Saltar para o conteúdo

Como o Hamas dispara os seus rockets de um terreno ao lado de um hotel de jornalistas

6 Agosto, 2014
by

Já fiquei alojado no Gaza Hotel (no longínquo ano de 1995) e na altura não havia tantos prédios à volta, mas havia seguramente menos jornalistas no hotel do que nos últimos dias. Não deixa por isso de ser revelador que só uma cadeia de televisão indiana tenha registado e reportado a forma como Hamas montou um rocket e depois o disparou de um terreno mesmo ao lado do hotel. Ou seja, viu aquilo que a generalidade dos enviados especiais a Gaza não tem conseguido ver.

Anúncios
16 comentários leave one →
  1. Juromenha permalink
    6 Agosto, 2014 12:43

    “Jornalistas”, diz o senhor?
    Desengane-se : fazem parte de uma ( mais vasta…) “claque”…

    Gostar

  2. Nuno permalink
    6 Agosto, 2014 13:20

    Não percebo a necessidade de esconderem as caras dos responsáveis pela operação.

    Gostar

  3. 6 Agosto, 2014 15:24

    Estranho, as gentes da Palestina não se manifestam neste post?
    R.

    Gostar

    • 6 Agosto, 2014 20:16

      Não estranhe não senhor R.. Já estamos habituados há muitos anos, não só de agora, a estas tiradas do senhor JMF.
      São longos os tempos e remontam quando naqueles tempos o Público era o enjôo de todas as matinas (haviam também uns escritos da senhora HM).
      Até que um dia e em boa hora digo Eu, esse senhor se foi (e também saiu a senhora HM). O resto já o senhor deve saber.
      Enfim, liberalices às quais nos fomos habituando e detestando (ou odiando no meu caso) dia após dia.
      Quanto ao facto das gentes da Palestina não comentarem, é por se estar à espera da volta.
      De momento até convém. Sempre alinhei pelas acções de surpresa. São mais emotivas e radicais. .

      Gostar

  4. BELIAL permalink
    6 Agosto, 2014 18:59

    Os gajos que se mudem para o ganza hotel.
    Ficam mais em paz.

    Gostar

  5. 6 Agosto, 2014 19:25

    O vídeo já não está disponível, mas fica a mesma dúvida de sempre.
    Como é que sabem que são do Hamas?

    Gostar

  6. lucklucky permalink
    6 Agosto, 2014 20:13

    O vídeo está disponível.

    Os que seguem os media internacionais sabem muito bem que jornalistas da BBC, do The Guardian , The Independent entre outros aconselhavam a Fatah.

    Provavelmente fazem o mesmo com o Hamas. O The Guardian convida o Hamas para as suas conferências.
    Mas não é só o media de “Esquerda”
    O Wall Street Journal forçou um jornalista a apagar um tweet a dizer que as entrevistas para os media de vários comandantes do Hamas são feitos no Hospital de Gaza e que o Hospital estava cheio de combatentes do Hamas.

    O jornalismo não passa de manipulação política.

    Gostar

  7. lucklucky permalink
    6 Agosto, 2014 20:17

    Lançadores de rockets junto a edifício da ONU e casas.

    Gostar

  8. lucklucky permalink
    6 Agosto, 2014 20:24

    Estatísticas:

    3,356 rockets fired at Israel
    2,303 hit Israel
    356 intended at IDF forces operating in Gaza
    116 of which hit populated areas (3.45%)
    578 were intercepted by Iron Dome
    475 landed within the Gaza Strip

    Prior to the operation, the IDF estimated the Gaza rockets arsenal at =

    approximately 10,000 rockets. 1/3 of which were fired at Israel, and an =

    additional 1/3 was demolished by the IDF.

    Geographic Breakdown
    69.4% fired from the northern Gaza Strip
    12.9% fired from the central Gaza Strip
    17.3% fired from the southern Gaza Strip
    597 rockets were launched from civilian facilities abused by terrorists =

    (18%)
    Approx. 260 launched from educational facilities (schools)
    Approx. 127 launched from cemeteries
    Approx. 160 launched from religious sites
    Approx. 50 launched from hospitals

    4,762 terror sites struck across the Gaza Strip:
    1,678 rockets launching capabilities
    977 command and control centers
    237 militant wing government faculties
    191 weapon storage and manufacturing facilities
    144 training and militant compounds
    1,535 additional terror sites

    Eliminating Mission – Gaza tunnel network
    32 Terror tunnels neutralized
    14 crossed into Israel
    2 tunnels had shafts located 300-500 Meters from Israel

    750- 1,000 militants targeted
    At least 253 Hamas operatives
    At least 147 Palestinian Islamic Jihad operatives
    At least 65 operatives of various organizations
    At least 603 operatives whose affiliation is unknown

    In addition, 159 suspected terrorists have been questioned by Israeli =

    security forces, 25 of which are currently imprisoned.

    Israeli Casualties
    3 civilians killed
    64 IDF soldiers killed in combat
    83 Israeli civilians wounded
    463 IDF soldiers wounded

    1,856 trucks of Humanitarian aid supplied to Gaza, carrying 40,550 tons
    -1,491 trucks with 37,178 tons of foods
    -220 trucks with 1,694 humanitarian supplies
    -106 trucks with 1,029 tons of medical supplies

    ———————————————————–
    Informação que obviamente nunca faz parte de um jornal ou TV.

    Gostar

    • LTR permalink
      7 Agosto, 2014 09:42

      Nem sequer as que passam destacadamente na CNN! Portanto, esta gente sabe muito bem o que anda a fazer. Mas as da própria ONU reportando a presença de rockets nas suas escolas também não passam.

      Gostar

    • Chico permalink
      7 Agosto, 2014 19:29

      Estatísticas fornecidas por quem?

      Gostar

  9. tamal permalink
    7 Agosto, 2014 11:21

    Guerra injusta, essa, que não é David contra o Golias, nem vice versa, se a um são dadas todas as armas e a outro meras bichas de rabiar no entrudo. E lá virá dia, eu espero, que Jeová arranje maneira de o Caim e Abel se baterem de igual para igual, se não que na razão inversa do até aqui visto .

    Gostar

  10. Chico permalink
    7 Agosto, 2014 19:32

    Grande encomenda do governo israelita!

    Gostar

    • O SÁTIRO permalink
      8 Agosto, 2014 13:01

      meu caro

      a sua covardia é óbvia…

      vá viver no meio de gaza…..mesmo em tempos de paz….

      para saber o q é a barbárie selvage do hamas.

      falar da Europa é fácil….mas ser fuzilado ou chicoteado pelos selvagens islâmicos

      Gostar

  11. O SÁTIRO permalink
    8 Agosto, 2014 12:59

    Bom ou é ironia…

    ou não concordo com jmf…

    os outros “jornalistras” viram e viram muito bem

    a questão é que defendem com unhas e dentes a barbárie e a selvajaria islâmica…

    logo CENSURA-SE aquilo que são verdadeiros crimes contra a humanidade praticados

    pelos carniceiros do hamas.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: