Skip to content

Isto sim é uma coisa dramática

24 Fevereiro, 2016

«O neoliberalismo tem-se relacionado com o aumento da obesidade. Na Grã-Bretanha a obesidade passou para o dobro em 20 anos. Nos Estados Unidos tem crescido como se sabe. Para esta análise o National Bureau of Economic Research nos EUA construiu um modelo de cálculo com 27 variáveis sociais e concluiu que elas explicam 37 por cento do aumento do Índice de Massa Corporal, 42% da obesidade total e 59 por cento dos seus Graus II e III. O neoliberalismo faz mal à saúde. Isto anda mesmo tudo ligado. » Quem disse isto não foi aquele senhor que tomou informação do assassinio da mãe versus o acontecimento que considerava dramático ou seja  a amalgodela da viatura da irmã. De facto que uma isabelinha qualquer escreva «O neoliberalismo faz mal à saúde» é um problema da isabelinha. Mas se essa isabelinha assinar como «Isabel do Carmo, Médica, Professora da Faculdade de Medicina de Lisboa» o caso torna-se mesmo dramático.

Anúncios
28 comentários leave one →
  1. Arlindo da Costa permalink
    24 Fevereiro, 2016 16:40

    É verdade. Uma evidência científica. Até os chineses que eram magros e saudáveis estão a ficar doentes, moles, flácidos e gordos como porcos.
    O neo-liberalismo poderá ser responsável pela extinção da espécie humana.
    Não tenho quaisquer dúvidas.

    Gostar

    • FGCosta permalink
      24 Fevereiro, 2016 16:52

      E ainda por cima a esperança média de vida deles (os chineses que parecem porcos) tem vindo a aumentar, o que só mostra a perversidade do neo-liberalismo: vivem mais para sofrer mais tempo.
      Felizmente que existe o socialismo e o marxismo para desenvolver os cérebros e a capacidade de raciocínio do Arlindos deste mundo

      Liked by 1 person

      • Arlindo da Costa permalink
        24 Fevereiro, 2016 18:01

        Vivem mais para consumirem e defecarem mais. O alfa e omega do neo-liberalismo.

        Gostar

      • lucklucky permalink
        24 Fevereiro, 2016 19:22

        O neo-liberalismo é terrível faz as pessoas viverem mais.

        Gostar

    • 24 Fevereiro, 2016 20:15

      POois é, Arlindo: antes os Chineses estavam adestrados na arte de não comer. Alguns, infelizmente, não se adaptavam bem à mudança e morriam de exaustão.

      Outros de bala na cabeça.

      Gostar

      • ax solo permalink
        25 Fevereiro, 2016 07:56

        O burro do inglês também já tinha habituado a não comer…viva o socialismo, não é? O Arlindo também não quer ver se consegue habituar-se a não comer, essa mania tão neoliberal?

        Gostar

  2. Chopin permalink
    24 Fevereiro, 2016 16:45

    Para grandes males, grandes remédios. Bomba neles!
    Se a obesidade é mórbida, duas bombas.

    Gostar

  3. ali kath permalink
    24 Fevereiro, 2016 16:47

    puta velha da minha infância chamada ministra
    ‘só é bom do meio para trás’

    Gostar

    • 24 Fevereiro, 2016 21:47

      Isso e os versos de 1954 de Coimbra são melhores que as actuais aulas de (des)educação sexual.

      Gostar

  4. sam permalink
    24 Fevereiro, 2016 16:59

    Toda a gente sabe que os gatos neoliberais adoram lasanha.
    Sacanas dos bichos…

    Gostar

  5. procópio permalink
    24 Fevereiro, 2016 17:03

    Saudades dos velhos tempos das FP 25. Atualmente com excesso de peso, a personagem procura fazer esquecer os crimes de sangue em que esteve envolvida.
    Fraquinha como profissional, o doutoramento pela FML foi uma prova do aviltamento da escola que passou a ser abrigo de malfeitores.
    O jorginho até a condecorou, o que mosta ao que chegámos.
    Dois países, a mesma língua, uma parte a sustentar a outra até quando?

    Liked by 1 person

  6. honi soit qui mal y pense permalink
    24 Fevereiro, 2016 17:09

    Por acaso vinha uma noticia sobre obesidade aqui há dias na imprensa entrangeira ( bbc , ou guardian ) dos 10 países com mais obesos , homens e mulheres .Aí 10 primeiros .
    Estavam para lá os EUA nos homens , mas no resto era Tonga , Samoa, Fiji , pasme-se Arabia Saudita , Bahrein etc …
    Tudo grandes nações neo-liberais .
    Ohh …

    Liked by 1 person

  7. José7 permalink
    24 Fevereiro, 2016 17:31

    E depois? O Centeno também não é professor? As universidades estão nas mãos destas bestas? Mas isso nem sequer é segredo de Estado…

    Liked by 1 person

  8. 24 Fevereiro, 2016 18:39

    Mas é tão óbvio que as isabelinhas têm razão, que seriam ociosas quaisquer explicações ou argumentações.
    Ponto.

    Gostar

    • André Miguel permalink
      24 Fevereiro, 2016 18:48

      E se são óbvias porque diabo os britos e arlindos não vão pastar caracóis para os paraísos socialistas como cuba ou Coreia do Norte, já que são mais saudáveis? Deixem os porcos capitalistas engordar em paz.

      Liked by 1 person

  9. Churchill permalink
    24 Fevereiro, 2016 18:44

    Num mundo justo esta terrorista já não respirava

    Gostar

    • 24 Fevereiro, 2016 19:33

      Seja qual for a terrorista a que se refere (a sua frase, tal qual está, tanto se pode referir às helenas como às isabelinhas), o seu conceito de mundo justo casa perfeitamente com o Estado Islâmico (autoproclamado).

      Gostar

      • 24 Fevereiro, 2016 20:17

        Quantos crimes de sangue fez a Helena Matos? Se fosse inimigo da Helena Matos dormiria com medo?

        Liked by 1 person

      • Churchill permalink
        25 Fevereiro, 2016 21:09

        Brito
        A velha do Carmo andou num grupo que assassinou pessoas, que também tinham família, e cujo defeito era terem uma opinião diferente.
        A cena do EI não me dói nada, para mim terroristas por razões ideológicas são como os criminosos de guerra, para condenar a injeção letal que não servem de nada na humanidade e é positivo eliminar os genes defeituosos.

        Gostar

  10. A. R permalink
    24 Fevereiro, 2016 20:25

    Essa estúpida comunista é bem ignorante. Há gráficos muito claros quanto à longevidade dos alemães. Quando a Alemanha se separou em Alemanha Comunista e Alemanha capitalista imediatamente a longevidade dos alemães ocidentais divergiu positivamente em relação aos de alemães de leste. Após a reunificação a longevidade está de novo a convergir: os alemães do leste estão a viver mais.

    O capitalismo é bom para a saúde!

    Liked by 1 person

    • Arlindo da Costa permalink
      24 Fevereiro, 2016 22:45

      Bom para a saúde dos capitalistas!!! Diz isso aos coitados dos pretos e mexicanos nos EUA!!!!

      Gostar

  11. 24 Fevereiro, 2016 21:49

    É bom saber que o dinheiro dos NOSSOS IMPOSTOS está a ser utilizado em algo útil como este estudo ciêntifico.

    Liked by 1 person

  12. 24 Fevereiro, 2016 21:54

    Gatinhos, cuidado com as bombas do Ronald MacDonas

    Gostar

  13. Pinto permalink
    25 Fevereiro, 2016 06:28

    Sou obrigado a dar razão à senhora. Nos países socialistas/comunistas as crianças são mais magras. Bem magras, por sinal. E não comem fast food (seja lá o que isto for). Na verdade nem comem nada.

    Gostar

  14. Ricardo Sebastião permalink
    25 Fevereiro, 2016 14:01

    Realmente na socialista URSS durante a fome ucraniana ou na nacional socialista Alemanha nos campos de concentração nazis ou no paraíso da Coreia do Norte, aquilo é que é manter a linha, não há cá obesos cheios de doenças!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: