Saltar para o conteúdo

linhas tortas

20 Dezembro, 2015
by

Bloco de Esquerda e Partido Comunista recuperam os feriados do Corpo de Deus (26 de maio) e do Dia de Todos os Santos (1 de novembro). Os tais feriados religiosos a que a direira reaccionária e ultramontana tinha posto termo. Estranhos são os caminhos do Senhor, que cada vez mais escreve direito por linhas tortíssimas. A Opus Dei agradece.

16 comentários leave one →
  1. procópio permalink
    20 Dezembro, 2015 19:00

    As linhas tortas são parte da metodologia do embuste marxista.
    A recuperação dos feriados religiosos é um exemplo claro.
    Forma hábil de esconder as suas intenções. Sempre omissas as suas intenções de transformar radicalmente a civilização Ocidental e destruir os seus fundamentos.
    Embora continuem a adorar a múmia de lenine, fiéis admiradores do estalinismo que nunca renegaram, hoje servem-se de Gramsci, da sua longa marcha pelas instituições sociais, governos, o sistema legal, os militares, as escolas e os media.
    Dizia ele: “Enquanto os trabalhadores tivessem uma alma Cristã, eles nunca responderão ao apelo revolucionário”.
    O fundador do marxismo cultural tão em voga nas nossas universidades, Georg Lukacs dizia: “a almejada subversão mundial dos valores não pode ocorrer sem primeiro a aniquilação dos antigos valores e a criação de novos valores por parte dos revolucionários”.
    A subversão dos valores religiosos passa por fingir respeitá-los no entretanto.

    Liked by 1 person

    • PiErre permalink
      20 Dezembro, 2015 19:22

      Exactamente. Antonio Gramsci e Georg Lukacs aperfeiçoaram de tal maneira o marxismo que esta pestilência se torna inevitável e incurável. Já não tenho esperança de ver o mundo melhorar.

      Gostar

  2. 20 Dezembro, 2015 19:39

    Penso que o BE repõe os ditos feriados, não por serem religiosos, mas por simplesmente serem feriados.

    Gostar

  3. 20 Dezembro, 2015 19:41

    O post é outro.
    Mas o momento é este:
    – Afinal… PODEMOS!…

    Gostar

    • antónio permalink
      20 Dezembro, 2015 21:02

      João de Brito, tem em mente uma nova cretinice parlamentar desta vez em Espanha ?? A esquerdalha quer corroer a União Europeia e vai conseguir, enfim enquanto existir gente a apoiar esta politica de terra queimada os povos vão sofrer. E os Alemães que são quem tem dinheiro está-se marimbando para os povos dos países mais pobres. Deixe lá, depois escreve um discurso dos seus todo polido mas repleto de inanidades. O problema é que o seu discurso é como o do velho Atilio da novela que dizia que o estrume era ouro. Vá aparecendo pois é sempre bom saber o que pensa o comité central.

      Gostar

  4. procópio permalink
    20 Dezembro, 2015 19:54

    O marxismo matou mais de 100 milhões de pessoas durante o século XX, falhou em todas as sociedades onde se instalou sempre pela força.
    Pois os marxistas, apresentam-se como os maiores, sem qualquer estigma.
    Estigma têm os opositores. São expostos como malignos, em vez de discutir de forma racional os seus argumentos.
    As qualificações “racista” ou “fascista” são as armas toscas de arremesso.
    Isto só é possível em populações desinformadas e intoxicadas pela propaganda.
    A queda do Muro de Berlim foi um episódio, a ideologia manteve-se nos meios do far niente, fez ninho nos intelectuais de pacotilha. Com a sua ajuda tentam converter o rebanho, destruir laços e valores. Os convertidos perdem-se no seu interior como forma de mascarar a sua mesquinha, insignificante e superficial existência.
    O multiculturalismo é um trunfo. A imigração muçulmana está a ser usadas como um instrumento para destruir as instituições, as normas e as ideias que a esquerda tentou no passado destruir por meio da economia.
    Também por cá a sic, a tvi, a global media trabalham nesse projeto de larga escala por entre futebol, telenovelas rascas e programas idiotas com gente idiota.
    Não se têm saído mal.

    Gostar

  5. Colono permalink
    20 Dezembro, 2015 20:41

    Recuperaram estes:

    Para repor outros e aumentar mais alguns…

    Comuna não dá nada de borla.!

    Gostar

    • 21 Dezembro, 2015 00:40

      A tolerância de ponto em Dezembro de 2015:
      – todo o dia 24 de Dezembro*
      – todo o dia 31 de Dezembro*
      – ambos os dias oferecidos**
      – só para a função pública***

      * ou seja, a tolerância não é de meio dia
      ** não precisam de escolher só um dos dias e trabalhar no outro
      *** onde pára a “bendita” IGUALDADE DE DIREITOS?

      Diminuir a produtividade e aumentar o consumo para incentivar a economia!!!
      Diminuir a receita e aumentar a dívida para diminuir o défice.

      Gostar

  6. 20 Dezembro, 2015 21:03

    O Comunismo é uma religião.
    Natural que respeitem, e até acarinhem, as outras.

    Gostar

  7. 21 Dezembro, 2015 00:56

    O outro dizia que a Jangada era de pedra. Ui.. tá toda a abanar.

    Gostar

  8. lucklucky permalink
    21 Dezembro, 2015 01:32

    Podemos = Esquerda Marxista+Republica Islâmica

    https://es.wikipedia.org/wiki/HispanTV

    Não espere que apareça por cá nos noticiários.

    Liked by 1 person

  9. Almeida permalink
    22 Dezembro, 2015 17:17

    De facto, para a esquerda foi um “milagre” termos uma direita que tomou medidas tão imbecis como essa do corte dos feriados.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers gostam disto: