Skip to content

O hipster da gadanha está de volta

5 Fevereiro, 2018

tumblr_m2097zI7PX1qdpkl5o1_500Já tardava o regresso do “debate” sobre a eutanásia. As aspas justificam-se, porque trata-se apenas de um monólogo de iluminados do Bem1 que, ao obterem a reacção do Mal1, validam o único argumento que apresentam: os obtusos brutos são contra, logo só pode ser bom. Claro, resta saber se “a Direita” é mesmo contra, que já vimos de tudo desde que as vacas começaram a voar, do Partido Comunista como garante da paz social à galantaria en pointes do doutor Rio para tentar o patriarca da Geringonça em atormentado affaire, isto passando pelos arrebates maoístas da reeducação do homem para “acabar definitivamente com o assédio” e propostas de paridade que validem a incapacidade da mulher em ascender por mérito próprio a cargos de chefia.

Francisco George, um ex-coiso, chegou a falar do (isto é uma citação) “interesse público” em concordar com o Bloco de Esquerda (o oximoro é óbvio):

Esta lei tem de ser aprovada no interesse público, porque no final da vida há abusos médicos muitas vezes, por pressão de administrações sobretudo no setor privado, onde se mantém a vida artificial, que não é aceitável nem no plano moral, nem no plano da ética, nem no plano médico, nem no plano económico. (TVI)

Note-se o que é dito: é do interesse público evitar o abuso económico que é o prolongamento da vida de pessoas. Apesar de tais declarações deixarem entusiasmado o Ceifador (“cá te espero, Francisco”), só podem nausear gente que tem o mais basal pico-respeito pelo valor da vida humana.

Náusea à parte, é triste que tanta carneirada — não é desrespeito: havendo quem quer matar gente, tratar por carneiro até é elogio — aceite como sendo eutanásia o acto homicida que o Estado quer trazer a si. Eutanásia consiste na facilitação do suicídio a quem não o consegue cometer — que sendo legal implica a não persecução do ou dos indivíduos que providenciaram os meios para este suicídio —, não consiste em administrar injecções letais mediante pareceres de comités de combate ao sal e ao açúcar, tratando-se apenas da versão fofinha da cadeira eléctrica, ou, por outras palavras, da execução legal em tudo idêntica à pena de morte.

Seja como for, que o circo está de volta à cidade, disso ninguém tenha dúvidas. Ponham os capacetes, que o hipster da gadanha já chegou.


1 “Bem” e “Mal” são conceitos antagónicos criados aquando das transições para regimes democráticos que perduram pela capacidade esotérica de todos (dei ênfase, sim) os media os perpetuarem. Em Portugal, “Bem” refere-se sempre ao Partido Socialista e “Mal” a todos os outros que se limitam a existir para tentarem ser como o Partido Socialista.

 

Anúncios
75 comentários leave one →
  1. Juromenha permalink
    5 Fevereiro, 2018 12:16

    Querem ver que os Alemães…não me digam que foi (é) uma questão de “timing”..agora,com os “progres” a tomarem conta do “negócio”…

    Gostar

  2. Oscar Maximo permalink
    5 Fevereiro, 2018 13:49

    Fala quem sabe de saúde, que essa ideia da “saúde não ter preço” é um romantismo que nunca cola á realidade. Qualquer gestor hospitalar tem de tomar decisões sobre custos com consequências na saúde ou vida dos utentes.

    Gostar

    • 5 Fevereiro, 2018 14:17

      Tem. Uma delas é os recursos a alocar para mudanças de sexo e abortos. Numa folha de Excel dá para ver que cada dia do canceroso dá para 6 regendrificações.

      Liked by 2 people

      • Luis permalink
        5 Fevereiro, 2018 15:39

        Ja nao e necessaria a operacao para mudar… ahah…

        Hoje posso acordar assim… a sentir-me gaja… tratem-me por Catia Vanessa, melhor, por Katia… e nao preciso de ir a faca… ahah

        Gostar

  3. 5 Fevereiro, 2018 13:53

    Eu não quero que o estado me facilite o suididio, eu quero que ele me saia da frente da gestão da minha vida, assim como quero que me saia da frente cada vez que preciso de medicamentos e tenho que passar pelo escrutinio e permissão de toda a “classe” estatal para lhes ter acesso. Isso sim é ser-se carneiro.

    Gostar

    • 5 Fevereiro, 2018 23:38

      Tens boa solução: vais à net e encomendas os “medicamentos” que precisares (viagra, ganza ou cianeto, conforme o caso). Depois não te queixes dos efeitos cúlaterais e não vás para o hospital gastar o dinheiro dos cão-tribuintes, ok.
      Deves achar que o Infarmed é para enfeitar…

      Liked by 1 person

  4. 5 Fevereiro, 2018 14:42

    O ex-coiso é uma vergonha

    Ele sabe muito bem que já se despacham velhos nos hospitais. A dita eutanásia é exclusivamente para o fazerem legalmente. E poupar gastos

    Gostar

    • 5 Fevereiro, 2018 14:53

      É melhor ser-se despachado “legalmente”, sob o efeito de uma anestesia. Do que ser-se despachado ilegalmente deixado a apodrecer literalmente amarrado a uma cama do hospital.

      Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 15:23

        Tu apodreces online e ninguém se importa

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 15:49

        Dona, Zazie pela quantidade de comentários que vejo, a senhora parece estar a apodrecer amarrada ao “online” mais que eu, Por vezes a senhora dedica aqui dias inteiros da sua vida de tal maneira que em artigos com mais de uma centena de comentários mais metade são seus.. Garanto-lhe que dada a sua demência e idade, a Zazie apodrecerá muito mais depressa e cedo que eu.

        Gostar

      • 6 Fevereiro, 2018 00:18

        Tu deves é estar podre da cabeça… de cima e da de baixo!

        Gostar

  5. Luis permalink
    5 Fevereiro, 2018 14:49

    Nao vai ficar por aqui. Eles alimentam-se de “causas”. Com a legalizacao do aborto e da agenda LGBT ficou um vazio que importa preencher. Das drogas a eutanasia, dos caes e dos gatos a prostituicao, as causas vieram para ficar.

    Gostar

    • Luis permalink
      5 Fevereiro, 2018 14:51

      Ninguem os ataca com vigor. A Igreja nao tem forca, os professores universitarios conservadores nao falam, o CDS e o PSD ja sao iguais ao BE nestes temas. O prof. Gentil Martins e dos poucos que tem coragem para falar, e ninguem o respeita, e uma vergonha

      Gostar

    • 5 Fevereiro, 2018 14:55

      Já arrumou o seu liberalismo na gaveta está visto…

      Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 14:59

        Se isso é liberalismo então posso atirar a chave fora.

        Liked by 1 person

      • Luis permalink
        5 Fevereiro, 2018 15:01

        Quem vive numa cultura liberal percebe que o liberalismo economico floresceu no seio de culturas altamente conservadoras, puritanas.

        Conservador nos costumes, liberal no plano economico. Nao vejo onde esta a confusao…

        Gostar

      • Luis permalink
        5 Fevereiro, 2018 15:04

        O livre comercio sempre trouxe beneficios para as populacoes. Isto ja vem dos alvores da Civilizacao… nos vales do Tigre e do Eufrates.

        Gostar

      • Luis permalink
        5 Fevereiro, 2018 15:05

        A eutanasia e uma questao de valores. Somos uma cultura que exalta a Vida ou a Morte? E isto que se deve perceber.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 15:39

        Para responder a todas as vossas afirmações e questões, façam questão de ler o meu primeiro comentário postado. O vosso problema é apenas cegueira maniqueista partidária.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 15:42

        Pergunta séria: já sabe a posição dos partidos em relação a isto? Eu não sei.

        Liked by 1 person

      • 5 Fevereiro, 2018 15:40

        “A eutanasia e uma questao de valores. Somos uma cultura que exalta a Vida ou a Morte?”
        Tem razão agora vamos lá banir o alcool e o croquete se faz favor…

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 15:58

        Para responder à sua pergunta vitor . Premita-me que reformule a minha afirmação anterior, o vosso problema é o maniqueismo politico . Assim como os socio/comunas enfiam o socialismo na gaveta quando não é conveniente, também vós camaradas, metem o liberalismo na gaveta quando não vos agrada “certas de determinadas”, liberações.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 16:14

        Não vou discutir se assassinar velhos doentes é um dogma liberal, porque não me interessam dogmas éticos que mudem a moral. Se não sou liberal, não sou. A diferença que me faz ser ou não ser é nenhuma.

        Liked by 1 person

      • Luis permalink
        5 Fevereiro, 2018 16:30

        “A eutanasia e uma questao de valores. Somos uma cultura que exalta a Vida ou a Morte?”
        Tem razão agora vamos lá banir o alcool e o croquete se faz favor…

        E o divorcio pois ha estudos que provam que um homem casado e mais saudavel. Ou o sexo entre homens pois a incidencia de DSTs aumentou muito entre homens que tem sexo com homens.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 18:59

        Entre “assassina-los” com uma anestesia por mera gestão financeira à nova maneira socialista proposta, ou deixa-los “apodrecer” abandonados e amarrados nas camas dos hospitais, por mera gestão financeira à maneira liberal ou como o vitor pretende agora ser, à conservadora. A primeira é digamos, menos imoral e desumana.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 19:17

        Esse é o argumento Baader Meinhof. Antes proporcionar-lhes a morte que uma vida vazia em prol do capitalismo.

        Liked by 3 people

      • 5 Fevereiro, 2018 19:19

        Além de que isto nada tem que ver com ideologias, como o feudo Sartre/Camus tão eloquentemente demonstrou.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 19:50

        Eu diria que o seu vitor, é antes uma falsa comparação maniqueista, para fugir à refutação objectiva. Usando o argumento do espantalho.
        É a cobardia da moralidade, como Nietzsche “tão eloquentemente demonstrou”.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 20:04

        Nietzsche morreu sozinho a bater punhetas.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 20:25

        Já Cristo morreu pregado num tronco abandonado por Deus,segundo o desespero do próprio, acompanhado de dois criminosos um em cada lado também crucificados. E só não bateu “punhetas” porque lhe pregaram as mãos também…

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 20:27

        O que só provaria que Deus é os homens.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 20:49

        Quer antes dizer dos judeus…

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 21:25

        Queria dizer O Homem.

        Ah, e Nietzsche não morreu nada a masturbar-se, que o sífilis é chato mas não é motivo de eutanásia.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 21:28

        Podemos sempre argumentar que Jesus, o judeu, foi eutanasiado.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 21:20

        Querer levar os velhos a pedirem a morte, fingindo que é por bem é que é moralismo de cavalgaduras

        O Nietzsche não é para qualquer um.

        Liked by 1 person

      • 5 Fevereiro, 2018 22:12

        “Podemos sempre argumentar que Jesus, o judeu, foi eutanasiado. No final do calvario e da crucificação foi “eutanasiado” pelo centurião Longinus por um golpe de lança. Os romanos que não eram homens de Deus eram no entanto eram mais piedosos que os judeus que o tinham, e que o condenaram. Acreditavam ser um gesto de maior piedade face ao sofrimento excruciante da crucificação, ou então se calhar apenas mera gestão administrativa para despachar o processo. Seja qual fosse a intenção, os desgraçados crucificados só tinham a ganhar quanto mais rápido morressem na cruz. E muitos assim estão no inferno da suas vidas terminais.

        Dona zazie, não é tanto “Querer levar os velhos a pedirem a morte”, é mais deixar as pessoas que estão perante a tortura do sofrimento terminal possam escolher termina-lo de forma pacifica e sem dor. Já pra si, eu estou-me a cagar se por sua livre vontade, quiser ficar amarrada a uma cama do hospital com alzheimer a sufocar no próprio vómito, ou delirantemente dopada em agonia com cancro terminal.
        “O Nietzsche não é para qualquer um.” Tem razão, sobretudo para tias bobones do movimento anti-croquete.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 22:51

        Este tipo é imbecil.

        Parece um daqueles escardalhos com o “mar adentro” para justificar as centenas de velhos que são mortos exclusivamente por estarem velhos e já não terem préstimo nem para votos nem para a Revolução.

        Casos terminais, o tanas. Já matam as pessoas com a patranha do Testamento Vital que nada tem a ver com “casos terminais” mas até pode ser apenas para não enfiarem uma sonda.

        Aconteceu isto com a minha tia. O médico colombiano- o Diego Carrasco dos Capuchos disse literalmente isso: “não queremos que depois fique com uma sonda por tempo indeterminado; isso não é vida”.

        Mandei-lhe um berro- vade retro!

        E isto prova o que eu disse- quererm eutanásia porque há quem avalie o que é e não é a vida dos outros.

        E meteu a sonda a contra-gosto, garantindo que ia ficar assim para o resto da vida.

        Em estando em casa, na segunda semana a prórpia tirou aquela porcaria fora e começou a comer.
        Tinham-na morto se eu não estivesse lá.

        E tinha sido mais uma “eutanizada” por Testamento Vital que é também para isto que serve.

        Agora querem mais. Não chega o modo como já os matam sem sequer pedirem ou estarem na pôrra de estado terminal algum

        Estado terminal está a mioleira destas bestas que nem Nietzsche entendem e precisam de recitar a cartilha neontona para se sentirem gente.

        Liked by 1 person

      • 5 Fevereiro, 2018 22:55

        Já mataste a tua mãezinha,

        Trata disso porque deves ter sido cagado, de tal modo tens nojo de toda a gente.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 22:59

        Porque é que ainda andas cá?

        Porque não te matas tu?

        Que merda de valor atribuis a ti que não atribuis a qualquer desconhecido que julgas ter mais uns anos que tu?

        Deve ser por nada teres dentro do bestunto que lá achas que a natureza está em dívida e queres cobrar mais que os outros.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 23:00

        Deves ser um triste de um triste.

        Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 23:01

        Deves ser um triste E de um traste que só anda aqui a perseguir mulheres que imagina mais horríveis que a que o cagou.

        Liked by 1 person

      • 6 Fevereiro, 2018 00:42

        mg escreveu: “Podemos sempre argumentar que Jesus, o judeu, foi eutanasiado. No final do calvario e da crucificação foi “eutanasiado” pelo centurião Longinus por um golpe de lança. Os romanos que não eram homens de Deus eram no entanto eram mais piedosos que os judeus que o tinham, e que o condenaram. Acreditavam ser um gesto de maior piedade face ao sofrimento excruciante da crucificação, ou então se calhar apenas mera gestão administrativa para despachar o processo. Seja qual fosse a intenção, os desgraçados crucificados só tinham a ganhar quanto mais rápido morressem na cruz.”

        Da Bíblia: “E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito.
        Os judeus, pois, para que no sábado não ficassem os corpos na cruz, visto como era a preparação (pois era grande o dia de sábado), rogaram a Pilatos que se lhes quebrassem as pernas, e fossem tirados.
        Foram, pois, os soldados, e, na verdade, quebraram as pernas ao primeiro, e ao outro que como ele fora crucificado;
        Mas, vindo a Jesus, e vendo-o já morto, não lhe quebraram as pernas.
        Contudo um dos soldados lhe furou o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água.” (João 19:30-34)

        Em nome da honestidade intelectual, como pode ler,
        1) Jesus Cristo já tinha morrido quando foi golpeado pela lança do soldado romano;
        2) Não foram os romanos mas sim os judeus que quiseram “despachar o processo”;
        3) Os judeus tinham pressa porque se aproximava o Sabath (a tal “mera gestão administrativa”) não foi por compaixão ou piedade;
        4) Quanto à alegada piedade dos romanos politeístas, que praticavam a crucificação, para abreviar a morte às vezes fracturavam as pernas do condenado, removendo totalmente sua capacidade de sustentação, acelerando o processo de asfixia que levava à morte. Mas era mais comum a colocação de “bancos” no crucifixo, o que fazia com que a vítima vivesse por mais tempo;
        5) Não há referência na Bíblia quanto ao nome do soldado que perfurou o Lado de Cristo.

        Gostar

  6. 5 Fevereiro, 2018 15:26

    Não se trata de valores. Trata-se de aritmética e realidade social.
    Há-de ser impossível estas bestas conseguirem arcar com Estado Social para os velhos portugueses e para os inúteis que importam para o voto

    Os inúteis ainda pode ser por tara de altruismo patológico- os velhos portugueses, não. Não entram no pacote do lobby das causas

    Liked by 1 person

    • Luis permalink
      5 Fevereiro, 2018 15:38

      Com um dos tres indices de fertilidade mais baixos do mundo, em torno de 1,3 filhos por mulher, e uma questao matematica…

      O actual sistema de pensoes e insustentavel. Mas com a piramide etaria invertida, quem da votos nao sao os jovens, que ate tem niveis de abstencao muito superiores.

      Quem decide as eleicoes, cada vez mais sao os velhos. E mexer nas pensoes, ou politicas de vida e de natalidade nao rendem votos.

      Liked by 1 person

  7. 5 Fevereiro, 2018 15:29

    Livre comércio de gente sempre se chamou um nome feio.

    Liberdade de deslocação tem outro nome- é turismo. Importar inúteis do cu de judas é patologia

    Gostar

  8. Raghnar permalink
    5 Fevereiro, 2018 16:50

    “The present paper provides evidence that these laws and safeguards are regularly ignored and transgressed in all the jurisdictions and that transgressions are not prosecuted. For example, about 900 people annually are administered lethal substances without having given explicit consent, and in one jurisdiction, almost 50% of cases of euthanasia are not reported. Increased tolerance of transgressions in societies with such laws represents a social “slippery slope”..

    “A terminal illness is no longer a prerequisite. In the Netherlands, euthanasia for anyone over the age of 70 who is “tired of living” is now being considered.”

    https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3070710/

    Está visto que isto em Portugal será mesmo “solução” para a “peste grisalha”…

    Liked by 1 person

  9. 5 Fevereiro, 2018 21:27

    Coragem era dizerem publicamente isto:

    Que em nome do “liberalismo” defendem a matança de velhos. Com o pretexto de que estão mais mortos que vivos e que fazem parte dos intelectuais que avaliam.

    Isso si, Isso é que era ter coragem.

    E podem sempre argumentar que quem não fala assim ainda corre o risco de ser banido do clube ideológico.

    Gostar

    • Euro2cent permalink
      5 Fevereiro, 2018 22:49

      Meh, ainda hoje ao passar na rua deparei, numa caixa de correio, com um pequeno autocolante a dizer singelamente “CRISTÃOS PELA EUTANÁSIA”.

      Devem ser os descendentes dos tolos progressistas da Capela do Rato. Já cá faltavam para compor o ramalhete, sempre prontos para o disparate.

      Gostar

      • 5 Fevereiro, 2018 22:53

        Sacanas. Eu e a esses dava mesmo uma corrida na rua.

        Acredite. Metem nojo.

        Gostar

  10. 5 Fevereiro, 2018 22:56

    O que é que estas bestas acham que têm a mais que um qualquer velho?

    Para que vivem se viver é envelhecer?

    Liked by 1 person

  11. 5 Fevereiro, 2018 23:09

    «amarrada a uma cama do hospital com alzheimer a sufocar no próprio vómito , ou delirantemente dopada em agonia com cancro terminal.»

    Um animal que escreve isto é isso mesmo- menos que um verme. Há que ter pena destes infra-humanos, lá isso é verdade.

    Liked by 1 person

    • 6 Fevereiro, 2018 00:00

      O estúpido que escreveu isso, defende-se com isto: “deixar as pessoas que estão perante a tortura do sofrimento terminal possam escolher termina-lo de forma pacifica e sem dor.”
      Não deve saber o que são cuidados paliativos! O problema é que nem todos têm acesso aos cuidados paliativos e isso é que devia estar em discussão: precisamos de mais e melhores cuidados paliativos!

      Para o estúpido, um doente de alzheimer engasgado com o vómito tem como tratamento a morte! E se alguém partir um braço, corta-se fora?

      E como é que uma pessoa com cancro terminal e delirantemente dopada, está em agonia? Um estudo científico constatou que mais de 85% dos doentes terminais em cuidados paliativos não sofre com quaisquer dores. Dos restantes 15%, uma grande parte não sofre com dores que não sejam suportáveis. Ler: http://www.genethique.org/fr/la-plupart-des-patients-ne-souffrent-pas-en-fin-de-vie-68766.html#.Wnju9Khl_cv

      Por isso, procurem informação fidedigna, em vez de ouvirem as opiniões de “especialistas” como o Rui Rio, a palhaça da catarina e do George. Será que este último usou a eutanásia para o sogro Almeida Santos? E o Mário Soares em coma durante um mês e que morreu convenientemente depois das Festas de 2016?

      Liked by 2 people

    • 6 Fevereiro, 2018 00:09

      Parafraseando o seu querido Schopenhauer zazie , deixe de ser uma falsa dissimulada.

      Para si rasputine, deixe de ser um eunuco pateta.

      Gostar

      • 6 Fevereiro, 2018 00:15

        Tu queres é manipular-me uma coisa que eu cá sei, mas dispenso!
        E farias melhor se rebatesses os meus argumentos, mas como isso é mais difícil, ficas pelo esganiçamento.
        Toma, aproveita:

        Gostar

      • 6 Fevereiro, 2018 01:21

        Eu não rebato argumentos espantalhos, de gente que ou não sabe interpretar o que lê, ou como um eunuco pateta e cheira rabos de saias que o rasputine é, se deixa levar que nem uma marionete pelas sua falsas lágrimas.
        E que para mostrar a sua patética “bravura” no socorro à dissimulada brejeira donzela aflita, para a impressionar, tropeça na própria espada caindo em cima dela.

        Essays of Schopenhauer, by Arthur Schopenhauer
        https://books.google.pt/books?id=fuZDCwAAQBAJ&pg=PT66&lpg=PT66&dq=dissimulation+is+innate+in+women&source=bl&ots=n7IOdHcLz7&sig=Zw964i9cfF7C00P8aMzhar8tIbQ&hl=pt-PT&sa=X&ved=0ahUKEwi_mZTPhJDZAhWCvRQKHW3MB9AQ6AEIVjAG#v=onepage&q=dissimulation%20is%20innate%20in%20women&f=false

        Agora tome lá mais esta e veja se deixa de ser um patético pau mandado zé da franga.

        “What a great advantage a man can have over women, if he only knew what cold and calculating thoughts are going through her mind…. while her eyes are brimming with tears.” Esther Vilar

        Gostar

      • 6 Fevereiro, 2018 02:03

        E eu não rebato argumentos de espantalhos!

        Liked by 1 person

      • 6 Fevereiro, 2018 02:17

        O mg é um pós-moderno. O pós-moderno tem ideias na sanita. O pós-moderno compreende o mundo por movimentos intestinais.

        Liked by 1 person

      • 6 Fevereiro, 2018 03:31

        Denoto aí um certo orgulho egotistico ferido camarada vitor…
        Oh vitor chame-me logo um fascista, ou melhor por estas bandas, um comunista que é para estabelecer logo o primitivismo defensivo do grupelho e se afirnar como o chefe lider, e deixe lá as paneleirices boçais pedânticas .
        Você não é tão inteligente nem perspicaz como quer fazer querer.

        Gostar

      • 6 Fevereiro, 2018 07:33

        Você não imagina como fico emocional quando me dizem que não sou inteligente ou perspicaz. Até me apetece eutanasiar alguém.

        Gostar

      • 6 Fevereiro, 2018 13:44

        No entanto, reparei que mudou de ideias: https://blasfemias.net/2017/01/31/sobre-a-morte-assistida-ou-mais-precisamente-sobre-ma-fraude-deliberada-de-linguagem/#comment-2000023
        Talvez num destes dias estivesse afectada com uma maleita qualquer.

        Gostar

      • 6 Fevereiro, 2018 14:18

        Ó Vitor, vá não se atire da varanda abaixo do seu prédio. Vitor ainda tem muito pra viver, ainda há muita lama no seu charco disponível para continuar a se enchafurdar nela com o resto sua vara aqui do burgo. Lá porque Deus não lhe deu mais inteligência para conseguir escrever prosa melhor que a seu pueril manual moderno, que anda a competir em desvantagem devo lhe dizer, com o “caderno das piadas secas” e o “Como Ser Um Unicórnio” de uma youtuber “influencer”. E o melhor que consegue ser enquanto frustrado escritor é ser um croniqueiro bloguista muito aquém do bebado bocage. Não é razão para se sentir mal com a vida. Não se esqueça que também o Adolfo foi um frustrado artista e no final até teve uma vida de sucesso.
        Vá lembre-se dos seus filhos, pois um dia mais tarde quando tiver amarrado a uma cama do hospital abandonado e a comer por uma palhinha, amargurado por nunca ter recebido um pulitzer ou um nobel, e não poder ter o seu nome ao lado do saramago, eles ainda o poderão ajudar a lhe desligar a máquina. E o saramago afinal sempre foi um cabrão de um comunista que escrevia sem virgulas.
        Em vez da sua vida, atire antes pela varanda abaixo, a demente madame artista. Pelo menos poderá continuar a comer croquetes descansado, e é um favor que lhe faz à Tia dela.

        Gostar

      • 6 Fevereiro, 2018 14:46

        “No entanto, reparei que mudou de ideias”
        Mudei ? O camarada Vitor, ou anda a usar uns óculos esquisitos que invertem os raios luminosos, ou alguma falha de electroquímica sináptica, se passa no seu córtex cerebral . Talvez sejam as lágrimas aflitivas do rabo de saias, que lhe estão a provocar tal falha, não seria a primeira vez.

        Gostar

      • 6 Fevereiro, 2018 16:14

        Deixe-se de palermices, Guida.

        Gostar

      • 8 Fevereiro, 2018 00:38

        Continue a tentar, Wile.E…

        Gostar

    • 6 Fevereiro, 2018 14:41

      O pascácio também conjuga o verbo tar. E julga-se menos mulher por de filosofia apenas saber conversa de cabeleireiro.

      Gostar

  12. 5 Fevereiro, 2018 23:15

    O que é que estas bestas imaginam que é o alzheimer, quando, bastando estar a par das estatísticas o mais provável é mais cedo ou mais tarde virem também a tê-lo?

    A minha mãe tem 100 anos e não tem alzheimer e tem mais cabeça que meio mundo que por aqui despeja inanidades, como esta besta “mg”.

    E isso não faz dela mais ou menos gente que qualquer outro velho.

    A irmã dela- a minha tia, tem 98 anos e alzheimer e é uma pessoa feliz. Ela própria o diz- “estou tão teliz”.
    O alzheimer é uma doença da memória e ninguem se baba por causa disso.

    O alzheimer justifica até o Schopenhauer- o mundo é uma representação. Ela tem o mundo dela, e é mais válido que o mundo de fantasia destes palermas à George que conviveram com tudo isso e não aprenderam nada.

    Nada de nada. Podiam ter-se ficado a jogar a bisca que o resultado podia até ser melhor- não perdiam o senso-comum nem se achavam mais inteligentes que os outros.

    Gostar

    • 5 Fevereiro, 2018 23:57

      Por acaso a zaze esta a falar deste Schopenhauer ?

      Ena tenho de concordar com o homem…

      Gostar

      • 6 Fevereiro, 2018 00:00

        Rabeta, é que tu és. Rabeta e mal-fodido

        Gostar

      • 6 Fevereiro, 2018 01:40

        Mas eu pensava que dona elitista artista varina brejeira apreciava Schopenhauer…

        Gostar

  13. 6 Fevereiro, 2018 00:09

    Canis sem eutanásia; Hospitais com eutanásia.

    Cortar no tabaco, álcool, sal, gordura e açúcar; Liberalizar a droga.

    Não vamos instrumentalizar o corpo da fêmea, por isso, ela que aborte; Vamos alugar a barriga de uma fêmea para servir de incubadora e parideira do bebé encomendado.

    Não à pena de morte para criminosos violentos e psicopatas. Sim à morte através do aborto e da eutanásia.

    Liked by 1 person

  14. Os corruptos que se cuidem permalink
    6 Fevereiro, 2018 00:32

    É verdade, Rasputine e Zazie. O mundo está mesmo de pernas para o ar. Era bom que caíssem estas maçãs podres entretanto, mas não: estão a reproduzir-se, não como maçãs, mas como cogumelos. Até nisso são ao contrário, eh, eh…

    Liked by 1 person

  15. Arlindo da Costa permalink
    6 Fevereiro, 2018 03:46

    Eu sou contra a minha eutanásia. Nada tenho contra a dos outros.

    Gostar

  16. António C. Mendes permalink
    6 Fevereiro, 2018 17:42

    Anda por aqui a Gloria Margarida?

    Gostar

  17. 9 Fevereiro, 2018 05:16

    Dad rescues ‘brain dead’ son from doctors wishing to harvest his organs – boy recovers completely

    https://www.lifesitenews.com/news/dad-rescues-brain-dead-son-from-doctors-wishing-to-harvest-his-organs-boy-r

    E se tivessem usado a eutanásia?

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: