Skip to content

O Buraco

13 Setembro, 2012
by
Número de Cidadãos em Portugal: 10 555 853 (INE)
Número de Trabalhadores no Activo: 4 837 000 (Pordata, INE)
Dívida Pública Portuguesa (2004) (M€) 90 739 (IGCP, Pordata)
Dívida Pública Portuguesa (2011) (M€) 174 891 (IGCP, Pordata)
Obrigações do Estado com PPP 2012-2050, VAL (M€) 26 004 DGTC
Dívida do Estado incluindo PPP (M€) 200 895
Defice Público Português 2008/2010 (M€) -23 354 INE–MFAP, PORDATA
Quanto devia o estado por cada português em 2004 (€) 8 596
Quanto devia o estado por cada português em 2011 (€) 16 568
Quanto devia o estado por cada português em 2011, incluindo PPPs (€) 19 032
Quanto devia o estado por cada português trablhador em 2004 (€) 18 759
Quanto devia cada o estado por cada português trablhador em 2011 (€) 36 157
Quanto aumentou a dívida pública por português durante a gestão Sócrates? 93%
Quanto? 93%
Tchii! Tudo isso?  Uma desgraça
Quanto deve o estado por cada trabalhador português em 2011, incluindo PPP: 41 533
Quanto foi o défice dos governo entre 2008/2010, por trabalhador: (€) -4 828
Quanto foi o défice mensal do estado só no ano de 2009, por trabalhador, por mês? (€) 295
Quanto gastou o governo português em 2010? (M€) 88 502 Fonte (OE, INE)
Quanto gastou o governo português em 2010 por trabalhador, por mês? (€) 1 525
Qual é o salário antes de impostos de um trabalhador português? (€ mensais) 1 077 Fonte: GEP/MTSS  , PORDATA
Qual foi o PIB português em 2011? (M€) 171 016
Que dívida representa 60% do PIB? (M€) 102 610
Qual o aumento da dívida esperado para 2012 a 2014? (M€) 20 522
Admitindo crescimento 0, quanto temos que pagar de dívida pública para atingir 60% do PIB? (M€) 118 807
Para pagarmos isto em 20 anos, quanto temos que pagar por ano? (M€) 5 940
Admitindo que não se mexe mais nos impostos, quanto tem que cortar a despesa? (M€) 14 491
Quanto? 14 491
Quanto é a despesa do estado, excluindo Saúde, Educação e Segurança Social? 10 291 OE, Pordata
Estamos metidos num grande buraco, não estamos? Estamos.
Anúncios
97 comentários leave one →
  1. Portela Menos 1 permalink
    13 Setembro, 2012 21:58

    a seguir JCD vai fazer um post com os governos/partidos que nos governaram desde 1976.

    Gostar

  2. piscoiso permalink
    13 Setembro, 2012 22:02

    Podia-lhe dar para pior.
    Trate-se.

    Gostar

  3. Pedro M permalink
    13 Setembro, 2012 22:04

    Este governo, neste ano e pouco de mandato, o que fez foi só piorar o buraco.
    Com estes, tal como os anteriores, não vamos lá.

    Gostar

  4. arnaldo madureira permalink
    13 Setembro, 2012 22:06

    o funcionário público médio está ao nível do trabalhador português médio?

    Gostar

  5. 13 Setembro, 2012 22:10

    Todos estes “números” não correspondem à realidade e não “estamos metidos num grande buraco”. Em 2013 vamos recuperar — garantiria com voz decidida e sorriso possível PPCoelho, acompanhado pelo rosto seráfico de VGaspar.
    Quanto ao número de cidadãos em Portugal, JCD terá de “abater” os muitos milhares que desde 2010 “arrumaram a trouxa e zarparam” !

    Gostar

  6. 13 Setembro, 2012 22:12

    ops !, “trocha”, claro !

    Gostar

  7. FilipeBS permalink
    13 Setembro, 2012 22:13

    Isto sim e’ servico publico!

    Gostar

  8. 13 Setembro, 2012 22:14

    Não por acaso (para amenizar as bacoradas de PPCoelho), comia agora umas trouxas de ovos de Aveiro !

    Gostar

  9. 13 Setembro, 2012 22:16

    Há quem teime em querer não entender que O PROBLEMA é a dívida e que é absoluta e imperiosa a necessidade de rapidamente invertermos a sua trajectória que, não o esqueçamos, continua ascendente.

    Gostar

  10. arnaldo madureira permalink
    13 Setembro, 2012 22:16

    relatório do oe 2012 qudro III.2.1 despesa total 79557,2 despesas com pessoal + prestações sociais 52571,2 restante despesa 26986,0 saldo orçamental global -7556,9

    Gostar

  11. arnaldo madureira permalink
    13 Setembro, 2012 22:18

    contudo, sim, estamos metidos num grande buraco. ninguém tem um plano para saída. ninguém. ninguém.

    Gostar

  12. Portela Menos 1 permalink
    13 Setembro, 2012 22:28

    Passos a debater com Passos:

    Gostar

  13. javitudo permalink
    13 Setembro, 2012 22:33

    O problema não está em encontrar a saída mas encontrar os caminhos que nos levam a ela.
    Os caminhos estão desde há muito barrados por ladrões, corruptos, palhaços e agiotas. Identificados estão quase todos apesar dos aventais opacos e dos jornalistas que lançam cortinas de fumo.
    Cabe-nos a nós desobstruir a passagem. Não é preciso nenhuma multidão. Quando eles perceberem que estamos decididos a isso a maior parte foge como alguns já fizeram no passado recente quando ainda não havia risco. Isto pode mesmo ficar mais interessante que os viúvos pensam.

    Gostar

  14. Buiça permalink
    13 Setembro, 2012 22:35

    Brilhante! obrigado pela continha. Vou emoldurar e oferecê-la aos filhos e netos que a vão pagar.
    Cumps
    Buiça

    Gostar

  15. Fincapé permalink
    13 Setembro, 2012 22:41

    Não vi a entrevista de PPC em direto. Gravei e estou a tentar ver.
    Haverá explicação para o facto de eu não conseguir ter um minuto, um mísero minuto, de atenção?
    Será quew a entrevista foi interessante e se trata apenas de alguma desordem por défice de atenção e hiperatividade?

    Gostar

  16. A C da Silveira permalink
    13 Setembro, 2012 22:43

    Se acham que o que foi anunciado para 2013 é mau, esperem para ver o que acontece se pregarem com o governo no chão até ao fim do ano, como o Gomes Ferreira da SIC vaticinou há minutos atrás.
    Há quem ande a brincar com o fogo, e os(as) que eu vi hoje nas tvs a debitar asneiras, porque a maior parte deles(as) nem sabe do que está a falar, são os(as) mesmos(as) que lá andaram 5 anos a dizer que o Socrates era o melhor 1º ministro do mundo.( assim por alto, João Marcelino, Helena Garrido, Antonio Costa do DE, MSTavares, Ricardo Costa do Expresso, e o proprio Gomes Ferreira que só acordou quando o caldo já estava entornado, porque foi sempre grande fã do Teixeira dos Santos, etc, etc.)
    Há quem nunca aprenda, e este país tem a puta da sina de não ser capaz de se governar decentemente, pelo menos em democracia.

    Gostar

  17. anonimo permalink
    13 Setembro, 2012 22:55

    AC silveira, voce tem uma birra contra jornais e televisoes.Mas ha algum jornalista ou jornal que o satisfaça?

    Gostar

  18. edgar permalink
    13 Setembro, 2012 22:57

    Como é mais do que evidente, não há alternativa à renegociação da dívida!
    Quanto mais tarde, pior!

    Gostar

  19. 13 Setembro, 2012 22:59

    ACda Silveira,
    Dada a situação do país desde Sócrates até hoje (ingovernabilidade + incompetência + dependência da ajuda externa, etc), ninguém com bom senso quer que este governo renuncie ou seja demitido. Se tal acontecesse, mais um mega-problema surgiria.
    O que se exige é que este executivo governe bem, que pondere as “medidas” que vão atrofiar a sociedade tuga, a economia, as finanças. Mas este governo não governa bem, é teimoso. Pelo que…

    Gostar

  20. Fincapé permalink
    13 Setembro, 2012 23:03

    A propósito de buraco, depois das populares férias na Manta Rota, PPC fartou-se depressa da populaça.
    E assim quis a entrevista à RTP no seu palácio, gastando mais dinheiro à televisão pública, dizem os trabalhadores. Mesmo assim não se livrou de alguns protestos.
    http://economia.publico.pt/noticia/trabalhadores-da-rtp-acusam-passos-de-gasto-injustificavel-com-entrevista-esta-noite-em-sao-bento-1562835

    Gostar

  21. 13 Setembro, 2012 23:09

    Eduardo F,
    Óbvio : O consumo decrescerá ! As transações diminuirão ! A dívida crescerá !, incontrolável.
    Este governo está a atear fogos, em vez de combater o grande incêndio.
    PPCoelho não recua, não sabe nem quer cancelar “medidas” anunciadas. Não tem estaleca para pedir desculpa nem para justificar, explicar que afinal, estava errado e que não usa as pessoas como números.
    PPCoelho nunca foi social-democrata, mas sim um neoliberal a soldo ! Lembro-me bem do que escrevi no Blasfémias(e não só) quando PPC foi indigitado PM : “fujam ” !

    Gostar

  22. 13 Setembro, 2012 23:11

    PPCoelho que há semanas, no comício no AlLLgarve anunciou a recuperação económica e financeira em 2013 ! — mentiroso ou incompetente ? Mentiroso ! e incompetente !
    (Aliás, muitos militantes do PSD já estão desiludidos com PPC).

    Gostar

  23. Portela Menos 1 permalink
    13 Setembro, 2012 23:14

    falta ouvir PPortas uma vez que Passos disse que PP fez parte da solução do OE13.

    Gostar

  24. 13 Setembro, 2012 23:18

    Pela situação do país herdada por este governo, dei-lhe um crédito (tipo Marcello) de 7. Hoje está a 0,5.
    Pena não estar em Portugal no próximo sábado. Seria mais um. Que tudo corra bem, sem incidentes e que a polícia contabilize no total em Lisboa, 100 mil ; sinal de que foram 300 mil !

    Gostar

  25. pedro permalink
    13 Setembro, 2012 23:20

    Sr Passos: agora que cortou qualquer coisa nas fundações ,corte mais: institutos,ppp,observatórios,associações,carros distribuidos; subsídios de representação ; corte de 25% no vencimento dos políticos,corte nos cartões de crédito,nos telemóveis ,nessa cambada de assessores incompetentes que o rodeiam etc. Tome medidas destas ou não acaba o mandato e pode ter de ir também estudar para o estrangeiro.Votei em si mas só na receita não dá ! chega!não corte na saúde,educação e justiça o resto mantenha-os na rotina de gastar em almoço e papel higiénico e alguns detergentes para limpeza ,pois isto não dá para mais.

    Gostar

  26. 13 Setembro, 2012 23:21

    PPortas, esperto, sagaz, mundano, dos mais cultos neste governo, diverte-se imenso com tudo, incluindo com o seu cargo de MNEstrangeiros !
    Aproveita, Paulo !

    Gostar

  27. A C da Silveira permalink
    13 Setembro, 2012 23:27

    MJRB,
    E governar bem, é…. fico à espera de sugestões!

    Gostar

  28. A C da Silveira permalink
    13 Setembro, 2012 23:38

    Anda muita gente a falar na divida publica que aumentou desde 2011 para cá. Ainda há pouco vi na tv a JoaninhaAD a falar disso, (ai aqueles olhos), mas ela coitada é loira e percebe pouco de numeros
    Gostava que me me explicassem como é que divida publica poderia ser reduzida quando o país está sob assistencia financeira do estrangeiro (78000 milhões de euros) para se poderem pagar os ordenados dos fp e as pensões, e simultaneamente está em recessão desde 2010. Talvez comprando uma rotativa, daquelas que imprimem notas de 500 euros, quem sabe.

    Gostar

  29. 13 Setembro, 2012 23:41

    ACda Silveira,
    Governar bem, em Portugal, começa por termos a “sorte” (quando ? quando ?) de ser indigitado um cidadão competente, honesto, patriota, humanista, para PM. E que escolha os melhores, não necessariamente do seu (dele) partido.
    Mas a “sina” é má — e não me surpreenderia que AJSeguro (se entretanto não for apeado) sucedesse a PPCoelho…
    ———————- Não me lembro de tanta e fundamentada contestação feita por destacados militantes do partido em S.Bento, como agora.

    Gostar

  30. Pedro Martins permalink
    13 Setembro, 2012 23:43

    Governar bem é descer impostos e aumentar os apoios sociais e dar emprego a todos os licenciados em ensino e dar dinheiro às empresas para contratarem jovens e fazer muita obra pública para empregar pessoas na construção e…o raio que os parta a todos os mentirosos que nos governaram e nos deixaram com uma mão à frente e outra atrás!

    Gostar

  31. 13 Setembro, 2012 23:46

    —————–
    —————–
    Acérrimos defensores deste governo, tomem nota :
    Garantidamente na votação do OEstado, 1 deputado do PSD vai votar contra. E pelo menos 3 deputados também do PSD vão abster-se.
    (CAAmorim, LMontenegro, podem começar a caça às bruxas).

    Gostar

  32. Buiça permalink
    13 Setembro, 2012 23:55

    Hmmm, porque será que comentadores, jornaleiros, autarcas, reformados de luxo, empresários, deputados, ex-governantes, actuais governantes (!), banqueiros, advogados, médicos, professores, sindicalistas e todos os outros que são sempre apresentados como partilhando e seguindo as opiniões destes “líderes de opinião” quererão tanto tanto tanto remover do governo a única rolha que os impede de darem largas à sua habitual criatividade em esquemas para gastar dinheiro que não temos ou exigir que ele seja gasto…?
    Quando chegamos ao cúmulo de até o líder dos “patrões” se manifestar indignadíssimo e pedir a cabeça do ministro por lhe baixarem (!) as despesas com a segurança social, talvez seja de desconfiar…
    Pensem nisso.
    Cumps
    Buiça

    Gostar

  33. blitzkrieg permalink
    13 Setembro, 2012 23:56

    Depois d’ O monstro das bolachas, temos O buraco. Parabéns.

    Gostar

  34. 14 Setembro, 2012 00:03

    Buíça,
    Zé do Telhado,
    Viriato,
    Padeira de Aljubarrota,
    phoda-se, avancem carago !

    Gostar

  35. Cáustico permalink
    14 Setembro, 2012 00:11

    Governar bem é governar bem.
    É privatizar o sector empresarial do Estado e extinguir serviços redundantes.
    É inventariar e tributar adequadamente o património rústico e urbano.
    É combater, com fiscalização a sério e não com rebuçadinhos, o roubo diário de mais de 30% do PIB da economia paralela.
    É criar uma justiça ágil, com menos instâncias de recurso e expedientes dilatórios.
    É acabar com o discurso hipócrita e politicamente correto dos mais desfavorecidos, porque os mais desfavorecidos são a classe média baixa que ganha 1000 e poucos euros/mês e anda a ser chulada pelos “pobres” e pelos ricos.
    É desparasitar a administração pública e autonomizá-la dos infiltrados das jotas e quejandos.
    É identificar caminhos, sejam eles energia, mar, floresta, moldes, sapatos, etc. e criar condições de contexto para as empresas os seguirem.
    É mandar embora ministros enfeudados nas cartilhas do College e nos grupelhos das Jotas que nunca pisaram uma bosta nem beberam uma “maurga” de verde.
    É saber que não é com uma, nem com duas ou vinte medidas que vamos lá.
    É com uma puta de uma ideia para o país.

    Gostar

  36. A C da Silveira permalink
    14 Setembro, 2012 00:14

    Pedro Martins,
    Mais apoios do estado? faça-se à vida que o estado já foi. Dou-lhe um conselho, e de borla: se ainda é jovem e sabe trabalhar, pire-se daqui para fora enquanto é tempo.

    Com tanta gente inteligente, verdadeiros cientistas da finança, a criticar medidas sem no entanto apresentar alternativas, (patrões, sindicatos, politicos, comentadores, sei lá, tutti-quanti) como é que este país não consegue sair da cepa torta, e é o UNICO na Europa, e talvez no mundo, que em 35 anos já chamou tres vezes o FMI para lhe salvar o coirão. Esta gente andou toda distraida enquanto os socialistas destruiam alegremente o país?
    Não sei como esta crise em cima da crise vai acabar, mas desconfio que vamos ter troika por muitos anos. Acham isto mau? ainda não viram nada!

    Gostar

  37. A C da Silveira permalink
    14 Setembro, 2012 00:18

    Caustico,
    “roubo diário de 30% do pib na economia paralela”.
    Ouvi falar disso hoje na tv, mas não consigo encontrar nada que informe sobre isso. Pode ajudar-me a encontrar elementos, ou estudos que comprovem o facto?
    agradecido.

    Gostar

    • 14 Setembro, 2012 09:07

      “roubo diário de 30% do pib na economia paralela”.

      Quem é que está a roubar quem?

      Gostar

  38. Portela Menos 1 permalink
    14 Setembro, 2012 00:18

    porque será que nos dizem que não há alternativas a esta política e logo a seguir – quando são criticados – nos pedem …alternativas?

    Gostar

  39. 14 Setembro, 2012 00:30

    ACdaSilveira,
    de facto muita gente “andou distraída”(…) durante os últimos três anos do governo de Sócrates… Alguma dessa gente se tivesse vergonha na fuça, faria um “período de nojo” e resurgiriam publicamente reconhecendo más avaliações ou comportamentos…
    Quanto ao conselho que dá a Pedro Martins, “pire-se daqui para fora”, já o dei a muita gente e por lá estão 12 por mim incentivados, dois muito bem, outros bem, os restantes desenrascando-se. Mas o futuro dos jovens e de Pedro Martins tem de ser AQUI, proporcionado por governos ! Têm direitos adquiridos para AQUI viverem e trabalharem tranquilamente ! Caso contrário –como está a acontecer–, mandem “isto” às malvas, de vez, e venham cá para rever familiares, amigos, degustar um cozido à portuguesa e depositarem nas escadarias de S.Bento dois bonecos das Caldas : o manguito do Zé Povinho e o c…..o !

    Gostar

  40. jonas permalink
    14 Setembro, 2012 00:42

    E no entanto, corrigido algum n.º que eu não sei, a amostra é cruel, é verdadeira e de se ter em conta, como a nem perder de vista um momento, só… que não significa que um primeiro haja de, presunçoso, autista, se armar em parvo, como a significar, eu faço o que quero, quanto me apetece, quanto mais mau melhor, sem ter de dar cavaco, que não dou e não mudarei desta, mais daninho que a troika e mais tolo, dado a desperdiçar em catadupa o clima de estima e confiança que me deram, com a paz social alcançada, ainda sem o merecer, porque me dá gosto ser mau, eu sou mau, muito mau, sou um coelho e pois tenham medo, eu sou um coelho autista, sou mau .

    Gostar

  41. 14 Setembro, 2012 00:55

    jonas,
    razoável texto rap ! Melhore-o, decore-o (ainda com esta temperatura) com uns gins fresquíssimos, declame-o ou cante-o acompanhado de imagens do Corto Maltese.

    Gostar

  42. neotonto permalink
    14 Setembro, 2012 06:32

    Pena não estar em Portugal no próximo sábado. Seria mais um. Que tudo corra bem, sem incidentes e que a polícia contabilize no total em Lisboa, 100 mil ; sinal de que foram 300 mil !

    Manifestaçao no próximo sábado “habemus”? Entao a dona Elena ja tem materia para um par de postecitos com as suas caracteristicas contabilidades…

    Gostar

  43. neotonto permalink
    14 Setembro, 2012 06:41

    Duplicar a divida pública em 7 anos só? Nem tamto alboroço nem tanto regocijo, JCD.
    Os amaricanos fizeram maravillas neste período 2004-2011. E lá estao…Impasiveis. A dívida dos Estados nao é para ser paga. Bem, bem, depende de que estado andamos a falar, capisce?
    .
    http://commons.wikimedia.org/wiki/File:USDebt.png?uselang=es

    Gostar

    • 14 Setembro, 2012 09:05

      “Duplicar a divida pública em 7 anos só? Nem tamto alboroço nem tanto regocijo, JCD.
      Os amaricanos fizeram maravillas neste período 2004-2011. E lá estao…Impasiveis. A dívida dos Estados nao é para ser paga. Bem, bem, depende de que estado andamos a falar, capisce?”

      Os americanos têm uma impressora, nós não. Isso permite-lhes adiar o problema e ir tapando o buraco com inflação e notas frescas. Empobrecerão na mesma, mas não sentem a urgência de quem só têm à sua disposição o orçamento.

      Gostar

  44. Atom permalink
    14 Setembro, 2012 07:02

    Então e os dados do primeiro semestre de 2012?

    Gostar

    • 14 Setembro, 2012 09:03

      “Então e os dados do primeiro semestre de 2012?”

      Não tenho dados completos.

      Gostar

  45. AGSantos permalink
    14 Setembro, 2012 08:14

    Vale a pena recordar esta entrevista de Paulo Portas:
    http://www.cocoabeiramarplantado.com/temos-esta-oportunidade-nao-temos-outra/

    Gostar

  46. Pedro Martins permalink
    14 Setembro, 2012 08:29

    A C da Silveira,

    Espero que tenha mais critério ao responder aos restantes comentadores. Óbviamente, estava a ser irónico.

    Gostar

  47. 14 Setembro, 2012 08:37

    Obrigado pelo números!

    Gostar

  48. Tiro ao Alvo permalink
    14 Setembro, 2012 08:37

    Repare-se na pressa com que os “comentadeiros” Portela, Piscoiso e outros, aparecem a desviar a nossa atenção para o “buraco”. Eles não nos querem ajudar, eles querem é que metamos a cabeça na areia. Quem lhes pagará?

    Gostar

  49. Tiro ao Alvo permalink
    14 Setembro, 2012 08:40

    Claro que não que queria dizer ‘desviar a nossa atenção para o “buraco”’, mas “desviar a nossa atenção do “buraco” ,onde nos meteram.

    Gostar

  50. nobregase permalink
    14 Setembro, 2012 09:06

    JCD, seria possível apresentar a conta relativa ao despedimento de 100 mil funcionários públicos tendo em consideração o valor médio das indemnizações e o subsidio de desemprego. Obrigado

    Gostar

  51. balde-de-cal permalink
    14 Setembro, 2012 09:07

    no largo dos ratos
    ‘morreu o bicho, ficou a peçonha’ — e a falta de vergonha

    Gostar

  52. Portela Menos 1 permalink
    14 Setembro, 2012 09:38

    Tiro ao Alvo, Posted 14 Setembro, 2012 at 08:37
    .
    não dormes a pensar no portela! eu só queria que jcd nos mostrasse desde quando o “arco” governa o país, para os mais novos (tiro incluído?) terem uma ideia a quem se deve pedir contas.
    sobre “Quem lhes pagará?” , no que a mim diz respeito pergunto, ao tiro pagam?

    Gostar

  53. Cáustico permalink
    14 Setembro, 2012 09:40

    JCD:
    “roubo diário de 30% do pib na economia paralela”.
    Quem é que está a roubar quem?
    Numa lapalissada breve diria que os roubados são pessoas como eu que pagam até ao último cêntimo.
    Mas, francamente, fico sem palavras e sem argumentos para alforrequices intelectuais.

    Gostar

  54. tric permalink
    14 Setembro, 2012 09:46

    “Estamos metidos num grande buraco, não estamos? Estamos.”
    .
    e vamos continuar…então com TSU´s…

    Gostar

  55. 14 Setembro, 2012 10:07

    Os dois panilas socialistas são logo as primeiras a comentar.
    R.

    Gostar

  56. Cáustico permalink
    14 Setembro, 2012 10:33

    Panilas socialistas, no discurso do Rogério, é uma redundãncia!

    Gostar

  57. joao permalink
    14 Setembro, 2012 10:45

    o Krugman a estrela dos socialistas disse há pouco tempo que os salários teriam que ser ajustados 20 a 30% em Portugal. Com a ajuda do Tribunal Constitucional é precisamente isto que vai acontecer. Nada de novo, em Portugal ( anos 80 ), na Islândia ( há 1 anos), na Grécia, etc…..

    Gostar

  58. Pedro Esteves permalink
    14 Setembro, 2012 10:56

    “Quanto devia o estado por cada português em 2011, incluindo PPPs (€) 19 032
    Quanto deve o estado por cada português em 2011, incluindo PPP: 41 533 ”

    Porquê esta diferença toda entre o que devia e o que deve ? é devido às taxas de juro ? alguém me pode explicar SFF …

    Gostar

  59. Pedro Esteves permalink
    14 Setembro, 2012 11:04

    e já agora, também gostava de perceber porque os 60% do PIB aparecem aqui ? que é que 60% do PIB representa ? é alguma meta a atingir ?

    P.S.: Obrigado pelos números

    Gostar

  60. Tim permalink
    14 Setembro, 2012 11:16

    E ainda assim Sócrates não consegue ser recordista: Cavaco Silva conseguiu na sua vigência de 1º ministro aumentar a dívida portuguesa em mais de 100%… e com o petróleo a preço de amigo!… Pois é…

    Gostar

  61. Tiro ao Alvo permalink
    14 Setembro, 2012 12:29

    Tim,
    Para si, tanto vale dever dez como cem.
    Amigo, não sabe que as percentagens são um “faz de conta”?
    Não compare o governo do Cavaco, durante o qual Portugal cresceu, e cresceu bem, com os governos deste século. A diferença é como a água do vinho.

    Gostar

  62. Tiro ao Alvo permalink
    14 Setembro, 2012 12:47

    JCD,
    “Quanto devia cada o estado por cada português trablhador em 2011 (€)”.
    Agradeço que corrija.

    Gostar

  63. Tim permalink
    14 Setembro, 2012 14:50

    Tiro ao Alvo ou o idiota útil de serviço?!…

    Gostar

  64. Portela Menos 1 permalink
    14 Setembro, 2012 16:12

    Rogério Posted 14 Setembro, 2012 at 10:07
    .
    rojas,
    não tenho nada contra “Panilas”, sejam socialistas ou outros; mas lá em tua casa andam a contar-te mentiras acerca da da orientação sexual do Portela

    Gostar

  65. Luis permalink
    14 Setembro, 2012 16:57

    JCD,
    Boa tarde.
    Não ponho em causa os teus números, muito menos a tua honestidade intelectual.
    De facto és um senhor dos números. Mais, um verdadeiro entretainer dos métodos quantitativos.
    A questão é que nao sei, nao percebo qual a tua opinião, que política subscreves, qual a tua ideologia.

    Na tua casa mandas tu e a tua mulheres. Nas empresas mandam (?) os accionistas- bem, a historia recente desmente tal facto, uma vez que a indexação dos chorudos bónus dos CEO’s aos resultados, vide o study case BCP/jardim, manda os accionistas às malvas. E no pais, há-de mandar quem? Tens alguma sugestão? Há um bando de incompetentes que são sempre os mesmos que, por interesse próprio ou nao, por vaidade ou nao, se propõem governar o país. Copiam, papagueiam, imitam ideias e tiques, mas propõem-se. E o povo aceita e vota. Nós aceitamos e votamos.
    Tens alguma ideia ou sugestão diferente? Outra forma de governo, seja democracia, autocracia, outra qualquer para governar Portugal. Se tens era bom partilhares connosco.

    Apresentas um quadro com números macro-económicos. Qual o teu objectivo, aonde queres chegar? A que conclusao pretendes chegar? Que teoria queres demonstrar? Que temos sido governado por uma quadrilha de incompetentes e criminosos? Ok. Que corrente política e ideológica faria diferente? Onde estão os indivíduos competentes que, honestamente se interessam (só e apenas) pela causa publica?
    Com o mal dos outros podemos nós, mas a classe política eloquente, sábia, racional, a única que sabe fazer contas, anda escondida, perdida: nao está em PT, nem em Espanha, nem na Grécia, nem na Irlanda, nem na Itália,…, se calhar está no leste (lol). Todos os dirigentes destes países são incompetentes, nao têm modelos que lhes permitem governar sabiamente.

    JCD,
    No meio desta trapalhada toda, e em termos muito concretos, o que está em causa é sacar!! dinheiro ao trabalho e pô-lo no capital, directamente sem passar pela casa da partida.
    O drama é que, aproximando-nos, todos!!, vertiginosamente do fundo, a factura é só para alguns: aquela pequena mas grande maioria que é o povo.
    E para desgraça nossa, são os iluminados, intelectuais, os homens dos modelos, cuja aderência política desconhecemos por completo, refiro-me à casta António Borges, que cagam e ditam estas brilhantes teorias. JCD, com todo o respeito, eles que vão bardamerda!
    Perseguem um objectivo: o empobrecimento do povo, da classe media. Só assim ganhamos competitividade. “Louvado seja Deus”, eu que nao sou praticante.

    Por isto tudo nao entendo o que queres dizer (que isto está muito mal e que tems que fazer alguma coisa?-meu caro, isso sabemos nós), o que pretendes demonstrar (é o povo que tem que pagar a factura ?), que os nossos políticos são umas nódoas (desculpa JCD, mas diz-me em que partido votas que eu prometo pensar em aderir à tua causa).

    JCD,
    Em qualquer caso, o teu contributo é sempre positivo e animador. By the way, amanha vais à manifestação? Eu vou! Na vida fui a 2/3, mas agora vou. E se vir lá a turma do António Borges, vou cumprimenta-lá.
    Abraço.

    Gostar

  66. Cosme Vaquinhas Ames permalink
    14 Setembro, 2012 19:00

    A Educação só já pesa pouco mais de 6 mil milhões de euros no OE. Nos últimos 3 anos levou um corte de mais de 2 mil milhões de euros. Mas há que continuar…

    Gostar

  67. JBC permalink
    15 Setembro, 2012 12:17

    Nao percebo porque e que se parou o TGV

    Gostar

  68. Joao permalink
    16 Setembro, 2012 17:53

    Ainda ninguém percebeu que não há outra saída? Alguém vai ter de assumir grande parte da divida (pelo menos até aos 60%) seja a UE, Alemanha ou credores em geral. Mas para que isso aconteça é preciso que eles acreditem que nós nos podemos governar ou que esteja garantido que são eles que nos governam. Este, ou qualquer outro governo só pode fazer o que tiver de ser feito para conquistar esse objectivo.
    Alternativa? Fazer como no romance do Saramago “jangada de pedra” separar da Europa. Depois é se navegar (ou antes derivar) até ao Terceiro Mundo. Acham que seria melhor? Perguntem aos milhares que todos os anos morrem para tentar sair de lá.

    Gostar

  69. António Martins permalink
    19 Setembro, 2012 10:03

    Bom dia,
    Apesar do quadro mostrar claramente que estamos num buraco, existem algumas coisas menos correctas que fariam corar de vergonha mesmo um contabilista formado na Lusofona. Por exemplo, não diferenciar os vários tipos de dividas pode levar a conclusões erradas, como é o caso das PPP. Numa empresa, eu estaria interessado em suportar os encargos anuais, é isso que me interessa em termos operacionais. Também nada é dito sobre os motivos do crescimento da dívida no final do socratismo, que esteve muito ligado a uma politica keynesiana de inspiração merkeliana, com os escessos do costume… Os números não servem para nada sem o porquê, é como o Excel e os modelos econométricos do Gaspar, pelos vistos ele agora quer fazer as experiências e ajusta-los…. Vai dar uns papers fantásticos, mas já agora aqui a cobaia queria também o nome nestes, quando concorrer a um lugar de docente no Burkina Fasso.

    Gostar

  70. Pedro permalink
    19 Setembro, 2012 12:22

    Proponho uma solução.
    Limpeza total dos bancos parlamentares e devolver a democracia ao povo. Democracia a sério.

    Farto de partidos políticos!

    http://www1.ionline.pt/conteudo/113267-islandia-o-povo-e-quem-mais-ordena-e-ja-tirou-o-pais-da-recessao

    Ponham os olhos nos bons exemplos.

    Gostar

  71. Ricardo Pereira permalink
    19 Setembro, 2012 14:26

    Acrescenta que “Fazendo as contas, constata-se que o custo com as pensões dos políticos é superior ao total dos beneficiários das pensões mínimas.”

    A Austeridade tem de acontecer, mas é para quem andou a roubar o Estado, não é para quem vive do seu trabalho…

    http://www.dn.pt/especiais/interior.aspx?content_id=1753918&especial=Grande+Investiga%E7%E3o+DN&seccao=SOCIEDADE

    Gostar

  72. pcalcada permalink
    19 Setembro, 2012 21:14

    Estes valores são muito interessantes, especialmente se começarmos por corrigir que o Socrates começou a liderar em 2005 e não em 2004, fazendo este simples ajuste a percentagem daquilo que se refere como o contributo de cocrates para a divida passa para 73% se considerar o valor de 2005 (ano em que o Socrates entrou para o poder). No entanto gostaria de lembrar que em 2008 rebentou a maior crise financeira que há memória, e gostaria ainda de lembrar que em 2008/2009 a mensagem de todos os lideres mundiais era “Que se lixe a divida!”, posto isto, e considerando a minha primeira nota, se usarmos agora o valor de 2008 (que me parece ser mais justo e correto) o contributo do Sócrates deve ser ajustado para 16%! Mesmo que se use o valor de 2009, que já deverá considerar o impacto da política que unanimemente foi estabelecida por todo o Mundo, o tão desgraçado contributo dos socráticos para a divida foi de 30% – Valores muito diferentes dos 93%… poderia fazer o mesmo exercício para o resto dos valores, mas acho que estes números já monstra quando válida é a análise feita…. Já agora, como nota muito lúdica, de 2002 a 2005 governou uma outra cor política, sabem em apenas 3 anos qual foi o contributo para a divida desse governo? é fazer as contas 😉 – Por favor não me interpretem mal, não defendo um nem outro, porque fazendo as contas… ficam quase empatados.. o que eu defendo é que as análises tem de ter algum fundamento…. já agora desculpem caso haja algum erro nas minhas contas.. 🙂

    Gostar

  73. Pedrito permalink
    20 Setembro, 2012 09:41

    Independentemente, do valor da dívida, de quem têm mais culpa neste Buraco,…, quem está a pagar são Pessoas, não somos animais, tudo têm um limite, não pode haver motivo algum que permita a um Governo, desfazer por completo uma Vida,…, quando não há dinheiro, todos reclamam e ninguém têm razão,…
    Não se pode por em perigo uma família,…, as Famílias planearam as suas vidas, geralmente com riscos calculados e agora chega este PPC e consegue colocarmos-nos em situações de incumprimento,.. que grandes sacanas que somos, temos dividas e não cumprimos com as nossas obrigações,…, nestas situações, de um modo geral:
    – Perde os Bens para o qual existia a divida (caso mais grave a Casa)
    – Continua a pagar um valor elevado pela divida da Casa + Outros valores associados ao incumprimento.
    – A Família de um modo geral, desagregasse.
    – Nunca mais na Vida estas Pessoas conseguem ter uma “vida normal”.
    Acho que este pequeno exemplo é um BOM MOTIVO PARA AVANÇAR COM MEDIDAS PARA ALEM DO ACEITÁVEL… este Governo não têm o menor respeito pelas Pessoas, se o tivesse não tinha pensado/ameaçado/implementado todas as medidas que nos fazem sofrer…BEM HAJAS PPC, ÉS O MAIOR….

    Gostar

  74. José permalink
    20 Setembro, 2012 15:37

    Não sabia que as responsabilidades com as PPP (Estradas, hospitais e comboios) em 40 anos (2012/2050) são quase iguais ao defice de 3 anos (2012/2014), 20 mil milhões.
    Também não me tinha apercebido que o défice Socrates (2008/2010) é quase igual ao défice Passos Coelho (2012/2014) e isto com privatizações.
    Há qualquer coisa que me escapa aqui !

    Gostar

  75. Carlos permalink
    20 Setembro, 2012 16:06

    É tudo invenção dos inimigos da revolução, dos capitalistas e burgueses! A produtividade em Portugal é 250% superior a qualquer alemão mas a Merkel e os neocons, com os sionistas a dominarem os médias, mentem!

    Gostar

  76. emanuel matos permalink
    20 Setembro, 2012 18:21

    Quanto é que o Governo de Pedro Passos. Coelho assumiu junto do BPN. de dívidas de privados em Julho de 2012? 2,5 mil milhões de euros … Quanto é o desvio actual que leva. a mexer na TSU ? 3 mil milhões de euros. xii podiam perdoar a minha dívida da casa…

    Gostar

  77. O Europeu permalink
    21 Setembro, 2012 08:32

    E contudo é fácil acabar com a “desgraça”:
    – Basta acabar com o mercado paralelo. Não acaba porque não querem…
    – Acabar com as despesas do estado nas PPPs. Não acabam porque não querem…
    Se a isto se juntasse o pagamento do que foi roubado (ops… ” negociado”), com uma justiça que funcionasse, Portugal crescia e pagava a dívida em poucos anos, com emprego. Mas como isso implica dar cabo de alguns poderosos, vamos nós pagar aquilo que já é impossível pagar, se nada for feito ou se insistirem sempre no mesmo pagador: quem não se pode defender e já não pode pagar mais. É claro que vai acabar mal.
    Aqui fica o espelho do país que temos, se dúvidas houvesse…:
    http://www.tvi.iol.pt/videos/13700193

    Gostar

  78. Leigo Bruto permalink
    21 Setembro, 2012 08:57

    Simplesmente dramático, para todos nós, e essencialmente, para os nossos descendentes.
    É uma vergonha, e sinónimo de incontinência / incompetência coletiva, duma sociedade que não se sabe organizar / governar. É uma manifestação, completa, de deficiência educativa, de um povo que ao longo dos séculos, quando teve a oportunidade de «pensar» por si, sem amarras, garrotes, chicotes, ou bastões, não o soube fazer.
    Triste sinal que transmitimos, em especial a quem nos seguirá, – filhos, netos, ……..
    E pelos comentários de alguns intervenientes, – demasiados para a ocasião, negando o que é evidente e claro, desresponsabilizando-se em redor das suas quintinhas-, fazendo prova da «profecia» de um antigo professor de economia, nem nas próximas 4, 5 gerações, «iremos lá». O podre está instalado, duma forma quase genética. Será que haverá, algum dia, uma geração de lusos, que consiga inverter esta verborreia de ineptos?

    Gostar

  79. Hugo Lima permalink
    21 Setembro, 2012 20:03

    Actualmente a dívida já passou os 220 mil milhões….

    Gostar

  80. pcalcada permalink
    25 Setembro, 2012 13:09

    Com a divida atual perto dos 220M (não validei este numero) quer dizer que se aplicarmos o raciocínio usado neste artigo, vamos chegar à bela conclusão que o actual governo consegue só num ano contribuir para o agravamento do défice em mais ou menos 30%… parece-me de facto no bom caminho…

    Gostar

Trackbacks

  1. Novo mundo « Declínio e Queda
  2. Leituras para uma Sexta pré-manif « O Insurgente
  3. O Buraco | Cócó à beira-mar plantado
  4. Quanto devia o Estado por cada português em 2004 e 2011 « O Insurgente
  5. Quanto devia o Estado por cada português trabalhador em 2004 e 2011 « O Insurgente
  6. Verdades inconvenientes « @LPMateus
  7. O José Vitor, existe mesmo? « BLASFÉMIAS
  8. Anónimo
  9. Portugal: “Wir wollen unser Leben”” · Global Voices auf Deutsch
  10. Brevemente, num país próximo de si. | BLASFÉMIAS
  11. Brevemente, num país próximo de si | Autenticidade Portugal

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: