Saltar para o conteúdo

Do 25 de Abril à Liberdade

10 Abril, 2018

Tertulia 5 - Poster

 

No próximo dia 04 de Maio realiza-se no Porto mais uma edição das Tertúlias Liberais promovida pela Oficina da Liberdade.

Paulo Tunhas e Eduardo Freitas partilham connosco dois breves textos introdutórios ao tema que servirão para animar a conversa a ter dentro de quase um mês. Destaco as seguintes passagens:

“Ao longo de uma vida, prezamos mais certas liberdades do que outras. A concepção mais alargada de liberdade será aquela que permita o máximo de liberdades compatíveis entre si: passadas, presentes e futuras. Talvez se possa dizer que um dos fios orientadores do liberalismo clássico é precisamente esse.”

(Paulo Tunhas)

“Pensando a 20 anos de vista, é imperativo resolver a “pesada herança” deste regime: uma dívida colossal que, com vento forte pela proa, nos porá na 4ª bancarrota pós-1974, situação humilhante para o regime no confronto com a disciplina financeira do Estado Novo que possibilitou legar-nos 866 “pesadas” toneladas de ouro (de que apenas restam 343). A dívida é uma perigosa inimiga da Liberdade. Especialmente para os netos.”

(Eduardo Freitas)

O convite para participação na Tertúlia fica feito.

Os texto completos podem ser lidos aqui.

*

Nota: créditos da imagem do cartaz, Vitor Cunha

 

 

Anúncios
20 comentários leave one →
  1. weltenbummler permalink
    10 Abril, 2018 10:14

    força!
    agora que o PSD desapareceu para parte incerta
    rio anda a monte

    Liked by 1 person

  2. 10 Abril, 2018 11:27

    As eleições na Hungria.

    Adensam-se nuvens negras sobre as cabeças de politiqueiros como o António Costa e jornalistas de merda como o Paulo Dentinho.

    Gostar

    • carlos alberto ilharco permalink
      10 Abril, 2018 19:30

      Veja a primeira página de hoje do jornal Público.

      Gostar

  3. Procópio permalink
    10 Abril, 2018 13:28

    weltenbummler… rio anda a monte.
    Não anda não. Anda a fazer o que lhe disseram para fazer.
    Não conseguirá destruir o psd mas quase.
    Os rios procuram a foz.
    Sigam o precurso do rio e até ao oceano prometido.
    O constâncio já teve o dele e bem bom. O centeno para lá caminha.

    Gostar

  4. Procópio permalink
    10 Abril, 2018 14:38

    AINDA QUE A TRAIÇÃO AGRADE, O TRAIDOR SEMPRE ABORRECE.
    Provérbio Portugues

    Gostar

  5. José Domingos permalink
    10 Abril, 2018 15:10

    Por falar em liberdade, sabe-se alguma opinião da esquerda trauliteira parlamentar, sobre as situações na tap, ou agora não dá jeito, o Passos já não está.
    E o pm mário semtino, que não larga a massa.

    Gostar

  6. 10 Abril, 2018 15:15

    Ó c’um carago, então não há excerto duma frase da Zita ?

    O RRio fez crer a muitos militantes do PSD que sabia muito bem o que será melhor para o país e para os tugas, que seria oposição acérrima ao AC-DC e à geringonça, mas afinal não sabe o que quer e permite rédea solta a este desgoverno. Não vai surpreender positivamente. A sua imagem e o “ar” estouvado, “aéreo” (tal como o seu amigo AC-DC), não criam empatia.
    Também Santana não seria muito melhor. O PSD precisa dum líder.
    A ACristas está já no terreno a colher apoios de indecisos na área social-democrata.

    Gostar

  7. Procópio permalink
    10 Abril, 2018 15:58

    MJRB “O RRio fez crer a muitos militantes do PSD que sabia muito bem o que será melhor para o país e para os tugas, que seria oposição acérrima ao AC-DC e à geringonça, mas afinal não sabe o que quer e permite rédea solta a este desgoverno”.
    Repito, o rio está a fazer bem o que lhe mandaram.
    Mandaram-lhe destruir o partido e apoiar a geringoça até ver.
    O até ver é fluido, a situação internacional é flutuante, intrigante. Resultará daí grande conflito, duvido, barulho sim. Eliminar umas armas ferrugentas com inocentes pelo meio talvez. Foste tu, fui eu, foste tu mais eu.
    A última sarrafusca.
    “A group of ships of the US Navy has appeared at a distance of 150 miles from the Tartus region. It is common in international practice potential participants of events in the area should be notified accordingly in advance. Suspense.
    A grande questão não é bélica, é económica.
    “The Ruble has collapsed to its weakest against the dollar since Dec 2016, crashing over 8% since the last round of US sanctions hit”
    A Rússia vai importar menos. as exportações descem.
    “President Xi’s speech at the Boao Forum outlined that the Chinese government intends to make a number of policy changes, including lower import tariffs for automobiles and other products, increase market access for foreign investors, strengthen protection of intellectual property rights, and create a more attractive investment environment for foreign investors. President Xi said implementation should be “as soon as possible” suggesting swifter implementation than before. Xi used his speech to dial down tensions on trade, framing a package of measures to open China’s economy”. Afinal o dragão encolhe as garras.

    Gostar

    • 10 Abril, 2018 17:30

      Procópio,
      se o RRio está dependente do que lhe mandaram (o seu amigo AC-DC ?), então terão combinado “ambos os dois” para o tipo dos pópós o cargo de vice-PM ?

      Por coincidência com o seu comentário, esta manhã surgiu-me mais uma vez essa conclusão, a economia no centro do furacão. Mas também surgirá, não duvido, conflito bélico internacional a sério e…como prevejo há muito, terá origem no Médio Oriente.
      Noutra latitude, não confio no tipo da Coreia do Norte: creio que fará tábua rasa do diálogo que tiver com o destravado DTrump e carregará no botão inicial.

      Gostar

      • 10 Abril, 2018 18:18

        MJRB,

        Não deixou de acertar. Contudo lembre-se de que o prestidigitador aponta para a assistente em meias calças enquanto tira o lenço da manga.

        Todos querem o conflito mas ninguém quer ter o ónus de o começar.

        Gostar

    • 10 Abril, 2018 18:26

      Procópio,

      O Rio não precisa de destruir o PSD. Aliás, deve manter-se na liderança tanto quanto possível. Assim, para o Soros, quer seja o Costa ou o Rio, tem personagens vil-de-vergonhas na calha do poder.

      Até a Marisa Mentias do Bloco de Esterco é considerada por ele uma aliada. Tem a chave para fechar alianças de poder. [Escarralhada aliada ao crapulismo especulador internacionalista. Quem diria! ;)]

      Desta vez, em 2019, não será necessário dar ordens ao Martelo para não dar poder ao Passos Coelho. Seja Costa ou Rio, tanto lhe faz. Rio é o seguro de vida. Melhor do que Seguro, mais domável do que Passos.

      Gostar

      • 10 Abril, 2018 18:43

        Ainda um “poucochinho” incrível, estar Portugal (e muitos países) dependente de aventureiros, incompetentes, mentirosos, oportunistas, Responsáveis, como se sabe, os tugas ignorantes, indigentes e submissos que acefalamente ou por interesses pessoais e corporativos elegem e reelegem essa “classe” político-partidária.
        Às vezes e porque ineficazes as minhas opiniões e eventual comprometimento social perante máfias castradoras, dá-me vontade de mandar quase tudo isto às malvas, tenho mais que fazer e pensar.

        Gostar

  8. 10 Abril, 2018 19:43

    Será que o que “une” a “classe” política tuga e internacional mais os seus patrocinadores, acólitos e yes man é o uso de gravatas azul-celeste, bem notadas desde há cerca de 2 anos ? Ou falta de personalidade de cada um deles ?
    Hoje, com a Theresa May, lá esteve no “10” o AC-DC com gravata daquela cor…

    Gostar

    • Mario Figueiredo permalink
      11 Abril, 2018 01:30

      Eu nem consegui olhar para a gravata. Ali estava o caramelo com aquele sorriso típico de arnês e com a pele da cara polida, quase de certeza num car washing tal o brilho, que só conseguia pensar, “foda-se, que este gajo é mesmo feio!”

      Gostar

  9. Arlindo da Costa permalink
    10 Abril, 2018 19:52

    De facto, o 25 de Abril – o golpe militar do MFA e a revolução popular que lhe seguiu – foi a seguir à Revolução Americana e Revolução Francesa, a mais importante revolução das democracias liberais e que teve como sequência directa a queda de várias ditaduras europeias e latino-americanas, para além dum impulso da descolonização.

    Festejar o 25 de Abril é festejar, acima de tudo a Democracia e a Liberdade.

    Mesmo para os fascistas, nacional-bolchevistas e «neo-liberais» à moda de Fornes de Algodres que por aqui passam ou vegetam…

    Gostar

  10. Procópio permalink
    10 Abril, 2018 20:06

    MJRB
    “Ainda um “poucochinho” incrível, estar Portugal (e muitos países) dependente de aventureiros, incompetentes, mentirosos, oportunistas”.
    Não é incrível, o atrazo do pais nos últimos 150 anos levou a isto.
    Leia Eça, a mentalidade das élites pouco mudou. Elas continuam a ser as verdadeira responsáveis. Não mande nada às malvas, nós temos um lugar e devemos bater-nos por ele até às últimas consequências.
    Francisco Miguel Colaço, como sabe Soros é apenas um dos figurões, e por acaso está na curva descendente. Há outros e outras muito poderosos como a Lagarta (Lagarde).
    São eles quem põem e dispõem, até ver. Por muito que me custe a China e a Rússia vão baralhar os dados todos. O Trump amigo do Putin, podem crer, não acreditem em encenações, ainda vai baralhar mais.
    A mudança de rumo da Europa talvez passe por uma caldeirada.
    Esta UE só nos leva ao charco.

    Gostar

    • 10 Abril, 2018 20:45

      Procópio,

      escrevi “Ainda um ‘poucochinho’ incrrível”, não explicitei bem, esse “poucochinho” é parcimonioso qb face à realidade.
      Eça ! Eça sempre ! Fiz algumas viagens para fora de Portugal com livros do Eça, nas mais longas reli-o com enorme prazer. E Camilo, também.
      O livro “De Fora para Dentro” (conhece ?) editado pelo Fernando Ribeiro de Melo (Afrodite) é extraordinário, também já me satisfez numas três viagens.
      Neste cada vez mais Portugal-faz-de-conta, hoje o AC-DC rejeitou legislativas antecipadas…
      O que está a acontecer no SNSaúde e sabidas as notícias da assistência terceiro-mundista a crianças com cancro num hospital do Porto, dá vontade reagir verbalmente de modo violento perante estes ministros.

      Gostar

  11. 10 Abril, 2018 21:08

    Porra, isto está impossível: viaja-se a convite, também para o estrangeiro, e cada vez mais uma das perguntas –gentis, claro– que nos fazem para precaver refeições (no hotel ou em restaurantes onde vão levar-nos) é…”é vegan ? Vegetariano ?”
    Respondo sempre, “carne ! Gosto de carne !”

    Gostar

  12. Luis Lavoura permalink
    11 Abril, 2018 10:43

    A dívida é uma perigosa inimiga da Liberdade.

    Grande parte dos portugueses estão fortemente endividados pela compra da casa em que habitam.

    Gostar

  13. Luis Lavoura permalink
    11 Abril, 2018 10:46

    A dívida do Estado português é cerca de 200 mil milhões de euros, o que dá cerca de 20 mil euros por português. Uma família portuguesa com dois adultos e duas crianças deve pois 80 mil euros por conta do Estado. Mas deve, muitas vezes, além disso 100 mil euros, ou mais, por via da compra da casa em que habita. A dívida privada é superior à dívida pública…

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: