Saltar para o conteúdo

dois azeiteiros

18 Agosto, 2013
by

Um azeiteiro luso-brasileiro endinheirado foi entrevistado por uma jornalista azeiteira emproada que estava interessada em «perceber» as razões pelas quais o referido azeiteiro gasta dinheiro a rodos com coisas «fúteis» e sem importância «social», entre as quais dar festas de aniversário com «convidados» pagos, como uma azeiteira loira platinada norte-americana que, nos tempos em que o botox ainda lhe permitia, fez umas capas frescalhotas para revistas masculinas de gosto mais do que duvidoso. A primeira resposta à azeiteirice intelectual da entrevistadora é óbvia: o azeiteiro em questão gasta aquilo que é seu no que gosta e ninguém tem nada a ver com isso. Já quanto às preocupações «sociais» exibidas pela azeiteirice politicamente correcta da entrevistadora lusa, há duas respostas possíveis. A primeira, que os gastos do azeiteiro tatuado estimulam o consumo de bens e serviços lusitanos, o que muitos azeiteiros do género intelectual da entrevistadora costumam considerar uma benção para o nosso crescimento enconómico. Desse ponto de vista, o azeiteiro luso-brasileiro é um benemérito da pátria. A outra, é que se este azeiteiro continuar a gastar assim o dinheiro que provavelmente herdou dos pais, não chegará a velho com ele, acabando por o distribuir por quem tiver a capacidade de lho sacar a satisfazer as azeiteirices de que ele tanto gosta. Um verdadeiro socialista acidental, portanto. A não ser que, entretanto, faça amigos na política e comece a gastar com as suas azeiteirices o dinheiro dos outros, coisa muito comum em quem costuma andar por esses lugares igualmente mal frequentados.

40 comentários leave one →
  1. Pffff ! permalink
    18 Agosto, 2013 17:27

    Uma entrevista de caca…
    Um entrevistado de caca… (com muita massa ). Tem uma cruz de diamantes aos pescoço.
    Uma entrevistadora…de caca !

    Gostar

  2. Joaquim C. Tapadinhas permalink
    18 Agosto, 2013 17:45

    Este país bateu no fundo. Esta entrevista, depois de escalpelizada, se houvesse um mínimo de dignidade, daria um processo de despedimento ao director da informação e à entrevistadora. Num momento como este que o país atravessa gastar dinheiro com este tipo de chulices, ultrapassa tudo o que é razoável, porque a falta de decoro também tem limites.

    Gostar

    • Monti permalink
      18 Agosto, 2013 19:06

      Visto isto, a entrevista e sua autora,
      ocorre perguntar:
      Que vai naquela cabecinha?
      Que mentalidade ali frutificou?
      Felizmente, em certas privadas, não há despedimentos.

      Gostar

    • André permalink
      18 Agosto, 2013 19:38

      Joaquim, a televisão é privada. Só quem quer é que vê a TVI. Eu, por exemplo, não vejo esse canal há mais de um mês (isto é verídico, o café perto da minha casa está quase sempre na Sport TV e na minha casa vemos a RTP e a SIC, de vez em quando).

      Gostar

      • Joaquim C. Tapadinhas permalink
        18 Agosto, 2013 20:03

        O facto de um serviço ser privado, como começam a ser os principais serviços, desde os transportes à limpeza das cidades, não implica que não tenham de ter qualidade. O serviço televisivo, para além do entretenimento, também deve ser formativo e cultural, e os seus administradores devem programar tendo em conta esses objectivos. Esta é a minha opinião e não quero dizer que seja a mais certa, porque eu não sou o espelho da nação e, como ser humano, erro mais vezes que as que desejaria. Obrigado por ter tido a atenção de me contestar.

        Gostar

      • André permalink
        19 Agosto, 2013 07:13

        Meu caro, os privados devem fazer aquilo que lhes dá mais lucro, se quer coisas que não deem lucro, há serviços públicos, mas os privados não precisam de o fazer.

        Gostar

    • 18 Agosto, 2013 21:11

      Repare, já se falou mais nesta entrevista (o que equivale a publicidade) do que sobre outro assunto qualquer.
      A TVI deve agradecer desde já aos blogs e partocularmente ao Arrastão e a este.
      E tudo de borla.

      Gostar

      • Joaquim C. Tapadinhas permalink
        19 Agosto, 2013 13:30

        Resposta ao André
        Na vida tem de haver mais coisas para além do lucro. De contrário, a sociedade passaria a ser uma selva, pior que a natural, porque esta seria de gente dita civilizada.

        Gostar

  3. Fincapé permalink
    18 Agosto, 2013 17:50

    Já o disse abaixo: entrevistadora e entrevistado, estão bem um para o outro. Com mais uma entrevista ao investidor Martim e outra ao estimulador de investimento Miguel, podem atribuir o “tosão” de ouro do jornalismo tuga à entrevistadora.
    Aos entrevistados podem entregar o coçador de tomates de cortiça, produto nacional de alto valor acrescentado. 😉

    Gostar

  4. johnas permalink
    18 Agosto, 2013 18:00

    eh, a não ser que o azeiteiro dê em gastar o tusto dos contribuintes como já fizeram no BPN e associadas nossos azeiteiros luzidios, da famelga, bem medrados …

    Gostar

  5. johnas permalink
    18 Agosto, 2013 18:05

    beh, e ao cabo a entrevista terá tido o seu interesse, se aos nossos especialistas, novos funcionários, lhes dá para ficar assim como loucos, chateados …

    Gostar

  6. José Manuel permalink
    18 Agosto, 2013 18:21

    Uma entrevista absolutamente vergonhosa. Só eu sei porque não vejo a TVI. Há muitos anos.

    Gostar

  7. A. Lobo permalink
    18 Agosto, 2013 18:28

    Nem o Seara a aguentou, fez bem.
    Uma actuação de ressabiada com a vida e com os outros; duvido que tenha capacidade mental/anímica para continuar nestas funções.
    Quanto ao entrevistado um pobre diabo, mas quem lhe deu tempo de antena também é uma pobre diabo.
    É o que temos.

    Gostar

    • johnas permalink
      18 Agosto, 2013 19:34

      Ai, diz bem,
      danado Seara, benfikista
      e psd, serviçal, outro boy, e
      como é que a bela aturou esse
      monstro o tempo todo, aquase
      dez anos, autêntico mistério,
      meus senhores ! 🙂

      Gostar

      • manuel caçoilo permalink
        22 Agosto, 2013 01:33

        Bela? Mas qual Bela? Bela Guttman? Bella Bartock?

        Gostar

  8. JDGF permalink
    18 Agosto, 2013 18:57

    A interrogação é: neste campo de entrevistar ‘ricos’ porque razão a TVI não se fica pelo inefável e plenipotenciário Alexandre?
    Acham que ainda não chega?

    Gostar

  9. 18 Agosto, 2013 18:58

    Azeiteiros são também esses liberais que vivem de chular o erário, e o Blasfémias é reconhecidamente o maior viveiro de tal espécie em expansão. No discurso, parecem a antítese dos socialistas, no poder, deixam bem claro que em nada diferem deles. Porém, por aí vão deixando uns indícios a respeito da sua natureza. Chamar um rapaz de vinte e dois anos, que acaba de ser maltratado em público de azeiteiro, é uma azeiteirisse nascida do mesmo sentimento de inveja que conduziu a azeiteira Judite nesse julgamento popular de encomenda.
    Toma vergonha na cara!

    Gostar

  10. 18 Agosto, 2013 19:05

    Lá tinha de vir o raio do vinagre do liberalismo estragar a salada de xuxu (xuxu, chuchu, pimpinela http://viciosesabores.blogspot.pt/2010/10/chuchu-xuxu-caiota-ou-pimpinela.html).

    Gostar

  11. manuel permalink
    18 Agosto, 2013 19:20

    A TVI é privada . Uma empresa tem de vender aquilo que os seus clientes gostam ,por muito que nos custe. Os estudos de mercado são feitos e bem,considerando que é a estação líder do mercado. Somos o povo que somos e não podemos mudar de povo e quem está mal ,emigre. A dra judite faz o que pode de acordo com quem lhe paga , pior faz a outra na RTP que entrevista o “inenarrável” na liturgia do domingo à noite,neste caso, paga com os meus impostos.

    Gostar

  12. Portela Menos 1 permalink
    18 Agosto, 2013 19:24

    Os laranjinhas já leram VPValente no Público de hoje? Nao chama azeiteiro a ninguem em especial mas, pede neurónios para a tralha que manda … no governo 🙂

    Gostar

  13. Portela Menos 1 permalink
    18 Agosto, 2013 19:28

    Os laranjinhas já leram VPValente no Público de hoje? Nao chama azeiteiro a ninguem em especial mas, pede neurónios para a tralha que manda … no governo

    Gostar

  14. Churchill permalink
    18 Agosto, 2013 20:19

    Rui A.
    Está tudo muito bem, mas era escusado comentar dessa forma a boa da Pamela.
    Não gosta compre revistas com o Paulo Portas e cole na parede.

    Gostar

  15. 18 Agosto, 2013 20:54

    Não vi nem ouvi a entrevista. Por acaso apanhei o anúncio, mas porque tal “matéria” não me interessa minimamente pela inocuidade prevista, nunca mais me recordei dela. E se a sintonizasse por 1 segundo, mudaria de canal. Este tipo de “famosos” contribuem e bastante(!) para a bovinização da maioria dos tugas.
    Mas, por o que li “em diagonal” neste post e no de VCunha, constata-se facilmente que Judite de Sousa, o entrevistado, VCunha e Rui A., nada mais têm para pensar e postar — que Deus os salve e o Diabo vos abençoe.
    Quanto aos dois blasfemos, parabéns ! Também concluiram que anteontem, ao contrário do que previam (ou não), nada aconteceu no Pontal. É que não aconteceu nadinha mesmo…

    A dita entrevista encontraria semelhança, “deixa cá ver…”, como se o entrevistador fosse LFVieira a “fazer perguntas” a JJesus na Benficatv. Antes ou depois duma derrota e dum empate.

    Gostar

    • johnas permalink
      18 Agosto, 2013 21:14

      Gosto do coment, a pôr no çugar cada coisa, da entrevistadora ao entrevistado, ao cunha e ao rui a., ah, sem falta da tvi, a da casa dos segredos e multidão de teles que aqui, liberais, não contestam, nem o metro de audiências, de quando passolas ali passa a dizer mais uma dúzia de mentiras, made in a dita tvi .

      Gostar

  16. 18 Agosto, 2013 20:56

    Esclarecimento : não vejo a TVI. Passo por ela quando mudo de canais.

    Gostar

  17. 18 Agosto, 2013 21:17

    Havia uma história muito engraçada sobre fellatios feitos no Cais de Sodré, sendo que uma senhora prostitutra dizia “eu fiz um mas quem fez os outros cinco mil aos marinheiros do navio americano?, uma vez que todas dizem que não fazem”.
    É como nalguns sítios, ninguém vê a TVI e ela tem o 1º lugar em audiência.
    Eu vejo, mas mudo de canal quando aparece o Professor.
    Claro que a maior parte do tempo estou sintonizado ou na SporTv ou Canal Benfica.
    Graças a Deus e a Jesus.

    Gostar

    • johnas permalink
      18 Agosto, 2013 21:19

      Ó fado, que é do comando ?!

      Gostar

    • Fincapé permalink
      18 Agosto, 2013 21:42

      Andavam todos a criticar a RTP, dizendo que ninguém a via (exceto eu) e agora, afinal, ninguém vê a TVI. Elogio-lhe a coragem em assumir que não perde o Goucha. Parabéns.
      Já agora, aquela dos fellatios, quem os terá feito, fado? Lisboetas, certo? 😉
      Quanto ao Benfica, começámos mal, como eu previa.

      Gostar

      • 18 Agosto, 2013 21:57

        Fincapé,

        Se a bovinização do gosto imperasse este país seria cultural e intelectualmente mais miserável.
        Ainda bem que há canais (esrangeiros alternativos à tal que (não duvido…) tem o “1º lugar” nas audiências…

        Quanto ao SLBenficas, está novamente numa fase de sadomasoquismo e autofagia (como esteve no período Vale e Azevedo) dos dirigentes, equipa técnica e da maioria dos adeptos e sócios.
        Eu tenho avisado, tal como fiz entre 1997 e 2000 : podem acordar ou deitar-se com uma má notícia… CuidadeX !

        Gostar

      • Fincapé permalink
        18 Agosto, 2013 22:21

        Eu, adepto não doente, me confesso. O Benfica especializou-se em asneirar tanto antes do campeonato começar e em não ganhar o primeiro jogo que torna difícil a sua conquista. Para imensa tristeza do fado alexandrino e alguma minha. 🙂

        Gostar

    • manuel caçoilo permalink
      22 Agosto, 2013 01:40

      Isso é que é cultura! Chamar fellatio a um broche !

      Gostar

  18. johnas permalink
    18 Agosto, 2013 21:27

    Mas é claro, eles falam, falam, falam, e não dizem nada, nadinha que seja assim, como deve ser, verdadeiro, não, só conversa de azeiteiro… e então fui lá ver, pessoal, uma beleza de entrevista, dessas mais interessantes, de um belo homem, ator, tomado pela doença, que superou, graça a deus e tudo, em vida acima do normal, num galã de classe, inteligente, bonito, a causar água na boca ao pessoal, já pelo entrevistado, em si, um caso de sucesso raro, já pela entrevistadora, só a melhor, que entretanto acaba de reslver o casamento em divórcio do psd liberal das quatro quintas, Seara,.o benfikista.
    E pois tem garra, fora de série, autêntica, me gusta la entrevista .

    Gostar

  19. Tiradentes permalink
    18 Agosto, 2013 21:54

    Pelos vistos há aqui muita gente que costuma ver o Big Brother e tirar ilações políticas dele.

    Gostar

  20. edgar permalink
    19 Agosto, 2013 02:07

    Ora aqui está um comentário (dois azeiteiros) à medida do comentador.

    Gostar

  21. José Domingos permalink
    19 Agosto, 2013 21:02

    As supeiras, são assim. Também fazem fretes.

    Gostar

    • ora permalink
      19 Agosto, 2013 21:08

      escreve-se sopeiras

      e José aos domingos…..fazem fretes ou bóbós que é calão

      pois palavras em português não têm dupla acentuação

      sus papeiras sã otre xose diria autre só ares

      Gostar

  22. nuno granja permalink
    20 Agosto, 2013 02:07

    Brilhante!

    Gostar

    • und permalink
      20 Agosto, 2013 02:15

      bolas pá para achares brilhante isso

      deves ser filho do vasco granja

      herda-se o quê da máfia cultural?

      uma liga de amigos com bué de transferências de um ministério ou conselho de conselheiros?

      da assembleia da púbica res?

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers gostam disto: