Saltar para o conteúdo

Afinal foram só 10 mil “contra a burguesia”…

7 Novembro, 2010
by

Sem surpresa, os jornais de hoje “compraram” a estimativa da CGTP de que ontem estiveram 100 mil pessoas na manifestação da administração pública – ver aqui, aqui e aqui. Mas houve um grupo de estudantes que, com um professor americano, foram fazer contas no terreno. Conclusão: não desceram a avenida mais de umas dez mil pessoas.

Between Antonio’s photos and the ground-level observations from myself and the students, I estimated that perhaps 8,000 to 10,000 union members had participated in the march, and that about 5,000 of them had gathered in the Restauradores plaza to hear the speeches. (…)

It will be interesting to see if some of the news media outlets in Lisbon and around Portugal pay attention to our estimate or just accept the inflated claims that will be made.

Foi, de facto, interessante de ver…

25 comentários leave one →
  1. 7 Novembro, 2010 12:27

    A esquerda tem um problema complicado com a verdade.

    Gostar

  2. Bulimunda permalink
    7 Novembro, 2010 12:28

    Imagino se fosse um professor Chinês com estudantes do Tibete..!!
    Deixa lá ver se em x metros quadrados cabem y pessoas e o espaço da manifestação foi este logo devem lá ter estado z pessoas..
    Foram poucas’?Foram..MAS DAÍ A SEREM 10 MIL…EM TEMPOS ,NA ALBÂNIA ,TAMBÉM O ENVER HOXA FAZIA O CÁLCULO DAS MANIFS CONTRA ELE-NOS SONHOS CLARO- DESSA FORMA….

    Gostar

  3. 7 Novembro, 2010 12:30

    Escrito em americano tem outra credibilidade.

    Gostar

  4. Bulimunda permalink
    7 Novembro, 2010 12:33

    DEDICADO A TODOS OS BURGUESES.OU DITOS BURGUESES…
    http://bulimunda.wordpress.com/2010/11/05/ode-ao-burgues-muito-actual/

    Gostar

  5. luis Moreira permalink
    7 Novembro, 2010 12:39

    Vejam como a Galiza recebe o papahttp://estrolabio.blogspot.com/2010/11/recepcao-ao-papa-na-galiza.html

    Gostar

  6. Licas permalink
    7 Novembro, 2010 12:42

    A ILUSÃO DO NÚMERO . . .
    Não se sabe tão bem que para cada Tuga que se manifesta há 100
    INDIGNADOS que ficam em casa a ver a reportagem. Eram 10000
    pois poham lá 10000×100= 1 MILHÂO de DESCONTENTES, pelo menos . . .
    prejudicados pelos CORTES NOS VENCIMENTOS.

    Gostar

  7. tric permalink
    7 Novembro, 2010 12:51

    “A classe média está a chegar à sopa dos pobres
    Ficaram sem ter como pôr comida na mesa e começam agora a engrossar as filas nas instituições que prestam ajuda assistencial. Muitos dos 280 mil portugueses que dependem dos cabazes do Banco Alimentar contra a Fome são da classe média. Tinham emprego, férias, acesso à net e tv por cabo, cartão de crédito. Ficaram com uma casa para pagar ao banco, um subsídio de desemprego que tarda a chegar – quando chega – ou que já acabou. Um carro que já não sai da garagem.(…)
    Fechados em casa com fome

    Menos mal quando pedem ajuda. Nos centros Porta Amiga, da AMI, 7026 pessoas pediram apoio social no primeiro semestre de 2010. Cerca de 75 por cento do total de 2009. A maioria entre os 21 e os 59 anos, ou seja, com idade para estar a trabalhar. Mas a coordenadora regional do Porto da AMI, Cristina Andrade, lamenta é pelos que não chegam a sair de casa. “Há muita gente fechada em casa, a passar fome. Com vergonha de sair porque nunca na vida pensaram ter que recorrer a uma instituição. Antes de cá chegarem, já venderam o recheio da casa, acumularam dívidas e só vêm quando as coisas estão em tribunal ou quando não têm para dar de comer aos filhos”, relata. E insiste numa ideia que há-de repetir várias vezes: “Pedir ajuda é um direito, as pessoas têm que perder a vergonha de o fazer.”
    http://www.publico.pt/Sociedade/a-classe-media-esta-a-chegar-a-sopa-dos-pobres_1464718

    Para quando um Governo de Salvação Nacional Cristão ?? metam-se a brincar, metam-se…

    Gostar

  8. 7 Novembro, 2010 13:49

    Há técnicas de contagem que dão resultados muito inferiores aos dos promotores das manifs.
    http://www.lynce.es/en/metodo.php
    Isso sucedeu muito recentemente em França quando das manifestações contra a subida da idade de aposentação.

    Gostar

  9. 7 Novembro, 2010 14:05

    A melhor técnica é a foto por satélite… e depois contar as cabeças.
    Mesmo assim é falível, pois há cabeças que estavam ali sem serem da manif.
    Os carteiristas, os jornalistas e os vendedores de pipocas.

    Gostar

  10. 7 Novembro, 2010 14:43

    100.000? 10.000?
    A diferença é apenas de 1 zero.
    Ainda dizem que o zero não vale nada !!!

    Gostar

  11. maurio permalink
    7 Novembro, 2010 15:06

    Grande golpe de génio.
    A burguesia da esquerda e a burguesia da direita uniram esforços para safar Portugal.
    Com efeito, como estava tanto observador estrangeiro os líderes de ambas as facções organizaram uma manifestação ordeira e conformada, para mostrar que Portugal é um sossego comparado com a selvajaria que reina em França. E mesmo na Alemanha regista-se selvajaria e falta de formação cívico/democrática com os verdes a tentar destruir linhas de comboio só por causa de 120 toneladas de lixo que vão ser depositados num aterro de luxo.
    No entanto os chineses não acreditaram muito, dizem que faltou realismo, quando eles organizam manifestações com funcionários públicos para mostrar à opinião pública internacional as grandes liberdades que existem na china arranjam sempre meia dúzia de actores para dar vivacidade às manifs com alguns ataques de histeria.
    Os chineses ficaram muito tristes esperavam ver uma coisa mais animada, no entanto ao ver o silêncio conformado dos manifestantes, um dos olheiros já sugeriu ao presidente chinês a contratação de Sócrates para realizar acções de formação sobre domesticação e estupidificação das massas trabalhadoras.
    Os mercados vão com certeza baixar os juros a Portugal pois viram que o povo é sereno e consciente que vive num pequeno país, que tem que prestar vassalagem aos grandes da Europa e do mundo. Os seus eleitos terão que bajular nas suas acções de politica internacional, desde beijar a mão ao presidente chinês até beijar os pés ao Chavez

    Gostar

  12. lucklucky permalink
    7 Novembro, 2010 15:37

    Se o Carvalho da Silva está a pensar ser um Chavez ou abrir o caminho para um é melhor estar preparado.

    Gostar

  13. 7 Novembro, 2010 16:38

    Para quem previa 1000 e poucos manifestantes os 10 000 é uma vcitoria.
    De admirar era se o tal grupo de estudantes e o professor americano dissessem ao contrario.

    Gostar

  14. Kafka permalink
    7 Novembro, 2010 16:41

    Alguém tem dúvidas que eram cem mil?
    Façam bem as contas:
    1 quilhómetro e 10o mecos de descontentes ao comprimento;
    50 mecos por fila;
    Total: 1100×50=55.000 m2
    Um descontente normal ocupa 1 m2, mas como os normais, devido à crise, estão mais esquelécticos e portanto só ocuparão aí uns 0,5 m2, vai daí temos 110.000.
    Se atender-mos que os políticos ainda conservam as xixas todas e ocuparão um pouco mais de 1 m2, digamos que aí para 2 m2, lá temos os 100.000.
    Afinal o Caralho da Silva sempre tem razão.

    Gostar

  15. Tolstoi permalink
    7 Novembro, 2010 18:14

    Jornalismo de investigação, questionar a informação fornecida pelos sindicatos, pelos partidos pelas organizações é algo que raramente é feito. È bom que se questionem os dados e que se procure informação com rigor. Quanto a Francisco Louçã (participante activo na manifestação) a forma como defende a primeira república mostra bem o respeito que tem pelo rigor histórico.

    Gostar

  16. 7 Novembro, 2010 18:45

    Antes do mais, será preciso esclarecer de que Portugal estamos a falar. Se do Portugal dos 20% de pobres mais dos 65% remediados (pequenos empresários e trabalhadores por conta de outrem), se estamos a falar deste Portugal de 85% da população portuguesa ou do portugal dos restantes 15% de população, do portugal das televisões, dos políticos e dos banqueiros.
    É que estes 15% da população sempre tiveram o desplante de falar em nome de todos. Como se os seus interesses fossem comuns aos dos restantes desgraçados 85%.

    Gostar

  17. Portela Menos 1 permalink
    7 Novembro, 2010 19:58

    a direita tem um problema mal resolvido com as manifestações de rua…

    Gostar

  18. João Moreira permalink
    8 Novembro, 2010 00:00

    José Manuel Fernandes esfrega as mãos de satisfação com estes dados. É sinal que o seu trabalho para obnubilar os trabalhadores e os tornar serventuários passivos do grande capital está a ter a proficiência que lhe demanda o patrão…

    Gostar

  19. lucklucky permalink
    8 Novembro, 2010 10:44

    “a direita tem um problema mal resolvido com as manifestações de rua…”

    Absolutamente verdade. A Direita também deveria sair para a rua muitas mais vezes. Não é só a Esquerda que tem direito a intimidar.

    Gostar

  20. Francisco Colaço permalink
    8 Novembro, 2010 14:56

    1) Se foram realmente dez mil e a central sindical indica cem mil pode-se fazer a prova simplesmente através de análise fotográfica. Se no entanto o professor americano tem razão, o Carvalho da Silva (nem queiram saber que sova eu daria a esse soviético) deverá pedir desculpas públicas por empolar a verdade. Se forem perto de cem mil, o professor deve pedir desculpa publicamente.
    .
    2) Licas, quem não está na fotografia, não se manifestou. Quem tem coragem de lá estar, está. Quem não tem, absteve-se.
    .
    3) Kafka, não se esqueça da táctica do quadrado, bem estudado por Trotski, manter o centro da manifestação esparso (sob bandeiretes e flâmulas) para esta ganhar área.

    Gostar

  21. Francisco Colaço permalink
    8 Novembro, 2010 15:00

    Maurio,
    .
    Na China não há manifestações. quando as há, seja na praça de Tianamene, em Xixiang ou na zona Uigur, no Tibete ou em Xangai, acabam quase sempre em pancadaria.
    .
    Lembre-se de onde está, e que tem sorte de, apesar de tudo, ter nascido neste tempo neste país. Quando o Maurio nasceu, mais de 75% da humanidade vivia em ditaduras ou em estados falhados (assumo que tem mais de vinte anos).

    Gostar

Trackbacks

  1. Praça da República » 100 mil?
  2. Os números são aquilo que um homem quiser. Sobretudo se o homem for da CGTP « BLASFÉMIAS

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: