Skip to content

Leituras:

3 Maio, 2017

«A imbecilidade das provas para crianças de sete anos», por Santana Castilho, no Público

Anúncios
11 comentários leave one →
  1. javitudo permalink
    3 Maio, 2017 23:46

    Convém aos socialistas alimentar a imbecibilidade desde a infância. Ouvir a argumentação deles é como estar a ouvir as crianças no recreio.
    Por mais imbecil que sejam, sempre haverá um imbecil maior para achar que não são.

    Liked by 1 person

  2. licas permalink
    4 Maio, 2017 07:38

    Em foco, um pouco

    Poeta assim, assim,
    Como foi classificado
    Vaidoso como o diabo
    Este “nabo” com pilim
    Foi sempre um mandrião
    Sequer lutando pelo pão.

    À custa do Orçamento
    Sobrevive em larguesa
    Amante de boa mesa
    E caçador num momento:
    Por isso gosta de cães
    Detesta os alemães.

    Outrora é que deu berra
    De Argel, onde esteve,
    Pela rádio s´entreteve
    Naquela safada terra
    Informe aos turras dar
    Onde as nossas tropas estar,
    Desta torpe decisão
    De traição deliberada
    Pois foi até aclamada,
    Assassino sem perdão
    Por agente entreposto
    Nanja eu gabar-lhe o gosto.

    licas fecit

    Gostar

  3. javitudo permalink
    4 Maio, 2017 10:57

    A falta de pistas foi revelada pelo procurador-geral do México, Raul Cervantes, a uma televisão local. “Até hoje, as autoridades americanas não encontraram nem um dólar dos bens de El Chapo.” Isso porque “ele não usa o sistema financeiro”, acrescentou o responsável mexicano, citado pelo jornal inglês The Guardian.
    Este também não é imbecil, mas ao menos nunca perdeu tempo a dizer que era socialista e amante da democracia.

    Gostar

  4. licas permalink
    4 Maio, 2017 12:55

    Mas que coisa!

    Isabel, sua cretina,
    De madrugada e de urgência
    Mandou Vossa Excelência
    Reunir toda faxina:
    Só para dizer qu´o Filipe
    Da sua função, fez clique.

    Não t´amofines, esquece,
    Deixa o “trambolho” em casa,
    Faça lá o que ele faça
    O castigo não merece:
    A tudo se lhe perdoa
    Mesmo andando à toa.

    Importa o ancião
    Nas cenas protocolares
    Como tu e os teus pares
    Neste mundo em mutação:
    A funesta Monarquia
    Em plena cachexia.

    licas fecit

    Gostar

    • Democrata com larga experiência — Vende-se permalink
      4 Maio, 2017 13:10

      Qual era mesmo o desiderato deste seu comentário?

      Gostar

  5. licas permalink
    4 Maio, 2017 13:30

    Democrata com larga experiência — Vende-se PERMALINK
    4 Maio, 2017 13:10

    Mas não se está a ver? Provocar perguntas !

    Gostar

    • Democrata com larga experiência — Vende-se permalink
      4 Maio, 2017 19:21

      Obrigado pela sua resposta. Fico assim mais sossegado e continuo seu fiel leitor.

      Por momentos, e devido ao assunto dos seus versos, pensei que o tema aflorado no post lhe pudesse ter contaminado a estimada veia poética.

      Mais uma vez, muito obrigado.

      Gostar

      • licas permalink
        5 Maio, 2017 10:22

        Democrata com larga experiência — Vende-se PERMALINK
        4 Maio, 2017 19:21

        Aqui vai a confissão.

        Um abraço
        . . . . . . . . .

        Fosse só…

        Não liguem, passai à frente,
        Que digo não interessa,
        E vai tudo numa pressa
        Da doideira recorrente:
        A prolixa diarreia
        Que nada diz, nem semeia.

        De volta em meia acontece
        Pica na mente o mosquito
        É assim, já tenho dito,
        E de repente aparece:
        Patetice assim à toa
        Por vezes tão chocho soa.

        Fosse só habilidade
        Já alentava a vaidade.

        licas fecit

        Gostar

  6. ABC permalink
    4 Maio, 2017 15:04

    As aferições nacionais periódicas deveriam servir para aferir, e corrigir desequilíbrios. Deviam ser uma ferramenta para prosseguir um nivelamento, por cima, do sistema educativo. Para atingir um sistema educativo uniformemente eficaz e de qualidade.
    A minha dúvida é se será isso que os governos pretendem?

    Liked by 1 person

    • lucklucky permalink
      5 Maio, 2017 10:43

      Você julga que a política – ou por outras palavras o sistema educativo – quer que um cidadão saiba o que é a dívida publica por exemplo?

      Liked by 1 person

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: