Saltar para o conteúdo

Nada se perde. Tudo se transforma.

31 Outubro, 2012

O Camilo Lourenço acha que O país está a mudar. À força, mas está! À partida eu diria que não é apenas o país mas o mundo. Desta vez com Sandy ao contrário do que sucedeu no Katrina ninguém culpou as alterações climáticas ou o presidente dos EUA por ter desorganizado o clima.  Poder-se-ia acreditar que estamos a ficar mais sensatos. Mas para já duvido pois se o presidente dos EUA não fosse Obama a cobertura noticiosa seria certamente diferente e sobretudo temos de contar com a capacidade de renovação da loucura dogmática como estes exemplos colhidos no Insurgente mostram:  Recognizing The Right Of Plants To Evolve    e PETA wants sign to memorialize fish killed in crash

Anúncios
18 comentários leave one →
  1. 31 Outubro, 2012 09:42

    Considerações bacocas de Helena Matos.
    Olha se o Obama não entrava na confusão?!
    .

    Gostar

  2. 31 Outubro, 2012 09:43

    Considerações bacocas de Helena Matos.
    Olha se o Obama não entrava na confusão?!
    .

    Gostar

  3. Wall Streeter permalink
    31 Outubro, 2012 09:45

    Helena, não vá por aí.
    Os relatórios federais confirmaram a negligência e sub-avaliação prestada ao Katrina pelas entidades responsáveis.

    Gostar

  4. helenafmatos permalink
    31 Outubro, 2012 09:47

    Estou a falar de alterações climáticas e de cobertura jornalística que chegou a apontar dez mil mortos e não de operações de socorro

    Gostar

  5. joao permalink
    31 Outubro, 2012 10:45

    E que tal o silêncio vergonhoso dos media e dos grupos que no tempo pós 11set berravam com o Bush pq estava ser posto em causa a liberdade nos EUA a propósito do 1º prisioneiro politico dos EUA….sim , o realizador do filme do youtube “a inocencia dos muçulmanos ” que foi preso por indicação da administração Obama ????? não venham com a desculpa de que foi por dívidas ao fisco pq a própria Hilary Clinton qdo recebeu o pai de um dos americanos assassinados no Consulado de bENGAZHI lhe disse que tudo iria fazer para prender o responsavel do filme ( em vez de dizer que ia prender os assassinos do filho ). Nada como uma imprenssa amestrada……

    Gostar

  6. balde-de-cal permalink
    31 Outubro, 2012 11:04

    os ‘comentadeiros e politiqueiros’ de esquerda transformam as lagostas em conteúdo intestinal

    Gostar

  7. Paulo permalink
    31 Outubro, 2012 11:36

    Helena
    Desta vez concordo em absoluto.
    O tratamento jornalístico é vergonhoso, fosse com o Bush e estavam aí as alminhas habituais a tecer considerações sobre as alterações climáticas, ou melhor, sobre o embuste do aquecimento global (já que as primeiras existem e as segundas nenhum cientista as demonstrou ainda!).
    A América do norte tem causado muita poluição, mas a grande diferença para a Europa é que as correntes oceânicas do Atlântico têm um movimento no sentido anti-horário, e empurram ar frio ao longo da costa americana, causando grande parte destes fenómenos. Não é por acaso que neva em Nova Iorque e em Lisboa não, quase à mesma latitude.
    .
    O Obama é levado ao colo de uma forma insolente por quase toda a comunicação social.

    Gostar

  8. jonas permalink
    31 Outubro, 2012 11:47

    O Camilo, na senda do seu parónimo, o camelo, é um sábio, a lembrar o mesmo Heraclito, que tudo muda, “tudo flui, nada persiste nem permanece o mesmo”. E o mesmo rio não alcança lavar o nosso primeiro, permanente burro, autista ad aeternum como o pai obispo de Lisboa .

    Gostar

  9. Portela Menos 1 permalink
    31 Outubro, 2012 11:53

    Helena F Matos e a sua grande sensibilidade depois de terem morrido cerca de 50 pessoas.
    Quanto à dores “abrantinas” da direita portuguesa, os USA merecem melhor do que um sujeito que nem sabe onde fica a Síria

    Gostar

  10. 31 Outubro, 2012 11:59

    Agora,volto a estar consigo.

    Gostar

  11. jonas permalink
    31 Outubro, 2012 12:02

    E porém se Sandy não chega ao Katrina deu para ver a saloiada jornalística no seu debitar coisas ditas, pretensamente cultíssimas, da cidade que nunca dorme, NY, como se mais cidades no mundo dormissem de todo, de Berlim a Londres e à mesma marmeleira, que me faz alembrar outras mais tiradas, the voice, o Frank Sinatra, que repetia José dos Santos, sem Angola, the voice que lá nos colégios da América davam de castigo a alunos mal comportados, toma, fica aí a ouvir the voice, para mal dos teus pecados. E outras, outras que podem dar-se aí por toda a parte e em casa, mas cheirando à América, dizem nossos jornalistas, pelas tevebisões e rádio, naquele seu ar pretensioso, em seu tom dengoso e gay aprimorado .

    Gostar

  12. piscoiso permalink
    31 Outubro, 2012 12:39

    E continuam os ses por aqui.
    Se Seguro for PM, se Obama não fosse o presidente…
    e se a minha avó não morresse.

    Gostar

  13. Wall Streeter permalink
    31 Outubro, 2012 14:36

    Mas será que ainda compreenderam que os media eram atraídos por GW devido ao seu inegualável manancial de ESTUPIDEZ natural?!…

    GW era um cromo absoluto!

    imperdível para os media da contemporaneidade: era assim nos EUA, no Japão, nos países nórdicos e aqui.

    Gostar

  14. Paulo permalink
    31 Outubro, 2012 15:28

    Walter Streater
    Tratado como o GW foi, o nosso Soares era um perfeito atrasado mental, tantas as bacoradas que lhe saem.
    O mesmo se passa com aberrações, como o Fidel (cujas alarvidades são “românticas”), o Chavez (este nem tem uma ponta por onde se lhe pegue!), o Clinton e a mais famosa “corno manso” do mundo, etc.
    Ao Bush cada gafe era replicada em milhões de sítios.

    Gostar

  15. Fincapé permalink
    31 Outubro, 2012 19:58

    Helena,
    No seu último post o meu comentário “aguarda moderação”. Na realidade, não tem interesse nenhum, à semelhança de muitos outros. Mas fico sem saber se me está a moderar a mim ou à Rita Rato.
    Ademais, não me lembro de qualquer incorreção. Mas isto sou eu a considerá-lo.

    Gostar

  16. lucklucky permalink
    31 Outubro, 2012 20:32

    Não é preciso Paulo.
    Basta as asneiras de Obama*:
    Placas teutónicas em vez de tectónicas, não sabe quantos estados tem o seu país, na Áustria fala-se austríaco em vez de Alemão, o Hawai é na Ásia em vez do Pacífico, e há muitas mais.
    Mas isto são fait divers que a esquerda gosta de utilizar contra os adversários. Porque para a esquerda há sempre um caso pessoal de ódio.
    .
    *Todas bem escondidas pelos jornais tugas.

    Gostar

  17. André permalink
    2 Novembro, 2012 07:06

    Por acaso houve muita gente a culpar o Obama. Também houve um protestante louco (isto não é uma crítica ao protestantismo, é mesmo só àquele homem) que já disse que o furacão se tratava de um castigo de Deus.
    Quanto ao Katrina, devemos ver que houve mesmo falta de atraso nas atuações dos militares e da National Guard em New Orleans. Mas isso é normal. O exército norte americano atua mais facilmente quando há petróleo (Iraque) do que quando há vidas americanas em risco.
    Vamos constatar ainda outra diferença, aquando o Katrina havia um governo republicano e o desastre foi numa cidade de negros pobres, o Sandy foi com um governo democrata numa cidade de brancos ricos (e alguns negros pobres). Basta ver a diferença, num interessava deixar morrer, noutro, via-se demasiado.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: