Skip to content

Onde Há Fogo, Há Governos Incompetentes

19 Junho, 2017

A história da árvore descoberta em 24h no meio de centenas de hectares de mata no calor da noite, como “única arguida” neste processo hediondo de mortes no incêndio de Pedrógão Grande, não convence ninguém. Como sempre, sempre acontece, nas governações socialistas A CULPA É SEMPRE de alguém ou alguma coisa MENOS de quem governa. Volvidos ano e meio, APENAS de governação, esta aliança de esquerdas consegue o maior feito jamais visto em Portugal num tão curto espaço de tempo: o mérito de ter conseguido as duas maiores tragédias em área ardida e mortes em incêndios.

A verdade é só uma, doa a quem doer: os incêndios em Portugal são da responsabilidade EXCLUSIVA dos governos. Somos o único país no Mundo que “abre” todos os anos a “época de incêndios” amplamente noticiados nos média como se de uma coisa banal e perfeitamente natural se tratasse! Apesar de termos um país pequeno com florestas pouco densas,  Protecção Civil, militares, bombeiros, Kamovs, legislação, estudos mais que suficientes sobre reordenamento de território e estarmos integrados na UE, ainda conseguimos o feito de em pleno século XXI termos povoações a morrer SOZINHAS no combate às chamas!! Valha-me Santa Eugénia!!!! Mas que raio de país de bananas é este? É claro que a responsabilidade não começa e acaba neste governo. Já somos fósforos queimados desde que Salazar foi à vida. Pois claro. Alguém se lembra porque não havia fogos nessa época? Claro que não convém lembrar… A República das Bananas esteve mais ocupada em fazer crescer as clientelas e lobbies a viver à conta do povo do que zelar por eles. Foram 43 anos a fazer crescer o Estado de forma criminosa para se servirem dele descaradamente e não para servir os cidadãos como é obrigação.  E o resultado está aqui bem à vista. A cada ano que passa as proporções do problema adensam-se. E morre cada vez mais gente. Porque dizem eles que não há dinheiro… Mas houve 18 milhões  para amigos plantarem eucaliptos!!

Mas, quando se está no poder, e não se faz nada para  impedir de todo estas tragédias, somos AINDA MAIS responsáveis que todos os anteriores. Porquê? Simplesmente porque se ignorou o passado recente. Simples. E quanto a ignorar e tomar medidas desastrosas, esta Geringonça de irresponsáveis entrou com Pedrógão Grande para o Guiness. Porque a  9 Junho 2016 a Ministra da Administração Interna reverteu a decisão do anterior Governo recusando concentrar na Força Aérea os meios aéreos do Estado para combate a incêndios e emergência médica.  Porque em 14 Agosto 2016 António Costa afirmou que as verbas para combate a incêndios seriam desviadas da Segurança Interna. Porque em 28 Agosto 2016 depois de ter sido conseguido 50 milhões da UE para a compra de aviões de combate aéreo, pelo anterior executivo, António Costa decidiu recusar esse dinheiro. Porque em Abril 2017 António Costa anunciou que os helicópteros Russos Kamov só voltariam a ser utilizados em 2018, devido aos elevados custos de manutenção. Porque a 18 Maio 2017 António Costa decreta que  bombeiros passarão a ir  de autocarro ou comboio para combater incêndios por razões de contenção de custos. Porque em 2017 para se obter o melhor défice do planeta fizeram-se cortes cegos e obscenos nos meios dos soldados da paz e suspendeu-se remunerações por falta de verbas.

E depois desculpabiliza-se a acção medíocre e irresponsável de todo um governo por via de uma trovoada seca. A sério? Então se assim foi, que respondam: como pode o raio que supostamente caiu numa árvore às 18h ter provocado um incêndio que começou às 15h com ausência total de trovoada segundo os populares? Como é possível não haver registo das horas e localizações das  descargas eléctricas desse dia no IPMA? Porque razão não se viu um único bombeiro a pé ou de carro, um único meio aéreo?  Onde estavam os 700 bombeiros que a Protecção Civil dizia ter disponibilizado e que ninguém viu? Porque razão as pessoas que tentaram fugir foram encaminhadas pela GNR a seguir para a “estrada da morte”? Porque razão às 5h com fogo por todo o lados da estrada, ela ainda não estava cortada? Porque razão só depois do fogo ter feito vítimas, foi notícia nos noticiários? Porque razão o Sr. Afectos não deu uma única palavra sobre responsabilidade do governo nesta acção? Com um fogo de 4 frentes activas porque demorou tanto o pedido de ajuda internacional?

Respondo eu, sem problemas: porque somos governados por bananas. Não há governo, há marionetas. Não há liderança, há ocupação de lugares de chefia para encher bolsos. Porque é nos momentos de crise que se vê a qualidade de quem governa na forma como acodem aos problemas e nas medidas implementadas para os resolver. E estes não resolvem nada, maquilham a realidade.

Podem guardar as romarias ao local da morte, lágrimas de crocodilo e discursos emotivos para os vossos gatos lá de casa. Quem viveu a tragédia, perdeu tudo inclusive familiares sabe bem que foi abandonado por um bando de políticos hipócritas que só aparece no fim das tragédias e antes das eleições. 

Tarde demais. Porque onde há fogo há sempre governos incompetentes culpados pela inacção. Quem paga impostos elevados como nós em Portugal devia ter um serviço público de excelência. Se não o tem é porque o desviam para outros fins. Ponto.

 

 

 

Anúncios
79 comentários leave one →
  1. Viriato de Viseu permalink
    19 Junho, 2017 12:00

    Todo o “vinagre” com que a Cristina temperou esta salada geringonçada, só pecou por escasso.

    Liked by 1 person

    • carlos alberto ilharco permalink
      19 Junho, 2017 16:42

      Não vou ler os comentários são muitos.
      O seu resume exemplarmente o meu sentimento.
      Espero que muitos mais pensem assim.

      Liked by 1 person

  2. 19 Junho, 2017 12:15

    A mesma Polícia Judiciária que não encontra a Maddie McCann há 10 anos encontrou a árvore que provocou o incêndio em menos de 24 horas e com o incêndio ainda a decorrer.

    Não sei se ria ou se chore.

    Liked by 5 people

  3. Artista Português permalink
    19 Junho, 2017 12:19

    Parabéns Cristina. A melhor análise feita a este incêndio e que seguramente não vamos ver nem nas TVs nem no papel. E não há meio de nos acudir uma trovoada seca nas cabeças desta gentinha!?….

    Liked by 3 people

  4. Alain Bick permalink
    19 Junho, 2017 12:21

    os cão tribuintes privados de tudo existem para servir a geringonça

    ninguém fala da barragem de Pedrógão

    o raio que os parta anda a monte

    Liked by 2 people

  5. piscoiso permalink
    19 Junho, 2017 12:27

    O que m’espanta é não haver uma foto da árvore causadora.

    Liked by 1 person

    • 19 Junho, 2017 12:30

      Sim, de preferência numa selfie com o Marcelo.

      Gostar

    • 19 Junho, 2017 13:37

      Acredita nisso?
      Então se houvesse árvore causadora não ardia no fogo?
      Ficava lá para investigador ver?
      A haver uma árvore rachada ou partida, não podia ter sido partida pelo forte vento que se fez sentir?

      O problema é outro.
      Morreu Salazar que a Esquerda abominava. Ficou a incompetência da Esquerda a dominar Portugal. Até quando?

      Gostar

  6. José Domingos permalink
    19 Junho, 2017 12:53

    Obrigado pelo texto. E o sistema de comunicações da proteção civil o SIRESP, que tão bons resultados têm dado, que nem sequer numa garagem funciona, sistema com um passado de histórias triste, e que não interessa nada falar, assunto muito provavelmente tapado com um avental.
    Quando do governo do passos, a oposição chamou-lhe tudo menos santo, agora o jornalixo amestrado só saliva, nem um ai.
    Tenho vergonha de ter em Portugal, políticos deste calibre, gentalha que não presta, capazes de vender a mãe se isso der algum lucro.
    É este povo imbecil não vai para a rua.

    Liked by 2 people

  7. Prova Indirecta permalink
    19 Junho, 2017 13:00

    A imprensa está completamente sequestrada .

    Gostar

  8. 19 Junho, 2017 13:09

    E mais:

    1- A que horas decidiram cortar o trânsito e em que estrdas
    2- A que horas ainda estava a GNR a desviar os carros para a estrada da morte- a N123?

    Liked by 2 people

  9. 19 Junho, 2017 13:10

    E outra:

    Quem eram então os tais mirones que se enfiaram na estrada para ver o fogo?

    Foram os 47 que morreram lá, incluindo os que para lá foram por ordem da GNR e que eram meros transeuntes em viagem?

    Liked by 1 person

  10. 19 Junho, 2017 13:15

    Mas que belo “circle jerk” aqui vai…como sempre os corruptos direitolas têm memória curta. Como se não tivesse havido incêndios no tempo do Passos e antes…e antes há anos que é assim.
    Aliás nesse tempo tínhamos uma ministra, corrupta e medíocre de seu nome Assunção Cristas que pedia para os portugueses rezarem para haver chuva. E quando o Passos tentou esconder a situação calamitosa e recusou-se a pedir apoio ao estrangeiro? Disso já não se lembram não é? Não passam de escória. Dirieta é crime organizado, não é um espectro de ideologia politica. Cada vez mais entendo o Estaline, gente como vocês é deportar tudo para o gulag, não fazem falta nenhuma. São escória, Não passam de lixo!…aí está a politica de merda que vocês apoiam: plantações de eucaliptos, cortes orçamentais nos bombeiros para pagar jantaradas, frotas de mercedes e injectar dinheiro público nos bancos privados.

    Gostar

    • 19 Junho, 2017 13:28

      Isso foi o que os fanáticos de extrema-esquerda como você disseram quando o Governo era do PPC.

      Agora que o Governo da extrema-esquerda teve o maior recorde de mortes e área ardida o que é que dizem?

      Só mesmo gente de merda é que não assume responsabilidades e tenta culpar os outros.
      A Cristina deve agradecer-lhe por o seu comentário confirmar o post dela.

      Liked by 3 people

    • 19 Junho, 2017 13:31

      Vá-se tratar!

      Gostar

    • 19 Junho, 2017 14:07

      kdot50, tem decência.
      Não sei quem te mandou escrever, sei que vai haver mais imbecis como tu pelas redes sociais. Sem decência, sem respeito.

      Gostar

  11. Prova Indirecta permalink
    19 Junho, 2017 13:27

    O que te fazia falta , capadote 50 , era uns Pintos Monteiros e uns Noronhas do Nascimento para sofrear a verve “direitolas” , nao era ?

    Gostar

  12. Prova Indirecta permalink
    19 Junho, 2017 13:28

    ( à tesourada , que fosse …)

    Gostar

  13. Holonist permalink
    19 Junho, 2017 13:31

    Chegou o fdp, ja temos o estabulo completo. O Passos era tao mau que ate foi ele que matou estes 62, realmente o Staline tinha razao, agora o que tu nao sabes e que tu e outros das causas paneleiras como tu seriam os primeiros a ir para o gulag, nao os “direitalhas” como tu minha grande besta achas.

    PS: aquelas arvores frondosas q arderam na nacional deviam ser uns eucaliptos especiais para caralh*s!

    Gostar

  14. José Domingos permalink
    19 Junho, 2017 13:31

    Pelos vistos continuam a haver abranges. Curioso.
    Receberão a peça

    Liked by 1 person

  15. Juromenha permalink
    19 Junho, 2017 13:32

    Grande texto.
    E , além do mais, caridoso : permite ao lacaio de turno (o capadote 50,vénia a Prova indirecta) cumprir a encomenda dos amos e assim garantir o lugarzinho à manjedoura…

    Liked by 2 people

  16. André Miguel permalink
    19 Junho, 2017 13:36

    Depois dos escândalos da banca, das telecomunicações e da energia, só nos faltava um dia virmos a descobrir que o lobby do papel também ajudou a queimar Portugal…
    Já agora se não for muito incómodo gostava que alguém me respondesse a duas perguntinhas:
    – Quem compra a madeira a queimada em Portugal?
    – Qual a diferença de preço entre um toro de madeira verde e um de madeira queimada?
    Antecipadamente grato, aguardo resposta.

    Gostar

    • Holonist permalink
      19 Junho, 2017 13:41

      Devem ser aqueles mega capitalistas da celulose queimada, aqueles que teem eucaliptos especiais q fazem copa…. Fdx, se isto nao fosse tragico seria hilariante, o nivel de indigencia mental destes fdps e de gritos.

      Gostar

    • Holonist permalink
      19 Junho, 2017 14:40

      Realmente , mais um para o estabulo , noticia de 2003 , ja agora , 25 euros por tonelada de madeira utilizavel , que neste caso nem sequer o vai ser e drasticamente menos do valor de mercado da mesma , outro aparte , isto na altura foi negociado pelo governo , a industria da celulose nao comprou ponta , quem pagou isto foram os cofres publicos , portanto , vai chamar pai a um calhau .

      Gostar

      • André Miguel permalink
        19 Junho, 2017 15:45

        Há mais links, mas como V. Exa. se mostrou sábio na matéria não me dei ao trabalho de postar. Eu como não percebo nada do assunto só fiz umas perguntas. Desculpe lá se o ofendi.

        Gostar

  17. 19 Junho, 2017 13:52

    Caso da árvore atingida pelo raio encontrada(?) pela PJ: Seria pertinente que um jornalista perguntasse a um PJ que se encontre no camião da Protecção Civil, onde e qual o processo, o modo como se encontrou a árvore. Que “técnica”, meios, para a detectar.
    Para evitar dúvidas por parte da população e para acreditarmos que estamos perante uma polícia inquestionável, um PJ que nos informe.

    Liked by 2 people

    • sam permalink
      19 Junho, 2017 15:44

      Queremos os nomes dos inspectores “do raio” e queremos o relatório tornado público.
      Menos que isso é inaceitável.

      Liked by 1 person

    • Chopin permalink
      19 Junho, 2017 17:41

      “Que “técnica”, meios, para a detectar.”

      Foram as árvores circundantes que a denunciaram. Delação premiada!

      Faz parte da cartilha “atirar” com uma explicação com um mínimo de verosimilhança. Evita focos de contestação e polémica.
      A competência que lhes falta na resolução dos problemas, sobra-lhes na comunicação.

      Liked by 2 people

      • 19 Junho, 2017 19:09

        O seu primeiro parágrafo é óptimo !
        E na mouche !, nos seguintes.

        Gostar

  18. José Luís permalink
    19 Junho, 2017 13:53

    Muitos parabéns por este excelente postal!

    Liked by 2 people

  19. Prova Indirecta permalink
    19 Junho, 2017 13:57

    Pelos vistos já há um segundo depoiamento a corroborar que a GNR desviou as pessoas do IC8 para a EN236 ..

    http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/poderiamos-ter-morrido-foi-uma-familia-que-nos-salvou?ref=HP_Grupo1

    Liked by 1 person

  20. 19 Junho, 2017 14:15

    Diga o resto Cristina. Daqui a dez anos quem perdeu tudo ainda andará enredado na burocracia. Sem nada.
    Você sabe para onde foi o dinheiro. O que foi desviado, roubado e oferecido a corruptos dava para montar o melhor sistema antifogo do mundo. Mas o povo é para queimar, não é para servir. Portugal arde todos os dias, até quando chove.

    Liked by 2 people

    • Carneiro permalink
      19 Junho, 2017 23:17

      os carros queimados continuarão a liquidar oficiosamente IUC,. E multas. Nem quero pensar no pesadelo de tentar dar baixa de um carro cujos documetnos arderam.

      Gostar

  21. tony permalink
    19 Junho, 2017 14:32

    não esqueçam que a polemica lei do eucalipto é da Conceição cristas

    https://sol.sapo.pt/artigo/67823/polemica-lei-do-eucalipto-em-conselho-de-ministros

    Gostar

  22. 19 Junho, 2017 15:10

    A direita trauliteira já só tem como alternativa rezar para que haja
    incêndios, tsunamis, terramotos, epidemias, inundações, descarrilamento de comboios, em suma: Tragédia. O “diabo do passamolas” depois de tanta reza lá fez o seu caminho – fora de tempo, é certo. É que a”última” com cerca de 29% conduz-vos para a um labirinto de onde só sairão com a mudança de toda a mobília e adereços.

    Gostar

    • sam permalink
      19 Junho, 2017 15:41

      Olá, Abrantes.

      Liked by 2 people

    • 19 Junho, 2017 16:55

      ´Tira a cabeça do cú e apanha ar. O tempo da ditadura e da censura já lá vai. Sabemos que para a malta xuxalista as responsabilidades são de todos menos das suas politicas. O ano passado ardeu mais área em Portugal que em Espanha e Grécia juntos. Ao mesmo tempo a geringonça retirou meios e verbas ao combate e prevenção de incêndios. Agora não venham dizer que a culpa foi da trovoada seca. Nem tentar branquear a falta de acção e coordenação da protecção civil e autoridades que encerraram o IC8 e enviaram por engano dezenas de condutores para a morte. Não apurar responsabilidades é desprezar aqueles que perderam a vida.

      Liked by 1 person

    • Carneiro permalink
      19 Junho, 2017 23:18

      que comentário tão cretino

      Gostar

  23. Pinto permalink
    19 Junho, 2017 15:41

    Gostaria que confrontasse a ministra, o primeiro-ministro e o Presidente da República, para tentar apurar quantos proprietários, daqueles que viram o seus terrenos ardidos, foram notificados pela GNR ou outra entidade desde janeiro a esta parte, compelindo-os a proceder à remoção da biomassa florestal, conforme estipulado no Decreto-Lei n.º 124/2006, de 28 de julho, com última redacção operada pelo Decreto-Lei n.º 83/2014, de 23 de maio, mais concretamente no seu art. 15.º.

    Estar décadas a falar de prevenção, essa prevenção estar estipulada em lei e depois não se materializar, não se concretizar, merece uma resposta da tutela respectiva. Se nenhum dos proprietários foi notificado (não me admirava) penso que se deve apurar a responsabilidade dessa omissão.

    Gostar

    • sam permalink
      19 Junho, 2017 15:52

      Ó projecto de galinha, o maior proprietário é o próprio Estado.
      Quem te pusesse uma moto-roçadora nas mãos…

      Gostar

      • Pinto permalink
        19 Junho, 2017 16:01

        Mais de 90% dos terrenos são de particulares. Isso que acabou de escrever é próprio de quem não faz a mais pálida ideia do que diz. Como a ignorância está sempre associada à arrogância, mostrou aqui que para além de não saber o que diz ainda diz de narizinho no ar. Mostra que é uma pessoa interessante (nem para limpar um esgoto).

        Gostar

      • sam permalink
        19 Junho, 2017 16:42

        Querido futuro frango de churrasco, estás mesmo a tentar desmentir-me?! Pensas que a tua evocação de legalidades feitas de papel consegue disfarçar o teu desconhecimento sobre o custo físico e financeiro de limpar terrenos?? Nao levaste a tempo com o cabo do ancinho na testa…

        Gostar

      • Pinto permalink
        19 Junho, 2017 17:50

        Custo financeiro? Mau. Então há pouco eram os terrenos que eram na maioria públicos. Viu a argolada, agora vem com outro argumento. Para esse já respondi ao Piscoiso.

        Ainda o sam não sabia limpar o monquinho já eu andava com o engaço (como se diz na minha terra, ancinho é a palavra usada por quem não o usa) horas a fio. Tem de comer muitas malguinhas de sopa para vir de narizinho empinado para mim.

        Gostar

      • sam permalink
        19 Junho, 2017 21:56

        Lindo filho de uma incubadora, pretendes tu que o Estado faça valer a lei em que se propõe como substituto dos particulares na limpeza de terrenos, o mesmo Estado que enquanto o maior proprietário do país não trata de limpar os seus próprios terrenos, porque o dinheiro não chega para se dar o exemplo e ao mesmo tempo alimentar a corja familiar dos césares socialistas?? Deves pensar que és um perú de natal, com tanta aguardente dentro do bucho…

        Dizes que sabes pegar num engaço? Muito bem, tens muito onde ser útil. Oferece-te na câmara mais próxima.

        Gostar

      • Pinto permalink
        20 Junho, 2017 06:48

        sam, está escrito em português. Não é o Estado a substituir-se. É cada qual a limpar o seu terreno e obviamente que deve haver fiscalização no sentindo de se saber se os terrenos foram limpos. Não sou apologista desta paranóia fiscalizadora sobre tudo o que mexe, sobre restaurantes que colocam um galhateiro ou sobre os automóveis que circulam a 55 km/h onde só podiam circular a 50. Mas se há assunto onde deve haver fiscalização é esta pois a negligência de uns pode afectar os outros.

        E se há muita gente a dizer que não tem dinheiro para limpar o seu terreno então essas pessoas devem pensar em vender a outra pessoa pois ter um bem implica capacidade de o manter,. Ainda assim alie prevê mecanismos para quem não procede à limpeza.

        97% dos terrenos são de particulares (é puxar para o telejornal da RTP de ontem, para as 20:30). Essa conversa corriqueira de colocar o exército, os presos, os desempregados, os extraterrestres a limpar terrenos é conversa da treta. Esses 3% (ou a parte desses 3% que fica junto a estradas e edifícios) devem ser limpos pelo Estado da forma que entender. Mas depois há o problema dos restantes 97%.

        Gostar

      • sam permalink
        20 Junho, 2017 14:57

        Pinto (em português, e não em brasileiro): no dia em que o Estado cumprir a lei que fez, terá autoridade para a fazer cumprir aos outros; no dia em que o Estado conseguir montar soluções que lhe permitam cumprir a lei, os particulares deixarão de ter desculpa.
        Podes marcar na tua agenda: dia de S. Nunca à tarde.

        Gostar

      • Pinto permalink
        21 Junho, 2017 19:21

        Sam, anda a mudar muitas vezes de tema. Retomando: quantos proprietários notificou a GNR? O Estado, obviamente, tem de limpar o que é dele.

        Gostar

    • piscoiso permalink
      19 Junho, 2017 16:19

      Como disse uma proprietária de um terreno: com uma reforma de 300 euros mensais, como é que vou mandar fazer isso?

      Gostar

      • Pinto permalink
        19 Junho, 2017 16:24

        Quando se verifique que o proprietário não procedeu à remoção das árvores até ao dia 15 de Abril de cada ano, a entidade gestora do posto de vigia pode substituir-se ao proprietário, no corte e remoção, podendo dispor do material resultante do corte

        N.º 6, do art. 32.º do Decreto-Lei n.º 124/2006, de 28 de julho.

        A ministra tem de explicar o que foi feito neste inverno. Quantos proprietários foram fiscalizados, quantas acções de fiscalização foram feitas por aquele serviço especial da GNR que foi criado no tempo em que o primeiro-ministro era MAI.

        Gostar

    • Tiro ao Alvo permalink
      19 Junho, 2017 19:12

      Pinto, pelo que nos está a dizer as leis que cita “não pegaram”. No Brasil também acontece disso: quando uma lei não é aplicada, os políticos justificam-se dizendo que “a lei não pegou” e está tudo justificado. A lei era fraca e “não pegou”.
      Lá como cá…

      Gostar

  24. 19 Junho, 2017 15:54

    Cristina Miranda,

    esqueci-me, parabéns pelo post.

    Gostar

  25. Democrata com larga experiência — Vende-se permalink
    19 Junho, 2017 16:14

    Aqui se prova como se pode ser assertivo(a) e sensato(a) numa hora destas.

    Parabéns, Cristina pelo post.

    Liked by 1 person

  26. piscoiso permalink
    19 Junho, 2017 16:31

    Sobre os meios de prevenção aos incêndios florestais, é curioso observar que um dos maiores incêndios ocorreu em 2012 nos EUA, Colorado, que consumiu 22.250 hectares e destroçou 181 casas.

    Gostar

  27. carlos alberto ilharco permalink
    19 Junho, 2017 16:32

    Não leva a mal é Guinness.
    É o erro mais frequente do Mundo.

    Gostar

  28. Arlindo da Costa permalink
    19 Junho, 2017 16:48

    Segundo a lógica aristotélica, o Inferno deve ter um governo incompetente…, a Califórnia tem um governo incompetente, a Austrália tem um governo incompetente, etc, etc.

    Lê-se cada asneira!

    Gostar

    • sam permalink
      19 Junho, 2017 21:28

      Acabei de te ler, Lindinho.
      Nasceste realmente para asneirar.

      Gostar

    • 19 Junho, 2017 22:12

      zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz

      Gostar

    • Carneiro permalink
      19 Junho, 2017 23:21

      Eh lá…aristotélica…hoje foste ao google, seu maroto. Andas a aplicar-te. Um dia destes ainda te pões a ler um livro sem bonecos

      Gostar

  29. javitudo permalink
    19 Junho, 2017 16:50

    Cristina, bom post. Faz muitas perguntas. Dei comigo a pensar:
    Se estivesse na Venezuela, quantas mais a deixavam fazer até virem buscá-la a casa?
    Noutras latitudes que Goulag iria ser convidada a visitar?

    Existe a ilusão de que a liberdade é um valor preservado desde o 25A. A agressividade na central de negócios e as declarações de altos responsáveis fazem-nos duvidar. Perante a tragédia tanto a ministra da AI como o afectuoso recomendaram silêncio. Solidariedade chega.
    Os seus aliados, se puderem, irão mais longe. De recomendação à proibição é um passo.
    É o inculcar da narrativa xuxialista a único correcta e por isso autorizada.
    Omissões em série já são regra nas televisões onde os chefes de redação estão acantonados e as jornalistas escolhidas arredam as melena e passeam as suas toilettes entre cadáveres.
    À medida que a geringonça derrapa as tragédias vão-se sucedendo, a censura encapotada atacará com vigor e os trolls saltarão nos blogs a insultar e a ofender a bel prazer.

    Liked by 3 people

  30. Francisco permalink
    19 Junho, 2017 18:20

    TRAGAM UMA PINGA DE ÁGUA

    Como é fácil deitar lume ao sabor dos tornados de vento.
    Tudo serve para arder.
    Incompetentes chuvas que governam os céus.
    Acabaram por cair e lavar o letrado negro que não seca.
    Tragam uma pinga de água.

    Liked by 1 person

  31. maria permalink
    19 Junho, 2017 18:26

    Excelente texto, muitos parabéns Cristina. Mais escrevera e mais acertara.
    Maria

    Liked by 2 people

  32. Campus permalink
    19 Junho, 2017 18:31

    Cara Cristina Miranda, não faça tantas perguntas pois o Professor Presidente já explicou que foi feito tudo o que se podia fazer, agora é enterrar os mortos e distribuir abraços, beijinhos e selfies.
    Caso único, até já se conseguiu encontrar a árvore culpada.
    Assunto arrumado, como diz o nosso primeiro ministro.

    Liked by 3 people

  33. Manuel A permalink
    19 Junho, 2017 21:46

    Cristina, excelente este seu texto.
    Os meus parabéns.

    “Mais vale prevenir que remediar” diz o nosso Povo.

    Mas:

    1- A limpeza do arvoredo: quanto custa e onde está a mão-de-obra disponível para a fazer atempadamente? Estão os Proprietários em condições de poder pagar sucessivas limpezas sem terem o retorno dos custos envolvidos?

    2 – Muitos dos actuais Proprietários desconhecem a localização das extremas dos seus terrenos que só conhecem através dos registos e do pagamento anual do IMI.
    Quem é que lhes vai dizer a localização dos mesmos?

    3 – A compra das madeiras está entregue a pessoas idóneas, devidamente registadas e sujeitas a cumprir regras e preços superiormente estabelecidos?

    4 – Depois de cortadas as árvores, que fazer com as ramas e pontas sobrantes que ficam sobre os terrenos? Quem os pode consumir? E os matos que naturalmente aí nasçam e sejam removidos durante as eventuais operações de limpeza, para onde se podem mandar?

    5 – São suficientes e estão devidamente abertos e transitáveis os caminhos que permitam aos Bombeiros fazer o seu trabalho em caso de sinistro?

    6 – Estão minimamente instruídos para as regras de Segurança, os moradores que ainda resistem viver nas suas aldeias onde têm os seus bens?

    7 – Onde está uma massa crítica mínima de população que deveria estar nas zonas do interior do nosso País caso tivessem condições mínimas de aí levarem uma vida decente e confortável?

    8 – As Autarquias fazem tudo o que é possível para ordenar o seu território? Dão bom exemplo e ajudam o Proprietário a melhorar as condições dos seus terrenos no sentido de evitar sinistros graves?

    9 – O Estado Português tem todos os meios de Segurança Nacionais activos TODO o Ano? E dá bom exemplo nos terrenos que lhe pertencem e administra?

    10 – Guardas Florestais, Cantoneiros das Estradas, Guarda -rios e Resineiros, do tempo do Estado Novo, homens que conheciam o Território melhor que as palmas das suas mãos, vigiavam e apoiavam os Proprietários, o que lhes fizeram? Onde estão?

    11 – As Indústrias relacionadas de alguma forma com a Madeira estão bem distribuídas nos territórios que a produzem? São suficientes?

    Não me adianto mais, choro a morte de meus compatriotas que faleceram ingloriamente, lamento o prejuízo material de muitos e temo que no rescaldo de tudo isto se atribua a culpa e a responsabilidade a um raio que caiu sobre um pinheiro.

    Liked by 2 people

  34. 19 Junho, 2017 22:17

    “Aliás nesse tempo tínhamos uma ministra, corrupta e medíocre de seu nome Assunção Cristas que pedia para os portugueses rezarem para haver chuva.”

    Catarina Martins @catarina_mart (twitter)
    Que venha a chuva. Bom dia
    09: 40 – 19 Jun 2017
    (twitter)

    Se a primeira era beata, corrupta e medíocre, a segunda é ateia, drogada, puta e hipócrita desavergonhada!

    Liked by 1 person

  35. 19 Junho, 2017 22:36

    Perfeito!

    Liked by 1 person

  36. jorgemmc permalink
    20 Junho, 2017 04:02

    Quanto ao conteúdo, totalmente de acordo.

    A expressão “época de incêndios” usa-se em Portugal como a expressão “hurricane season” se usa nos EUA. A diferença é que estes são meeesmo impossíveis de prevenir.

    Liked by 1 person

  37. joaquim ferreira simoes permalink
    20 Junho, 2017 05:44

    Se não forem aprovadas responsabilidades dou a a quem doer. Este meu País a minha Pátria … morreu também.

    Liked by 1 person

  38. Maria permalink
    20 Junho, 2017 20:33

    É tempo de virmos para a rua exigir a regionalizaçao. Estes politicos nem conhecem o país.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: