Saltar para o conteúdo

Ratos de sacristia e contrabandistas

5 Julho, 2018
by

Ratos de sacristia e contrabandistas (minha tradução livre do original inglês “Baptists and Bootleggers”) é um conceito usado em economia para exprimir a forma como grupos com posições tão opostas podem, por vezes, beneficiar de trabalhar para o mesmo fim (ainda que de forma implícita). A expressão surgiu por referência à forma como as forças conservadoras (baptists) e os contrabandistas de álcool (bootleggers) colaboravam para manter a proibição do álcool. Os conservadores religiosos poderiam manter a face da virtude e os contrabandistas ganhar dinheiro a vender às pessoas o que elas queriam. Quem defendesse o fim da proibição era imediatamente acusado de querer atentar contra a moral e bons costumes em campanhas lançadas por forças religiosas e financiadas por contrabandistas. Não é muito difícil de ver situações semelhantes hoje em dia. Os argumentos extremados de uns servem na perfeição os argumentos extremados de outros. Quanto mais visível e extremo for o inimigo de um lado, maior a reacção do outro. Até um dia.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Arlindo da Costa permalink
    6 Julho, 2018 16:54

    Extremistas religiosos e mafiosos do capital = são a escória da Humanidade. PQP’s!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: