Skip to content

Arménio, o homem que quer uma coisa e o seu contrário

8 Setembro, 2016

Temos duas matérias que têm necessariamente de ser tratadas urgentemente: não é possível o país desenvolver-se com este Tratado Orçamental que asfixia a capacidade quer de investimento público quer de resposta às necessidades dos trabalhadores; e a necessidade óbvia de renegociação da dívida no que respeita aos prazos, montantes e juros, porque não é possível Portugal estar a pagar só de encargos com juros, como vai acontecer em 2016, cerca de 8,5 mil milhões de euros, mais do que aquilo que está previsto para a Saúde ou para a Educação.

Portanto vamos lá perceber, Arménio Carlos é contra o Tratado Orçamental porque diz este  asfixia a capacidade quer de investimento público quer de resposta às necessidades dos trabalhadores; mas por outro lado lado Arménio quer a renegociação da dívida no que respeita aos prazos, montantes e juros, porque não é possível Portugal estar a pagar só de encargos com juros, como vai acontecer em 2016, cerca de 8,5 mil milhões de euros, mais do que aquilo que está previsto para a Saúde ou para a Educação.

O dinheiro para o investimento público e para  aquilo que Arménio designa como  resposta às necessidades dos trabalhadores vem donde? O camarada Putin paga? É que se o camarada Putin não paga – e ao Tsipras não pagou – só nos resta ir bater à porta daqueles com quem Arménio quer renegociar a dívida e contesta pagar só de encargos com juros, como vai acontecer em 2016, cerca de 8,5 mil milhões de euros, mais do que aquilo que está previsto para a Saúde ou para a Educação.

O camarada Arménio Carlos é aquele vizinho de condomínio que contesta a prestação, impugna reunião atrás de reunião, não paga enquanto não se fizer isto e aquilo e ameça o condomínio com processos porque o condomínio não faz obras.

Anúncios
7 comentários leave one →
  1. 8 Setembro, 2016 16:12

    camarada Putin
    engraçado pacaxxx

    Gostar

  2. Monti permalink
    8 Setembro, 2016 18:12

    Faz lembrar uma personagem no Dr Jivago. Tao duro e tao puro com o Partido ou a familia, que acaba por dar um tiro nos cornos. Raskolnikov.

    Gostar

  3. JP Ribeiro permalink
    8 Setembro, 2016 18:29

    A comparação com o condomínio está perfeita. É que todos conhecemos gente como aqui retratada. Porque afinal em Portugal Arménios há muitos

    Gostar

  4. Carlos Alberto Ilharco permalink
    8 Setembro, 2016 22:27

    O camarada Arménio não quer isto nem aquilo.
    No PCP não há pessoas há apenas o partido, e o partido que está entalado com o PS mandou-o fazer uma pequena prova de vida.
    Depois virá até uma pequena greve e assim o PCP pode ter (como aliás tem) duas máscaras.
    Coloca a do PCP na AR e a da CGTP na rua.
    Resumindo, uns pulhas.

    Gostar

  5. Arlindo da Costa permalink
    9 Setembro, 2016 03:04

    É dialéctica, estúpido!

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: