só tem um nome e um rosto: Estado. Porque o verdadeiro criminoso não é quem pratica o crime. É quem deliberadamente o permite.

 

 

 

Anúncios
77 comentários leave one →
  1. Manuel Assis Teixeira permalink
    20 Outubro, 2017 16:01

    Mais um excelente artigo Cristina Miranda. Parabens! Mas agora vamos poder passar a estar tranquilos! Para Ministro do Interior, perdao Administração Interna vai agora o Torquemada do Barreiro censor mor do reino( vide caso dos microfones com o Paulo Nuncio ou as ordens de retirada de livros da Porto Editora alem de outras atitudes) que vai agora, qual Pina Maniquezeco dos costumes por-nos na ordem! Tranquilizemo-nos portanto!

    Liked by 1 person

    • José da Costa permalink
      21 Outubro, 2017 13:35

      O Costa está maluco.
      Nomeia uma Cabrita gordinha para apagar fogos.
      A Cabrita chega ao fogo derrete-se-lhe logo a gordura que possue abundantemente por baixo do queixo que escorre pela encosta abaixo a espalhar as chamas.
      Com a Cabrita a governar,
      não vai sobrar folha por queimar.

      Gostar

  2. eldefonso permalink
    20 Outubro, 2017 16:02

    Olhe que a madeira queimada é um bom negócio e há quem lucre com os incêndios.

    Gostar

  3. José Domingos permalink
    20 Outubro, 2017 16:08

    O estado não quer saber do resto do país, só interessa Lisboa. Desde o século 17/18, que se criou a ideia de que era em Lisboa, que se reunia a elite portuguesa, o centro do país era aqui, tudo emanava daqui.
    O restante país era para passar férias, encontrar motivação para pintar, escrever livros ou poemas, era o país dos rurais, criados e criadas, os serventes, talvez portugueses de segunda.
    Foi assim durante o estado novo e a seguir ao 25A, era aqui o centro, onde tudo se decidia e legislava, até os próprios partidos, não têm grande implantação no Portugal rural, utilizando outro método de contagem de votos, que não o actual, que só favorece o sistema das elites.
    O resultado está aí.
    Esse Portugal interior, não merece ser “governado” por gentalha deste jaez , onde lamentavelmente limitam-se a pagar impostos, de onde metade serve para sustentar o mesmo estado crivado de imbecis e lambe botas que vivem á conta dos mesmos, convencidos estes labregos que são o centro do mundo, com o resultado que sabemos.
    Obrigado pelo texto.

    Liked by 2 people

    • Luis permalink
      21 Outubro, 2017 09:48

      O Imperio em parte foi um presente envenenado. Sa de Miranda fala disso, comeca ai o despovoamento do interior, saem principalmente os homens. Lisboa torna-se a cidade onde se concentra a corte e os seus dependentes. O interior fica esvaziado, desaparece a producao local. No seculo XIX nao havia estradas nem caminhos, nem producao. O mal tem raizes historicas.

      Gostar

  4. 20 Outubro, 2017 16:25

    A esquerda , os sindicatos, os ciganos, os pretos, os muçulmanos, os gays, etc….

    Gostar

    • José Ribeiro permalink
      20 Outubro, 2017 16:28

      … e os abéculas!

      Gostar

      • Tiradentes permalink
        20 Outubro, 2017 20:11

        o azar da esquerda é ter muitos Abeis ou, como o José Ribeiro os designa

        Gostar

    • JMS permalink
      20 Outubro, 2017 22:56

      É por essa estupidez, geralmente demonstrada por idiotas de esquerda, como é o caso dos Abeis, Piscoisos, Arlindos e quejandos que temos o país que temos. Um país atrasado, visceralmente socialista/marxista, onde nada funciona, nem a proteção que o estado sempre proporcionou aos seus cidadãos, até à chegada de António Costa.

      António Costa, um supremo vigarista que nem no partido dele pensa, só pensa na sua vida pessoal, e como ha-de conseguir safar-se da sua própria incompetência. Típico dum socialista/marxista.

      O país que se lixe.

      Em caso de perigo, as pessoas que se desenmerdem. Não estamos cá para isso. Estamos cá para salvar a pele do nosso querido líder e amigo António Costa.

      As próximas sondagens irão dar, finalmente (!), a maioria absoluta, ao PS de António Costa.

      É este o governo que temos. Mas pior do que isso, é o país que temos.

      Um país de estúpidos e atrasados mentais. Socialista/marxista, portanto.

      Liked by 2 people

    • José da Costa permalink
      21 Outubro, 2017 14:07

      O problema da sociedade ocidental é que o sistema capitalista trouxe riqueza e deu liberdade a mais à Esquerda para exigir. A Esquerda não quer trabalhar e especializou-se em exigir, reivindicar, fazer greves, manifestações e vigílias.
      Hoje o Mundo Ocidental está rico e os esquerdalhos vivem dos impostos que os empresários e trabalhadores pagam. Os esquerdalhos não trabalham. Vivem à conta do Estado que vai aumentando cada vez mais a carga fiscal para lhes ir pagando a mama. Estado que está todo contaminado por “funcionários públicos” esquerdalhos que não fazem a ponta de um corno. Basta observarem nas listas dos candidatos às últimas eleições autárquicas do Bloco de Esquerda, por exemplo, a profissão dos candidatos. Vão ver por curiosidade, nem que sejam só os da vossa autarquia.

      Este Estado vai rebentar não tarda muito.
      Na Europa mais civilizada, Inglaterra, França, Alemanha, Austria, Holanda, etc., os resultados eleitorais confirmam o que estou escrevendo.
      Mas Portugal, como quase sempre, vai atrasado. Mas com o apertar do cerco dos países mais avançados, que vai acontecer, Portugal vai ter que mudar de atitude e correr com toda a escumalha de políticos esquerdalhos que neste tempo estão a ocupar o poder todo em Portugal.

      O bruto do Costa mais a cambada que o apoia, deviam era andar a apagar fogos de mangueira na mão para dar descanso aos valorosos bombeiros portugueses que tão sacrificados têm sido pelas tragédias ocorridas neste reinado do bruto.

      Liked by 1 person

  5. José Ribeiro permalink
    20 Outubro, 2017 16:29

    Excelente comme d’habitude, cara Cristina!

    Gostar

  6. Procópio permalink
    20 Outubro, 2017 16:48

    A Cristina Miranda está a brir a ponta de um véu espesso.
    Já percebemos que não vai ser a nossa PJ que o vai abrir.
    Uma vez que o “fenómeno” assumido proporções gigantescas no sítio, mas outros países da orla mediterrânica também sofrem, pode ser que outros investigadores topem.
    Até por puro acaso. Isto é tem muito mais que ver do que madeireiros e canadairs.
    A posição da geringonça neste contexto alumia. Se o p(h)odemos governasse a Espanha mais graves por lá seriam as consequências de certeza.

    Gostar

  7. LTR permalink
    20 Outubro, 2017 17:04

    A preocupação dele hoje ao sair do Conselho Europeu é que Bruxelas não conte as despesas com incêndios para o défice. Deve haver gente que acha isto normal.

    Liked by 2 people

    • Manuel permalink
      20 Outubro, 2017 17:22

      E, teremos nova bancarrota. O homem não governa, gere sondagens e imagem. Devemos estar preparados para novas tragédias.

      Liked by 2 people

  8. LTR permalink
    20 Outubro, 2017 17:11

    Isto será uma estrada ou uma lareira?

    Liked by 1 person

    • eldefonso permalink
      20 Outubro, 2017 17:40

      Ao previlegiar o transporte rodoviário ao ferroviário, os nossos governos construíram estradas a esmo, como a da gravura.

      Gostar

  9. Manuel permalink
    20 Outubro, 2017 17:33

    Excelente artigo, mas a floresta pública e privada precisa de um investimento muito parecido com o que foi utilizado para salvar bancos. Será que podemos aumentar a dívida pública nesse valor?

    Gostar

    • Julio Castro permalink
      21 Outubro, 2017 14:57

      Não porque segundo a filosofia costista o dinheiro é usado prioritariamente para “repor rendimentos” (caçar votos).

      Liked by 1 person

  10. Procópio permalink
    20 Outubro, 2017 18:20

    As causas de tragédias como esta são múltiplas. Há porém o gatilho. Habitualmente esconde-se. Primeiro estudam-se as fragilidades. Apreciam-se os perfis dos indígenas.
    A forma como andam distraídos e despreocupados. Nem sabem onde põem os pés, não estimam as suas riquezas porque as desconhecem, não sabem que a Terra é redonda mas tem picos. Põem-se a brincar com as esquerdas contra as direitas enquanto se facilitam roubos históricos, agiotagem, apoiam-se tiranos, aplaudem-se narcisos, disponibilizam-se papéis no Panama e noutros locais de sonho.
    No momento certo zás, traz pás. “Devemos estar preparados para novas tragédias”. Manel.
    No médio oriente é chapa A, na América latrina é chapa B. No Sul da Europa é C.
    Há que desvastar território, expurgar populações inteiras para sacar depois. Pode levar anos. São organizações que sabem esperar. Querem exemplos?
    http://www.opensocietyfoundations.org
    Tudo em prol da demucracia, da liberdade, dos direitos ó manos e da caridade. A caridade com beijos e abraços é enternecedora.
    Sempre se fez isso, mas agora a tecnologia oferece meios para atuar com muita mais facilidade e proveito. Começando pela isenção da taxas.
    Quem são os governos amados por essas organizações?

    Liked by 1 person

    • André Miguel permalink
      20 Outubro, 2017 22:45

      Lá fora dizem que foram 18 mil milhões do Soros para a demoracia, cá dentro escrevem que foi caridade. E assim se percebe o esquema. Pena é que anda tudo a dormir.

      Liked by 1 person

  11. carlos alberto ilharco permalink
    20 Outubro, 2017 18:29

    Uma crónica bem detalhada e incisiva.
    Até podia fazer tremer um Governo.
    Não vai ser o caso.
    António Costa na terça-feira com o PCP e o BE no bolso, vai arrasar a oposição que neste momento é apenas o CDS.
    E nem vai precisar de fazer a parte suja, essas as duas muletas como já explicaram nos jornais vão servir, o mote é passar culpas para trás e dizer que se deve olhar para a frente e ameaçar que se estão a usar os mortos como bandeira eleitoral.
    E o PR vai engolir este sapo, uma boa taça de Murganheira pode ajudar.

    Gostar

  12. Procópio permalink
    20 Outubro, 2017 19:02

    Sim é verdade em parte, mas a desgraça mói e pouco a pouco as cliques vão sendo identificadas com a desgraça. A outra parte está para vir, e mais outra. Leva tempo durante um certo tempo, numa hora é repentino.

    Gostar

  13. Procópio permalink
    20 Outubro, 2017 19:17

    As chamas começam na mentira, há muitos tipos de incêndio para vir.
    “A Ordem dos Engenheiros enviou um esclarecimento a todos os associados, informando que o ex-primeiro-ministro José Sócrates não é engenheiro e acrescentando que irá alertar a Assembleia da República, visto que no portal do parlamento a nota biográfica de José
    Sócrates lhe atribui o título de engenheiro civil.

    “O 44 começa por dizer que é “engenheiro técnico pelo ISEC desde 1979” e licenciado em “engenharia civil pela Universidade Independente desde 1996″, só que nunca solicitou a inscrição na Ordem por não exercer desde 1987, ano em que foi eleito deputado pela primeira vez”.
    O 44 sabia que a OE nunca lhe daria título nenhum. A OE não tem sede na Calabria.

    Gostar

    • 20 Outubro, 2017 22:43

      Os ordens bem que podiam ir levar no rabo. Não fossem elas umas das grandes responsaveis pelo feudalismo estatal.

      Liked by 1 person

    • Tiradentes permalink
      21 Outubro, 2017 07:54

      inclua os sindicatos e estarei de acordo

      Gostar

  14. Expatriado permalink
    20 Outubro, 2017 19:37

    Quem seria/será o tal “coordenador de influência”?

    …”Esta não foi a primeira vez que se soube detalhes de como este alegado cartel de empresas terá atuado em Portugal. Em agosto de 2016, o “El Mundo”, tendo por base interrogatórios do processo, escreveu que estes empresários tinham um “coordenador de influência” em Portugal que tinha uma rede de contactos com “as instituições de Portugal” e marcaria reuniões obter informação confidencial acerca dos concursos. No centro estava mesmo a Avialsa, até porque terá sido um ex-funcionário da empresa, Franciso Alandí, a denunciar o caso às autoridades espanholas em finais de 2014.”

    http://visao.sapo.pt/actualidade/portugal/2017-06-23-Portugal-tera-pago-tres-vezes-mais-em-contratos-para-combate-a-incendios

    Que tem a dizer disto a PGR?

    Liked by 1 person

    • 20 Outubro, 2017 20:54

      Dentro de algum tempo a PGR voltará a ser “comandada” de fora para dentro quando tiver mais um fernandinho qualquer a dirigi-la, porque o mandato da JoanaMVidal termina em breve.
      Portanto, alguém vai rasgar, arquivar e tesourar “matérias” incómodas, perigosas, para o P”S” & não só.

      Gostar

      • Expatriado permalink
        20 Outubro, 2017 22:17

        Mesmo assim acho estranho que este tipo de notícias não tenham um maior desenvolvimento. Bem… Talvez não devia achar estranho pois quaisquer 10 euritos de aumento nas reformas dão para abafar muitas consciências.

        E a comunada continua na senda das greves dos FPs como se o País não estivesse no meio de uma tragédia.

        Continuo a dizer que, dadas as circunstâncias, o OE2018 devia de ser revisto e as verbas alocadas para os aumentos dos FPs suspensas e dirigidas para a recuperação do interior e ajuda imediata às pessoas e empresas que perderam tudo. É a prioridade máxima. Ou devia de ser.

        Liked by 1 person

      • SALOIO permalink
        20 Outubro, 2017 22:52

        Essa foi a missão da qual A. Costa foi incumbido pela aristocracia do partido. Tinha que chegar a PM desse por onde desse, apaparicar as massas e esperar o memento para escaqueirar a “Operação Marquês. Se esta missão não for levada a termo um efeito dominó fará tombar muitos bustos das peanhas.

        Liked by 2 people

      • 20 Outubro, 2017 23:10

        Saloio,

        Exacto !
        Desde o momento em que houve a golpada parlamentar para o AC-DC SE COLOCAR em S.Bento acompanhado por alguns da seita, eu assinalei a urgência de perturbar a justiça.
        Uma mão negra e/ou amarela fá-lo-á.

        Liked by 1 person

  15. Aventino permalink
    20 Outubro, 2017 20:10

    QUEREMOS o Pedro Passos Coelho de volta!!!!!!

    Gostar

  16. 20 Outubro, 2017 20:34

    SÓ PARA LEMBRAR QUE AMANHÃ, SÁBADO,
    HÁ MANIFS EM VÁRIAS VILAS E CIDADES
    CONTRA A PORCARIA DE GENTE QUE DESGOVERNA E DESPROTEGE O PAÍS.

    Gostar

  17. 20 Outubro, 2017 20:48

    Por ora, esgotou-se-me a paciência para colocar aqui uns bitaites sobre a actualidade do país.
    Só me apetece estar à porta dos ministérios para passar rasteiras aos ministros e vê-los estatelados e doídos.

    Gostar

    • Julio Castro permalink
      21 Outubro, 2017 15:02

      Bolas, doidos já eles são. E não será só por isso que actuam como se vê.

      Gostar

  18. 20 Outubro, 2017 21:41

    Platão diria-nos: eu avisei-vos no que dá a democracia…

    Gostar

  19. JCA permalink
    20 Outubro, 2017 21:52

    .
    (à margem), noticias da Galiza:
    .

    =Investigan a un grupo organizado en los incendios de Pazos de Borbén
    La Guardia Civil considera que es muy difícil que una sola persona pueda causar nueve focos de fuego en apenas veinte minutos
    https://www.lavozdegalicia.es/noticia/vigo/pazos-de-borben/2017/10/20/investigan-grupo-organizado-incendios-pazos-borben/00031508508633092307109.htm
    .
    La investigación de los incendios en Vigo se refuerza con la Policía Científica de Madrid
    .
    .
    (este Ecologista, ou Verde, diz que estava a assar chouriços na mata:
    .
    El hombre que prendió un fuego para «asar uns chourizos» es el fundador de un grupo ecologista
    La jueza lo envió a prisión por el incendio de Os Blancos
    https://www.lavozdegalicia.es/noticia/ourense/os-blancos/2017/10/19/hombre-prendio-fuego-asar-uns-chourizos-fundador-grupo-ecologista/00031508407006815444728.htm

    Liked by 1 person

  20. chipamanine permalink
    20 Outubro, 2017 22:28

    Cristina uma sugestão de alteração do parágrafo inicial 109 vidas (até à data), 519 mil hectares …..a ordem não é dispicienda porque estas mortes e a forma como ocorreram é que às pessoas ditas normais nos apoquenta , inquieta e sobressalta. 50 por cento da riqueza produzida anualmente no país ao que parece não é suficiente para a salvaguarda da vida humana dos seus habitantes.isto doí muito! O ex ministro de estado do governo do 44 convive bem com isto.

    Liked by 2 people

  21. Arlindo da Costa permalink
    20 Outubro, 2017 22:54

    Cumpriu-se a profecia satânica do Bruxo de Massamá.

    Gostar

    • Expatriado permalink
      20 Outubro, 2017 23:05

      Filho da puta!!!

      Gostar

      • 20 Outubro, 2017 23:13

        Essa escumalha lindo, bel e coiso três em um, devia ter pelo menos quentíssimo o capacete no meio de um dos incêndios. Não para morrer, mas para não gozar com tragédias.
        Aquando dos incêndios em Junho, o piscoiso até ironizou…

        Gostar

      • carlos alberto ilharco permalink
        21 Outubro, 2017 00:33

        Se ninguém lhe responder, ele extingue-se.
        Experimentem, no partido não gostam de inúteis.

        Gostar

      • Tiradentes permalink
        21 Outubro, 2017 10:14

        Não sei porquê se indigam com os ar-lindos. Aquilo é uma espécie de glorifou sempre os 60 milhões de mortos na URSS, os 90 na China, os 2 milhões no Camboja e por aí fora no paredon
        Porque é que 100 tuguinhas mortos o incomodariam?

        Liked by 1 person

    • LDM permalink
      21 Outubro, 2017 21:37

      Até quando vamos ter de te aturar, Arlindo?

      Gostar

  22. JMS permalink
    20 Outubro, 2017 23:04

    Cristina,

    Mais um excelente post e com uma clareza de ideias bem expostas.

    Infelizmente chega a poucas pessoas.

    A sua indignação é genuína e com toda a razão mas… como não é de esquerda, não conta!…

    Enfim…

    Gostar

  23. Procópio permalink
    20 Outubro, 2017 23:58

    Contamos todos para o que der e vier. Força Crstina!

    Liked by 1 person

  24. Expatriado permalink
    21 Outubro, 2017 01:02

    …”Se fosse uma personagem de ficção, o dr. Costa seria exagerado e o seu autor arrasado pela crítica. Ninguém acreditaria em criatura tão primária e paródica. O dialecto é demasiado pobre. O oportunismo é demasiado infantil. O provincianismo é demasiado caricatural. O descaramento é demasiado forçado. A ambição é demasiado brutal. A manha é demasiado ostensiva. O ridículo é demasiado evidente. A perversidade é demasiado tosca. O estilo é demasiado repulsivo. A boçalidade é demasiado boçal. A desumanidade é demasiada, ponto. Tudo no dr. Costa, das roupas aos risos e dos truques às palavras (digamos), se confunde com um boneco, ou o estereótipo superficial de um político grotesco.”…

    http://observador.pt/opiniao/o-dr-costa-e-mau-demais-para-ser-mentira/

    Liked by 1 person

  25. Filipe Costa permalink
    21 Outubro, 2017 01:44

    Passei um tempo a pesquisar, é melhor pensar no futuro, lí que o melhor avião para fogos é este:

    https://www.outsideonline.com/2079591/can-10-million-firefighting-machine-actually-stop-fires

    Custa 10 milhões de dolares.

    Sei que os Canadairs ligeiros C-215 custam 26 milhões, 8 de uma assentada, sei que um Canadair pesado custa 23 milhões, o C-415.

    Sei que temos Força aérea, sei que temos 40 mil tropas, sei que isto ESTÁ DE PERNAS PARA O AR.

    Finalmente sei, que a Cristina pensa, logo….

    Liked by 1 person

  26. 21 Outubro, 2017 06:00

    Com tanta eólica metida em cima dos montes e tanto incêndio, 0 torres eólicas queimadas. Há uns anos atrás por aqui na minha terra, num monte de árvores e eucaliptal também do nada começou a arder, 1 ou 2 semanas depois do incêndio, começaram cortar as árvores queimadas, pouco tempo depois de cortado, passagem de cabos com postes de alta tensão pelo monte. Agora por curiosidade fui ver onde os cabos vão ligar. Ironia, central ambiental de Tratolixo empresa pública. Aqui vai outra dica da motivação de grandes interesses que estão por detrás dos incêndios enquanto “falsas bandeiras”, para justificar o avanço de negocios “verdes”, com grandes subsidios do estado, que de outra maneira geram prejuizo ou pouco lucro. Mas que que com tragédias e com o povo com aterrorizado, são manobrados a aceitar meter o próprio dinheiro do bolso, para o lucro de uma clique mafiosa, que lhes apresenta a solução.

    http://www.tsf.pt/lusa/interior/incendios-centrais-de-biomassa-podem-reforcar-limpeza-das-florestas-em-portugal—especialista-8858744.html
    http://expresso.sapo.pt/economia/2017-06-27-Mira-Amaral-diz-que-a-biomassa-tem-sido-o-parente-pobre-da-politica-energetica

    “o secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, lembrou que entrou em vigor “há três semanas” um regime “mais ágil” para a instalação pelos municípios de centrais de valorização de biomassa, que usem matéria orgânica para produzir energia, com medidas de incentivo à instalação”

    “Em 2006 foram lançados procedimentos de concurso público para construir e explorar centrais de biomassa florestal residual, mas a iniciativa privada deixou por instalar 50% da potência de injeção então colocada a concurso e que agora o Governo quer atribuir.”

    Eles criam o perigo e o terror como a mafia e depois apresentam-se como os guardiões e solucionadores. Para investigar os incêndios não é preciso investigar o que terá ocorrido, basta ter o olho atento aos que se apresentam logo com “soluções”.

    Liked by 1 person

    • 21 Outubro, 2017 07:16

      21.08.2015
      http://expresso.sapo.pt/economia/economina_energia/2015-08-21-Governo-da-mais-dois-anos-para-a-construcao-de-centrais-de-biomassa-florestal

      “O concurso da Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG) atribuiu em 2006 uma capacidade de cerca de 100 megawatts (MW) para a instalação de centrais que aproveitem biomassa florestal, mas desde então poucos foram os projetos que saíram do papel. Isto apesar de em 2011 o Governo ter aprovado medidas para incentivar a instalação desses empreendimentos.”
      “Mas nem as tarifas garantidas de venda de eletricidade à rede chegaram para muitos dos promotores avançarem com os seus projetos na área da biomassa florestal. Em 2012 o Executivo veio prorrogar o prazo de entrada em exploração das centrais até 2016 (ou 2017 caso o empreendimento precise de prévia avaliação de impacto ambiental).

      Agora o Governo voltou a dilatar esse prazo, estipulando que a atribuição das tarifas bonificadas às centrais de biomassa só é válida caso elas entrem em operação até ao final de 2018 (ou de 2019 nos projetos dependentes de avaliação ambiental)”

      08 Jul 2017
      https://www.publico.pt/2017/07/08/sociedade/noticia/governo-aprova-quatro-novas-centrais-de-biomassa-florestal-1778414

      “De acordo com a secretaria de Estado da Energia, os promotores dos projectos são a Sociedade Bioelétrica do Mondego, a EDP Produção Bioelétrica, a PA Biomassa, SA e a SIAF – Sociedade Iniciativa e Aproveitamentos Florestais, Energia, S.A, cujas centrais possuem potências instaladas de 55 MW, 35 MW, 15 MW e 12 MW, respectivamente.
      Referentes a concursos anteriores a 2011, os projectos aprovados dispõem de remuneração garantida e têm que entrar em exploração até ao final de 2019, refere a nota do gabinete de Seguro Sanches”

      Tiveram 10 anos que não quiseram participar, o que aconteceu entretanto para que agora já se mostrem tanto interessadas ? …”Remunerações garantidas”

      Liked by 1 person

  27. 21 Outubro, 2017 07:41

    10 de junho de 2017
    http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/energia/detalhe/governo-quer-recuperar-ate-500-milhoes-de-euros-da-edp

    “A ERSE está a calcular os valores pagos à eléctrica nos últimos 10 anos. O Governo prevê recuperar até 500 milhões de euros em rendas excessivas.”

    a 17 de junho de 2017 – Incêndio florestal de Pedrógão Grande .

    29 de setembro 2017
    https://www.publico.pt/2017/09/29/economia/noticia/erse-propoe-corte-de-165-milhoes-de-euros-na-renda-anual-da-edp-1787183/amp

    15 de outubro 2017 . 300 incêndios

    “Maior acionista da energética, a China Three Gorges, estarão a estudar novos nomes para a presidência da EDP, tendo em conta a constituição como arguido na investigação do Ministério Público sobre os Custos de Manutenção do Equilíbrio Contratual (CMEC) e a menor capacidade negocial da EDP junto do Governo de António Costa”

    A EDP diminuiu a sua força de negociação com este governo.

    Segue-se, atividade terrorista, como arma de coerção a governos… Há muito dinheiro e poder em jogo.

    Liked by 1 person

  28. Luis permalink
    21 Outubro, 2017 09:30

    Nao ha culpado. Ha culpados. Parte do problema esta no desordenamento. Portugal visto do ceu e o pais europeu mais desordenado que conheco. Especialmente o Litoral Norte e Centro, a Grande Lisboa e o Algarve. Ja nao ha povoacoes com limites bem definidos, as casas espalham-se ao longo de todo o tipo de estradas, pelos montes, matas, praias, rias…

    A teia desordenada de casario deveremos acrescentar barraquinhas agricolas, garagens, armazens, fabricas, tudo com frequencia ao abandono, ruinas, lixo.

    Quem fez de Portugal um pais desordenado, como se fosse um grande suburbio de uma cidade da America Latina? Por que nao somos ordenados como os espanhois?

    Gostar

  29. Luis permalink
    21 Outubro, 2017 09:34

    Um exemplo maior de Terceiro Mundo esta no vale do Leca. Zonas com terras cheias de lixo nao faltam, desde sacos de plastico a electrodomesticos. Abundam as fabricas e armazens ao abandono, nao raras vezes a beira da ruina. Eucaliptos que nao sao para producao de pasta de papel, dominam a paisagem, a ocupar o lugar do carvalho e do castanheiro. Nao faltam casas com paredes dentro do leito de cheia. Ha encostas com ar de favela. Tudo construido nos ultimos 40 a 50 anos.

    Gostar

  30. Luis permalink
    21 Outubro, 2017 09:37

    Este desordenamento tem custos brutais para o contribuinte mas da dinheiro a muita gente…

    Gostar

  31. 21 Outubro, 2017 10:32

    O director-geral da PJ afirmou ontem que na origem dos incêndios em Junho e em Agosto não está o crime organizado nem terrorismo…
    Porra, pensam que toda a gente é parva…?

    MAIS LOGO HÁ MANIFS CONTRA ESTA GENTALHA DA GOVERNANÇA !

    Gostar

  32. rão arques permalink
    21 Outubro, 2017 13:47

    Alô Dr. Marcelo, se não sabe ou faz que não sabe isto venha cá.
    Começou por lhe dar apoio dizendo em Pedrogão que foi feito tudo o que era possível fazer.
    Acabou agora por abrir o livro que já todos tinham lido, mas parecendo ser o ultimo a verificar e perceber já quando o homem estava praticamente por terra.
    Aproveitando oportunisticamente ocasião negra para um deplorável personagem não apaga o colo com que quis aconchegar figura tão sinistra.
    Tão sinistra e grotesca, que vomitando indignidade se vergou cobardemente sem responder à letra a um comparsa de percurso empenhado na pantomina até às orelhas.

    Gostar

  33. Expatriado permalink
    21 Outubro, 2017 13:49

    …”Mas há talvez uma explicação para o grotesco. António Costa ocupa simultaneamente dois cargos. Em primeiro lugar, é sócio-gerente da empresa Geringonça, destinada a perpétuá-lo no poder e que no início o fez ascender a uma posição para a qual não havia sido eleito. Em segundo lugar, é primeiro-ministro de Portugal. A ordem aqui não é arbitrária: indica uma precedência. A actividade desenvolvida na sua primeira ocupação ocupa-lhe a maior parte do tempo. Conversas, negociações e coisas assim são o pão nosso de cada dia. Isso interessa-lhe, deve dar-lhe prazer, e arranjou uma fama de hábil na matéria. Para o segundo cargo, o de primeiro-ministro, ele não tem a mesma vocação, nem, provavelmente, o mesmo interesse. Aí é deixar as coisas irem andando. Confiando nas virtudes exibidas no cargo de sócio-gerente, crê que elas bastam para ser primeiro-ministro. Erro seu, erro absoluto seu. Não bastam nem são o essencial. Provam-no a maneira como reage às dificuldades, o que diz nessas situações e muitas coisas mais. Não está bem na pele, está pessimamente, com consequências catastróficas e criminosas. Não tem competência nem talento. E isso, fatalmente, comunica-se aos subordinados, que, por arrasto, são também funcionários da empresa Geringonça.”…

    http://observador.pt/opiniao/um-homem-de-facto-muito-perigoso/

    Liked by 1 person

  34. 21 Outubro, 2017 14:05

    Vale a pena seguir os links. Mesmo sem eles é intuitivo que o caso português dos fogos não é normal. Quando um país pequeno apresenta uma área queimada maior que as áreas queimadas combinadas do resto da Europa, algo está errado na figura.
    Mas mais errado ainda é o modo como este governo em particular lida com o facto, e que se pode resumir a isto: ESTES TIPOS ESTÃO NO PODER EXCLUSIVAMENTE PARA SE DESENRASCAR E PORTANTO O POVO QUE SE DESENRASQUE, PORQUE NÃO HÁ GOVERNO.

    Liked by 1 person

  35. 21 Outubro, 2017 14:51

    VÁ LÁ, CARAGO !
    ESTÁ BOM TEMPO, A MANIF NA SUA VILA OU CIDADE ESPERA-VOS.

    Gostar

    • 21 Outubro, 2017 18:25

      Já ca estou . Levo um cartaz que diz ” ps , PSD, CDS viram o que fizeram ? “

      Gostar

      • 21 Outubro, 2017 20:52

        E levaste nas trombas ! Ainda duvidas porquê ?
        Viste no Terreiro do Paço algum cartaz “PS o culpado ?”
        E aqui no Blas revelas a origem (nenhuma novidade) da provocação em Lisboa e levas mais, quem te mandou colocar “ps” em minúsculas e “PSD,CDS” em maiúsculas ?

        Gostar

  36. basto_eu permalink
    21 Outubro, 2017 16:32

    Para mim só há um verdadeiro culpado e chama-se Marcelo Rebelo de Sousa e é Presidente da República. Ele e o seu ex-aluno demasiado bronco é que deixaram chegar as coisas a este ponto.
    .

    Gostar

  37. 21 Outubro, 2017 18:00

    Por aqui pulula o que de pior, mais reaccionario, mais indecente existe na sociedade portuguesa.

    Gostar

    • 21 Outubro, 2017 20:46

      Então pulula daqui pra fora. E ó Abel;
      Vai pró caralho.

      Gostar

      • 21 Outubro, 2017 20:56

        AB,

        Sugiro que não mande um panasca bellindocoiso “vai pró caralho”, é isso que eles gostam.

        Gostar

      • 22 Outubro, 2017 14:09

        Desde que o Abel me classificou abaixo de porco (o animal), não tenho mais conselhos para lhe dar senão esse. Se gosta ou não é lá com ele.
        O Arlindo, o Piscoiso, o Abel, e agora o Aónio, fazem parte dum projecto comum de intoxicação da liberdade de expressão. O Abel é o bruto, o Aónio é o falso conciliador, e haverá outro cuja missão é fazer-se passar por direita radical. O modus operandi é sempre igual, nada mudou desde a PIDE, para quem o dono do café da esquina era um elemento muito útil, encorajando as conversas “subversivas” para melhor observar e denunciar.
        O Abel é o provocador de serviço, as suas tiradas são sempre extremas, e ele está a registar quem responde, e como. Mesmo que a informação recolhida seja incompleta, é informação. Um dia poderá eventualmente aceder aos IPs, e daí a nomes e moradas, e nesse dia seremos perseguidos novamente pelas nossas opiniões. Como já fomos.

        Gostar

    • LDM permalink
      21 Outubro, 2017 21:43

      Tu é que és bonzinho. A defender o Tosta …

      Gostar

  38. Expatriado permalink
    21 Outubro, 2017 22:35

    Será desta?

    “Sacado” do Porta da Loja.

    Para visionar o texto, colocar o dedo na imagem (2 segundos) e escolher “abrir em nova janela”.

    Liked by 2 people

  39. Leunam permalink
    22 Outubro, 2017 12:27

    Jamais os internacionalistas se preocuparão com os nacionais e as suas carências.
    Preocupam-se com eles e respectivos interesses.

    Liked by 1 person

  40. 22 Outubro, 2017 17:14

    Quando o filtro aplicado numa foto é o fundamento de uma argumentação, está tudo dito…

    Gostar

  41. 27 Outubro, 2017 18:26

    Há também um vídeo de Arganil, ou Oliveira, em que o mato a arder assobiava e a chama se mantinha inalterável. Parecia uma canalização de gás a arder.
    Há muito que se sabe do uso de material militar: nos anos 70-80 eram bombas incendiárias de fragmentação. havia muitos ex-militares e eles sabiam do que se tratava.

    Embora haja malucos e raios, a maioria dos incêndios são para provocar o êxodo rural e a pauperização generalizada -como me foi dito ser o objetivo dos hoje governantes «povo com sapatos e barriga cheia, isso não dá satisfação nenhuma» e não foi dito a rir…

    Liked by 1 person

Trackbacks

  1. Quem é o Culpado do Inferno em Chamas? – PortugalGate

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: