Saltar para o conteúdo

Com desenho percebe-se melhor

16 Setembro, 2021

(tirado do Instituto Mais Liberdade)

E com bold tb lá vai a propósito da última falácia: a das casas acessíveis: num apartamento que se venda por 170.000€ o Estado abarbata ao longo do processo mais de 70.000€. Estas e outras contas estão aqui apresentadas no Blasfémias pelo Telmo Azevedo Fernandes. Vale a pena ler e ouvir.

24 comentários leave one →
  1. balio permalink
    16 Setembro, 2021 12:22

    Seria imprescindível saber que custos o ministro colocou nos 6200 euros. Colocou lá os custos do funcionamento do Ministério?

    Gostar

    • Carlos Alberto Salvador da Costa Ilharco permalink
      16 Setembro, 2021 16:11

      Claro, e por isso a distorção nesta comparação

      Gostar

  2. balio permalink
    16 Setembro, 2021 12:23

    Há enormes diferenças de custos entre as escolas privadas. Como devemos explicar isso? Será que algumas escolas privadas são muito mais gastadoras e muito menos eficientes que outras?

    Gostar

    • chipamanine permalink
      16 Setembro, 2021 22:19

      Para quem viveu sempre por conta é dificil perceber os custos de uma empresa. Pode ser custo de estrutura (edificio rendas, manutenção) custos operacionais (material usado ) custos de pessoal ( mais bem pago pela sua qualidade e resultados), entre outros.
      Só quando se vive com o dinheiro dos outros (impostos) é que isso não passa na cabeça do beneficiário. É como se o dinheiro caísse do céu.

      Gostar

    • Francisco Miguel Colaço permalink
      19 Setembro, 2021 10:57

      Balio,

      Preço não é igual a custo. Preço é o que se pede e custo o que se paga para pedir o preço.

      Mas como o preço tem de ser superior ao custo, senão a empresa vai ao charco, sabe que:

      O PREÇO numa privada é menor que o CUSTO numa pública.

      E, aplicando a propriedade transitiva da comparação:

      O CUSTO numa privada é sempre menor do que o CUSTO numa pública.

      Fui professor durante três anos numa escola fundada por uma associação de municípios, mas privada e gerida na óptica da autossustentação. Nós fomos terceiros na seriação das escolas profissionais a nível nacional, e a Escola Secundária, que era pública e tinha turmas em cursos profissionais, e dinheiro a rolhos, e não tinha de pagar imobiliário, bem enterrada nas centenas na mesma seriação. Gastávamos menos, gastávamos melhor e os nossos alunos eram os mais procurados pelos empregadores — tendo sido director de curso, em Mecatrónica Automóvel, sei-o bem, pois tratava de responder pessoalmente às empresas que me pediam alunos ou ex.-alunos dizendo que não havia nenhum desempregado. (Que chatice!)

      Melhores resultados e menor custo? É melhor privatizar as escolas públicas. Uma a uma. Ganhavam os alunos, os quais deveriam ser o centro da actividade, e não fazer da escola impúdica uma agência de empregos para laparocos que não saberiam nem teriam a audácia de vencer no Mundo Real.

      A palavra Cooperativa, com fins lucativos e distribuição de lucros no fim do ano lectivo ao corpo docente e auxiliar, não me assusta em nada.

      Gostar

  3. 16 Setembro, 2021 12:26

    http://www.am-santacecilia.pt/wp-content/uploads/2020/10/Pre%C3%A7%C3%A1rio-2020.2021.pdf isto é, 7.392/ano com comida. É quanto paga o aluno médio em Santa Cecília, sem contar com as isenções de impostos ou de outras facilidades que o Estado dá aos colégios privados. Por exemplo Isenção de IMI, IRC reduzido, etc.

    E já agora, quanto paga aos professores? e que horários de trabalho os obriga a fazerem?

    Gostar

    • DougC permalink
      16 Setembro, 2021 13:35

      Mas nos 6200 estão as rendas das escolas públicas? Ou quase nenhuma paga renda? E as escolas públicas pagam IMI, IRC? OS salários pagos pelos privados são os acordados com os professores e os horários são os previstos na lei e aceites de livre vontade.

      Liked by 1 person

      • The Mole permalink
        16 Setembro, 2021 16:47

        “De livre vontade”?… Meu Deus! Que horror! que perigo para a sociedade haver livre vontade!

        Gostar

      • chipamanine permalink
        17 Setembro, 2021 07:08

        DougC. Vc ainda não percebeu que determinadas “dúvidas” quando aqui são postadas não passam de apenas querer falar mal?. Nos impostos por exemplo as ditas reduções de impostos são muito menores do que aquelas por exemplo são oferecidas aos partidos que não pagam IMI e até se permite uma off shore de impostos numa festa lá para os lados do Seixal.
        A lei não regula tanto a carga de horas de trabalho? Regula e ele sabe mas lança merda no ventilador. O contrato de trabalho feito com os professores é ilegal e secreto? Não mas eles não satisfeito com o ventilador ainda vem espalhar com as suas próprias mão a merda “ventilada”.
        Esta gente vive disto. Se não tem inventa. Muitas vezes inventa para uma “auto-satisfação preocupada” com os outros o que os faz ver ao espelho como se eles fossem uns “gajos porreiros intelectualizados” .
        Os professores contratados nos privados são uns pobrezinhos que nem sabem ler quando assinam contratos de trabalho. Precisam do Galvão para cuidar deles.

        Gostar

  4. Expatriado permalink
    16 Setembro, 2021 13:38

    Hoje, sobre o assunto das escolas…

    Gostar

  5. Atento permalink
    16 Setembro, 2021 17:45

    (tirado do Instituto Mais Liberdade)

    E um estudo do Instituto dos Amigos do Escaravelho da Batata sobre a injusta má fama do escaravelho da batata e os seus notáveis benefícios para a cultura da batata, não se arranja?

    Ou do Instituto da Vinha e do Vinho sobre a importância do vinho para uma vida saudável? Ou do Instituto Mises sobre a isenção, rigor e imparcialidade de blogs direitalhas que malham no Estado dia sim, dia sim?

    Eis o que os ditos blogs e fiéis carneiros não entendem: estes estudos concluem o que quem os faz quiser que concluam; mas ainda que o aluno ou o paciente privado custasse realmente menos que o público, serviços essenciais como a educação ou saúde devem ser públicos. Todos.

    O privado cria e/ou agrava clivagens e desigualdades. O privado existe para ter lucro; na educação e (sobretudo) na saúde não deve haver lucro. Se o público funciona mal, melhore-se o público. Puna-se e obrigue-se a classe pulhítica. A solução não é encher o rabo a mamões. Ou lambê-lo, como aqui fazem.

    Gostar

    • João Lopes permalink
      16 Setembro, 2021 21:55

      Vossa Exa. esqueceu-se de mencionar a “associação dos amigos dos cemitérios de Lisboa”. Esses seus “camaradas” do PS fazem estudos sobre o quê?
      Maldita esquerdalha que está a levar este país à ruína… Mais uma vez!

      Gostar

    • Zé Manel Tonto permalink
      16 Setembro, 2021 23:04

      O Atento já reparou que o privado, mesmo existindo para ter lucro, sai mais barato que o público?

      Que se o estado transferir 6000€ por aluno para a escola que os pais dos alunos quiserem que estes frequentem, o Estado poupa dinheiro?

      Quantas mais escolas de qualidade apareceriam se os pais de cada criança tivessem 6000€ para transferir para a escola dos filhos?

      Mas isso era chato para a FENPROF, podia ser que os seus associados tivessem que trabalhar. E mais chato seria para os burocratas da 5 de Outubro, que iam para o olho da rua.

      “this is why we can’t have nice things”

      Gostar

    • Francisco Miguel Colaço permalink
      19 Setembro, 2021 11:05

      Atento, veja o meu comentário acima sobre a Eptoliva (a escola onde trabalhei durante três anos) vs. a Secundária de Oliveira do Hospital. A Eptoliva é de direito privado, embora formada por uma associação de três municípios e gerida por estes.

      A Eptoliva CUSTA MENOS, paga o seu imobiliário; e estava melhor nas séries quando ainda se faziam, antes deste mente-nisto na inculcação acabar com as ditas séries, por ficar sempre mal nas fotografias. Os alunos da Eptoliva eram sempre aqueles que a Secundária queria fora; e eram os que tinham emprego no fim. Dei como exemplo as dezenas de vezes que tinha de responder por ano a empresas dizendo que lamentava, mas não havia mais alunos ou ex-alunos desempregados e disponíveis para trabalhar.

      Nem quero dizer o que acontecia aos alunos dos cursos profissionais da Secundária.

      Gostar

  6. André Silva permalink
    16 Setembro, 2021 20:07

    Os desenhos são importantes para que se consiga que os atrasados mentais (que como se vê até por aqui há muitos) consigam compreender pelo menos o básico.
    Mas, e como se comprova por alguns comentários acima, nem isso conseguem, coitados…

    Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      16 Setembro, 2021 20:39

      São comentários de instalados. Para esses tudo deve ser público – a fome distribuida por mais gente, é mais fácil de aceitar.

      Gostar

      • 16 Setembro, 2021 21:28

        Pelos vistos o único desinstalado aqui é você!

        Enganem-me, que eu gosto!

        Gostar

      • chipamanine permalink
        16 Setembro, 2021 22:15

        Reage quem se sente hahhahah

        Gostar

      • Francisco Miguel Colaço permalink
        19 Setembro, 2021 11:06

        Os socialistas soviéticos criaram o Holodomor. O socialismo costanheiro cria o emigró-morre.

        Gostar

  7. Prova Indirecta permalink
    16 Setembro, 2021 21:43

    Heranças
    Doações
    Rendas
    Mais valias sobre transmissões
    Carrega zé

    Gostar

  8. José Monteiro permalink
    16 Setembro, 2021 22:15

    Há que suportar, ‘pagar’ o monstro da 5 de Outubro.
    Há que suportar, ‘pagar’ o monstro dos Setenta do governo Costa II, Mais ministérios e secretarias de estado, uma na Defesa para brincar aos antigos combatentes.
    Há que pagar uns extras pelas incompetências ministeriais, carentes de para-ministros para ajuizar (mal) um plano económico de médio-longo prazo.
    Há que suportar, pagar as duvidosas forças armadas sem soldados mas cheias de chefias,
    e a gloriosa GNR de Costa MAI com Sócrates-duplicar generais e oficias superiores, economizar nos agentes de serviço nas ruas. E garantir a Guarda Costeira.
    Há que, para amaciar os sindicatos das polícias com o ministro C200, aceder a um subsidio de ‘risco’, um encargo anual nos OE no futuro: 50 milhões.
    A be do Regime.

    Gostar

  9. Expatriado permalink
    16 Setembro, 2021 22:28

    A reação da joacine vai ser “linda”. Oh se vai…

    Gostar

  10. voza0db permalink
    16 Setembro, 2021 23:07

    Não se preocupem escravos boçais… dentro de dias poderão VOLTAR A VOTAR EM SALAFRÁRIOS E CORRUPTOS e depois podem retomar a perpétua choraminguice

    Gostar

    • Francisco Miguel Colaço permalink
      19 Setembro, 2021 14:01

      Deveria estar grato pelo facto de ainda podermos votar para meter o Costa e os seus sequazes fora da política. Prefiro mil vezes que me deem essa oportunidade, mesmo se a maioria não aproveitar, a ter de a desejar saudosamente.

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: