Skip to content

indigência mental

19 Setembro, 2016
by

Uma das frases mais reveladoras da indigência mental a que chegou boa parte da sociedade portuguesa é essa coisa de que «quem não deve não teme». Repetida até à exaustão, como se de um mantra se tratasse, tem-nos enchido particularmente os ouvidos desde que o governo PS apresentou, irresponsavelmente, a intenção de permitir a devassa das contas bancárias com depósitos superiores a 50 mil euros. Logo uma turba de camelos apareceu por aí a repetir, ad nauseam, que «quem não deve não teme». A questão é, obviamente, outra. Não está em dever ou deixar de dever, em temer ou deixar de temer, mas em que nada legitima que seja quem for, um funcionário das Finanças ou um agente da Pide, possa mexer no que não lhe pertence sem ter uma boa razão para isso. A razão é a suspeita de fuga ao fisco? Então, já existe uma lei para resolver essa dúvida. De acordo com ela, o sigilo fiscal cairá se houver essa suspeita em relação a um contribuinte. A competência para levantar o sigilo bancário é do Director-Geral da Autoridade Tributária, que a poderá delegar nos Directores das repartições de Finanças. Se esta possibilidade já existe, serve, então, para quê, esta lei que autoriza o fisco a espiolhar as contas com depósitos acima de 50 mil euros? Obviamente, para dar satisfação ao repto da menina Mortágua, que quer ir buscar o dinheiro a quem o está a economizar, para o gastar onde bem lhe apetecer. «Quem não deve não teme?». Estou a ver um garboso agente da extinta PIDE/DGS a repetir a frase, antes de desempenhar mais uma diligência a Bem da Nação. E, já agora, se «quem não deve não teme», o que receia José Sócrates do desfecho do seu processo?

Anúncios
25 comentários leave one →
  1. 19 Setembro, 2016 13:50

    Pois, esse é o grande objectivo, ir buscar mais um imposto às poupanças no banco. Gatunos.

    Liked by 1 person

  2. antónio permalink
    19 Setembro, 2016 13:52

    Um Português decente começa a ter medo de viver no seu próprio país, os marxistas estão a apoderar-se de tudo o que move e o que não move. A camada mais numerosa da população tem um défice enorme de sensibilidade intelectual e esta mensagem do quem não deve não teme passa com facilidade, essa gente não entende que o capitalismo só conhece duas hipóteses que são ou a expansão ou o colapso e não tem tempo para Mortáguas e companhia que estão a querer fazer de Portugal um laboratório de ideias marxistas experimentalistas. Começo a temer que só uma guerra civil poderá travar estes marxistas facínoras !!

    Liked by 6 people

  3. LTR permalink
    19 Setembro, 2016 14:14

    Não esquecer que quando a questão dos depósitos foi apresentada se destinava alegadamente a dar provimento a acordos internacionais, o que já diz tudo sobre o caso e o projeto da ministra.

    Liked by 2 people

  4. Baptista da Silva permalink
    19 Setembro, 2016 15:05

    Podem fazer o que quiserem, o meu dinheiro está repartido entre o colchão e Espanha, quem vai obrigar o governo Espanhol a informar o meu saldo? Ninguém!!!! O meu colchão é igual, esse nem pátria tem, é um colchão normalíssimo que pertence a Deus, lol.

    Liked by 1 person

  5. lucklucky permalink
    19 Setembro, 2016 15:16

    Não é indigência mental é Marxismo. Criado pelo Jornalismo de Expressos, TVI’s , RTP’s , SIC’s etc…

    E o objectivo do Marxismo é controlar tudo e todos. Ter poder sobre todas as pessoas.

    Por cá a STASI vai nascer das repartições do Fisco.

    https://en.wikipedia.org/wiki/Stasi

    https://en.wikipedia.org/wiki/Zersetzung

    Liked by 3 people

  6. Manuel permalink
    19 Setembro, 2016 15:45

    Não pode haver cedências: os prédios já são taxados com IMI(não deviam ser) e as rendas com IRS. As contas bancárias já são taxadas nos juros em 28%. Mas querem taxar o quê? O stock de prédios? O stock da conta bancária?Será aqui que entra a necessidade de conhecer depósitos superiores a 50000? O BCE mandou os administradores da caixa estudarem e eu recomendo que os governantes façam um curso acelerado, basta!
    A razão desta confusão não estará aqui: “É possível que as nossas previsões não se venham a confirmar” Entrevista a Carlos César na TSF. Saíram hoje novos dados económicos relativos a Junho e Julho e a situação a piorar. Penso que não vou falhar na minha previsão, em Dezembro estaremos em estagnação e no próximo ano estaremos em recessão. Solução para o governo PS e um futuro do PàF: os problemas orçamentais resolvem-se com corte de despesa pública, desejável uns 10000 milhões de euros nos próximos 5 anos, os impostos devem descer como vai fazer a Alemanha e bem.

    Liked by 2 people

  7. Revoltado permalink
    19 Setembro, 2016 15:51

    Se o motivo é combater a evasão fiscal porquê limitar a 50 k€? Quer dizer que a evasão fiscal é permitida, desde que não se ultrapasse os 50 mil euros?

    Liked by 1 person

    • lucklucky permalink
      19 Setembro, 2016 16:10

      Se ganhas menos de 50000 já és dependente do Regime Socialista segundo a razão dos esbirros Marxistas logo não há necessidade de pagares a taxa revolucionária.

      Mas como sabemos a revolução não acaba , os revolucionários que se seguirão vão querer mostrar ainda mais puritanismo, por isso teremos 25000, 10000 etc

      Liked by 5 people

  8. lucklucky permalink
    19 Setembro, 2016 16:12

    Entretanto na “Avançada” Civilização Escandinava os incêndios de carros sucedem-se e a censura jornalista continua.

    http://www.thelocal.se/20160918/man-arrested-in-malmo-after-night-of-car-fired

    Liked by 2 people

  9. lucklucky permalink
    19 Setembro, 2016 16:20

    Mas isto é só o começo.

    Depois do dinheiro o Regime Socialista vai vos querer tirar os filhos.

    Liked by 2 people

  10. 19 Setembro, 2016 16:21

    São ladrões. Já cheguei a essa conclusão- os comunas são amigos do alheio. Vivem daqueles complexos de classe porque adoravam ser ricos e a única maneira que conseguem é roubando o que é dos outros.

    Inveja- é o que move a ideologia de esquerda.

    Liked by 4 people

    • lucklucky permalink
      19 Setembro, 2016 17:58

      Não.

      São primitivos.

      Um Marxista é um primitivo que tem que controlar ou em caso de resistência destruir os outros.

      Gostar

      • 19 Setembro, 2016 18:04

        Há-os para todos os gostos. Os mais estranhos são os comunas betos que fazem daquela trampa uma espécie de brasão familiar: – os “anti-facistas” por queca.

        Mas, de todos os que conheço há estupidez e preconceito na questão e a inveja acaba por ser transmitida porque nunca são responsáveis por nada- é “o sistema”.

        Liked by 1 person

      • lucklucky permalink
        19 Setembro, 2016 20:27

        Um dos mecanismos é a inveja.

        Veja-se como num Marxista que já se manifesta à partida ao proibir aos outros outros caminhos.

        O Marxista vive no medo de alguém escolher, inventar, criar, ter sucesso e ele não ter feito parte de tal.

        Liked by 2 people

  11. Artista português permalink
    19 Setembro, 2016 16:39

    Tudo isto são episódios da madurização do regime. De resto, não se percebe por que é que o 44 enfiou a carapuça. Ele não alega (tal como Lula) que o dinheiro não é dele? Então deixava que a frase do juiz passasse em claro… Mas, pelos vistos, será mesmo dele.

    Liked by 2 people

  12. André Miguel permalink
    19 Setembro, 2016 16:48

    Essa é das tiradas mais estúpidas que existem na cultura lusa. Eu não devo e não temo, mas porque diabos têm que ver o que é MEU? Simples: porque para eles nada é nosso, é tudo deles; a cultura marxista não tolera a propriedade privada. A via do socialismo é sempre a piorar; temo que isto só pare quando se partir para a violência.

    Liked by 2 people

  13. Castrol permalink
    19 Setembro, 2016 16:59

    Bem visto!

    Neste país da Geringonça, até os que não devem começam a temer…

    Liked by 2 people

    • lucklucky permalink
      19 Setembro, 2016 18:01

      Todos devem.

      A profusão de leis que existe implica que violas provavelmente uma lei ou regra por dia.

      Isso pode ser usado por um sistema judicial e fiscal politizado para te perseguir se fores incómodo ao poder.

      Liked by 2 people

  14. Filipe Costa permalink
    19 Setembro, 2016 20:02

    Admito que o meu dinheiro não é meu, o meu carro não é meu, nem a minha casa é minha, o dinheiro é do PS e eu pago renda elo dinheiro, carro e casa. Nada é meu, acho que nem eu sou meu, estou a ficar louco.

    Liked by 3 people

    • ingenuo permalink
      20 Setembro, 2016 10:24

      Esse é o ideal do PS. E conforme alguém acima dizia, o próximo objetivo é já nem os filhos serem seus, meus ou nossos.

      Eles “querem” tudo e não nos deixam nada.

      Gostar

  15. Arlindo da Costa permalink
    20 Setembro, 2016 00:30

    E há quem deva e não tenha nada, pois tem amigos e instituições corruptas para cobrir o lance.

    Liked by 1 person

  16. ricardo permalink
    20 Setembro, 2016 10:00

    O engº é que mostra o caminho – como sempre.
    Não tem contas bancárias e vive da pensão do Estado.
    É socialista e maçon como deve ser. Não descansa, preocupado com as “questões sociais” os pobrezinhos e o futuro do planeta.
    É um cidadão exemplar.

    Gostar

    • ingenuo permalink
      20 Setembro, 2016 10:27

      Um exemplo a seguir. Nesta onda de socialismo igualitário e de fraterno, exijo o meu Carlos Silva para me pagar uma estadia em Nova York. Não tenho os conhecimentos do Sr. Eng. para obras em casa, nem o seu apurado gosto (facto que o levou a decidir, certamente, a remodelação da casa em questão) mas tenho muita vontade de aprender.

      Se não tiver casa em Nova York, também aceito andar no centro de Lisboa, com morada remodelada e piscina coberta no interior.

      Eu mereço, o ricardo merece, o Sr. Eng. já mereceu. Agora é a nossa vez.

      PS) e eu nem sequer escrevi ainda um livro. Quando o fizer conto convosco para comprarem cada um 5 exemplares. Falem depois com o Carlos Silva para serem reembolsados contra apresentação de recibo.

      Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: