Skip to content

Oferece-se (M/F) para análises

9 Novembro, 2016

Como toda a gente faz uma análise pré-eleitoral e pós-eleitoral, sem qualquer correlação entre o que antes dissera e o que depois disse, decidi fazer como a manada e publicar uma análise pós-eleitoral.

Havia uma eleição presidencial marcada para ontem nos Estados Unidos. As pessoas que lá vivem, na sua grande maioria, sabiam disso. Os candidatos apareciam na televisão e toda a gente sabia que, como em todas as histórias, devia haver um herói e um vilão. Então, com este conhecimento, lá foram votar. Depois, começaram a contar os votos e houve um dos candidatos que teve mais do que os outros. As pessoas que foram votar deram, assim, a vitória eleitoral a um dos candidatos, uma sensação que várias pessoas vencedoras de eleições tiveram, mesmo que António Costa não seja um deles. Ora, o mais votado acabou por ser eleito presidente dos Estados Unidos. Pelos vistos, a maior parte dos que foram votar acabou mesmo a escolher o vencedor. O mundo está em choque e essas coisas, por acontecer uma coisa bizarra que é ganhar um tipo com mais votos.

E esta é a minha análise. Decerto que a considerarão digna de publicação num desses jornais que publicam análises. Ninguém terá coragem de afirmar que esta análise é desprovida de lógica e, muito menos, que está errada. Já o mesmo não se pode dizer do que dizem 99% dos comentadores. Uma pessoa malcriada até poderia dizer que os comentadores não valem um cu furado, mas eu sou uma pessoa educada, daqueles que acerta nas análises pré- e pós-coiso. Aguardo propostas de jornais: pior não fica.

Advertisements
37 comentários leave one →
  1. 9 Novembro, 2016 18:37

    Liked by 1 person

  2. 9 Novembro, 2016 18:45

    O tipo Q esta falar na SIC (18:45) é Burro ou Q?

    Gostar

  3. Tiro ao Alvo permalink
    9 Novembro, 2016 18:46

    Reparou que o Trump não teve a maioria dos votos populares?

    Gostar

    • 9 Novembro, 2016 18:51

      Populares? Estamos a falar de mortos ou de indocumentados? Ou de pessoas que votaram vermelho e saiu-lhes azul na rifa? Ou dos votos fraccionários das máquinas de votar?

      Trump ganhou porque conseguiu ganhar para além da fraude que se perpetrou.

      Gostar

      • 9 Novembro, 2016 18:56

        Na Virginia

        “Virginia Governor Restores Voting Rights To 60,000 Ex-Cons”

        Gostar

      • 9 Novembro, 2016 19:08

        O mesmo Q:
        McAuliffe under federal investigation for campaign contributions to FBI Director wife…

        Gostar

      • Antonio Cardoso permalink
        12 Novembro, 2016 13:15

        Apoiado. Vi o que passou na minha seccao de voto porque…votei. A maquina avariou varias vezes durante o dia e os votos foram para um caixote _ para contar “depois”. Foram contados? Nao sei, mas…..

        Gostar

    • 9 Novembro, 2016 18:53

      A contagem ainda não acabou …

      http://www.nytimes.com/elections/results/president

      Gostar

    • 9 Novembro, 2016 19:07

      Teve votos suficientes para ganhar as eleições pelo sistema eleitoral deles.

      Liked by 1 person

      • análises há muitas permalink
        9 Novembro, 2016 20:06

        tal como cá, pelo nosso sistema

        Gostar

  4. antónio permalink
    9 Novembro, 2016 18:48

    Falta colocar no final do seu texto a célebre bússola com o ponteiro inclinado para um fundo verde onde está escrito os comentadores não valem um cú furado

    Gostar

  5. 9 Novembro, 2016 18:52

    «O mundo está em choque e essas coisas, por acontecer uma coisa bizarra que é ganhar um tipo com mais votos.»

    Isso, para a esquerda, nada vale. Portugal sabe-o. De experiência. E vai custar-nos muito caro.

    Já custou quase doze mil milhões. E nem vamos num ano!

    Liked by 1 person

  6. mcosta permalink
    9 Novembro, 2016 19:20

    Quem teve mais votos foi hillary.

    Gostar

  7. beirão permalink
    9 Novembro, 2016 19:40

    A canalha esquerdóide instalada nos ‘merdia’, que aldraba, manipula e destila ódio contra quem não pense como eles, e todos esses tudólogos de merda e ‘comentadeiros’ arregimentados e vendidos por um mísero prato de lentilhas, se tivessem nas trombas um pingo de vergonha, emigravam, punham-se a milhas… olhem, por exemplo, para a querida Venezuela, ou Cuba, ou Coreia do Norte, sei lá, e, assim, deixavam este pobre e desgraçado país, com três bancarrotas socialistas no bucho durante esta triste partidocracia, muito mais limpo e mais respirável. Fora, canalha!.

    Liked by 2 people

    • Antonio Cardoso permalink
      12 Novembro, 2016 13:19

      A esquerda apoiou claramente Hillary Clinton. Ironicamente e ….estupidamente, tambem, espetou-lhe uma faca nas costas repetindo vezes sem conta que ela era detestada por 60, 70 e ate 76% dos americanos.

      Gostar

  8. licas permalink
    9 Novembro, 2016 19:40

    Previsão aritmética (sem contar com as festas de Natal)

    12000×12/10= 14400

    Gostar

  9. licas permalink
    9 Novembro, 2016 19:46

    Este é o Presidente 45,
    Obama 44 (não façam confusão com um ex-PM)

    Gostar

  10. A.R permalink
    9 Novembro, 2016 19:51

    Vítor

    Abra uma petição para repetir as eleições. Não deu o que a esquerdalha queria e isso não pode ser.

    Gostar

  11. 9 Novembro, 2016 20:17

    excelente análise. é que ouvindo outras por aí ia ficando com a ideia que a democracia é uma cena onde há candidatos pré vencedores e que o trump era presidente por um erro informático ou assim.

    Liked by 1 person

  12. 9 Novembro, 2016 21:37

    A esquerda não tem espirito democrático nem fair-play. A mulher de Obama dizia que tinha vergonha da américa e só depois de assentar arraiais na Casa Branca é que lhe passou a vergonha, Hoje os comentários de apoiantes da Hillary iam no mesmo sentido ” tenho vergonha desta américa”, ” a américa é nojenta “…que tristes. E os merdia promovem e espalham esta mentalidade antidemocrática. Enchem os burros de palha e depois entram em choque com a realidade. O histerismo na esquerda é ridículo.

    Liked by 1 person

  13. Abre-latas permalink
    9 Novembro, 2016 22:22

    Estes “amaricanos” são mesmo estúpidos.
    Não é que elegeram um “prasidente” só porque aparecia todas as semanas a dizer vacuidades num programa de TV?
    BUUUUUUURRRROS!

    Gostar

  14. JCA permalink
    10 Novembro, 2016 09:05

    .
    Pois, a subliteza dos numeros:
    .
    11.09 e 09.11
    (datas em inglês, a da Torres Gemeas e a da eleição em cabeçalho);
    .
    o fecho do ciclo para o ciclo NOVO seguinte, o render da ‘velha guarda’
    .
    E o habitual, as carpideiras ‘amantes da democrata’ que espumam cobras e lagartos quando não vão para o Poder,
    .
    e o NOVO que desde os primordio da humanidade é sempre o imprevisivel, o impensavel, o inesperado, quiçá mesmo o mafarrico ‘diabolico’, mas que muda o Mundo que deixa de ser igual (o modelo assim o adjetiva sempre)
    .
    Tudo o sugere assim, só surpreendeu os ignorantes, os sinais estavam todo lá. Mas era proibido falar neles pela Censura da corrente ideologica do ‘fascismo democrata’, transversal em todos o Partidos da Extrema Direita à Esquerda, só é Democracia quando somos nós que ganhamos;
    .
    e aí têm o resultado final (e tudo começa sempre na America) ….
    .
    Sobre o concreto tudo sugere que Trump tem todas as condições para fazer uma Presidencia de ssucesso historico com consequente reabilitação da Democracia e da Liberdade. Como o NOVO é sempre “imprevisivel”, a ver vamos.
    .
    Habituem-se …. o mundo mudou outra vez (foi dito logo no 11.09 e ninguém também acreditou)
    .

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: