Saltar para o conteúdo

O arraial da luta

10 Março, 2019

É a luta feminista. A luta contra o racismo… Há sempre uma luta. A luta é um arraial que políticos vorazes pelo poder montaram nas nossas vidas. O reverso desta encenação vai do fiasco ao crime

Fiasco. São as chamas lutas para televisão ver: hoje luta-se. Amanhã já ninguém se lembra.
Exemplo? Zero candidaturas. Nem uma, nem duas, nem três: zero! Foi este o número de adesões à imensamente apregoada linha de crédito para a limpeza de florestas.

Mistificação. O legislador sonha-se libertador mas no caso das mulheres em Portugal a sua vida mudou e muda apesar das leis. Por muito chocante que tal seja para os ouvidos sensíveis de quem imagina que tudo se deve ao intervencionismo estatal, em matéria de vida das mulheres as máquinas de lavar roupa e os frigoríficos foram mais importantes que os manifestos feministas.

A luta do “vai ali ver se chove. Esta luta varia de objecto ao longo do ano. Nesta época refere-se invariavelmente ao “mau tempo que impediu os tradicionais desfiles de Carnaval”. O único que há de tradicional neste caso é mesmo o “mau tempo” que não é mau tempo algum mas sim o tempo próprio da estação, a saber o Inverno.

Patético. As lutas que entram em luta com as outras lutas para apurar qual luta é a verdadeira luta. Desta vez a questão da verdadeira luta calhou à escoal deMatosinhos que queria celebarra  adiversidade cultural e acabou acusada de racismo.

Crime.As lutas que trazem água no bico ou mais precisamente o Marx do costume. O que agora se está a aprovar e a defender em matéria de agravamento de penas e de ausência de prova nos casos de violência doméstica a par das campanhas fulanizadas contra os juízes vai um dia ser-nos atirado à cara. Basta esperar que um ministro ou filho de líder político… de preferência de esquerda sejam investigados e condenados segundo os procedimentos que agora se defendem.

Anúncios
7 comentários leave one →
  1. 10 Março, 2019 12:13

    « […]a questão da verdadeira luta calhou à escola de Matosinhos que queria celebrar a diversidade cultural e acabou acusada de racismo.»
    Fartei-me de rir com isto.
    Por outro lado, é bem verdade, que há muito esquerdóide que se diz antirracista sem que o seja.
    O que falta por aí são caramelos que mascaram o seu racismo em fortes doses de paternalismo bacoco face a outras gentes e a outras culturas…

    «Crime.As lutas que trazem água no bico ou mais precisamente o Marx do costume. O que agora se está a aprovar e a defender em matéria de agravamento de penas e de ausência de prova nos casos de violência doméstica a par das campanhas fulanizadas contra os juízes vai um dia ser-nos atirado à cara. Basta esperar que um ministro ou filho de líder político… de preferência de esquerda sejam investigados e condenados segundo os procedimentos que agora se defendem.»

    Concordo.
    Parece-me que fazia falta, no entanto, a luta ‘vai fazer chicana política e barulheira para a porta da tua avó coxa’.
    Aborrecem-me manifs em que os deputados pugnam por mudanças de mentalidades na rua em vez de o fazerem na AR.

    Por outro lado, espanto-me com manifestações promovidas por deputados e demais rapaziada da p’lítka, em que se arregimentam a ‘populaça’ e as solicitas estações de tv para se pronunciarem por incumprimentos crassos da legislação.

    Alguns casos de poluição atmosférica são paradigmáticos do que digo. Perante cidadãos que precisam de andar de máscara dentro de casa [isto é verídico] não deveria ser necessário fazer uma manif muita fixe e concorrida!
    Um GNR com um bigode farfalhudo, uma bicicleta, um bloco de notas, um apito, um telemóvel e uma boa lei como suporte, deveriam ser mais do que suficientes para casos desses… mas depois os camaradas perdiam pretextos para aparecer na tv.
    E a Maçonaria também não gosta muito de figuras de autoridade. A bagunça é sempre melhor para os seus propósitos.

    Post scriptum:
    Para os mais céticos e a título de exemplo:
    https://sic.pt/Programas/linha-aberta-com-hernani-carvalho/videos/2018-02-16-Poluicao-em-Fortes-Ferreira-do-Alentejo-Tenho-medo-de-comer-o-que-a-terra-me-da-1

    Qualquer politicóide poderia -e pode!- ver as chaminés desta fábrica na A2 entre as estações de Grândola e de Aljustrel.

    Por uns tempos, a situação acalmou depois de uma grandiosa manifestação de todas as forças vivas do concelho e até do distrito (Leia-se: rapaziada da p’lítka, 3 exaltados disfuncionais e o padeiro de Canhestros). Agora, ao que veja quando por ali passo, está tudo na mesma…

    Gostar

    • Jornaleco permalink
      10 Março, 2019 16:49

      @ raposotavaresbolsaemercados

      Todos que pertencem a essa igreja do fascismo (esquerda; Hitler foi socialista!!) o são: puros racistas.

      Haverá caso a caso a pôr perguntas duras e inteligentes, ser teimoso, (para) que eles, o demonstram logo, de imediato.

      Eles brincam connosco, mudam de pele, brincam com as palavras, para nos enganar e dominar.

      Ninguém na escola de Matosinhos deve ser racista. Mas fizeram um erro. Entrar, cair na primeira mentira da diversidade. Nada de novo. Mas a diversidade falsa dos fascistas (da esquerda) tem como único objectivo, assim foi desenhado, a literatura uns anos atrás já o avisava, com intenção malvada, discriminar os valores cristãos, os mais augustos.

      Os fascistas não têm respeito nenhum pelo próximo, eles proíbem tudo aos inimigos e nada toleram, que não queira ser como eles: matar bebés, fornicar a mulher do próximo, roubar, oprimir, e muito mais. Maltratar a mulher também! Não há ninguém que trate mais pior o sexo feminino, do que esta esquerda fascista e os irmãos deles: os bárbaros muçulmanos.

      Respeito e consideração pelo próximo é não-existente.

      E o ambientalismo, em toda a Europa, é o manto, para o comunista poder destruir o que entender, sem a maioria se aperceber, que o ambiente tem e continua a ter uma vida muito boa. Só nós é que vamos ficar muito mais pobres: basta olhar para a evolução cretina dos preços da electricidade (luz, etc.).

      Na Venezuela falhou a luz estes dias, no país inteiro. No país inteiro!!!! Um horror. E aqui em Europa vai suceder o mesmo, de livre vontade, porque os comunistas como a Merkel e os Costas apostam nas eólicas e nos painéis solares, que durante a noite nada fornecem e quando não há vento também não. E é demasiado caro. As empresas sofrem e muito mais. E o mais tardar de aqui uns anos, vai haver falhas enormes. E vai ser como na Venezuela agora. E repôr a luz, no tempo das eólicas e dos painéis solares é muito mais complicado, muito mais difícil e duradoiro. E que esperava estas coisas uns anos atrás? Isto está tudo maluco.

      Eu odeio todo ambientalismo. É o culto da morte e dos burros.

      Um país pobre como Portugal precisa energia da mais barata e tornar-se livre dos cabrões em Bruxelas, que nos querem obrigar a mais esta perversidade: tudo em nome do ambiente (do diabo). Pobreza por todo lado. Empregos bons? Aonde?

      Gostar

  2. Jornaleco permalink
    10 Março, 2019 16:19

    Canada. O primeiro-ministro Justin Trudeau, convidou para o seu governo,
    metade mulheres e metade homens. Prova que ele é estúpido. No lugar de
    escolher só por razões de competência, nasceu logo torto.

    Dizem que Trudeau é o muito amado e acarinhado político dos fascistas da esquerda. Mentem ao povo e dizem que ele gosta da liberdade. Nada podia ser mais falso. Liberdade só para esse cretino. Ele pode fazer a porcaria que quere e os soldados leninistas-marxistas nos jornais do Canada perdoam-lhe tudo, porque ele é um cabrão deles. Se ele fosse do outro lado, um homem honesto e com carácter, nada lhe perdoavam. Nadinha.

    A ministra das finanças do Canada, Jane Philpott, demitiu-se do governo
    do feminista e perverso Justin Trudeau, não faz muito tempo. A explicaçã dada: Jane acabou de perder qualquer confiança no governo de Trudeau.

    Antes dessa, a ministra da justiça, Wilson-Raybould, demitiu-se, também. A empresa SNC-Lavin, uma grande empresa de construção canadiana, é acusada de ter pago dinheiro na mão à família do ditador Gadafi (Líbia), para receber negócios.

    O trabalho da ministra da justiça devia agora ser, procurar aplicar as leis existentes, contra todos os ventos.

    Não assim, debaixo do perverso e mentiroso e incompente Trudeau, que gosta muito daqueles, que vão ao cu um do outro, e os protege e persegue todos aqueles, no Canada, que levantarem a voz, para afirmar: ir ao cu do outro é perverso e decadente. E dá cabo de qualquer país.

    Trudeau e as outras cobras no governo dele começaram a chatear a ministra da justiça, que tinha a intenção de trabalhar de uma maneira correcta e aplicar as leis, a seja quem for. Existem mulheres muito competentes. Se elas o são, o forem, elas nunca reclamam, que o são por serem mulheres. Quem é competente é o pela sua competência e não por ser isto ou aquilo. A competência é sempre amiga da verdade.

    Durante setembro e dezembro de 2018 andaram a terrorizar a dita ministra, até ao ponto, do próprio primeiro-ministro, também tentar influenciar a mesma ministra, para desistir e proteger a empresa canadiana.

    Por causa disto tudo, a ministra da justiça desistiu e demitiu-se do governo feminista de Trudeau. Um fala barato e intrigante, do pior que existe sobre a terra.

    Afinal, o gajo tem o maior desprezo pela mulher, pelas mulheres, e só as usa, para seus fins obscuros. O pior do pior.

    O Guterres no passado, no PS, quis mudar a composição da comissão do partido, ou qualquer coisa assim que era composta por cem elementos. Guterres queria, que 50 homens incompetentes levantassem o cu para fazer lugar a 50 mulheres incompetentes. Ninguém se levantou. Guterres e os idiotas que lhe meteram isso na cabeça, teve que alargar a plataforma para 150 lugares. 1 terço mulheres incompetentes e dois terços homens burros.

    Sobre Trudeau dizem também, que ele interrompe sem qualquer vergonha, pessoas a falar, para as corrigir. Se alguém na presença dele, usar o termo “mankind”, ele interrompe e exige que a pessoa use o termo “peoplekind”, em lugar da outra.

    O gajo é doido. Guterres também. Toda a esquerda nunca quis ser educada. Mas agora querem educar a quem sabe e já é educado?

    Acresce também, que Trudeau foi acusado por uma jornalista de a ter abusado sexualmente a ela. No passado!! Olhem, olhem.

    Gostar

  3. santos permalink
    10 Março, 2019 20:24

    Luta contra os Juizes
    O nosso Sistema de Justiça funciona com 4 sucessivas Instâncias . As decisões são colegiais . As decisões têm o controlo imediato da correcta aplicação da Lei feita pela presença do Delegado do Ministério Publico (MºPº) que também pode recorrer . Porquê esta louca perseguição a Neto de Moura que apenas se limitou a aplicar a Lei que teve a concordância do MºPº ?
    UM POVO ESTUPIDO E IGNORANTE ?
    Em vez de censurarem os seus (estupidamente) eleitos que fazem estas Leis vão injuriar aqueles que correcta e obrigatoriamente as têm de aplicar . IGNORANTES E ESTUPIDOS .

    Gostar

    • Oscar Maximo permalink
      11 Março, 2019 00:50

      Se o juíz provocou alarme social ao tal povo estupido e ignorante, falhou na sua intervenção. Se alguém acha que o povo estupido e ignorante não deve assistir a julgamentos e não ver como é aplicada a justiça, que proponha essa alteração sem rodeios.

      Gostar

  4. santos permalink
    10 Março, 2019 20:27

    Luta contra os Juizes ?
    O nosso Sistema de Justiça funciona cos 4 sucessivas Instâncias . As decisões são colegiais . As decisões têm o controlo imediato da correcta aplicação da Lei feita pela presença do Delegado do Ministério Publico (MºPº) que também pode recorrer . Porquê esta louca perseguição a Neto de Moura que apenas se limitou a aplicar a Lei que teve a concordância do MºPº ?
    UM POVO ESTUPIDO E IGNORANTE ?
    Em vez de censurarem os seus (estupidamente) eleitos que fazem estas Leis vão injuriar aqueles que correcta e obrigatoriamente as têm de aplicar . IGNORANTES E ESTUPIDOS .

    Gostar

    • Oscar Maximo permalink
      11 Março, 2019 00:57

      Essa do “limitou-se a aplicar a lei” tem alguma graça. Como se fosse válida uma equação do tipo 3 = 5. Como se o caso anterior, que envolve tortura, não fosse um caso bem grave, que mete 60 dias de baixa por doença e hospital.

      Gostar

Deixe uma Resposta para Oscar Maximo Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: