Saltar para o conteúdo

O problema é que o Estado de direito já não funciona como funcionava

3 Dezembro, 2021

“Eu sou passageiro! É o Estado de direito a funcionar!” – responde o ainda ministro Cabrita aos jornalistas que o interrogam sobre a velocidade a que seguia o carro em que viajava quando foi mortalmente atropelado o trabalhador Nuno Santos. É sem dúvida o Estado de direito a funcionar. O Estado socialista.

24 comentários leave one →
  1. 3 Dezembro, 2021 17:55

    Quem, tendo carta de condução e automóvel com mais de 100 Cv, nunca conduziu a mais de 120Km/h na autoestrada, que atire a primeira pedra.

    Tantas virgens, por aqui!

    Gostar

    • 3 Dezembro, 2021 18:29

      A questão não é essa Galvao invertido!
      A questão é:
      Primeiro – Em tudo o que é oficial ou militar o mais graduado (o Cabrito neste caso) é responsável pela continuação de uma conduta interdita por lei ao seu subordinado, o motorista. Para mais põem-se duas hipóteses: ou o Cabrito mandou o condutor seguir em marcha de emergência, logo a culpa é do Cabrito, ou não mandou mas nada disse, e assim a culpa é do Cabrito … qual escolhe?
      Segundo – O Cabrito não acha durante 6 meses que fosse no “tapete voador” em velocidade excessiva, seja ela qual for, agora que o Mistério aPúblico declara a velocidade de 166Km/h, claro que depois de extraídos os 10% erro e o “coeficiente de cagaço sobre o PS”, então demite-se.
      Conclusão: temos mais um ministro PS repulsivo a comenter mais um acto repulsivo, porque até a desOportunidade do momento da demissão é, nele, REPULSIVO!

      Mais repulsivo só o KostaVirus!

      Liked by 1 person

    • Oscar Maximo permalink
      3 Dezembro, 2021 18:45

      Sim, mas por conta e risco. E o risco há que assumi-lo, se aparecerem problemas. Trata-se de ser um homenzinho.

      Gostar

    • chipamanine permalink
      3 Dezembro, 2021 19:32

      O Galvão é outro passageiro. Mesmo com a morte na sua frente num carro conduzido por um amigalhaço também diria que o morto é que tinha culpa.
      O Galvão não respeita nem os mortos.

      Gostar

  2. balio permalink
    3 Dezembro, 2021 17:57

    Não havendo PROVAS contra o ministro (de que ele tenha ordenado ao condutor para conduzir depressa de mais, ou de que ele estivesse consciente de que o condutor estava a conduzir depressa de mais), ele não pode ser acusado.
    No Estado de Direito, ninguém pode ser acusado e julgado sem que haja PROVAS.

    Gostar

    • Oscar Maximo permalink
      3 Dezembro, 2021 18:48

      Então o ministro deverá acusar o motorista de não ir á velocidade permitida ou combinada.

      Gostar

    • 3 Dezembro, 2021 18:50

      balio a desconversar!

      Gostar

    • chipamanine permalink
      4 Dezembro, 2021 07:47

      O que devia ser criminalizado ( e politicamente também) no ministro:
      1- O comunicado em que culpabiliza o atropelado
      2- A mentira de que o local não estaria sinalizado
      3- A insensibilidade demonstrada durante semanas perante a familia
      4- A arrogância perante a comunicação social
      5- A investigação ter sido feita pela GNR dependente do próprio ministro
      6- O facto de saber antecipadamente a velocidade antes da acusação e dize-lo publicamente que falavam absurdos de velocidade e que não era nada disso, apesar do processo estar em segredo de justiça.
      Um verdadeiro socialista é assim como bem demonstra o balio.
      A culpa de facto é do motorista e de um automóvel “sacado” pelo estado sem registo. Um socialista nunca tem nada a ver com uma tragédia humana.
      A tragédia maior que pouca gente fala é que este “sinistro” foi protegido pelo timoneiro-mor socialista que, pelo visto, também não teve nada a ver nem com o ministro
      A tragédia seguinte é o facto do “passageiro” se demitir para não prejudicar os socialistas nas eleições.
      Que se foda o morto e os respectivos familiares

      Gostar

  3. balio permalink
    3 Dezembro, 2021 18:00

    Não vem ao caso, mas a Helena Matos pode verificar o seguinte. A Junta de Freguesia de Arroios tinha à frente da sua sede um lugar de estacionamento reservado para os fregueses. Desde que a nova Junta entrou, esse lugar passou a estar reservado para a própria Junta e os fregueses deixaram de ter lugar.
    Assim se vê que a nova Junta de Freguesia de Arroios (PSD) não é melhor, e provavelmente até é pior, do que a antiga (PS).
    (Usando os critérios da Helena.)

    Gostar

    • Oscar Maximo permalink
      3 Dezembro, 2021 18:50

      Penso que deve ser um lugar que ficou reservado para os unicórnios do Moedas.

      Gostar

    • chipamanine permalink
      4 Dezembro, 2021 08:38

      Portanto tudo se resume a um lugar de estacionamento e por isso a Margarida Martins está absolvida porque entraram piores. Critérios.

      Gostar

  4. jose valeriano permalink
    3 Dezembro, 2021 18:37

    Não gosto do Cabrita e ele está metido em negócios pouco claros nas golas e outros.
    Quanto ao acidente ele não têm moral para falar como têm falado pois até dá a impressão que viajava num carro da UBER.
    Vamos aos factos se tivesse sido homenzinho e não tivesse logo abandonado o local do acidente como deve ser pois se fosse eu era logo trucidado pelas autoridades as coisas não se punham desta maneira.
    Assim ao abandonar logo o local do acidente fica-se a pensar que quereria esconder algo.
    Acidente é acidente e pode acontecer a qualquer um que ande na estrada, o que não pode acontecer é abandonar o local coisa que lhe ficou muito mal.

    Liked by 1 person

  5. Manuel permalink
    3 Dezembro, 2021 18:40

    Queria deixar aqui uma palavra de conforto aos apoiantes da pseudo-direita clássica (PSD-CDS) que, além de não terem homem do leme que se veja, perdem agora a maior hipotética perda de votos previsível do actual partido no governo.
    Quanto ao senhor ex-ministro, experimente sair à rua longe do seu bairro fino, e logo poderá, finalmente, tomar o pulso ao país.
    Boas festas a todos.

    Gostar

    • 3 Dezembro, 2021 18:52

      Não perdem nada manuel, vai ver que este “golpe de teatro de opereta” ainda vai ser pior. Agora é que ele vai trucidar o KostaVirus!

      Gostar

  6. chipamanine permalink
    3 Dezembro, 2021 19:26

    O Cabrita passageiro é a encarnação do socialismo tuga
    O “super sumo” do passageiro foi o Sócrates que não teve nada a ver com a falência nem com a troika. O condenado por homicídio foi o seguinte motorista.
    Se fosse fazer uma lista de passageiros socialistas aqui não acabaria hoje.

    Gostar

  7. 3 Dezembro, 2021 19:39

    Há coisas do 😈
    Com tanto motivo para se demitir.
    Foi o caso em que era menos culpado.
    Ou melhor no caso que era mais inocente.
    Sai em boa altura porque ainda tem dois meses para arranjar tacho.
    Porque o 😈 vai chegar.
    Trocar o carnaval pelo reavivar da festa dos reis.
    O Demo não gosta vai aparecer.

    Gostar

  8. Prova Indirecta permalink
    3 Dezembro, 2021 20:03

    Que ninguém se iluda : se a pesporrência deste solípede fazia já adivinhar este desfecho desde o célebre caso dos microfones na AR , em nada fica à frente dos vicios de nepotismo do César açoreano ,da vaidade e flatulência do eleito a presidente da AR , o boca de charroco Ferro Rodrigues , ou os impetos irascíveis do Costa quando interpelado nas arruadas por reformados . É este o escol que nos tem governado , sufragados por uma abstenção galopante e um presidente poucochinho . Da casa Pia ao largo do rato são três bancas rotas e a impunidade geral.

    Liked by 1 person

    • chipamanine permalink
      3 Dezembro, 2021 21:49

      Esqueceu a resiliente sinistra da saúde? os outros é que não o são e ela ao primeiro aperto chora lágrimas de crocodilo

      Liked by 1 person

  9. Prova Indirecta permalink
    3 Dezembro, 2021 23:03

    Não a esqueci , nem tao pouco a Angolana que tirou o curso de Direito em três anos e meio e acumula agora a Justiça com o MAI . Ao pé destes , o “ engenheiro” era um ensaio .

    Liked by 2 people

  10. Weltenbummler permalink
    4 Dezembro, 2021 09:32

    That, and only that, is what I would ask of my biographer — plain facts, no symbol-searching, no jumping at attractive but preposterous conclusions, no Marxist bunkum, no Freudian rot. […]
    Sometimes the thing becomes a kind of double paper chase: first, the biographer pursues his quarry through letters and diaries, and across the bogs of conjecture, and then a rival authority pursues the muddy biographer.
    Vladimir Nabokov, Strong Opinions

    Gostar

  11. Leunam permalink
    4 Dezembro, 2021 10:13

    cabrita sucede a cabrita

    Liked by 1 person

  12. Expatriado permalink
    4 Dezembro, 2021 10:25

    Estes foram rápidos

    https://fb.watch/9GoMIDoQyJ/

    Gostar

  13. marão permalink
    4 Dezembro, 2021 15:18

    O molde que formata gente deste calibre fica ativo na oficina. do vão de escada.

    Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: