Saltar para o conteúdo

É isto

9 Agosto, 2019

João Távora: «A questão que deixa livre o terreno para o crescimento do BE aqui referido por José Manuel Fernandes é que ela deixou de ser a economia – esse assalto fica adiado para futuras núpcias, se a coisa se proporcionar. O BE socialdemocratalizou-se (o modelo económico obrigatório em Portugal) e cavalga, entranhado com outros “progressistas” nas redacções dos media de massas (Observador incluído), a batalha cultural. Desse modo, sem pudor, estabelecem os parâmetros do que é um discurso politicamente aceitável – veja-se a forma “activista” como as televisões abordam o Brexit, os migrantes, ou, nos últimos dias relacionam os assassinatos em massa nos EUA com o discurso (!) de Trump. Sem contraditório nem lugar à complexidade, pura propaganda, um proselitismo tão descarado que enjoa.»

5 comentários leave one →
  1. JgMenos permalink
    9 Agosto, 2019 10:10

    O corretês é um cancro que nos ataca desde a Abrilada: desde o «Partido Socialista – partido marxista» até ao desaparecimento de ciganos e negros das notícias sempre há um discurso quase uniforme e tonto.

    Liked by 2 people

  2. Andre Miguel permalink
    9 Agosto, 2019 10:15

    E só vai piorar. Com um sistema de ensino assente nas ciências sociais, em que a economia é tabu até ao 12º ano e na faculdade Keynes e Marx são reis e senhores, não auguro nada de bom para Portugal. Por isso os jovens adoram o BE, é bue da fixe, topam?

    Liked by 2 people

  3. 9 Agosto, 2019 10:48

    O problema também está em nós gente decente. Passamos anos a procrastinar e deixar correr. Acreditamos que PS e PSD estavam a ser verdadeira oposição mutua tipo Toris and Labor e agora acordamos para a vida, sabemos que nenhum de nós está sozinho mas não saímos das nossas conversinhas nesta “mesa de café” que são os blogs e o Livro das Caras. Para vencer é preciso organização para que se possam montar acções concertadas. Como, e por via digital, atacar como uma matilha de Lobos o politicamente correcto na sua fonte. Ideias?

    Gostar

  4. 9 Agosto, 2019 14:53

    Bem, o Blasfémias cavalaga ainda mais a batalha cultural do que o BE, pelo menos se tomarmos como referência os posts daqui versus os posts do Esquerda.net (em 10 posts, o Blasfémias tem uns 3 sobre guerras culturais e 3 sobre questões económicas e sociais; já o Esquerda.net tem 4 posts sobre questões económicas e sociais e apenas 1 sobre guerras culturais).

    https://viasfacto.blogspot.com/2019/08/esquerda-vesus-direita-luta-de-classes.html

    Gostar

  5. LTR permalink
    9 Agosto, 2019 20:12

    O Observador não tarda e vai começar a entrar pelo mesmo caminho do Público.

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: