Saltar para o conteúdo

por mim deixava o centeno, vulgo ronaldinho lusitano, em paz

30 Janeiro, 2018
by

image.aspx5As notícias da manhã levam a crer que a história dos bilhetes para a bola dados pelo Benfica a Centeno será apenas um fait-divers perante uma hipótese de corrupção que pode envolver futebol, magistrados e a máquina fiscal.

A ser verdade, não seria de estranhar. Pelo poder imenso de que dispõe, que foi ao ponto de ter conseguido inverter «legalmente» alguns dos mais importantes pilares do Estado de direito – a presunção de inocência (vd. o crime de abuso de confiança fiscal) e o princípio de que quem acusa prova (a inversão do ónus probatório em todos os crimes fiscais) – o fisco português aterroriza de tal modo os cidadãos, que muitos deles, principalmente aqueles que estão em incumprimento perante ele, estão dispostos a tudo para se verem livres de uma ameaça que lhes pode levar tudo o que ganharam na vida e fechá-los numa cela por muitos anos. Como a ocasião cria o ladrão, é exactamente neste tipo de situações que aparece quem se aproveite da desgraça alheia, cobrando-se, generosamente, por serviços prestados. Não será, pois, de espantar que funcionários deixem prescrever dívidas ou até as façam desaparecer, e que juízes profiram sentenças amáveis para que se «chegar à frente».

Por outro lado, os benefícios fiscais, mais ou menos lícitos, concedidos pelo estado aos clubes de futebol também não são coisa nova. Veja-se, por exemplo, a vergonha que foi o tratamento fiscal dado ao Benfica pelo ministério de Manuela Ferreira Leite, em que dívidas de milhões de IRS foram objecto de parcelamento «garantido» pelas acções da SAD do próprio devedor, para que o clube sacasse as declarações de regularidade fiscal que o habilitariam aos fundos comunitários para a construção do novo estádio.  Enquanto empresários respondiam, nas barras dos tribunais, por dívidas infinitamente inferiores, o novo secretário de estado das finanças – por sinal acabado de largar o cargo de director financeiro do Benfica – aprovava esse extraordinário acordo. Infelizmente, nunca ninguém o investigou.

Posto isto, parece-me apenas que confundir os dois bilhetes dados a Centeno com o que se poderá aqui, de facto, estar a passar, é confundir a árvore com a floresta. Não só por ser por demais evidente que nenhum ministro das finanças do mundo – nem mesmo do Kinshasa, se deixaria sujar por tão pouco, como pode até a coisa ter sido posta cá fora como nuvem de poeira para se não ver o que mais importa. Como envolve um ministro, e logo o ministro mais importante deste governo, dá pano para mangas e para muita conversa. Mas mangas de um fato de péssima qualidade. Até porque Centeno, além de ser um ministro sensato, é a única barreira entre os cofres do estado e o Bloco de Esquerda, que anseia, de há muito, colocar os seus homens nesse ministério. Por isso, faria bem a direita em deixar estar o ministro onde está, enquanto a geringonça estiver como tem estado. Mandá-lo embora e manter o governo da frente de esquerda seria suicídio. Que todos pagaríamos bem caro.

Anúncios
39 comentários leave one →
  1. Manuel permalink
    30 Janeiro, 2018 12:33

    Pois, a outra tinha razão “Portugal não é um país corrupto”. Angola e o Brasil é que são.

    Gostar

  2. José Domingos permalink
    30 Janeiro, 2018 13:14

    Também acho que sim. O pote está muito perto da esquerdice. A barraca já abana e bem. Agora um juiz, lembro-me do outro juiz que, que foi buscar um deputado e entalou-se. Vamos ver o que o circo vai dar.

    Gostar

    • 30 Janeiro, 2018 15:23

      Rui A.,
      subscrevo o post.

      Não por acaso Manuela FLeite afirmou (após ser ministra das finanças) que “o mundo do futebol é intocável”… Também e cirurgicamente surgiu há emanas a opinião da ministra da justiça de que Joana Marques Vidal teria de deixar o cargo. O país está cerceado, prejudicado, por um imenso e tentacular polvo actuante em praticamente todas as áreas de actividade.
      Quanto ao caso MCenteno, que tudo, mesmo tudo seja investigado, esclarecido. Não seria a primeira vez (também em Portugal) que um favor seria –seja– pago TAMBÉM com “minudências”, muitas e sempre ao dispor, incluindo a avareza de pedir “simples” convites para o camarote presidencial dum clube. Curiosamente o AC-DC afirmou recentemente que “quaisquer que sejam os resultados da investigaão, MCenteno não sai do governo” — e se houver culpa, o executivo, o ministro estão acima da Lei ? Jáestamos num regime do “quero, posso e mando” ?
      Hoje é um dia lamentável para a justiça em Portugal e para o SLBenfica. No caso do Clube, preocupante mas que não me surpreendeu de todo. Cem inspectores da MPúblco numa operação desta envergadura mais cinco arguidos até este momento, não é normal, escapando a essa acusação por ora o RRangel, só porque é magistrado.
      Provavelmente estamos na antecâmara de consequências nefastas para o SBenfica e para certa justiça tuga.
      Repito, se houve crimes, quem os praticou que os pague ! Se na área económica e financeira –como indiciam recentes suspeitas da PGRepúblice e da PJ mais umas colossais dívidas dum e doutros gajos–, não devem ser os cidadãos a arcar com as consequências.
      E sempre afirmei que o mundo do futebol, mais precisamente o que move os submundos que o enegrecem e desvirtuam, inevitavelmente iria arrastar uns quantos “insuspeitos”, governantes incluídos — três secretários de estado tiveram de renunciar… Chegará o momento da vendetta entre eles…
      (Por ora é só, mais uma vez óptimo post)

      Gostar

  3. weltenbummler permalink
    30 Janeiro, 2018 14:55

    « É correndo da popa até a proa
    que o comandante encontra a manobra de salvação
    de uma nau que está sendo castigada pelas ondas?
    os 7 contra Tebas

    Gostar

  4. Procópio permalink
    30 Janeiro, 2018 15:10

    Não se inquiete o rui a.
    O senhor ministro tem o lugar garantido, disse o nº 2.
    Quanto ao … “todos pagaríamos bem caro”, isso acontece todos os dias. Quer mais?
    Teremos que ir muito muito mais ao fundo se nos quizermos livrar da peçonha.
    Salários, pensões e medicamentos.
    Essas ninharias que os xuxas fingem estar asseguradas.
    Em Setembro 2018 a vida pode mudar. E chega.
    Se forem todos presos, e o espaço?… o ar fica mais respirável, mas pouco acrescenta.

    Gostar

  5. Ana Vasconcelos permalink
    30 Janeiro, 2018 15:12

    Mas há a questão da isenção de IMI concedida ao filho do Luis Filipe Vieira. Não acredito é que tenha sido por 2 bilhetes…

    Gostar

    • 30 Janeiro, 2018 15:32

      2 “simples” bilhetes daquele modo pedidos e alegadamente enleados num favor (isenção de IMI) é uma avareza do MCenteno. “Piquenas” benesses, entre outras !?
      O camarote dum estádio de qualquer dos três maiores clubes são tão apetecidos !… Neles trocam-se, pedem-se e pagam-se tantas influências…

      Gostar

      • Manuel permalink
        30 Janeiro, 2018 16:08

        Essa dos 2 bilhetes é poeira. Não acredito que se movimente uma estrutura como a que foi usada se não houver porcaria grave. Um indicador relevante: Marcelo está em silêncio e não se começava uma operação ao Centeno sem conhecimento da mais alta figura da nossa cleptocracia.

        Gostar

  6. 30 Janeiro, 2018 15:49

    “Acho” que certos polticos porque imberbes precisam de SuperNannys

    Gostar

  7. paulo ferreira permalink
    30 Janeiro, 2018 15:56

    O nacional-benfiquismo em todo o seu esplendor.

    Gostar

    • Manuel permalink
      30 Janeiro, 2018 16:11

      Não devemos meter as tribos do futebol nesta contenda, são todos iguais. Ainda me lembro desses intelectuais da bola, como Pimenta Machado e Valentim Loureiro. A corrupção é sistémica e o MP pode perder a guerra. Não somos diferentes do Brasil.

      Gostar

      • 30 Janeiro, 2018 16:35

        Manuel,
        claro que o caso dos 2 bilhetes pode ser um “piqueno” favor.

        Gostar

    • 30 Janeiro, 2018 17:15

      Paulo Ferreira,
      por favor separe o SLBenfica-Instituição de certa gentalha.

      Gostar

  8. Procópio permalink
    30 Janeiro, 2018 16:10

    A bola é apenas mais um espaço onde os aventais e outros que tais jogam à batota.
    Há décadas que ganham sempre, agridem e forçam descaradamente o pensamento único.
    O tuga bate palmas sem saber como está a ser ludibriado seja no campo da bola, nos escritórios de advogados, na noite, nas associações de malfeitores que pululam por quanto é sítio, a começar pela central de negócios. rampa de lançamento. Estende-se como uma mancha de óleo com a acção “exemplar” dos pressitutos, neologismo retirado da “press” mais …. e suas notícias falsas e calúnias bem urdidas e com as sábias intervenções de alguns filósofos e politólogos exauridos.
    Os partidos de per se já pouco contam. O dos animais acaba por ser o único cuja presença se justifica. As personagens flutuam em palcos tremidos com actrizes e actores fora de moda. O que se está a passar fia mais fino do que as diatribes e as declarações tonitruantes de quem vive bem demais à nossa custa.
    O tuga está no meio da pocilga, terá mesmo nascido para isto. Se fosse na Catania ou em Nápoles a coisa era mais animada. Por cá, por enquanto, a “omertá” imposta e a certeza de impunidade evita males maiores ou menores… Estará a mudar?
    Desenganem-se. Quem se opuser de verdade, registe-se quem para memória futura, terá os dias, os lugares contados ou ambos, pondo a família de parte…
    A não ser que os oligarcas lá de longe, em Davos ou noutro local mais discreto, tenham mudado a agulha.
    Parece-se cedo demais, mas quem sou eu!…

    Gostar

  9. LTR permalink
    30 Janeiro, 2018 16:12

    O putedo intelectual já está novamente em maré de presunção de inocência explicada, visto que o caso não é da Tecnoforma, nem do Relvas, nem da segurança social do Passos Coelho. Os mesmos que antes não falavam do processo de sócrates porque o que havia vinha no CM, oriundo de fugas judiciais, agora comentam e explicam um processo do qual nada sabem, e até já têm um destino socialista para a actual procuradora-geral. O artigo “Artigo 372.º – Corrupção passiva para acto ilícito” é resumido à apreciação dos comentadores do sistema, que o esfumam em duas palavras, transformando-o numa norma não vigente, conforme o caso.

    Gostar

  10. Manuel permalink
    30 Janeiro, 2018 16:16

    Olhem o polvo ” Dois ex-secretários de Estado de Sócrates acusados de uso indevido de fundos” in observador.

    Gostar

  11. 30 Janeiro, 2018 16:55

    Rui A.,

    esqueci-me disto: o MCenteno, se culpado em algo, é intocável ? Bem, tanta gente afirmou que o Isaltino era inocente e que o deixassem em paz porque “fez obra”…

    Gostar

    • rui a. permalink*
      30 Janeiro, 2018 17:17

      Claro que não é! Mas, por amor de Deus, ponham-me o homem com duas malas cheias de guita na mão e não com dois bilhetes para a bola! Caramba, quem nunca meteu uma cunha para ir à bola que atire a primeira pedra. E que ele oferecesse não sei o quê aos filhos do Vieira em troca dos bilhetes… vou ali e venho já!

      Gostar

      • 30 Janeiro, 2018 17:32

        Conheço muita gente Benfiquista que nunca “meteu uma cunha para ir à bola” e para se sentar no camarote presidencial — local este, entre outros, onde se fazem, pedem e pagam influências…
        Rui A.,
        não por acaso certos políticos exibem-se nos camarotes para aparecerem nas tv’s, serem mencionados na imprensa e nas rádios, e se em campanhas eleitorais, carago acotovelam-se… Fez bem o PPCoelho em não passar “bola” a certa gente que está nos clubes.

        Gostar

    • rui a. permalink*
      30 Janeiro, 2018 17:19

      Agora, que, se calhar, o Vieira tem um tapete vermelho nalgumas repartições do fisco, se calhar tem. Mas isso nada terá que ver, certamente, com os dois bilhetes do pascácio.

      Gostar

  12. Zé Manel Tonto permalink
    30 Janeiro, 2018 17:20

    Concordo que é bom que o Sem Tino se mantenha por lá pelos motivos aqui explicados.

    Sinceramente, não sei se ria se chore…

    Gostar

  13. licas permalink
    30 Janeiro, 2018 17:30

    MJRB PERMALINK
    30 Janeiro, 2018 16:55

    Agora disse muito bem, MJRB; todos os políticos devem levar nas trombas
    caso incorram em ilícitos.Isaltino, culpado, pagou com prisão, só quem ficaram
    muito mal np retrato foeam os eleitores. Deveriam sem hesitação bani-lo da política
    (a meu ver)

    Gostar

    • 30 Janeiro, 2018 17:38

      Todos (!) os prevaricadores, se provados ilicitos, crimes, devem ser punidos. Caso contrário, estamos, cidadãos comuns e indefesos, absolutamanete (ainda) mais fodidos e troçados, num país cada vez mais permeável a pequenas, médias e grandes máfias — aliás, há anos constatei-as e alertei para a passadeira que já pisavam…

      Liked by 1 person

  14. licas permalink
    30 Janeiro, 2018 17:32

    ________mal no retrato foram os eleitores_________(so sorry)

    Gostar

  15. Arlindo da Costa permalink
    30 Janeiro, 2018 17:40

    Se o poder judicial fosse tão escrutinado e tão democrático como o poder político (legislativo e executivo) Portugal não seria a república de merda que é.

    É já tempo do soberano – o povo pelo seu voto consciente e democrático – limpar o sistema judicial português. Uma das nódoas de Portugal e de toda a Europa.

    Gostar

    • 30 Janeiro, 2018 18:30

      Exacto. Mas, é “uma república de merda” desde quando e quantos políticos e gente na justiça contribuiram para isso ?
      Quer nomes ?

      Gostar

  16. 30 Janeiro, 2018 18:27

    Rui A,

    nem sempre o clubismo roça a irracionalidade. Depende de muitos factores.

    Gostar

  17. Eduardo permalink
    30 Janeiro, 2018 18:45

    Konstatinove agarra o ronaldinho do Largo do Rato pelos fundilhos e não o deixa sair. Assim sendo podemos todos ficar descansados.
    Tal como o outro camarada de route que se estava cagando para o segredo de justiça , este estará a cagar-se para quê ou para quem?
    Aceitam-se sugestões

    Liked by 1 person

    • 30 Janeiro, 2018 20:24

      Enormes e muito diversos “valores se alevantam” !… Que trafulhas têm de salvaguardar inclusivamente para se manterem no poder e para safar gajos e gajas que têm de ir um dia a tribunal.
      Se o MCenteno renunciasse por causa desse favorecimento, certamente o governo ficaria bastante débil e a oposição actuaria (na ARepública e não só) colocando em risco a continuidade da geringonça. Mas há sempre um PC e um BE invocando presunção de inocência, até transitar em julgado ninguém pode ser condenado, etc., etc. — o costume.

      Gostar

  18. 31 Janeiro, 2018 00:02

    Por hoje mais esta minha conclusão: se houver detidos –estou convicto que neste submundo do futebol dos três maiores clubes a justiça não pode tocar…– e se entretanto vier a Portugal o Papa, o PR MCThomaz assinará um indulto ! Tal como nos anos 1990 fez o JSampaio… E siga o baile com beijinhos, abraços e afectos.

    Gostar

  19. licas permalink
    31 Janeiro, 2018 16:39

    “Quando a Justiça chegar ao futebol, então, a nossa Sociedade decididamente enveredou pelo bom caminho”

    Gostar

    • 31 Janeiro, 2018 18:27

      se certa gentalha que pulula no futebol tuga for eliminada –duvido…– sem dúvida o futebol e o país “enveredam pelo bom caminho”. problema é o enorme poder (intocável) que alguns clubes (falidos via SAD’s mas contentes e despreocupados) têm sobre o poder político e judicial…

      Gostar

  20. 31 Janeiro, 2018 21:36

    Vindo de quem achava quem Centeno ia transformar Portugal na Venezuela da Europa…..é o melhor que conseguem arranjar? A seguir é o quê? Quem almoçou à borla ? E fecham os olhos ao tráfico de milhares de euros, dos Frasquilhos..etc

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: