Saltar para o conteúdo

Assim da solidão de uma alegadas férias

7 Agosto, 2013

vêem-se as coisas com relativa distância. Talvez por isso me pareça claro que este caso dos swaps é um capítulo da luta que Sócrates trava pelo PS. A gente de Sócrates continua a contar com uma máquina oleada: de todos os contratos assinados não se fala. E são muitos. Escolheu-se um que não foi sequer celebrado e fez-se rebentar uma polémica. No texto da Visão Sócrates aparece como um paladino da rejeição dos swaps e da redução da despesa: “2005. 21 de Julho.Se o Governo iria mudar de “rumo” (uma palavra cara a Sócrates), e prestar alguma atenção à proposta de “financiar” o défice com swaps de dívida pública, no curto prazo, esta seria a oportunidade. Mais uma vez, Pais Jorge e Paulo Gray apresentaram as ideias que a sede europeia do banco, em Londres, preparara: manter “fora do balanço” os financiamentos imediatos que os swap garantiam e esperar que as taxas de juro propostas pelo banco não viessem a tornar os próximos 30 anos da dívida pública num pesadelo (ainda maior).  Mais uma vez, não receberam qualquer sinal verde de São Bento. Pelo contrário. à tarde, na tomada de posse de Teixeira dos Santos, Sócrates confirmou que o “rumo” se manteria, apesar da mudança de ministros. A diminuição do défice seria feita com “contenção da despesa pública“. 

Agora o Governo tenta agarrar-se à questão da manipulação dos papéis – nada que nunca se tenha visto noutros papeis anteriores e com a mesma falta de cuidado nos detalhes – mas francamente não chega para esclarecer as responsabilidades de Pais Jorge nessa proposta.  E sobretudo o que está em causa é muito mais que o destino de Pais Jorge ou a natureza dos swaps, essa espécie de versão capitalista da desorçamentação que na política passa por proposta para política de crescimento.  Naquilo que está em causa – o PSD consegue estar no poder e ser governo? – Pais Jorge é apenas o peão das nicas do momento. Outros se lhe seguirão.

41 comentários leave one →
  1. Portela Menos 1 permalink
    7 Agosto, 2013 11:18

    Já foram desmentidas as reunioes de PJorge com o governo socrates? Ou vamos esperar pelo Lomba para nos explicar a confusao?

    Gostar

    • 7 Agosto, 2013 20:14

      Portela,

      Esta Helena…a quadrilha do Cavaco deu o golpe no BPN, sabes de quem foi a culpa??? Foi do Constancio que não controlou.
      Os swaps que nem sei o que é, bem quero saber e tenho raiva a quem sabe é a mesma treta. Os mamões que os propusera, foram os Jaquins, Maria luises e afins, e agpra a culpa…

      hoje o moço pequeno do Marco de voça nova de gaia, mais parecia que andava a brincar ás escondidas

      Resumindo: Tamos trompicados com esta cambada de moços pequenos mas depois, enchem a boca de mercados, cuidado com os mercados.

      Gostar

      • ora permalink
        7 Agosto, 2013 20:30

        a quadrilha do BPN chamou-lhe um figo?

        ó filha o BPN desde autarcas do PCP até aquele tipo que dava uns trocos valentes ao PPPPPPPPPPPPPPPSSSSSSSS e inda conseguiu em 2010 que as acções fossem convertidas em 23 milhões de aeurros

        passou lá de tudo

        foi como o Pedro Caldeira que aceitava autarcas do deserto da margem sul e tipos da máfia cultural da bota botilde

        se calhar pensas caquelas camisolas com krokodil são ofertas da festa do avante

        bolas deves ter acreditado no papai noel até aos 40

        foste desmamado aos 15?

        aquelas faixas em vinil e em poli-cloretos de bi nihil in nihil da greve geral que só os ciganos reciclam devem ter sido brindes da farinha Amparo….

        e os 400 autocarros da barraqueiro por manife devem ser ofertas do sindicato da fertagus….

        Gostar

  2. JSF permalink
    7 Agosto, 2013 11:21

    É um santinho Pais Jorge, basta ser nomeado por gentes do PSD:

    Gostar

  3. JSF permalink
    7 Agosto, 2013 11:28

    Mais, gostaria de lembrar à Leninha que que fez os ditos contratos foram as pessoas que geriam as empresas e não os governos. Ou será que a actual ministra das finanças quando fez os contratos swap na Refer pediu autorização ao governo?
    São actos de gestão corrente das empresas caso a HM não saiba

    Gostar

    • neotonto permalink
      7 Agosto, 2013 11:36

      Assim que sao tres, tres-erao-tres as datas e tres as reunioes que o tal negou?
      O tal chamase Pais Jorge ou Pedro-PaisJorge?…:)

      Gostar

    • Elmano permalink
      7 Agosto, 2013 14:28

      São actos de gestão das empresas públicas.Certo.Mas antes, a meu ver, foi pedido dinheiro ao tesouro, coisa que já não havia. As empresas, embora falidas, tinham que continuar e assim tiveram que pedir emprestado à banca. Esta, não brinca em serviço, nem é nenhuma instituição de caridade. Então, nascem os ditos swaps. A nossa desgraça tem muitos capítulos…

      Gostar

      • Buiça permalink
        7 Agosto, 2013 18:19

        E quando o governo é Xuxalista as empresas públicas nao têm tutela???
        Anda tudo louco a desconversar…

        Gostar

  4. Aladdin Sane permalink
    7 Agosto, 2013 11:34

    Esta manhã, na rtp, um jornalista da “visão” lá foi voltar a dizer que o Secretário de Estado esteve nas reuniões, e também leu esse excerto sobre o “Governo não mudar de rumo”. Mas quando lhe perguntaram sobre a alegada manipulação do documento apresentado pela sic, nada. “A sic e a visão desenvolvem investigações diferentes”. Como se não pertencessem ao mesmo grupo editorial.

    Gostar

    • André permalink
      7 Agosto, 2013 13:56

      Então esta confusão foi gerada pelo grupo informativo do PSD, liderado por Pinto Balsemão? Muito me conta…

      Gostar

  5. Trinta e três permalink
    7 Agosto, 2013 11:41

    Helena Matos:
    Pouco importa o papel de tal Pais Jorge. O que interessa é percebermos o conceito de “legalidade” com que nos têm governado. Admitir que os swaps sejam uma medida legal, é o mesmo que admitir que, na lei, se permita o roubo. Passa a ser “legal”, mas não é admissível. E é esta falta de estrutura moral de quem esteve e está no governo e de quem dela se aproveita (no público e no privado) que nos deve interessar.
    .
    Agora, o modo como tudo isto está a ser gerido, está a criar um nível de pressão que pode acabar numa “explosão” de consequências imprevisíveis. A inabilidade comunicacional do governo, só conseguiu uma coisa na opinião pública: a certeza de que são todos culpados! O tradicional silêncio do Dr. Cavaco, só vai ter um final possível: a certeza de que está feito com a pandilha. Pois é…

    Gostar

  6. manuel permalink
    7 Agosto, 2013 11:55

    A democracia meteu férias quando um 1º ministro aldrabão, que entregava declarações rasuradas na A.R. e martelou diploma protagonizou um capítulo tenebroso da nossa história recente. A partir daí e com complacência de um senhor em Belém o regime degenerou numa cleptocracia.Percebem agora como um “irrevogável “se encaixa na perfeição nas funções de 1º Ministro em funções!O sr P.R. está de férias e não lê jornais nem vê televisão!

    Gostar

  7. O SÁTIRO permalink
    7 Agosto, 2013 12:04

    lá está!
    visão
    grupo balsemão
    ao serviço da mafia das negociatas corruptas xuxas-maçónicas
    que custam ao POVO português mais de MIL MILHÕES de €€€
    balsemão, de novo, traidor nº1 do psd

    Gostar

  8. 7 Agosto, 2013 12:05

    NEWS :
    O Secretário de Estado do Tesouro pediu demissão.

    E agora ? Como reagirá o PM PPortas (perdão, PPCoelho), mais a Ministra das Finanças ? E o PRepública ?

    Gostar

    • Trinta e três permalink
      7 Agosto, 2013 12:10

      Vão continuar em férias.

      Gostar

      • 7 Agosto, 2013 12:14

        Claro !
        Atiram o Marques Guedes e o PLomba às feras !…E já t’a ! — com uma desculpa forjada…

        Porra, o PR não nota que este governo está manietado por ele próprio ?

        Gostar

  9. O SÁTIRO permalink
    7 Agosto, 2013 12:10

    estas “notícias” sobre os SWAPS visam queimar os tótós/azelhas do governo
    e limpar a imagem de quem os fez…( a mafia xuxialista-maçónica)
    discutem se a maria luís sabia ou não
    mas…….e pq não se discute se o teixeira e o pina ..sabiam ou não……eles q estiveram lá SEIS ANOS
    repete-se
    SEIS ANOS
    repete-se
    SEIS ANOS
    ????????
    durantes os quais se fizeram a grande maioria dos swaps?!!?
    e ACEITARAM que se fizessem……..!!??
    esta sim, seria a melhor defesa dos betinhos/tótós governo
    dizer a VERDADE ao povo
    mas coitaditos, têm medo da mafia xuxa-maçónica..e do seu estilo autenticamente mafioso

    Gostar

    • Trinta e três permalink
      7 Agosto, 2013 12:12

      Vem tarde, Sátiro. Essa conversa já pertence ao passado. Agora o que está em causa é “limpar” TODOS os que estiveram envolvidos e legitimaram a medida.

      Gostar

      • 7 Agosto, 2013 12:16

        Óbvio !
        O governo vai tentar salvar o que, e quem puder no seu executivo.
        PRepública, reaja, porra !

        Gostar

      • O SÁTIRO permalink
        7 Agosto, 2013 12:17

        meu caro 33
        eu quero é que os VERDADEIROS CULPADOS
        pelas negociatas corruptas e vigaristas
        sejam condenados na JUSTIÇA
        mas a cegueira esquerdóide como sempre protégé os grandes vigaristas da esquerdalhada……com um hilariante masokismo……como é o seu caso

        Gostar

      • O SÁTIRO permalink
        7 Agosto, 2013 12:19

        por isso,33
        vc quer esquecer o passado
        exatamente qdo se fizeram os negócios xorudos xuxas maçónicos
        masoquismo no seu esplendor
        “esquecer” quem fez a bancarrota
        mas há quem não pense assim
        e queria ver os CORRUPTOS E VIGARISTAS NA PRISÃO
        e eu acredito

        Gostar

      • Trinta e três permalink
        7 Agosto, 2013 13:35

        Sátiro: tal como o governo, você atira para os outros as suas próprias intenções. Do que o Sátiro escreveu, só há uma conclusão possível: tudo se deveu aos “socráticos”. Do que eu escrevi, qualquer leitura atenta pode concluir que culpados são TODOS. Interessa-me pouco a agit-prop partidária.

        Gostar

  10. O SÁTIRO permalink
    7 Agosto, 2013 12:14

    nesta campanha de
    esconder
    abafar
    omitir
    censurar
    as negociatas de milhões dos swaps
    como é normal o PS conta com a ajjuda preciosa dos BEs e PCPS
    sempre, sempre ao lado da corrupção, das negociatas escuras
    contra a justiça, a verdade, a honestidade

    Gostar

    • André permalink
      7 Agosto, 2013 14:01

      Contra a justiça é discutível, mas como demora muito tempo, nem comento. Agora verdade e honestidade!? Como canta Jorge Palma, deixa-me rir! Certamente não está a falar do PSD. Verdade e honestidade de quem? Da ministra que mentiu aos portugueses? da demissão irrevogável que foi revogada? Do governo que não sabe o que são promessas eleitorais? Ah desculpe, não tinha pensado que afinal eles, no meio de tudo isto, ainda eram honestos (quando têm a boca fechada e as mãos atadas).

      Gostar

  11. 7 Agosto, 2013 12:15

    Se fosse com os v.s xuxas insistiam na cabala

    Gostar

  12. 7 Agosto, 2013 12:17

    De qualquer modo também merecia a pena tirar a limpa a dita manipulação de dados.

    Porque estes jornaleiros são porcos e trabalham todos para a escardalhada

    Gostar

  13. 7 Agosto, 2013 12:18

    E as virgens ofendidas querem agora aproveitar o caso para voltarem a colocar lá os bons dos seus filhos-da-puta.

    Gostar

  14. O SÁTIRO permalink
    7 Agosto, 2013 12:22

    mais uma dos tótós/azelhas/betinhos deste governo…coligação
    farica costa
    novo provedor de justice
    maçon do GOL e apoiante do MAlegre

    Gostar

  15. 7 Agosto, 2013 12:24

    Mas o Pedro Lomba fez bem.

    Aquele animal que se diz provedor do DN devia agora explicar o fascismo do Lomba.

    Cambada.

    Gostar

  16. Fincapé permalink
    7 Agosto, 2013 12:35

    A Helena sempre com críticas subtis ao governo de Passos Coelho. Desta vez insinua que, sendo Sócrates o principal culpado desta tramóia, quem se vai queimando é a malta do atual governo. São uns artolas, Helena. 😉

    Gostar

  17. O SÁTIRO permalink
    7 Agosto, 2013 13:15

    gralhas indesculpáveis
    FARIA costa
    e
    provedor de justice….

    Gostar

  18. Tiro ao Alvo permalink
    7 Agosto, 2013 13:50

    O ponto é este e é a chave da campanha do PS: dizer sempre que os Bancos queriam vender swaps para esconder a dívida pública e que o governo do PS rejeitou; nunca dizer que o governo do PS, sob a batuta do Sócrates, estudou forma de esconder a dívida pública, contratando swaps.
    A diferença é grande, mas o povo não dá fácil com ela: foram os Bancos que quiseram vender e não o governo que quis comprar e, avisadamente, não comprou. Aqueles swaps, digo eu – comprou outros e comprou PPP, com resultados bem piores.
    Em conclusão: com esta comunicação social estamos lixados…

    Gostar

    • manuel permalink
      7 Agosto, 2013 14:13

      Tiro: um governo para pedir sacrifícios aos portugueses (o que vem aí é pior do que já passou) deve ser sério,honesto e praticar a austeridade . Recordo-lhe que na 1ª república (havia poucos carros) um presidente ia de eléctrico para Belém e o Dr Salazar quando tinha frio punha a mantinha nas pernas. Em política o que parece é.

      Gostar

      • Tiro ao Alvo permalink
        7 Agosto, 2013 15:55

        Manuel, não digo o contrário – o governo deve ser sério e deve parecer sério. Mas não venha dizer que é sério esconder a razão que levou o PS a contratar swaps (e PPP), para agora se andar a dizer que o A e o B deste governo mentiram, coisa que os outros, anteriormente, nunca fizeram.
        No meio disto tudo, uma coisa é certa: os nossos governantes abraçaram como puderam formas de esconder dívida pública, sem cuidar do preço que nós todos, hoje e no futuro, iremos pagar, por muitos e muitos anos. Uma desgraça.

        Gostar

  19. Joaquim C. Tapadinhas permalink
    7 Agosto, 2013 16:29

    Naturalmente que este programa, analisado com calma e honestidade, não passa de autêntica canalhice. O Governo Sócrates deixou que no seu reinado se fizessem centenas de swaps e persegue-se da forma mais vergonhosa quem eventualmente esteve envolvido numa transacção não efectuada. Isto brada aos céus e é duma malvadez ilimitada. É uma perseguição pessoal, impossível de imaginar numa democracia. Quem teria interesse em esconder o défice público? Seria o banco? Ou quem o fez de formas sofisticadas atirando para empresas públicas encargos que seriam do Governo? Está tudo louco ou quê? A comunicação social descabelada, é muito responsável por querer dar sentido contrário ao cerne da questão. Neste país já não há paciência nem lugar para viver decentemente.

    Gostar

  20. André permalink
    7 Agosto, 2013 16:30

    “Naquilo que está em causa – o PSD consegue estar no poder e ser governo?”

    Boa pergunta. Eu, pessoalmente, acho que não. Mas o Presidente da República acha que sim. Com ele, os deputados da maioria que se contentam com muito pouco também acham que sim. Aliás, foram criados novos cargos no Governo, substituíram-se alguns ministros e Secretários de Estado, promoveu-se um ministro a vice primeiro-ministro, tudo em nome da estabilidade governativa que estamos a observar.
    É preciso não esquecer que hoje Portugal tem uma maioria, um Governo (bom, um governo rotativo, já que eles entram e saem dos cargos mais depressa do que as aves migratórias passam em Portugal) e um Presidente (que nunca se engana e raramente tem dúvidas, pelo menos em público, já que nunca o vemos…), ainda assim, o caos é enorme. E pensar que foi esta estabilidade que Sá Carneiro dizia que era a forma perfeita de governar o país. Coitado, se ressuscitasse e visse o estado do PSD, voltava logo a entrar num avião.

    Gostar

  21. 7 Agosto, 2013 17:05

    https://robobees.seas.harvard.edu/images/bee-model.jpg/image_large
    E de repente o Algarve foi infestado de melgas, mosquitos e outros insectos, coincidindo com a chegada dos políticos. Está-se mesmo a ver o Seguro cheio de razão. Espionagem ao mais alto nível. O Dan Brown, aquele do DaVinci, no inicio de um dos seus livros, A conspiração, introduziu estes “insectos. A dona Matos, de férias num ambiente mais bucólico deve ser mais apropriado, percebendo o “jogo” entrou numa de código. Ataque-se o Sócrates a torto e a direito, esquecendo-se que o cavaco tentou a mesma tática e lixou-se. Cá para mim as moscas não largam o cavaco.

    Gostar

  22. Buiça permalink
    7 Agosto, 2013 18:38

    100% de acordo com o post.
    As PPPs, os Swaps, a Madeira, os contratos chegarem ao Tribunal de Contas mais de 5 anos depois de assinados e incompletos, nenhum governante querer saber “oficialmente” quanto deviam ou deixavam de dever as empresas ou entidades que tutelavam, “abdicarem” de pareceres prévios de quem entendesse alguma coisa do assunto, eles nem sequer serem obrigatórios… tudo vai dar ao mesmo: põe na conta do contribuinte e gasta/embolsa já.

    Foram demasiados anos nisto. E a qualquer momento voltamos ao mesmo, basta lembrar que houve campanhas eleitorais inteiras sem qualquer destes pontos serem sequer aflorados.
    Se quem lá está não sabe nem quer saber o que assina em nosso nome, não é responsabilizado e ainda atira as culpas para os sucessores e tudo passa no habitual “são todos iguais”, imaginem quão difícil é ocultar contas monstruosas neste país…
    Quam as paga é que continua a não ser nenhum segredo oculto.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: