Skip to content

Redistribuição de riqueza

6 Fevereiro, 2016

No orçamento de 2016 há cerca de mil milhões de euros de impostos indirectos que vão levar a um aumento generalizado dos preços. Estes mil milhões de euros serão canalizados para aumentar os salários da função pública e o rendimento de reformados que ganham mais de 4000 euros e para os donos de restaurantes. Haverá, portanto, uma transferência de rendimento do sector dos bens transaccionáveis para o sector dos bens não transaccionáveis, reduzindo os incentivos para participar e investir em actividades produtivas no sector privado. É mais um passo para se voltar ao status quo de 2011.

Screen Shot 2016-02-06 at 18.16.26.png

Anúncios
82 comentários leave one →
  1. 6 Fevereiro, 2016 18:23

    “É dinheiro do P’S'” — como disse há anos uma eurodeputada aos habitantes dum bairro no Porto, sugerindo que esse partido etc & tal.
    Portanto, estes mil milhões do OE, pode ser “dinheiro do P’S'”, nenhum problema para o orário(*) público.

    (*) ouvi dum dirigente dum clube.

    Liked by 1 person

    • Rocco permalink
      6 Fevereiro, 2016 20:33

      Era a Elisa da gamela, que não queria voltar para a gamela de Bruxelas, queria ficar no Porto como “presidenta” (como a outra anta, a do Brasil). Como não ficou, lá voltou para a gamela… Dizia a gaja: “o dinheiro é nosso. é do peiésse”…

      Liked by 2 people

    • Bolota permalink
      7 Fevereiro, 2016 09:29

      MJRB,

      Tu que és um individuo equilibrado em termos de comentarios , não consegues esconder os gargolejos de azia que te embarga a voz.
      Com a agravante de vires de um governo que apenas gerou miseria e um mão cheia de lacaios do tipo Paulo Rangel que devia ser considerada persona nom grata em Portugal. Betinho de merda que nem tamanho tem para levar um estalo…

      Gostar

      • 7 Fevereiro, 2016 10:35

        Bolota,

        Desta vez para sempre esclareço-o que nada tenho a ver com nenhum partido político.

        Entendo que o governo do PPCoelho talvez pudesse negociar com a troika de modo a suavizar o impacto dos cortes nas classes sociais mais desprevenidas e habitualmente penalizadas. Mas também suspeito que a troika cortou cerce essa intenção, porque não é normal um país pedir três resgates em 40 anos.
        Quem empresta dinheiro a um crónico e irresponsável despesista (Estado tuga) tem de o ter debaixo de olho e vergonha das vergonhas, orientá-lo e vigiá-lo. Causadores ? Um único: o P”S”. O mesmíssimo P”S” que a CDU e o BE apoiam, sustentam.
        PPCoelho governou conforme a conjuntura, nada fácil. Teria de ser drástico. Os tugas que ganhem juízo.

        Não avalio as pessoas –nem PRangel– pelo seu tamanho físico e aspecto. Entendido ?
        Vc. revela uma grande falta de nível ao escrever isto: “que nem tamanho tem para levar um estalo…”.

        Gostar

      • 7 Fevereiro, 2016 14:08

        O Estaline (mais ou menos 1,60m de altura) também tem tamanho para não levar estalos?

        Gostar

      • Bolota permalink
        7 Fevereiro, 2016 15:27

        MJRB,

        Sobre o Rangel, o homem não presta mesmo e é baixinho que se farta.
        Estar contra um partido é diferente de estar contra o país e ele de forma baixinha já que patrocinou as medidas da quadrilha podia e devia de dar o benifiocio da duvida, mas não deu. Já imaginaste o Rangel sem o 25 de Abril???

        Gostar

  2. procópio permalink
    6 Fevereiro, 2016 18:30

    As empresas são um estorvo ao progresso, a menos quando são públicas.
    Só não vê quem não quer. Os exemplos da história servem para quê?
    É preciso eliminar os “ricos” para que os pobres fiquem mais pobres, mas resignados.
    Ao menos deixam de os ver à sua volta.
    E já agora,
    Para quem gosta de boa fotografia, em jeito de antecipação.
    http://elpais.com/elpais/2016/02/04/album/1454573505_053494.html#1454573505_053494_1454573782

    Liked by 1 person

  3. ali kath permalink
    6 Fevereiro, 2016 18:37

    é favor acrescentar os 7 bóis da tap

    Liked by 1 person

    • 6 Fevereiro, 2016 18:40

      + secretárias (as de carne e osso), despesas de representação, gasolina paga, viagens de borla, etc..

      Liked by 1 person

      • antónio permalink
        6 Fevereiro, 2016 19:29

        Secretárias mal ou bem piropadas ???

        Gostar

  4. procópio permalink
    6 Fevereiro, 2016 18:45

    Com a TAP voa-se mais alto, o pior é quando o avião cai.

    Liked by 1 person

  5. JgMenos permalink
    6 Fevereiro, 2016 18:55

    Não se esqueçam dos refugiados que o Costa anda a tentar trazer para cá, ainda que contrariados!.
    A construção de mesquitas vai animar a construção e a sua integração vai contribuir imenso para promover o emprego e enriquecer a escola pública.

    Liked by 1 person

    • Bolota permalink
      7 Fevereiro, 2016 09:38

      Refugiados que são obra da quadrilha já que Passos Portas e restante quandrilha em tempo algum esteve contra as guerras que os originaram e que alias os numeros foram negociados por Rui Machete.

      Gostar

      • sam permalink
        7 Fevereiro, 2016 12:34

        O nosso Bolotinha é o único com coragem para se opor aos bombardeamentos do Putin, esse bandalho…

        Gostar

      • Bolota permalink
        7 Fevereiro, 2016 15:29

        MJRB,

        Sobre o Rangel, o homem não presta mesmo e é baixinho que se farta.
        Estar contra um partido é diferente de estar contra o país e ele de forma baixinha já que patrocinou as medidas da quadrilha podia e devia de dar o benifiocio da duvida, mas não deu. Já imaginaste o Rangel sem o 25 de Abril???

        Gostar

      • sam permalink
        7 Fevereiro, 2016 20:52

        Ai, Bolotinha, ainda bem que já fizeste as pazes com o 25 de Novembro.
        A tua pandilha esteve por um fio…

        Gostar

  6. procópio permalink
    6 Fevereiro, 2016 19:15

    O kosta ao que parece dispõe das universidades.
    O barrabotas vai prometer à senhora
    Merckel não sei quantos vagas nas universidades.
    Se os refugiados falam português não cuida de saber, se existe espaço também não, se existem laboratórios, se existem professores, isso é irrelevante para o kosta.
    Daqui se entende o que são universidades para ele. Albergues para amantoar.
    O kosta e os da sua famiglia sabem enganar enquanto podem.
    Quando já não puderem, vão culpá-lo a si, e a si, e a si. É tudo e não é despiciendo.
    O João também não escapa.
    O miguel de vasconcelos continua a sua caminhada até ser descoberto.

    Liked by 1 person

  7. 6 Fevereiro, 2016 19:19

    As auto-estradas, os hospitais, os pavilhões gimnodesportivos, as rotundas estão feitos. A agricultura foi reestruturada pelos espanhóis, assim como a pesca. Portugal já não tem que se preocupar com o ano agrícola nem com a escassez de peixe nem com os acessos à Calçada de Carriche. Estas é que são as boas notícias…

    Gostar

    • Bolota permalink
      7 Fevereiro, 2016 09:47

      Nem com a EDP, nem com o estaleiro de Viana, nem com a Banca porque está carregada de papel incluindo o banco do Dr Relvas, nem com a PT, nem com os CTTs nem com…limparam tudo o que de valor podiam limpar.

      Gostar

      • sam permalink
        7 Fevereiro, 2016 12:31

        A nossa miséria é tão grande, mas tão grande, que até já parecemos um país comunista. Que desgraça!…

        Gostar

      • Bolota permalink
        7 Fevereiro, 2016 15:33

        Sam,

        Vocês são uns vazios dum cabrão, eu falo em questões nacionais e tu falas em nada

        Gostar

      • 7 Fevereiro, 2016 15:50

        Bolota,

        O comunismo mede-se pelos lugares onde se implantou. E o pior do mercado livre é melhor que o melhor do comunismo: e provam-no os fluxos migratórios.

        ANEDOTA SOVIÉTICA:

        P: O que é um duo musical?

        R: É uma orquestra sinfónica soviética depois de uma digressão no estrangeiro.

        Gostar

      • Bolota permalink
        7 Fevereiro, 2016 18:26

        Chico Colaço

        ” Nem com a EDP, nem com o estaleiro de Viana, nem com a Banca porque está carregada de papel incluindo o banco do Dr Relvas, nem com a PT, nem com os CTTs nem com…limparam tudo o que de valor podiam limpar.”

        Gostar

      • sam permalink
        7 Fevereiro, 2016 20:45

        Ai, Bolotinha, o que tu choras é ter-se acabado o chiqueiro sindicalista em Viana…

        Gostar

  8. antónio permalink
    6 Fevereiro, 2016 19:33

    Este post está a fazer a papinha toda ao descendente de um Goês que nos governa. Deixemos o Costa desopilar toda a sua adrenalina debitando disparates pois a médio prazo e para mal dos nossos pecados toda a asneira ficará evidente qual fractura exposta…

    Gostar

  9. Juromenha permalink
    6 Fevereiro, 2016 19:55

    Receita para-soviética da choldra : a burocracia “governa-se” , o resto que se amanhe conforme puder…

    Liked by 1 person

  10. Rocco permalink
    6 Fevereiro, 2016 20:35

    Este porco preto tem que ser corrido antes deste orçamento entrar em vigor. E, depois, revertam-se as reversões.

    Gostar

  11. Almeida permalink
    6 Fevereiro, 2016 21:38

    “Haverá, portanto, uma transferência de rendimento do sector dos bens transaccionáveis para o sector dos bens não transaccionáveis”.

    Quais “bens transacionáveis”? O João Miranda faz aqui um grande exercício de imaginação… mas nada mais. A economia portuguesa está no buraco há muitos anos e se a actual política económica não a vai de lá tirar, a do anterior governo afundou-a ainda mais. Enquanto continuarmos a olhar para o problema orçamental sem o articular com o económico, é no buraco que permaneceremos.

    Gostar

    • Manuel permalink
      6 Fevereiro, 2016 22:31

      Concordo. Existe um pequeno senão: no euro não voltaremos a ter economia sem um corte radical na despesa pública e descida de impostos, coisa que os partidos do “pote” não estão interessados, veja-se a reversão da privatização TAP que, no final, o que releva de importante, são lugares para boys.

      Gostar

      • Almeida permalink
        7 Fevereiro, 2016 00:08

        É preciso negociar, é preciso reforçar o lado dos que (como a Itália) criticam a actual orientação europeia e o Pacto de Estabilidade. Se nesse domínio conseguirmos alguma coisa, os impostos podem baixar.

        Gostar

      • Tiradentes permalink
        7 Fevereiro, 2016 11:25

        Quem refila são apenas os despesistas, os que vivem de empréstimos, que acham que tem o direito divino de serem suportados por outrem.
        Negociar é eufemismo para dizer isso mesmo. Queremos as nossas vidas e os outros que paguem. Estamos falidos e queremos estar falidos e vcs tem de nos dar o vosso dinheiro, para a gente gastar.
        São os mesmos que vão ao banco e sacam de lá os empréstimos e no minuto seguinte lhes chamam agiotas como se alguém os tivesse obrigado a ir ao banco.
        Assinaram todos o Pacto de Estabilidade ( o porreiro pá, Costa incluído reforçou) que apenas consiste na ideia de dever cada vez menos. Mal assinaram reforçam a ideia que dever mais é que é bom. Depois ainda se queixam de ficar nas mãos do “mercado”
        Curto e grosso é isso apenas.

        Gostar

      • Almeida permalink
        9 Fevereiro, 2016 11:10

        Tiradentes:
        Se não consegue ir um pouco mais longe no seu raciocínio…

        Gostar

  12. 6 Fevereiro, 2016 22:33

    Vejo ali uma data de medidas com impacto de 0,0 % no PIB.
    Então estão lá para quê?

    Gostar

    • Bolota permalink
      7 Fevereiro, 2016 09:16

      Fado,

      Foram lá colocadas. de proposito para que o Fado fizesse esta inteligentissima observação no Blasfemias e assim…Porque não te calhas??? O meu espanho é um espanto.

      Uma coisa é certa, destes ainda sabemos das medidas de impacto 0,0 da quadrilha, sabias que as medidas cá dentro eram provisorias e lá foram era definitivas..

      Fado, atina porra

      Gostar

      • sam permalink
        7 Fevereiro, 2016 12:38

        Ai, Bolota, os porcos de Cuba consolam-se contigo…

        Gostar

      • 7 Fevereiro, 2016 14:13

        Sam,

        O porco (el chancho) era a alcunha do Che Guevara. Tinha horror a tomar banho, e tal era o cheiro que uma vez outros seus companheiros o meteram na banheira à força. Pode usar este facto conhecido em posteriores referências ao nosso Bolota.

        Comunista que é comunista é uma verdadeira besta: cheira como um cavalo e pensa como um burro.

        Gostar

      • 7 Fevereiro, 2016 20:07

        Obrigado.
        Confesso a minha admiração sobre dois pontos que se aplicam aos vários Bolotas.
        Primeiro deviam organizar-se, um (o mais verdadeiro) nunca escreveria para que o Fado fizesse , ele não conhece o tratamento por você.
        Segundo , comummente nunca respondem às perguntas.
        Bom Carnaval.

        Gostar

  13. LTR permalink
    6 Fevereiro, 2016 22:33

    Com asneiras a entrar em vigor em Julho muita gente só perceberá o descalabro muito depois das eleições 🙂

    Gostar

  14. procópio permalink
    6 Fevereiro, 2016 22:58

    LTR, talvez perceba antes. Está tudo parado, os bancos em situação crítica, os investimentos fogem, o desemprego vai subir, nem os pêésses acreditam na jogada.
    Os benefícios com que o lábio grosso, goês duvido, contava foram comidos em Bruxelas.
    Agora é só encher o saco e ir à vida, culpando tudo e todos.
    Em breve voltaremos para a âncora onde estava a lancha estável. Mesmo tendo em conta que com uma lancha não se irá longe.

    Liked by 1 person

  15. Arlindo da Costa permalink
    6 Fevereiro, 2016 23:00

    O Governo não obriga ninguém a gastar gasolina para passearem ao fim de semana. Nem obriga a beberem vodkas e wiskhys. Poupem!
    Enquanto um litro de gasolina estiver mais barata do que um litro de cerveja, claro que a gasolina ainda está muito barata.
    Sendo assim ainda há possibilidade de muita progressão no preço dos combustíveis…

    Gostar

    • antónio permalink
      7 Fevereiro, 2016 11:24

      Arlindo, desculpe lá mas vá à bardamerda pois dispenso os seus conselhos de como disfrutar dos meus fins-de-semana !!

      Gostar

      • Tiradentes permalink
        7 Fevereiro, 2016 11:31

        Estes burguessos acham que a batata é produzida ao fim-de semana. Que no plantio não se gasta “gasolina”, que na apanha também não e que o camião que a trás ao supermercado é movido a ar.
        Mas se nos resumirmos ao fim-de-semana e se não gastarmos gasolina onde é que esta gente vai buscar dinheiro para pagar as conquistas civilizacionais da burguesia reaccionária?
        Sigam-lhes o conselho e não paguem para os outros. Façam boicote ao enorme aumento de impostos consumindo o menos possível.
        Acabam por engolir as merdices que botam da boca para fora

        Gostar

    • 7 Fevereiro, 2016 15:52

      Arlindo da Costa,

      Está sinceramente a sugerir às pessoas que troquem o lúpulo pelo trotil?

      Gostar

  16. procópio permalink
    6 Fevereiro, 2016 23:08

    kosta: “Usem mais transportes públicos”, “deixem de fumar” e “moderem” recurso ao crédito.
    Vou fazer isso, depois digo do resultado.
    O kosta afirmou que “o Orçamento do Estado estava melhor antes da intervenção da Comissão Europeia”. Lá isso estava, mas ele não quiz incomodar a senhora Merckel com pormenores. Quem o vai incomodar, não tarda, é a senhora Merckel.

    Gostar

  17. Prova Indirecta permalink
    6 Fevereiro, 2016 23:16

    Acho que antes da Merkel , vai ser o Jerónimo .
    Estou curioso para ver isto votado na A.R .

    Liked by 1 person

  18. procópio permalink
    6 Fevereiro, 2016 23:26

    Para onde o kosta e sua famiglia nos levariam em pouco tempo.
    http://www.aljazeera.com/news/2016/02/price-controls-fuel-illegal-trade-venezuela-160205190933644.html

    Gostar

  19. procópio permalink
    6 Fevereiro, 2016 23:49

    Está a chegar o momento do kosta os receber cá.
    Ainda acabarim por votar nele.
    http://www.lemonde.fr/europe/article/2016/02/05/le-mouvement-islamophobe-pegida-appelle-a-manifester-dans-quatorze-pays-europeens_4860315_3214.html

    Gostar

  20. procópio permalink
    7 Fevereiro, 2016 00:00

    A redistribuição tem aspetos caricatos.
    É o caso da sarna que afeta as escolas em Lisboa e arredores.

    Gostar

  21. licas permalink
    7 Fevereiro, 2016 00:11

    procópio PERMALINK
    6 Fevereiro, 2016 18:30

    Exatamente: A Esquerda “joga” muito sacanaente na Psicologia dos
    invejosos dos bens dos ricos.
    Por mim, com 17 anos em reforma, tenho a vida a peorar constantemente
    já pelos cortes, já pelo aumento dos preços dos bens essenciais (e outros)
    Não obstante não invejo os ricos excepto os que nada produzem, os empresários, esses,
    serão para todos nós bem-vindos

    Gostar

  22. 7 Fevereiro, 2016 00:26

    Então, parece que ontem o AC/DC aconselhou os tugas a pouparem, a fumarem menos, a viajarem em transportes públicos… Terá sido na catequese que fez ao rebanho no Porto.
    Ora, tudo isso parece-se com ladainha de timoneiro de populaça residente num país sob regime totalitário…
    Ó Costa, pois eu continuarei a fumar, beber, comer o que quiser e a evitar viajar entre o rebanho. E muito menos de sua excelência recebo conselhos.
    Acredito que alguns bovinos passem a praticar o que o querido líder pediu…

    Liked by 1 person

  23. licas permalink
    7 Fevereiro, 2016 00:44

    Outra mania da Esquerda (e de alguns sociais-democratas)
    consiste nos sermões de bom comportamento ensinando ao povo
    o que deve p+romover, o que é de evitar, como deve pensar.
    Resumindo: ensinar a Democracia ao Povo.
    Invertem o princípio de que a Soberania reside em o povo,
    e transferem-na para a Ideologia de que eles são os arautas, professores
    e quiçá correctores de desvios da Boa Doutrina. Imbecis chapados!

    Liked by 1 person

  24. Almeida permalink
    7 Fevereiro, 2016 09:03

    É evidente que este orçamento é uma manta de retalhos entre o que a maioria defendia e o que a UE exigiu. Aspecto positivo: finalmente, houve negociação e não se limitaram a aceitar o que os burocratas europeus pretendiam, Aspectos negativos: tudo o resto, nomeadamente não haver medidas para relançar a economia ou para reformar o Estado. Mas, pergunta-se: que legitimidade para criticar têm aqueles que nada disso fizeram ao longo de quatro anos?

    Gostar

    • Bolota permalink
      7 Fevereiro, 2016 09:52

      Faz toda a diferença a questão negociar. Apesar da actuação do anão Paulo Rangel. Anão até intelectualmente.

      Gostar

      • 7 Fevereiro, 2016 10:41

        Respondi-lhe acima, ao seu comentário, 09:29

        Bolota,
        Recomende ao seu PC isto: que retire suave, atempadamente e com justificações aceitáveis, o apoio parlamentar ao AC/DC. Caso contrário, obterá mais um retrocesso eleitoral.
        Este governo está desorientado. Não cumprirá a legislatura.
        Mas se Bolota não se importar de o seu partido for co-culpado pela vinda de mais um resgate drástico…

        Gostar

      • 7 Fevereiro, 2016 15:58

        Lenine: 1,65m
        Estaline: 1,60m

        Adolfo Hitler: 1,73m
        Mussolini: 1,69m

        Até o Adolfo socialista é maior do que os anões socialistas da Ursa.

        Gostar

  25. castanheira antigo permalink
    7 Fevereiro, 2016 11:20

    Quando os oligarcas no poder se preocupam mais em manter os privilégios deles próprios e dos que lhes estão próximos ( de 700 000,00 € em 2015 passa a 18 600 000,00 € em 2016 de rendas vitalícias para políticos ) ;
    Quando os oligarcas no poder tomam as medidas descritas no “post” sem sequer se preocuparem com os efeitos nefastos na economia ,no investimento , no emprego e na confiança , tudo em benefício dos que lhes estão próximos ;
    Quando as classes produtivas são esmagadas em benefícios das classes burocráticas e das classes subsidio dependentes ;
    Quando aqueles que trabalharam e pouparam são esmagados em benefício dos proclamadores dos direitos adquiridos ( à custa dos outros);
    Conclui-se que a inversão deste caminho para a pobreza generalizada é muito difícil ou até impossível no contexto da republica representativa que é o nosso sistema politico a que a generalidade chama impropriamente democracia . Deste modo o colapso ,dar-se-á de forma mais ou menos lenta como está a acontecer na grecia , venezuela etc onde os oligarcas ainda não foram atingidos ou de forma mais abrupta quando aqueles começarem a ser atingidos pela onda.

    Gostar

    • Manuel permalink
      7 Fevereiro, 2016 12:05

      Como é evidente sr Castanheira. Com Costa podemos ir mais depressa ao charco, mas a política económica não difere muito do que Passos fez, são modos similares de gerir o nosso futuro: mais empobrecimento, mais emigração e mais desigualdade na sociedade, a nomenclatura está instalada na manjedoura e serve-se até ao fim. Nada que me espante, algo similar aos países africanos que são ajudados pela FAO e outras organizações e as suas elites roubam e “investem” na Europa, como se está a ver com o Congo.

      Gostar

  26. Manuel permalink
    7 Fevereiro, 2016 13:26

    Sam, se gostas de ser enganado, tudo bem. Aqui vão os números de Passos: de 2014 para 2015, o aumento de impostos foi de 2066 milhões de euros. Aguarda uns dias já te digo quanto vão aumentar com Costa.

    Gostar

    • 7 Fevereiro, 2016 13:41

      Ora então comece já a fazer contas sob esta hipótese: Os tugas bovinos passam a viajar em transportes públicos e a fumar muito menos ou cortam com o tabaco, conforme a patética recomendação ontem feita pelo AC/DC.

      De facto faltava essa: em 2016, um PM a recomendar aquilo a pessoas adultas, seja, à população.

      Gostar

      • 7 Fevereiro, 2016 14:20

        MJRB,

        Resta saber se ele lidera por exemplo ou por sicarice. Nenhum socialista, que tanto defende a escola pública com as nossas unhas, os nossos dentes e as nossas carteiras, por lá tem os filhos, se conseguir pagar um colégio, Quando o Marocas Sem Ares teve gripe, foi ao Hospital da Luz, privado, tratar-se. É demasiado bom para se sujeitar aquilo a que recomenda e obriga aos outros, pago com dinheiro que não é dele.

        O Costa anda de transportes públicos ou manda andar? Por mim, só não deve andar de burro: seria difícil distinguir entre os dois seres qual deles era o primeiro-ministro; isto é, qual deles pasta e qual deles manda os outros pastar.

        Gostar

      • 8 Fevereiro, 2016 13:55

        Nos EUA e na Holanda, dois conhecidos países comunistas, as pessoas não podem fumar nem na rua e andam de bicicleta a pedal, respetivamente.

        Gostar

  27. 7 Fevereiro, 2016 16:10

    Do AC-DC espera-se sempre um sicário poitico-partidário. Exemplos não faltam.
    Óbvio: muitos “socialistas” das classes média-alta e alta são burgueses. Conheço uns tantos que inscreveram-se no P”S” (de 1974 até há pouco) meramente por interesses pessoais mas…podiam estar no PPD ou no CDS de então.

    O AC-DC foi num automóvel eléctrico ao Palácio da Ajuda tomar posse. Eu, não esperava tamanha demagogia e adolescência tardia. Claro, no dia seguinte passou a viajar no pópó onde os PM’s devem transitar, mais que não seja por segurança — não estamos na Finlândia ou na Dinamarca. O AC-DC ao sugerir os transportes públicos mais aquela do tabaco, revelou publicamente o que se sabe em privado: Nem sempre raciocina escorreitamente. Mas acredito que uns tontinhos cumpram o que o chefe mandou…
    Se num espaço público e ao ar livre eu estiver com ele, certamente não deixarei de fumar à sua frente, o indigente que se incomode.

    Gostar

  28. 7 Fevereiro, 2016 16:11

    Manuel,

    Vc. que defende o regresso ao Escudo, pode fazer as contas que lhe sugeri também nessa moeda.

    Gostar

    • Manuel permalink
      7 Fevereiro, 2016 16:42

      Se não houver um corte de 10000 a 20000 milhões de euros na despesa do Estado, será inevitável uma saída do euro, as políticas económicas de Passos ou Costas levam-nos ao empobrecimento, à emigração e às desigualdades sociais.

      Gostar

      • 7 Fevereiro, 2016 17:11

        O AC/DC trata do assunto. É um político confiável, sério (quando não se ri), há muitas pessoas que têm fé nele, ou seja, mais do que uma pessoa com fé = fezes. Fezes pois no AC/DC.

        Gostar

      • 8 Fevereiro, 2016 13:59

        Isso só acontecerá se os credores desistirem de mamar grande parte do PIB que Portugal gera todos os anos…

        Gostar

  29. licas permalink
    7 Fevereiro, 2016 21:14

    O “não fumem!” do Acosta está na mesma linha do “emigrem. . . ”
    do P.Coelho e também do Maduro que em vez do seu governo
    proporcionar água potável ao povo recomenda que os banhos de
    chuveiro não durem mais de 5 minutos . . .

    Gostar

  30. 7 Fevereiro, 2016 23:48

    Parabéns ao autor por nos mostrar um quadro sucinto. Continuo a não compreender, pois reconheço integridade intelectual a João Miranda, como não consegue perceber que combustíveis e automóveis são os maiores contribuidores para o défice das contas externas, e que, numa economia de mercado, onde existe uma relação entre procura e preço, o aumento da taxação destes bens só pode ser positivo para a economia.

    Importações de Portugal de bens em euros. Fonte: INE

    Liked by 1 person

  31. 7 Fevereiro, 2016 23:51

    Liked by 1 person

  32. 7 Fevereiro, 2016 23:52

    Tem aqui dados dos últimos seis meses. Fonte: DGEG
    http://www.precoscombustiveis.dgeg.pt/

    Gostar

  33. manuel branco permalink
    9 Fevereiro, 2016 09:37

    42 por cento da receita fiscal é irs. como metade trabalha no estado…e falta saber qual a parte do público e do privado aqui. sendo que escola e hospitais são universais e que hospital privado é para menor de sessenta e cinco anos – não é bem mas é quase.

    7 por cento é irc. tadinhas das pme, todas falidas. bem que ppc tudo fez para acabar com as pme de bairro.

    e quanto aos impostos indirectos toda a gente sabe que são regressivos. o engraçado é aparecerem agora como espoliação dos ricos. se o patrono do Observador, Carrapatoso, o tal da prescrição tributária, for da cova da moura para a sede da Vodafone, a tributação do consumo do litro da gasolina é igual à da dona tânia, saída da quinta da gandarinha para ir esticar o cabelo das pretas da cova da moura.

    Gostar

    • 9 Fevereiro, 2016 20:38

      @Manuel, mas os impostos indiretos não são todos regressivos de igual forma. O IVA é claramente regressivo, mas o ISP não é. Metade dos “pobres” (primeiro quintil) não tem carro, logo não paga ISP. Já 90% dos “ricos” (último quitil) tem carro. E há muitos da classe média que usam o carro apenas aos fds. Grosso modo, em Portugal, apenas 60% das pessoas usa o automóvel para movimentos pendulares (casa-trabalho-casa).

      Recordo que o ISP é “fatia de leão” da parte fiscal deste OE.

      Gostar

    • 9 Fevereiro, 2016 20:39

      perdão, enganei-me no gráfico 🙂
      queria mostrar este

      Gostar

Trackbacks

  1. Ainda as contas de Mário Centeno – À vontade do freguêsÀ vontade do freguês

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: