Saltar para o conteúdo

Santos Silva Saeed al-Sahhaf

9 Fevereiro, 2010

Só num país de irresponsáveis é que um ministro da defesa afirma que estão «em causa fundamentos básicos de um Estado de Direito».

Anúncios
26 comentários leave one →
  1. anti-comuna permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:00

    Por falar em iraquianos e ministros portugas, vejam esta:

    http://videos.sapo.pt/HDqapeH8VVDHfML0eZDD

    hehehhehhe

    anti-comuna

    Gostar

  2. Fernando Marques permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:04

    Este palhaço até prestou declarações de índole partidária num recinto militar.

    Não respeita o espírito das Forças Armadas da Nação.

    Só no tempo do Otelo se viu tal coisa!

    Gostar

  3. 9 Fevereiro, 2010 14:05

    Já só falta um baralho com os caras do governo a abater, como fez o Bush.

    Gostar

  4. Australopithecus Republicanus permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:05

    Pois…ele deve referir-se à nossa “básica” democracia “solidária”…

    Gostar

  5. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:07

    com tanto histerismo chegam ao manif sem folgo.

    Gostar

  6. 9 Fevereiro, 2010 14:07

    ah, ah, ah, al-sahaf, ah, ah, ah

    Gostar

  7. Abilio Rosa permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:09

    Miguel Urbano Rodrigues, membro do PCP, publica um texto que arrasa o neo-fascista Sócrates.

    Ele pergunta: como foi possível Portugal eleger um indíviduo daquele calibre e como é possível um PM mantar-se no poder com tantos escândalos e vergonhas para a Nação!

    http://odiario.info/articulo.php?p.=1479&more=1&c=1

    Gostar

  8. José permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:10

    Não é para levar a sério, claro.

    Este Santos Silva tem a escola do ISCTE mas é um cínico porque não acredita numa palavra do que diz. Ou seja, acreditar, acredita, mas acreditaria logo no contrário exacto se o poder fosse da oposição.

    No episódio das escutas do PR, em que o Marcelino publicou mails privados, o Santos Silva disse alguma coisa? Disse, pois disse, mas o contrário do que agora diz.

    Gostar

  9. José permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:13

    Este tipo é o modelo de político que poderia perfeitamente ser substituido por um robot, nestes assuntos. É tão previsível que a novidade apenas reside na dimensão do disparate com que irá justificar o injustificável para mostrar o serviço político previsível.

    É uma espécie de Abrantes replicado em Le Cão. Fiel, como deve ser um sabujo.

    Gostar

  10. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:13

    O Ministro tem toda a razão:

    Depois de os juizes se manifestarem contra o Procurador-Geral da República e vir a seguir um senhor chamado José Sócrates caracterizar de crime o que se está a passar, só podemos concluir que de facto a actuação e a hora a que a afirmação foi produzida dá a entender que se trata de mais uma tentativa disfaçada e cobarde de ameaça de condicionamento do estado de direito democrático, agravada pelo facto de no MP reinar um clima de unanimidade quanto à interpetação.

    Isto está a tornar-se descarado.

    Gostar

  11. joaoaugusto permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:14

    «em causa fundamentos básicos de um Estado de Direito».

    Tem razão….a JUSTIÇA é um pilar básico de um ESTADO.

    É BÁSICO…..quem usa a justiça como propriedade sua.Será que ele estava a ver-se ao espelho…..eu sou BÁSICO.

    Gostar

  12. Júlio Costa permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:19

    O Palhaço condena «acto criminoso e ilegal» da divulgação das escutas, segundo titula o Público On-Line.

    Ou seja se um bando quiser assaltar um banco e se houver escutas de tal conspiração, depreende-se que será ilegal alertar a sociedade disso!

    Cada vez que ele fala ele enterra-se cada vez mais!

    Vai para Vilar de Maçada, ó fascista!

    Gostar

  13. alberto ribeiro permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:23

    kakakakakaka

    Gostar

  14. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:23

    “Este palhaço até prestou declarações de índole partidária num recinto militar.”
    Não é uma questão de pormenor.

    Gostar

  15. 9 Fevereiro, 2010 14:31

    MUP – Movimento Mobilização e Unidade dos Professores
    mobilizacaoeunidadedosprofessores.blogspot.com/

    terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010

    MANIFESTAÇÃO PELA LIBERDADE

    Manifestação: 5ªFeira às 12h30

    Recebido por e-mail.
    Desconhecemos a origem, mas aqui se cumpre o dever de passar a mensagem, conforme solicitado, aos cidadãos deste país cada vez mais vilipendiado.

    Olá a todos,

    Isto vai ser uma manifestação que vai contar com muita gente que trabalha daí ser convocada para a hora de almoço nesta próxima quinta-feira, em frente à Assembleia da República. Sem sindicatos, sem partidos. Apenas a sociedade civil que não pode mais compactuar com o que se passa em Portugal.

    Não apenas contra as últimas novidades do comportamento do nosso Primeiro-Ministro como também do silêncio das autoridades competentes como a Procuradoria Geral da República, Supremo Tribunal de Justiça e Presidência da República.

    Eu tentarei lá estar. Passem a mensagem.

    TODOS PELA LIBERDADE,
    CONCENTRAÇÃO À FRENTE DA ASSEMBLEIA CONTRA OS ABUSOS DE SÓCRATES

    Tendo em conta o que se passou nos últimos dias, fazemos aqui um apelo a uma manifestação pacífica contra este estado de coisas. Fazemos um apelo a todos os que não se conformam para sair à rua para demonstrar a nossa indignação pelo continuado degradar das instituições.

    Portugal tem assistido a uma sequência de notícias que atestam o lamentável estado das nossas instituições democráticas. Em democracia, o valor da liberdade de imprensa é inquestionável, e não podemos admitir que os nossos governantes, em conluio com o poder económico sob alçada do partido/estado, atentem contra a liberdade de acção de órgãos de comunicação social considerados nocivos ao poder politico.

    É tempo de agir contra estes métodos e contra a visão da democracia de José Sócrates. Não aceitamos ficar em silêncio perante a mentira e uma tentativa clara de controlar a comunicação social. Não aceitamos ficar em silêncio perante um acto que cerceia a liberdade de informação. As instituições estão em causa, mas quem legalmente pode reagir tem estado inactivo e até cooperante com a situação. A sociedade assiste com espanto e perplexidade à apatia dos políticos, mas não se conforma. Da esquerda à direita, dos mais conservadores aos mais liberais, rejeitamos a apatia e a inacção.

    Respeitamos os resultados eleitorais e a vontade expressa pelos portugueses nas últimas eleições legislativas, mas parece-nos evidente que o actual primeiro-ministro não tem condições para continuar a exercer o cargo. O Partido Socialista, enquanto partido mais votado, deve assumir as suas responsabilidades.

    O actual primeiro-ministro já não consegue ser o rosto de um governo que se pretende credível e confiável aos olhos dos portugueses.

    Gostar

  16. 9 Fevereiro, 2010 14:31

    MUP – Movimento Mobilização e Unidade dos Professores

    terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010

    MANIFESTAÇÃO PELA LIBERDADE

    Manifestação: 5ªFeira às 12h30

    Recebido por e-mail.
    Desconhecemos a origem, mas aqui se cumpre o dever de passar a mensagem, conforme solicitado, aos cidadãos deste país cada vez mais vilipendiado.

    Olá a todos,

    Isto vai ser uma manifestação que vai contar com muita gente que trabalha daí ser convocada para a hora de almoço nesta próxima quinta-feira, em frente à Assembleia da República. Sem sindicatos, sem partidos. Apenas a sociedade civil que não pode mais compactuar com o que se passa em Portugal.

    Não apenas contra as últimas novidades do comportamento do nosso Primeiro-Ministro como também do silêncio das autoridades competentes como a Procuradoria Geral da República, Supremo Tribunal de Justiça e Presidência da República.

    Eu tentarei lá estar. Passem a mensagem.

    TODOS PELA LIBERDADE,
    CONCENTRAÇÃO À FRENTE DA ASSEMBLEIA CONTRA OS ABUSOS DE SÓCRATES

    Tendo em conta o que se passou nos últimos dias, fazemos aqui um apelo a uma manifestação pacífica contra este estado de coisas. Fazemos um apelo a todos os que não se conformam para sair à rua para demonstrar a nossa indignação pelo continuado degradar das instituições.

    Portugal tem assistido a uma sequência de notícias que atestam o lamentável estado das nossas instituições democráticas. Em democracia, o valor da liberdade de imprensa é inquestionável, e não podemos admitir que os nossos governantes, em conluio com o poder económico sob alçada do partido/estado, atentem contra a liberdade de acção de órgãos de comunicação social considerados nocivos ao poder politico.

    É tempo de agir contra estes métodos e contra a visão da democracia de José Sócrates. Não aceitamos ficar em silêncio perante a mentira e uma tentativa clara de controlar a comunicação social. Não aceitamos ficar em silêncio perante um acto que cerceia a liberdade de informação. As instituições estão em causa, mas quem legalmente pode reagir tem estado inactivo e até cooperante com a situação. A sociedade assiste com espanto e perplexidade à apatia dos políticos, mas não se conforma. Da esquerda à direita, dos mais conservadores aos mais liberais, rejeitamos a apatia e a inacção.

    Respeitamos os resultados eleitorais e a vontade expressa pelos portugueses nas últimas eleições legislativas, mas parece-nos evidente que o actual primeiro-ministro não tem condições para continuar a exercer o cargo. O Partido Socialista, enquanto partido mais votado, deve assumir as suas responsabilidades.

    O actual primeiro-ministro já não consegue ser o rosto de um governo que se pretende credível e confiável aos olhos dos portugueses.

    Gostar

  17. 9 Fevereiro, 2010 14:52

    eheheh
    A bovinidade é mesmo uma bosta.

    Gostar

  18. Anónimo permalink
    9 Fevereiro, 2010 14:59

    e deve ser bosta mista

    Gostar

  19. 9 Fevereiro, 2010 15:10

    Será que os militares ainda terão de dar outra ajudita à sociedade portugesa para se ver livre desta cambada de fascistas???

    Gostar

  20. hajapachorra permalink
    9 Fevereiro, 2010 15:31

    Fundamentos básicos? Básico é esse azeiteiro sem fundamentos.

    Gostar

  21. 9 Fevereiro, 2010 15:37

    Caramba, que saudades do Grande Al-Sahaf! Do que o Gabriel me foi lembrar…Ainda tenho uma t-shirt estampada com uma foto desse grande comunicador, que guardo religiosamente. Um bem-haja pela recordação.

    Gostar

  22. Jorge Paulo permalink
    9 Fevereiro, 2010 17:55

    Se o ministro Santos Silva, tivesse idoneidade e coluna vertebral, que não tem, demitia-se do governo devido ao comportamento que o 1º ministro tem evidenciado. Eu acredito que Sócrates faça essas macacadas onde anda metido sem dar cavaco aos ministros. Quem se devia demitir eram eles devido ao comportamento altamente censuravel do chefe. Mas isso era se eles tivessem um pingo de dignidade. Mas como não se importam de ser conotados com praticas mafiosas, estão bem uns pros outros.

    Gostar

  23. o pessimista permalink
    9 Fevereiro, 2010 18:13

    Interlúdio histórico e cultural para repouso
    .
    “Por volta de 1945 (2010), A Waffen SS de Himmler possuía 800 mil membros, e a Allgemeine-SS mais de dois milhões de membros. Entretanto, já na primavera de 1945 (2010), Himmler perdera a fé na vitória, de acordo com suas discussões com os seus confidentes. Chegou à conclusão que deveria buscar a paz com o Reino Unido e os Estados Unidos (a oposição). Contatou então alguém (?) e iniciou negociações para a rendição (Março 2010)”.

    Gostar

  24. O Psiquiatra de Serviço permalink
    9 Fevereiro, 2010 21:38

    Esse cromio não tem estofo para ministro.

    Gostar

  25. Al Sahaf permalink
    9 Fevereiro, 2010 22:20

    Tirem-me deste filme. É deprimente para mim…

    Gostar

  26. 10 Fevereiro, 2010 00:46

    O Saeed al-Sahhaf tinha muita piada.
    Santos Silva de comum com ele só as iniciais do nome

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: