Skip to content

Filhos e bastardos

8 Setembro, 2016

Há uns dias, a minha filha S., de dois anos, tropeçou enquanto corria atrás do irmão. Em plena calçada de granito, o tropeção originou uma dilatação espaço-temporal que tornou a distância dos meus braços superior a cinco metros e o tempo de queda superior a cinco segundos. Foi como se o filme que se projectava no meu cérebro passasse a espaçar cada frame, explicitando fotograficamente cada movimento rumo ao solo enquanto tornava a minha tentativa de a agarrar num patético esticar lento de braços incapaz de se aproximar da cena.

A DBRS pode cortar o rating da república na próxima avaliação. Costa saltita, alegremente, perseguindo o mano Maduro e o primo Hoxha. Eu observo, à distância, como que em câmara lenta, incapaz de me aproximar do gordo para lhe pregar a rasteira necessária.

É isto, o amor de pai: saber separar os que queremos agarrar dos que queremos empurrar. No fundo, é o conhecimento que permite separar os que são família dos que são os bastardos.

Anúncios
28 comentários leave one →
  1. PiErre permalink
    8 Setembro, 2016 08:56

    Há pior. Por exemplo no Brasil, com a dupla Lula/Dilma a ganhar em todas a frentes. Na Venezuela, com o Maduro a ser apoiado pelo Zapatero e abençoado pelo Papa. Em Espanha, que cada vez é mais Ex-Panha. Etc., Etc.

    Liked by 1 person

  2. honi soit qui mal y pense permalink
    8 Setembro, 2016 09:38


    +

    =

    Gostar

  3. honi soit qui mal y pense permalink
    8 Setembro, 2016 09:59

    Traidores do vosso país , cultura e civilização.
    Piores que os filhos de Witiza .
    Vocês quatro , mais a monumental horda de esbirros nativos junto da gamela de lentilhas.

    Liked by 1 person

  4. honi soit qui mal y pense permalink
    8 Setembro, 2016 10:00

    labregos traidores

    Liked by 1 person

  5. 8 Setembro, 2016 10:20

    O Senhor Presidente da República receitou Omeprazol para a acidez no estômago. 1 comprimido por dia, só, faz maravilhas!

    Gostar

  6. honi soit qui mal y pense permalink
    8 Setembro, 2016 10:30

    Gostar

  7. Manuel permalink
    8 Setembro, 2016 10:33

    Enquanto não houver crime de responsabilidade para governantes que levam o país à bancarrota, o filme do protagonista Sócrates vai repetir-se. Espero que o presidente, em quem votei, seja bem assessorado e não assista impávido ao descalabro económico-financeiro. Reitero, a nossa situação como país, está pior que em 2011 e já expulsámos uns 200000 (duzentos mil) portugueses do nosso convívio, um novo resgate será mais violento independentemente de quem o executar.

    Gostar

    • 8 Setembro, 2016 11:36

      Eu não votei no Presidente, mas também me parece que o filme se vai repetir. Concordo pois consigo nisso. (Olha que frase me saiu!). Adiante. Veja Manuel, o protagonista Sócrates, como alguns socialistas lhe chamaram é um visionário. O homem tem visão alargada. Lembra-se do que ele dizia com ar filosofal, que as dívidas não são para pagar, são para gerir? Pois, se reparar bem, o governo socialista, com o apoio da Esquerda em geral segue os caminhos do líder. Com exemplo e para não me alongar, só lhe refiro essa coisa dos fogos. Até nas entrevistas aos afetados pelos incêndios você se pode aperceber do que se passa, quando vê a TV. Seguindo os ensinamentos do Sr Eng, hoje em dia os fogos não são para apagar, são para gerir. Aquilo é um deixa arder até que o fogo chegue a uma estrada larga ou a um rio.
      E a camarada Catarina já disse com duas pedras na mão, como ela diz qualquer coisa, que o combate aos fogos tem que ser público. Está tudo em consonância não lhe parece. A coisa é para ser gerida, o Estado onde entra gere bem e portanto Portugal tem que ser gerido pelo Estado. E passa a ser todo bem gerido. Nessa altura entrega-se o poder ao PCP que já tem experiência nessas coisas de gerir os Estados.

      Gostar

      • sam permalink
        8 Setembro, 2016 19:59

        “As dividas não são para pagar, são para gerir”.
        O amigo do Sócrates é que gostou de ouvir essa…

        Gostar

  8. Ricciardi permalink
    8 Setembro, 2016 11:17

    As criancas caem e levantam-se. Não podemos estar em estado de aflição permanente imaginando perigos eventuais.
    .
    Eu também vejo filmes. Em câmara lenta. Na minha cabeça. Vejo frquentemente que o meu filho se vai esbardalhar a todo vapor – a imitar aqueles que saltam paredes e prédios – e a maior parte das vezes a coisa corre bem. Aprendi, portanto, a controlar o instinto protetor. É deixa-lo cair, se cair. Para aprender. E engolir em seco, com satisfação, na esmagadora maioria das vezes que corre bem.

    Nunca me passou pela cabeça, porém, empurra-lo. Ou fazer rasteiras para ter o prazer de lhe dizer: eu bem te avisei meu marmelo.

    Não sou assim. Cada um é como é. Ao Vítor dava-lhe gozo dizer ao gordo que se esbardalhou. A mim da-me gozo dizer ao Vítor que não vai ter esse gozo. A dbrs vai manter o rating em outubro. E as outras três agencias vão subir o nível em 2017.
    .
    Rb

    Gostar

    • 8 Setembro, 2016 11:38

      A ver vamos…

      Gostar

    • André Miguel permalink
      8 Setembro, 2016 11:49

      Você sabe o quanto as agências valorizam o crescimento económico para a sustentabilidade da divida, certo? É que em Portugal só esta última cresce. A parede está já ao virar da esquina. Aconselho-o a comprar um capacete.

      Gostar

  9. Tiradentes permalink
    8 Setembro, 2016 11:47

    anda aqui um gajo a tentar passar rasteiras às agências de rating …. e ainda por cima diz que os outros é que passam rasteiras aos filhos……..são os filhos do Costa, tal como os filhos do 44 que depois vão dizer que o mundo mudou em 15 dias

    Gostar

  10. Arlindo da Costa permalink
    8 Setembro, 2016 12:39

    O Dr. António Costa é um político patriota, avisado e experiente.

    Vs. Exªs podem dormir descansados que o barco vai chegar a porto seguro.

    Gostar

  11. Colono permalink
    8 Setembro, 2016 12:56

    O Notário de Beja, acaba de registar a procuração passada pelo Camarada Bolota ao seu companheiro de estrada Sr. Arlindo da Costa.

    …. Nota : O Sr Bolota encontra-se na Venezuela /Cuba a estagiar.

    Gostar

  12. LTR permalink
    8 Setembro, 2016 14:01

    O habilidoso saltitante, acaba de afirmar no Brasil (onde reina um não eleito como ele) que os quatro anos anteriores não resultaram, desmentindo categoricamente um outro habilidoso que num casino disse exatamente o contrário. E já sem o habitual riso imbecil, explica a tática económica do líder da coligação vencedora das eleições.

    Gostar

  13. Ricciardi permalink
    8 Setembro, 2016 14:25

    Portugal está há 5 anos em coma. Ligado à máquina do bce que tem mantido os juros estáveis e imunes aos apetites dos mercados e especuladores.

    Em 2011 os mercados e os especuladores empurraram os juros para cima. Em 2012 as agências de rating despromoveram o país ao nível mais rasteiro. De lixo.

    Nessa altura já o país tinha pedido ajuda para substituir a dívida por outra nova a juros mais em conta.

    Esse pedido de ajuda tinha como contrapartida a tomada dalgumas medidas que colocassem o país de novo a financiar-se autonomamente nos mercados.

    Contudo a especulação continuou. Principalmente para os países que não pediram ajuda e, assim, o bce resolveu dar uma ajuda e passou a intervir no mercado secundário, comprando e vendendo títulos, de molde a manter os juros relativamente estáveis.

    A ideia era ganhar tempo por forma a permitir que os governos fizessem progressos na gestão orçamental. O bce cedeu tempo aos governos e esperava-se que em 2014 os países ja pudessem ir ao mercado financiar-se sem intervenção do bce.

    Mas isso não aconteceu. Portugal nao saiu do nivel de lixo. O programa que pretendia dar asas para voarmos autonomamente não resultou. As principais agências de rating mantiveram o lixo. E ainda mantém. Excepto uma, a dbrs.

    As principais razões para terem mantido o lixo para além do programa de ajustamento que acabou em 2014 foram o endividamento, o crescimento (ou a falta dele) e a não execução de reformas em certas áreas da despesa.

    Quando falam em reformas estruturais, para Portugal, basicamente querem significar que, há componentes da despesa que devem ser afastadas do perímetro do estado.

    O governo anterior entendia isto como um corte nas pensões em pagamento e cortes nos salários dos profs.

    Mas não é, nem nunca foi, essa a ideia por trás do conceito de reformas estruturais. Eu sei que ppc acha que reformas e cortes é a mesma coisa. Mas ele não pode ser o farol que orienta a verdade ou a luz.

    Na verdade reformar o sistema de pensões é retirar da responsabilidade do estado o pagamento de pensões, tornando num sistema de capitalização, sistema esse muito mais compensador para os contribuintes.

    Ppc teve a oportunidade de reformar e engonhou. Na prática ficou tudo na mesma. Cortou em vez de reformar, naquela atitude de quem acha que pode subtrair pensões a quem trabalhou para as ter, como se fizesse um favor em pagar aquilo para o qual as pessoas descontaram.

    Costa, um socialista, não irá alterar o sistema também, qual ppc.
    .
    Rb

    Gostar

  14. Colono permalink
    8 Setembro, 2016 18:36

    Não vos preocupais meu Povo

    Portugal sempre viveu ( viverá ) de chulice… Morto o Imperio Colonial, viramo-nos para CEE/UE BCE

    Amanhã seremos espanhóis! A Catalunha já “montou” cá arrais! Esperem com calma!
    O dia de amanhã será risonho!

    Gostar

  15. chipamanine permalink
    8 Setembro, 2016 19:31

    Rasteira!? Um murro nas fuças ainda é pouco.

    Gostar

  16. Colono permalink
    8 Setembro, 2016 22:08

    Você é aquele malandro que tinha “os casa dos minina” no Chipamanine?
    Tu és malandro, pá…. explorador !

    Gostar

  17. 9 Setembro, 2016 00:43

    Passar rasteiras ao porcalhão preto não chega. É murro, pontapé, canelada, encontrão e escarradela. Aquilo que o miúdo de Ponte de Sôr apanhou devia ter sido para este bandalho encardido.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: