Skip to content

Fuga em frente

9 Fevereiro, 2010

Sócrates condena “acto criminoso e ilegal” de divulgação das escutas

O primeiro-ministro condenou hoje a divulgação das escutas no âmbito do caso “Face Oculta” divulgadas pelo semanário “Sol”, classificando-a como um “acto criminoso e ilegal” não só “contra a privacidade” mas também “contra a justiça”.

José Sócrates lamentou ainda que “todos os partidos, todos sem excepção” não tenham “criticado esse crime e essa violação da lei” e o “abuso por parte desses jornalistas”. E que em vez disso tenham aproveitado para “atacar os seus adversários políticos” e ao primeiro-ministro “em particular”. “Para esses partidos já vale tudo. Isto é que é pôr em causa o Estado de Direito”.

Sobre o negócio da compra da TVI por parte da Portugal Telecom, José Sócrates disse que todos aqueles que dizem que o Governo tinha conhecimento do caso “estão a faltar à verdade”. E acrescentou: “Mantenho tudo o que disse no Parlamento e que nunca o Governo deu nenhuma orientação à PT para comprar nenhuma estação de televisão”.

O primeiro-ministro contou que a PT “há muito tempo que tinha essa intenção estratégica e decidiu fazer esses contactos com vista ao negócio. E isso foi totalmente independente da vontade do Governo.”

Apesar de ser evidente que mentiu ao Parlamento, Sócrates alega que mantém tudo o que disse. Acusa o Sol de violar a lei (por divulgar informação privada e em segredo de justiça), mas depois quer convencer toda a gente de que a informação divulgada pelo Sol é falsa.

Anúncios
80 comentários leave one →
  1. Júlio Costa permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:23

    Uma vergonha estas declarações.

    Em qualquer país decente – repito, decente! – este poltrão – já estava no olho da rua!

    Até quando o PR vai iludir os portugueses ao manter à frente do Governo de Portugal um indivíduo que não tem estofo moral e intelectual para estar num lugar de tanta responsabilidade?

    Até quando vamos aturar Sócrates, como escreve Miguel Urbano Rodrigues, num link mais atrás?

    Até quando?

    Gostar

  2. balde-de-cal permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:23

    dar uma queca também se diz pinocada

    o homenzinho anda alegadamente pitosga
    está pior que o “pis sem coiso”.

    Gostar

  3. Alberto permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:26

    A questão neste momento é olhar para a frente e ver qual a alternativa, cai sozinho ou cai o governo?

    Costa ou Santana?

    Gostar

  4. Nuno permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:29

    O próximo passo de Sócrates vai ser ilegalizar todos os restantes partidos, visto que a sua lógica de vale tudo está a colocar o Estado de Direito em causa e isso não é admissível. Estou à espera de ver nas próximas horas a prisão de Manuela Ferreira Leite, Paulo Portas, Francisco Louça e Jerónimo de Sousa por violação clara da democracia.

    Gostar

  5. chocoscomtinta permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:30

    Socrates confia na “rapidêz” da Justiça em Portugal (tipo Casa Pia) e vai, entretanto, usando a táctica do marido infiel: Negar, negar, negar!!!!

    É que…. elas nunca estão certas da traição. Até ele a admitir….

    O gajo não tem nada de parvo. Não senhor!!!

    Gostar

  6. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:31

    “E acrescentou: “Mantenho tudo o que disse no Parlamento e que nunca o Governo deu nenhuma orientação à PT para comprar nenhuma estação de televisão””

    Qual das versões? A primeira ou a segunda das duas que deu? O juiz terá falsificado as escutas?
    Ou será um truque de palavras? Guterres quando ia a iniciativas partidárias que lhe estavam vedadas dizia que ia como cidadão e não como PM. Vitorino deu ontem a entender que não se poderia aferir que aquilo era do governo.

    Gostar

  7. José permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:33

    Qual é o crime que o mentiroso afirma ter sido cometido? Lesa majestade? Será, mas esse já foi abolido precisamente com a implantação da República.

    Na Venezuela, porém, ainda existe.

    Uma vez que não há crime e o mentiroso anda a propalar atoardas o crime que ele comete é o de denúncia caluniosa. Esse existe

    Gostar

  8. Totó permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:34

    Eu e Sócrates «confiamos na justiça portuguesa».

    Gostar

  9. Joaquim Amado Lopes permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:34

    “nunca o Governo deu nenhuma orientação à PT para comprar nenhuma estação de televisão”
    Não é necessariamente mentira.

    Pode não ter sido “o Governo” (enquanto colectivo) mas apenas um dos membros do Governo, eventualmente a mando de outro.
    Pode ter sido um grupo de pessoas que, por acaso, até são membros do Governo mas que nessa situação em concreto não actuaram enquanto tal.
    Pode não ter sido “orientação” (no sentido de sugestão) mas sim ordem.
    Pode não ter sido “uma estação de televisão” mas apenas uma parte das acções que permitisse o seu controlo.
    Pode não ter sido “estação de televisão” mas antes empresa que detinha o controlo de (entre outras coisas) um canal de televisão.

    E pode ter sido exactamente o que o primeiro-ministro (sim, em minúsculas como a criatura em questão) diz que não foi simplesmente porque, para ele, a realidade não é mais do que lhe dá jeito que seja. E se não lhe dá jeito que seja como é, então como é só pode ser mentira.

    O João Miranda não aprendeu nada com “150.000 novos postos de trabalho”, “o relatório que (não era) da OCDE”, as estatísticas “oficiais” e “o Governo não tinha conhecimento oficial das intenções da PT”?

    Gostar

  10. No Encalço da Rataria... permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:36

    Se eu fôr apanhado em escutas com um plano para tomar conta dalgum banco por métodos ilícitos, é crime se essas escutas forem divulgadas.

    Como diria o Pessa: E essa, hein?

    Gostar

  11. Miguel Santos permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:39

    #1. Em qualquer país decente – repito, decente! – este poltrão – já estava no olho da rua!

    Isso era num país indecente.
    Em qualquer país decente ele já estava na prisão!

    Gostar

  12. Jorge Paulo permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:40

    O Presidente da Republica não pode deixar passar em claro estas lamentaveis daclarações do 1º ministro. Este fulano anda a fazer pouco de um país inteiro: dos que votaram nele, e dos que não votaram. Depois de ter admitido que mentiu ao Parlamento a respeito da compra da TVI pela PT, hoje vem reiterar as aldrabisses. José Socrates há-de acabar com o que resta desta pobre democracia. Com crise, ou sem crise, tem que ser rapidamente demitido. Cavaco Silva que era tão lesto a demitir ministros quando era 1º ministro, tem deixado passar em claro verdadeiras barbaridades cometidas por Sócrates. Não foi para isto que os Portugueses o elegeram Presidente da Republica.

    Gostar

  13. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:40

    “Apesar de ser evidente que mentiu ao Parlamento, Sócrates alega que mantém tudo o que disse.”

    se é vidente, problema seu, trate-se

    “Acusa o Sol de violar a lei (por divulgar informação privada e em segredo de justiça),…”

    não é a capa do sol que títula escutas proibidas?

    “mas depois quer convencer toda a gente de que a informação divulgada pelo Sol é falsa.”

    não é falsa, é contrafeita a partir de uma manipulação de dados dispersos de forma a encaixar na lei para configurar indícios de fortes alucinações. drogam-se e depois temos que os aturar.

    Gostar

  14. Maria permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:41

    Não sou socialista, mas tb não vejo alternativas ao poder, não acho que o governo deva cair mas acho que este caso, que involve decisões do CSM e o PGR deve ser investigado. Quero saber porque é que Noronha Nascimento e o PGR tiveram uma opinião tão contrária á dos magistrados de Aveiro e a grande parte do povo portugues. Não me agrada que me façam de lorpinda. SE o sou, gosto que me provem por a mais b que o sou. Se os argumentos forem suficientes, terei de repensar a minha posição. Para já, ainda ninguém me fez mudar de opinião: CSM e PGR não foram isentos na apreciaçãoco caso face oculta

    Gostar

  15. Açoriano permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:42

    O Sr. Presidente da República foi tão escrupuloso com o Estatuto dos Açores só por causa duma alínea.

    Quanto às trafulhices do Sr.Sócrates, o PR mantem-se «firmo e hirto como uma barra de ferro».

    Para uma pessoa que se diz «instituicionalista» é de bradar aos céus!!!!

    Gostar

  16. tina permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:50

    ahahaha, depois de ter dito que o défice seria de 5,9%, ainda acha que alguém com dois dedos de testa vai acreditar nele. Vem armar-se com ar indignado, julga que quanto mais zangado mais convence os outros da sua “inocência”. Sócrates é falso como tudo.

    Gostar

  17. António Maria permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:52

    O governo não deu orientações.
    E o Sr. José Socrates deu?

    Gostar

  18. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:54

    “O Sr. Presidente da República foi tão escrupuloso com o Estatuto dos Açores só por causa duma alínea.”

    e tão permissivo com o endividamento da madeira. se o dinheiro fosse dele tinha havido chapada no conselho de estado.

    Gostar

  19. 9 Fevereiro, 2010 14:54

    A liberdade de expressão está em perigo e não é de agora. O grande risco do momento é outro: o da perda da própria inteligência, que uma vez perdida não pode voltar a ser recuperada.

    Gostar

  20. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:57

    Enquanto por aqui contestam Sócrates e não as sua medidas Marrocos avança com o TGV

    Gostar

  21. António Maria permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:57

    O próprio Vera Jrdim já tinha dito na RR:
    NÃO ACREDITO QUE O GOVERNO “COMO ENTIDADE” ESTEJA MESTIDO NISTO.
    Ou seja o PM está.

    Gostar

  22. tina permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:00

    “O governo não deu orientações.
    E o Sr. José Socrates deu?”

    pois, mas isso já são conversas privadas e por isso não contam!…

    Sócrates tornou-se uma anedota completa.

    Gostar

  23. tina permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:03

    “não as sua medidas Marrocos avança com o TGV”

    para levar galinhas até à Tunísia?

    Gostar

  24. Pi-Erre permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:05

    “Enquanto por aqui contestam Sócrates e não as sua medidas Marrocos avança com o TGV”

    Pois, canhões em vez de manteiga. TGV em vez de pão.
    E os marroquinos na penúria.

    Gostar

  25. 9 Fevereiro, 2010 15:05

    Ao ler o post, até julguei que era o João a fugir para a frente.

    Gostar

  26. joaoaugusto permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:08

    Será possível?

    Ele acredita no que está a dizer’

    E não se ri?

    Só num país de “tótós” ou de loucos é que é possível isto acontecer…..ou então, só ele é que leva o passo certo.Nós , os outros ,levamos todos o passo trocado.

    Temos de ir fazer companhia ao Mário Crespo, vamos todos, e já , para o MANICÓMIO.

    Onde fica?

    Gostar

  27. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:09

    “Enquanto por aqui contestam Sócrates e não as sua medidas Marrocos avança com o TGV”

    O prédio que abriu há um mês no Dubai fechou hoje.

    Gostar

  28. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:09

    “…o da perda da própria inteligência, que uma vez perdida não pode voltar a ser recuperada…”

    é das poucas coisas que não podem ser roubadas ou compradas e só que não a tem se preocupa com isso.

    Gostar

  29. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:13

    A maneira como José Lello se referiu ao PR e à “janela de oportunidade” faz antever que vamos ter uma queda de Sócrates muito dura e muito violenta para com o PR.

    Gostar

  30. Jorge Paulo permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:13

    #21 Anonimo O TGV de Marrocos vai praonde? Só se for pro meio do deserto do Sahara. E vai ser construido pela Mota-Engil? Por aqui se ve que deve haver muito ministro marroquino a mamar por debaixo da mesa. A maior parte das cidades marroquinas não teem um sistema de estruturas basicas eficaz como esgotos, agua canalizada, e distribuição de electricidade, e vão construir um TGV. Sócrates não faria melhor.

    Gostar

  31. Meme permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:14

    “…temos que ajudar o nosso amigo Joaquim Oliveira…”

    Leia-se o JN e DN e ouçam a TSF!!!

    Gostar

  32. per caso permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:16

    Terrível, este homem, que, de uma penada, dá a volta ao prego, sem recear nada, sempre em contramão, e sem ponta de escrúpulos.

    Gostar

  33. Meme permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:17

    “… temos que ajudar o Nuno Vasconcellos…”

    Leiam-se as noticias sobre a integração de fundos de pensões da PT na Ongoing!!!
    Quem foi o Administrador da PT que executou a operação… ironia das ironias tem o apelido de Soares Carneiro e é um dos Adminitradores nomeados pelo governo!!!!

    Gostar

  34. Kuito Kuanavale permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:18

    Pelos vistos há 7 gentinhas que ainda vão em petições pro socraticas

    http://www.peticaopublica.com/PeticaoListaSignatarios.aspx?pi=povo

    A peticão aqui lançada, essa vai a toda a força a caminho das 5000 assnaturas, e faltam apenas 2500 para ultrapassar a petição do Rui Santos, que andou anos a passar na TV.

    Parabens a quem lançou a petição, que está a ter uma fantástica adesão

    Gostar

  35. Jota permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:18

    Sampaio, onde andas? Bolas, este senhor nunca está quando precisamos dele…

    Gostar

  36. José Barros permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:18

    Transcrevo no Blasfémias o comentário que escrevi em resposta a um post da Isabel Moreira, indignadíssimo como uma suposta e nunca fundamentada violação do segredo de justiça na notícia do Sol. Faço notar que o meu comentário não teve qualquer resposta da constitucionalista, assim como o Daniel Oliveira ainda não me explicou por que razão o Sol agiu ilicitamente. Continuo, portanto, à espera que um e outro fundamentem, de facto e de direito, as suas teses.

    Vejamos:

    1) O Sol publicou escutas em que não intervém o PM, pelo que as escutas publicadas são válidas, atendendo a que foram autorizadas pelo juiz de instrução competente (o de Aveiro). Não se percebe, portanto, a referência da Isabel Moreira à validade das escutas ao PM que não vem minimamente ao caso quando se trata de analisar a legalidade da notícia do Sol.

    2) Se as escutas publicadas pelo Sol constarem do procedimento administrativo aberto para averiguar se havia matéria para inquérito ao primeiro-ministro, como sustenta o jornal e como pressupôem os juristas que já se pronunciaram sobre a licitude da notícia, então é evidente que não existe violação do segredo de justiça, porque o referido procedimento, tendo findado com um arquivamento, tem de ser público, nomeadamente no que diz respeito a essas escutas (já não assim, evidentemente, na parte em que diga respeito às escutas mandadas destruir, isto é, as escutas em que o PM intervém).

    Mais do que isso: precisamente porque não foi aberto inquérito judicial, mas apenas um procedimento administrativo, nem vejo sequer que se possa falar na violação do segredo de justiça, atento o facto de a tal procedimento não serem aplicáveis as regras do direito e do processo penal (visto que não é de um processo penal que se trata, mas de um mero procedimento administrativo).

    3) Mesmo que houvesse violação do segredo de justiça, a Isabel Moreira não desconhecerá que Portugal já foi condenado várias vezes pelas instâncias europeias a pagar indemnizações em virtude de condenações a jornalistas e jornais pela violação do segredo de justiça.

    Um exemplo nesta notícia http://www.publico.pt/Media/portugal-condenado-no-tribunal-de-direitos-do-homem-por-entrave-a-liberdade-de-expressao_1418610, em que se pode, nomeadamente, ler:

    “Agora o Conselho Europeu considerou que o “interesse público” do tema se sobrepunha à protecção do inquérito judicial que decorria e à reputação do arguido, já que o facto de um dos visados da notícia ter cargos políticos e ser uma figura pública, justificava que pudesse haver quebra de protecção de segredo de Justiça.”

    Ora se é esta a posição das instâncias europeias a propósito de um caso infinitamente menos importante do que o que está em causa na notícia do Sol, por muito que seja outra a opinião da Isabel Moreira, cabe-lhe como jurista aceitar que tal jurisprudência se sobrepôe à opinião que possa ter (ou até que os tribunais portugueses possam defender, visto que devem obediência à jurisprudência europeia).

    Nesse sentido, porque diz respeito a interferências do governo na comunicação social, é indubitável que a notícia do Sol releva de um interesse público notório. Nenhum jurista se lembrará de defender o contrário, penso eu. Assim sendo, mesmo que as escutas estivessem sob segredo de justiça – o que é muito duvidoso pelas razões invocadas – os jornalistas do Sol deviam ser absolvidos num eventual processo penal por estarem a actuar salvaguardados por uma causa de justificação (o dito interesse público), como refere a decisão citada. Quem actua ao abrigo de uma causa de justificação, actua licitamente. Logo, em vez de procurar matar o mensageiro, seria bom que se começasse a comentar a notícia em si mesma considerada.

    Gostar

  37. Romão permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:21

    Eu era da opinião contrária daqueles que diziam que Sócrates evidenciava traços de doença mental: achava-o pura e simplesmente um produto das jotas com a escola típica de quem nunca fez nada na vida. Chico-esperto, manipulador e consciente do valor da imagem. Com este passo em frente quanto se abeira do abismo, acho que o gajo marou. De vez. E com ele alguns milhões de portugueses que Wilhelm Reich e Hannah Arendt não desdenhariam analisar.

    Num país normal, o presidente do supremo, o PGR, a oposição e o próprio PS paravam o país para que se ouvissem as partes visadas. Em Portugal palas nos olhos e para a frente é que é caminho, porque se confundiu a legitimidade democrática com a carta branca de uma república centro-africana.

    ‘Tá tudo doido?

    Gostar

  38. per caso permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:21

    “Enquanto por aqui contestam Sócrates e não as sua medidas Marrocos avança com o TGV”

    Sim, mas Marrocos tem um rei, filho de rei, outro tirano, enquanto este se arroga o direito a sê-lo, em democracia, contra nós todos.

    Gostar

  39. 9 Fevereiro, 2010 15:21

    Ó Barros, quando é que deixa de vir estender os lençóis para aqui?

    Gostar

  40. 9 Fevereiro, 2010 15:21

    “não as sua medidas Marrocos avança com o TGV”

    E no meio do deserto o nosso primeiro saberia andar de camelo’, caso o TGV ficasse parado…Ele está habituado é fazer de nós camelos.

    Gostar

  41. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:21

    ah pois! o super mário é mesmo de manicómio

    Gostar

  42. Meme permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:24

    “… o Chefe diz que é tudo ou nada, já que fica com a fama quer ter o proveito…”

    O proveito, o badalhoco já teve, uma campanha eleitoral completamente inclinada… a Ferreira Leite e o Pacheco Pereira mais pareciam heróis de Cervantes… contra oss moinhos de vento (ignorância da generalidade do povo subsidio dependente Português)!!!

    Felizmente agora e aos olhos de todos (excepto os avençados) da fama já não se livra!!!

    Gostar

  43. Farto de Ladrões e de Pulhíticos! permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:25

    Onde está o Mário Soares, esse guardião das liberdades?

    Na Mongólia?

    Gostar

  44. Romão permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:26

    Epá mas que têm os comboios a ver com esta merda? O Isaltino, que é oitenta mil vezes (e estou a pecar por defeito) melhor autarca que Sócrates é primeiro-ministro foi condenado – e bem – e pode ser que ainda bata com os costados na choldra e o Sócrates é inimputável por arrojar-se a maquinista? Mas está tudo maluco?

    Então cada um de nós, se for eficiente no trabalho, pode traficar droga por fora porque a produtividade laboral é atenuante ou mesmo ilibatória em caso de crime?

    Gostar

  45. Romão permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:27

    Mas as pessoas pararam para pensar ou pararam de pensar?

    Gostar

  46. José Barros permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:28

    Ó Barros, quando é que deixa de vir estender os lençóis para aqui? – Piscoiso

    Só quando o Piscoiso escrever uma frase de jeito nas suas centenas de comentários…

    Gostar

  47. aos permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:28

    #15

    Maria, pobre do pais que não pode demitir alguém (ou prender) porque não tem nenhuma alternativa válida. Claro que isto é na sua opinião não-socialista como bem fez questão de dizer…

    Admiro a sua “fé” ao tentar defender este sr., mas por favor tentemos usar alguma argumentação válida…

    Gostar

  48. hajapachorra permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:29

    O morto ainda estrebucha, mas a grande Ana Gones, essa regateira do Bolhão, está aí pronta para lhe afinfar o golpe de misericórdia. Dá-lhe, falância.

    Gostar

  49. Ar. permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:30

    # 37 exemplar demonstração

    Gostar

  50. 9 Fevereiro, 2010 15:31

    Jota disse:


    Sampaio, onde andas? Bolas, este senhor nunca está quando precisamos dele…”

    Com ele… este “nosso” primeiro já era!

    Gostar

  51. Meme permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:33

    Quando alguem do mistério público de Lisboa, após o envio das certidões dos magistrados de provincia, avisou o capo e seus executantes que estavam a ser investigados e escutados, denunciando e matando ali a investigação… o inginhero Pinto de Sousa deve ter rasgados as vestes (o armani) em protesto com a violação grosseira da lei, deve, deve!!!

    Sebem me informar se o PGR já abriu um inquérito a esta fuga de informação cirurgica???? Quantas pessoas tiveram acesso às certidões??? Não me digam que foi o Noronha!!!???

    Gostar

  52. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:33

    “Parabens a quem lançou a petição, que está a ter uma fantástica adesão”

    eu já contibui com 20 subscrições fictícias, se todos fizerem o mesmo chega aos 100 mil em 4s, não há que nos bata em sinais vermelhos.

    Gostar

  53. 9 Fevereiro, 2010 15:36

    Escutas: petição já tem mais de 4 mil assinaturas

    Portugueses querem explicações do primeiro-ministro

    A petição online lançada segunda-feira para pedir explicações ao primeiro-ministro sobre alegadas interferências na comunicação social conta já com mais de quatro mil assinaturas, o que obriga a que seja discutida em plenário do Parlamento.

    A petição será entregue quinta-feira na Assembleia da República pelo movimento «Todos pela Liberdade», que está a convocar, através do Facebook , uma manifestação para esse dia frente ao Parlamento, pedindo aos participantes que se vistam de branco.

    A página do movimento naquela rede social já conta com mais de 1600 membros.

    Os signatários da petição consideram que José Sócrates tem «sérias dificuldades em lidar com a diferença de opinião» e pedem ao primeiro-ministro que esclareça os recentes episódios sobre a sua alegada interferência na comunicação social.

    O movimento pretende que o primeiro-ministro esclareça a veracidade das notícias que vieram a público, apelando à intervenção das entidades competentes.
    http://www.tvi24.iol.pt/politica/escutas-peticao-todos-pela-liberdade-tvi24/1137928-4072.html

    Gostar

  54. arre permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:38

    É o desespero

    Foram apanhados … conformem-se

    Gostar

  55. maria permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:38

    #48 longe de mim ter fé no senhor em causa…Não tenho mesmo nenhuma e abomino o personagem mas que receio pelo país,receio, pois não consigo rever-me em nenhum dos políticos no activo, sentido de estado e competência para tomar as redeas do poder. Eu tenho medo pelo futuro dos meus filhos. ACho que, o preço por que a classe política se vende é muito baixo.

    Gostar

  56. 9 Fevereiro, 2010 15:39

    # 54

    Ontem, muitas pessoas queixaram-se de não conseguiram subscrever a Petição. Parece que o problema já foi resolvido.

    Gostar

  57. Euroliberal permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:43

    Sobre Marrocos:

    O TGV começado a contruir vai, numa primeira fase, de Casablanca a Tanger, e numa segunda fase até Marraquexe a sul e, a norte, até Tarifa (Espanha) através de um túnel sob o estreito (de 14km) onde se liga à rede europeia. Mais se informa que o Reino apresenta taxas de crescimento de 6% anuais, baixo endividamento, e alta captação de investimento estrangeiro (do Golfo, sobretudo). As auto estradas cobrem todo o país de sul a norte, de oeste a leste.

    E claro não tem um Socas a PM… Quando não houver mais emprego cá o pujante mundo muçulmano abre-vos as portas…

    Gostar

  58. 9 Fevereiro, 2010 15:47

    Se a petição é feita online, vão entregá-la na Assembleia da República num Magalhães?

    Gostar

  59. 9 Fevereiro, 2010 15:47

    # 57

    Quer melhor, nesta fase, do que a presidente do PSD?
    Um luxo.
    Advertiu o povo português para TUDO o que neste momento está a vir definitivamente à superfície. Não foi ouvida (…)

    Dormiria completamente tranquilo se fosse indigitada para PM.

    Declaração de interesses: Não sou filiado ou simpatizante do PSD.

    Gostar

  60. carlos graça permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:47

    ILLOGIK PLASTIK…LIRIQUES FANTASTIQUES!!!… Pop dell’arte

    Gostar

  61. 9 Fevereiro, 2010 15:50

    # 57

    É competente e uma democrata. Tem experiência de vida e de governação em situações muito difíces.

    Quer servir Portugal e os portugueses.

    De que estamos à espera para o propor para a liderança governativa do país, sobretudo nesta fase?

    Gostar

  62. 9 Fevereiro, 2010 15:52

    Se a comunicação social não estivesse toda sob o controlo político-económico-mafioso, MFL seria a PM do país.

    Gostar

  63. maria permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:53

    #57 Antes de me propor seria importante saber do que sou capaz…a adivinhar temos nós andado.

    Gostar

  64. Euroliberal permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:55

    E o Burj Khalifa no Dubai (828 metros) não fechou nada… mentira, inveja, é o que é…Também há lá empregos para quando o Titanic socretino for a pique…

    http://www.albawaba.com/en/countries/UAE/260731

    Gostar

  65. zirpelino permalink
    9 Fevereiro, 2010 16:15

    Eu sei que é perder tempo. Nunca se convence um fanático do Benfica, que perdeu para um rival, porque o outro jogou melhor, mesmo que tenha havido algum erro do arbitro.
    Mas cansa ver gente que se considera inteligente, eu sei que em Portugal os burros são uma espécie protegida em vias de extinção, insistir na mesma tecla da asfixia para derrotar politicamente um adversário que os derrotou nas urnas.
    O país real já julgou essa tese e vê que a TVI (da Prisa/ongoing), A SIC (do Balsemão), os jornais e os blogs escrevem todos os dias o que lhes apetece sobre o governo e o PM. Portanto essa treta do plano de controle dos media é paleio de político derrotado e sem ideias novas. Aliás, o único facto de interferência do governo na TVI, foi impedir que a PT se tornasse accionista da TVI. Isso é um facto e o único que o país real conhece. O resto é dor de corno.

    Gostar

  66. Fiel permalink
    9 Fevereiro, 2010 16:18

    Sócrates lamenta que todos os partidos, todos sem exceção, não tenham tido o pudor de aproveitar o cometimento de um crime para com esse crime atacarem os seus adversários políticos e atacarem-me a mim em particular.
    Eu lamento que todos socialistas, todos sem excepção, não tenham tido o pudor de aproveitar o cometimento de um crime para com esse crime atacarem os seus adversários políticos e atacarem o povo português em geral.

    Gostar

  67. 9 Fevereiro, 2010 16:20

    Reparem, caros e bons amigos, que não é por nada que o PS está sedeado no “Largo do Rato”…

    O rato é um animal esperto (que não significa que seja inteligente, atenção…), que procura alimento mesmo nos lugares mais insondáveis e inacessíveis, mas tem a desvantagem de deixar o seu rasto…

    E de rato também se pode passar a ratazana… a uma velha e gorda ratazana que, caminhando por entre os esgotos, se movimenta bem no lodaçal em que o país está…

    Não me parece que a sede do PS-Socrático se pudesse situar em local mais expressivo…

    Gostar

  68. José permalink
    9 Fevereiro, 2010 16:27

    Se largo é do rato quem é afinal o rato?

    Gostar

  69. 9 Fevereiro, 2010 16:33

    eheheh
    Já se agarram à toponímia!

    Gostar

  70. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 16:39

    “Leiam-se as noticias sobre a integração de fundos de pensões da PT na Ongoing!!!”

    O Mário Crespo colocou ontem uma pergunta que deixou os convidados atrapalhados e leva água no bico: “o que é a Ongoing?”

    Gostar

  71. 9 Fevereiro, 2010 16:45

    José, 70

    Adivinhe lá quem será o “rato”?

    Gostar

  72. Cáustico permalink
    9 Fevereiro, 2010 16:45

    É melhor recuperar aqui uma ideia de MFLeite.
    Interromper a democracia por momentos e “botar” tudo cá para fora; todo o processo Face Oculta, todas as escutas ilegais, a destruir, legais, pareceres, despachos.
    Depois se vê se a montanha vai parir um rato ou os ratos.

    Até lá, como diz o povo, o que não mata engorda…

    Gostar

  73. Vale Azevedo permalink
    9 Fevereiro, 2010 16:46

    Já chega de dizerem mal de Sócrates, ele está a ser vítima de um plano maquiavélico de o descredibilizar. Ó nosso chefe, não ligues, eles não gostam de nós.

    Gostar

  74. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 16:58

    #72 – crespo cums with ongoing soap bubbles. ou será soap cum, tou baralhado.

    Gostar

  75. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 16:58

    Porque há coisas mais importantes do que esquerda e direita.

    De artigo de Miguel Urbano Rodrigues:

    “Mas hoje também em Portugal se justifica a pergunta «Como foi possível? Que estranho conjunto de circunstâncias conduziu o País ao desastre que o atinge? Como explicar que o povo que foi sujeito da Revolução de Abril tenha hoje como Primeiro-ministro, transcorridos 35 anos, uma criatura como José Sócrates? Como podem os portugueses suportar passivamente há mais de cinco anos a humilhação de uma política autocrática, semeada de escândalos, que ofende a razão e arruína e ridiculariza o Pais perante o Mundo?O descalabro ético socrático justifica outra pergunta: como pode um Partido que se chama Socialista (embora seja neoliberal) ter desde o início apoiado maciçamente com servilismo, por vezes com entusiasmo, e continuar a apoiar, o desgoverno e despautérios do seu líder, o cidadão Primeiro-ministro? Portugal caiu num pântano e não há resposta satisfatória para a permanência no poder do homem que insiste em apresentar um panorama triunfalista da política reaccionária responsável pela transformação acelerada do país numa sociedade parasita, super endividada, que consome muito mais do que produz.Pode muita gente concluir que exagero ao atribuir tanta responsabilidade pelo desastre a um indivíduo. Isso porque Sócrates é, afinal, um instrumento do grande capital que o colocou à frente do Executivo e do imperialismo que o tem apoiado. Mas não creio neste caso empolar o factor subjectivo.Não conheço precedente na nossa História para a cadeia de escândalos maiúsculos em que surge envolvido o actual Primeiro-ministro.Ela é tão alarmante que os primeiros, desde o mistério do seu diploma de engenheiro, obtido numa universidade fantasmática (já encerrada), aparecem já como coisa banal quando comparados com os mais recentes.O último é nestes dias tema de manchetes na Comunicação Social e já dele se fala além fronteiras.É afinal um escândalo velho, que o Presidente do Supremo Tribunal e o Procurador-geral da República tentaram abafar, mas que retomou actualidade quando um semanário divulgou excertos de escutas do caso Face Oculta. Alguns despachos do procurador de Aveiro e do juiz de instrução criminal do Tribunal da mesma comarca com transcrições de conversas telefónicas valem por uma demolidora peça acusatória reveladora da vocação liberticida do governo de Sócrates para amordaçar a Comunicação Social.Desta vez o Primeiro-ministro ficou exposto sem defesa. As vozes de gente sua articulando projectos de controlo de uma emissora de televisão e de afastamento de jornalistas incómodos estão gravadas. Não há desmentidos que possam apagar a conspiração.Um mar de lama escorre dessas conversas, envolvendo o Primeiro-ministro. A agressiva tentativa de defesa deste afunda-o mais no pântano. Impossibilitado de negar os factos, qualifica de «infame» a divulgação daquilo a que chama «conversas privadas». Basta recordar que todas as gravações dos diálogos telefónicos de Sócrates com o banqueiro Vara, seu ex-ministro foram mandadas destruir por decisão (lamentável) do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, para se ter a certeza de que seriam muitíssimo mais comprometedoras para ele do que as «conversas privadas» que tanto o indignam agora, divulgadas aliás dias depois de, num restaurante, ter defendido, em amena «conversa» com dois ministros seus, a necessidade de silenciar o jornalista Mário Crespo da SIC Noticias.Não é apenas por serem indesmentíveis os factos que este escândalo difere dos anteriores que colocaram José Sócrates no banco dos réus do Tribunal da opinião pública. Desta vez a hipótese da sua demissão é levantada em editoriais de diários que o apoiaram nos primeiros anos e personalidades políticas de múltiplos quadrantes afirmam sem rodeios que não tem mais condições para exercer o cargo.O cidadão José Sócrates tem mentido repetidamente ao País, com desfaçatez e arrogância, exibindo não apenas a sua incompetência e mediocridade, mas, o que é mais grave, uma debilidade de carácter incompatível com a chefia do Executivo.Repito: como pode tal criatura permanecer como Primeiro-ministro?”

    Gostar

  76. Manuela permalink
    9 Fevereiro, 2010 17:26

    Nem sempre concordo com o Samuel mas com factos é fácil concordar:

    O deputado José Pedro Aguiar Branco, aquele senhor que parece sempre estar a preparar-se para nos impingir uma casa da Remax, mas que afinal é líder da bancada parlamentar do PPD, estava dando uma conferência de imprensa em que nos informava das intenções do seu partido em chamar ao Parlamento, para serem ouvidas pela Comissão de Ética, várias pessoas, como José Eduardo Moniz, Manuela Moura Guedes, Mário Crespo, Armando Vara e outras, representando algumas empresas ligadas ao fenómeno (negócio) das comunicações e informação que, no entender dos social-democratas, podem ajudar a esclarecer o estado em que está o exercício da liberdade de expressão no nosso país.

    Como estamos a falar do mesmo partido que ainda há bem pouco tempo, durante o meteórico governo do inexplicável Santana Lopes, tratou de correr da televisão, ironicamente, a TVI, o seu militante e destacado comentador Marcelo Rebelo de Sousa, pensei que se tratasse de um ataque agudo de falta de vergonha na cara… mas depois pensei melhor.

    O PPD-PSD é actualmente dirigido por uma pessoa multifacetada, uma política e intelectual complexa, cujas iniciativas e a profundidade das ideias que elas transportam, não estão ao alcance de qualquer um.

    Assim, seria importante perceber se a Dona Manuela Ferreira Leite está interessada no tipo de liberdade de expressão que é possível exercer em 6 meses de democracia… ou durante os restantes 6 meses em que a democracia é suspensa. Seria importante saber se está a referir-se aos dias em que os jornalistas podem publicar o que bem entendem, ou se está a pensar nos outros dias em que, segundo ele própria, «não pode ser a comunicação social a seleccionar aquilo que transmite.»

    Gostar

  77. Platão permalink
    9 Fevereiro, 2010 18:31

    Este episódio revorda-me um outro passado numa casa de alterne:

    Aparece a polícia entra num dos quartos e estão lá dentro 3 prostitutas com um cliente.

    A polícia começa por identificar as “meninas”:
    – Eu sou manicure, diz uma delas
    – Eu sou pedicure, responde outra
    – Eu sou cabeleireira, replica a terceira

    O cliente surpreendido murmura em voz suficientemente alta que todos ouviram:

    – Querem ver que a puta, aqui, sou eu?

    Gostar

  78. maria permalink
    9 Fevereiro, 2010 21:44

    O homem é um caso de psiquiatria.Interne-se, antes que dê cabo do pouco que nos resta.

    Gostar

Trackbacks

  1. Re: Despachos, Sol, Liberdade de Expressão, Sócrates, Asfixia: posso? « BLASFÉMIAS

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: