Saltar para o conteúdo

Enfim

12 Agosto, 2018

 

Anúncios
31 comentários leave one →
  1. 12 Agosto, 2018 02:23

    Este marcelo é absolutamente lamentável. Que asco de pessoa. E o cabrita ao lado nem piou. Retrato da falência moral que grassa nesta terra.

    Liked by 2 people

    • 12 Agosto, 2018 14:55

      Pelo menos os algarvios empinaram-se ao putedo que nos desgoverna.
      No centro de Portugal, uma população mais envelhecida, o ano passado, quase não reagiu ao crime.
      Se os portugueses não se revoltarem, não serão os espanhóis que nos vêm livrar da Esquerda assassina.

      Liked by 1 person

  2. 12 Agosto, 2018 02:29

    Vi e ouvi isso na TV. O MCThomaz com sorriso tipo “eh pá, pronto isso já passou (este está a estragar-me o dia), esteja calado, chega” e o pirolito ao lado com cara, olhar e pose de betinho bem comportadinho — irrita-me ouvir a voz deste tipo até à náusea.

    Gostar

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      12 Agosto, 2018 11:40

      E a gajinha por trás do popular a rir nas imagens finais: “Estes gajos do povo são mesmo toscos, coitados.” Bora voltar à capital e ao remanso dos gabinetes perfumados onde ganhamos o nosso sem esforço e sem aturar malta a cheirar a suor…” Cabra! Traidores!

      Liked by 1 person

      • Os corruptos que se cuidem permalink
        12 Agosto, 2018 12:00

        E o arzinho de enfadado do ministro-boi Cabrita?
        É mesmo como dizia Brecht, embora mudando o contexto: “Estão-se a cagar para o povo, cagam para Portugal”.

        Gostar

      • 12 Agosto, 2018 15:26

        O pirolito-betinho…ministro ! Mais uma prova de que qualquer um yes man serve.

        Gostar

  3. Narciso Miranda permalink
    12 Agosto, 2018 07:03

    É uma chatice ouvir as pessoas quando não estão alinhados com a mensagem oficial, rodeado de jornalistas.A atitude é verdadeiramente patética. O pr não consegue esconder o embaraço e tenta calar o homem com palavrinhas paternalistas e toquezinhos no braço. Vergonha…

    Gostar

  4. rão arques permalink
    12 Agosto, 2018 08:54

    Nas trombas, apareçam mais. Muitos.

    Gostar

    • Os corruptos que se cuidem permalink
      12 Agosto, 2018 11:44

      Nas trombas? Deviam era ir-lhes à tromba em massa!!! Recebidos à pedrada, alguém que arrancasse os óculos de sol ao sacana do ministreco do planeamento, esse chulo da coisa pública a que se não conhece obra! Um indigno ostentador do nome do cargo que foi preenchido por gente competente e de gigantesco renome como Duarte Pacheco! Ali estava a fazer o imenso frete de ouvir um dos elementos do povo que eles lixam bem lixados todos os dias enquanto lhes sugam o sangue.

      Gostar

    • 12 Agosto, 2018 15:05

      Não os constipava e dava alento ao povo.
      Os algarvios deviam receber os parasitas do dinheiro público à mangueirada.
      Uma banhada aos porcos!

      Gostar

  5. 12 Agosto, 2018 09:13

    Não são maneiras: Dedo espetado e a esbracejar . . . Enfim, o cidadão pensa que pode dar-se a essa “liberdade” (impensável num país evoluído, de gente educada, em França por exemplo).

    Gostar

    • rão arques permalink
      12 Agosto, 2018 09:44

      Pena foi não lhe aconchegar a focinheira.

      Gostar

    • 12 Agosto, 2018 10:13

      Nisso tem inteira razão: o direito à indignação, tão defendido por Mário Soares num passado remoto quando o alvo dessa indignação seria a Direita, rapidamente se torna uma inconveniência quando o alvo é a Esquerda.

      Gostar

      • Velho do Restelo permalink
        12 Agosto, 2018 11:43

        Ora aí está um caso que exemplifica bem a “massa” fétida de que são feitos os nossos políticos (e não só..)! O Soares só descobriu o tal direito à indignação depois de muitos mandatos como PM e mais uns quantos como PR ! Porque será ? E mm assim, qdo levou uns encontrões na Marinha Grande, revogou logo esse direito …
        Alguém deveria perguntar a esses algarvios queixosos o que fizeram nos primeiros 6 meses do ano em prol da segurança das suas casas! Deu para ver nas imagens de TV que havia muito mato e árvores junto às casas. Eucaliptos com mais de 10m de altura bem junto ao asfalto! Nas aldeias só quando o fogo chega a cerca de 100m começam a berrar por ajuda e a deitar água no mato que lhe entra pela cozinha!
        Se a GNR não os tira de lá (como em Pedrógão), são culpados! Se os tira à força, são culpados ! É estranho que os jornalistas da treta, que andaram 6 meses a explorar o tema “limpeza da floresta”, agora não tocam no assunto!
        O Costa não fala nisso, pq ainda tem esperança numa maioria absoluta.
        Parece que o problema dos algarvios é a aguardente de medronho, e os jornalistas estão em crise com a falta de conteúdos ! Quando alguém fizer o inventário dos stakeholders do negócio do “fogo florestal”, espero que não se esqueça da comunicação social!
        É estranho que antes de se avaliar as responsabilidades da ocorrência, já se tenha atribuído ao presidente da câmara de Monchique a esponsabilidade de “distribuir” a dinheirama da CEE, dos patos solidários, da SS falida …

        Gostar

    • André Miguel permalink
      12 Agosto, 2018 10:23

      Já os políticos podem dar-se as liberdades que quiserem, não é? Afinal o respeitinho é muito bonito. Por isso somos um país de amebas.

      Gostar

    • 12 Agosto, 2018 22:30

      Ca va bien Manu?
      a inducação francesa

      Liked by 1 person

  6. André Miguel permalink
    12 Agosto, 2018 10:20

    Espectacular. Parece que as pessoas começam a acordar.
    A pergunta que se impõe: isto passou na RTP, SIC ou TVI?

    Gostar

  7. ricardo permalink
    12 Agosto, 2018 10:46

    È todo o regime político que está neste video.
    Os políticos sem vergonha, o cidadão impotente.
    À volta, os acólitos à espera de alguma migalha que caia no chão e os jornalistas a gravar na esperança de algum dislate ou brejeirice para compor os telejornais.
    Também não interessa, porque agora só daqui a dez ou quinze anos é que Monchique volta a arder e, quem estiver por aí nessa altura que se amanhe.
    Toquem a música e siga o jogo….

    Gostar

  8. LTR permalink
    12 Agosto, 2018 12:08

    Se morrerem mais 100 não há problema nenhum porque o Marcelo vai para o terreno fazer de PM e o ele limita-se a ficar a ver na TV, que é a triste figura que aqui está. Só não percebi é porque não arrancou o Cabrita o microfone aos jornalistas e ao cidadão. Eu gostava de ver era o Marcelo a tentar cortar a palavra a um cidadão da casta superior virtual, tentando não o deixar falar até ao fim.

    Gostar

  9. Rocco permalink
    12 Agosto, 2018 13:03

    Precisamos de renovação disto tudo, outros caminhos, mesmo que lhes chamem populismo e extrema-direita! Na Itália está a resultar. Na Áustria também.

    Liked by 1 person

    • André Miguel permalink
      12 Agosto, 2018 15:48

      Populismo é apenas aquilo que o jornalismo marxista não gosta, mas o povo diz. Tarde, como tudo neste país, mas também cá chegará. E ainda bem.

      Gostar

    • 12 Agosto, 2018 16:52

      Rocco PERMALINK
      12 Agosto, 2018 13:03

      Itália : Mussolini : acabou enforcado…
      Áustria : terra mãe do Adolfo.

      Gostar

      • 12 Agosto, 2018 17:56

        …Então, “não há pai” para o Adolfo ?

        Gostar

  10. Procópio permalink
    12 Agosto, 2018 19:00

    Licas, os líderes carismáticos não explicam o sucesso dos partidos de extrema direita tanto na Europa dos anos 30 como agora. São as circunstâncias económicas e políticas que os fizeram triunfar eleitoralmente, a ruína não só económica como moral, a falta de confiança na democracia entre as elites e a população, a desconfiança dos partidos tradicionais alimentados por truques, a intervenção encapotada mas decisiva de organizações secretas. o nepotismo cesariano e a fraqueza das instituições, nomeadamente a justiça e o exército. O que tiver de ser será. Vociferar nomes feios com ismos deixará de resultar. As pessoas vão perceber o engodo em que caíram. O morador de Alferce já percebeu.

    Gostar

    • 12 Agosto, 2018 21:28

      Procópio PERMALINK
      12 Agosto, 2018 19:00

      Procopio, apenas me apeteceu sublinhar a “coincidência”

      Gostar

      • 13 Agosto, 2018 18:51

        MJRB PERMALINK
        12 Agosto, 2018 17:56
        …Então, “não há pai” para o Adolfo ?

        “Os filhos da puta” quase sempre não têm pai, , ,

        Gostar

  11. Leunam permalink
    12 Agosto, 2018 19:50

    Tristes figuras as dos dois figurões que mais mandam por cá:
    .
    Aqui está bem PATENTE que:

    Um, vê-se logo: é o martelo e o outro… foi-se.

    Rocco, (13 03):

    Como acha que se pode mudar para novos caminhos?

    Só com um “Buldozer” QUE PASSE POR CIMA DESTA ESCUMALHA que se diz muito democrata (para a esquerda) mas não aceita críticas nem tolera quem lhes faça frente, pacificamente, demonstrando-lhes os tremendos falhanços que tem conseguido a esquerda com os seus desvarios.
    No fundo, no fundo, estão-se marimbando e só pensam é no proveito próprio no fim de cada mês, mais as ajudas de custo, mais isto, mais aquilo, “e lá íamos vivendo” como dizia o Solnado.

    O Bem – Comum, isso não os preocupa; era sim uma preocupação constante mas era para o Homem do Vimieiro e para o Homem de Loulé.
    Por nosso mal não ficou ninguém que os substitua.

    E a arraia miúda nacional tem de levar nas fuças forte e feio para ver se acorda; tem dado cobertura, há 44 anos a esta parte, a um embuste monumental acreditando piamente naquilo que lhe dizem e comendo as migalhas que lhe dão.
    E, pelos vistos, SÓ ACORDA quando tem as barbas a arder, porque se morrer não fala nem ninguém o faz pelo morto!
    TEMOS VISTO ISSO EM MAIS DE UMA CENTENA DE EXEMPLOS”.

    Liked by 1 person

    • 12 Agosto, 2018 21:06

      Leunam PERMALINK
      12 Agosto, 2018 19:50
      Respigo:
      “O Bem-Comum, isso não os preocupa; era sim uma preocupação constante mas era para o Homem do Vimieiro e para o Homem de Loulé”
      Quanto a este, o de Loulé, há por aí uma quinta que foi adquirida, parece, de forma pouco transparente. O outro, conheci-o “de gingeira” como soe dizer-se, gramei 40 anos do regime, só me restando fazer o seguinte epítome: É preciso recorrer à atual Venezuela de Nicolàs Maduro, que também como Salazar possui Polícia Política, para termos uma noção de quanto um ditador pode “trabalhar” para se manter infinitamente no comando, não obstante o repúdio generalizado da “personagem”.

      Gostar

  12. Vitor permalink
    12 Agosto, 2018 23:41

    Muito bom. Fosse esta a atitude generalizada da população para com os políticos quando fazem asneirada da grossa (ou quando deixam aontecer as coisas por inação…) e provavelmente estaríamos melhor servidos. Realmente existe um reino de Portugal e outro dos Algarves!

    Gostar

  13. Raghnar permalink
    13 Agosto, 2018 09:57

    Eu diria… até que enfim! Alguém com coluna vertical…

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: