Skip to content

O dia da raça é quando o homem quiser

10 Abril, 2018

tupperwareparty

Uma das coisas que mais me irrita – e hoje vou escrever sobre irritações, quem não gostar pode parar já aqui – é a conversa sobre pureza da raça. Quando este assunto é abordado pelo ponto de vista de raças humanas, fujo de imediato: pela parte que me toca só consigo reconhecer duas raças, a dos comprovadamente parvos e a dos que são só assim-assim. Contudo, o tema racial é frequentemente abordado noutros contextos, todos decorrentes da abrangência do verbo “ser”.

Eu sou liberal.
Tu és comunista.
Ela é conservadora.
Nós somos socialistas.
Vós sóis burros.
Eles são eleitores do Costa.

No plano das ideias, principalmente as ideias recauchutadas, a questão racial chateia-me, e não é pouco (sou uma pessoa sensível). O passatempo nacional da urbanidade, o que consiste, além das queixas contra turistas, na distinção da pureza das tribos das raças socialista, comunista, liberal, conservadora e outras anda a maçar-me profundamente, principalmente porque a esquerda já se deixou disso nos idos dos anos setenta, optando, ao invés, por cordões sanitários ideológicos que só foram postos em causa nas últimas eleições por um indivíduo que não se importou de se sujar para ficar como o Napoleão do chiqueiro. Cada um faz pela vida como pode, pelo que nem sequer é uma crítica, é mera característica.

Vai daí, como não me apetece repetir discursos do Álvaro Cunhal sobre o verdadeiro socialismo, tampouco me importa decidir se os novos partidos liberais são mais ou menos socialistas e, muito menos, entrar pela teoria dos conservadores contemporâneos serem os inimigos do eixo socialista-liberal para o progresso. Não digo que não entre numa ou noutra picardia de Facebook, porque, afinal, sou um gajo moderno, dos que entram em picardias inconsequentes de Facebook (é mais aconselhável do que ir abrir gabardinas à porta da escola), mas, mesmo assim, para ir à missa, prefiro a do conceito puramente religioso, a que sobreviveu centenas de anos, em detrimento desta missa progressista, quer a que vem dos auto-denominados liberais (“eu sou liberal”, “eu é que sou o presidente da junta”), quer a que vem dos socialistas (“eu sou de esquerda”). Admito que nem sempre os distingo, o que parece ser o propósito para quem quiser submeter-se ao regime. É que gente que não descansa enquanto não impõe a sua revolução racial interessa-me tanto como um glaucoma. Reaccionário? Soa-me bem.

Anúncios
41 comentários leave one →
  1. 10 Abril, 2018 22:09

    Raças, todas elas, à cata da ração diária. M’ai nada !

    VCunha, óptimo post !

    Gostar

  2. Mario Figueiredo permalink
    10 Abril, 2018 22:13

    Ok. Mas estou curioso: O que é que torna um liberal e um socialista a mesma coisa ao ponto de os confundir? É que francamente não consigo entender essa.

    Gostar

    • 10 Abril, 2018 22:15

      Fé no Homem Novo, diferentes formas de lá chegar.

      Liked by 1 person

      • Mario Figueiredo permalink
        10 Abril, 2018 23:20

        Não há nenhum “Homem Novo”, VC. O liberalismo (atenção, não respondo pelo liberalismo social da esquerda) não é o Novo Evangelho. Posso dizer algo semelhante sobre o conservadorismo e o socialismo: “Fé no Homem Antigo e a mesma forma de lá chegar”; o Homem sujeito ao poder do estado. Mas o que é que algum de nós ganha com o non sequitor?

        Aceito que infelizmente existe uma tendência para o fundamentalismo ideológico nestes novos partidos-brinquedo, mas também lamento que sejam frequentemente usados como exemplo do pensamento liberal por pessoas que se não são tão desonestas como os criadores desses partidos, só poderão ser mal-intencionadas ou ignorantes do pensamento liberal.

        O Liberalismo, tal como o Conservadorismo, não é um destino mas um caminho. Tanto um como o outro são sistemas auto-destrutivos. O objectivo é portanto o de manter um equilíbrio que garante o máximo possível de independência do estado e liberdade individual, mas no quadro inevitável de uma sociedade que não pode funcionar sem mecanismos de regulação e controle. O socialismo é precisamente o inverso e o seu estilo próprio de conservadorismo advoga o controle total do estado e o colectivismo. Não existe qualquer semelhança. Não existe nenhum Homem Novo que se compara entre ambos.

        O VC tem razão quando critica a ideologia destes partidos (*), mas perde-a quando pretende afirmar que eles refletem o pensamento liberal. Aqui há dias ouvia um feroz critico do liberalismo encher a boca com Milton Friedman. Obviamente ignorava por completo que Friedman advogava o desenvolvimento progressivo de uma sociedade liberal. Digo isto porque não só reflete a confusão que grassa por uma grande parte da intelectualidade política por aí fora, mas ajuda também a perceber a razão de ser. É que Milton Friedman foi o primeiro a falar sobre a corrupção do termo “Liberalismo” pela esquerda e a manter-se fiel ao termo tal como era usado então (anos sessenta) na Europa. O problema é que fica claro que hoje Friedman não poderia fazer esta comparação nem se refugiar na terminologia europeia para defender o núcleo do seu pensamento político. Parece que a brincar ou de propósito decidimos importar a terminologia do outro lado atlântico para definir exclusivamente o liberalismo social da esquerda norte americana e de seguida negamos todo e qualquer outro tipo de liberalismo. Das duas uma, ou é desonestidade ou é simples ignorância.

        (*) Apesar de ainda achar que deveria desviar toda essa energia para a expor a ideologia dos partidos com assento parlamentar e que revelam muitas mais e mais perigosas inconsistências.

        Gostar

      • 10 Abril, 2018 23:43

        O liberalismo clássico só pode representar nos dias presentes a abolição do -ismo. Ou seja, faz e deixa fazer. Daí que não faça qualquer sentido a existência de um partido liberal e sim de liberais avulsos que moldam tendências de partidos “não-liberais”. Como diz, isto é sobre partidos-brinquedo.

        Liked by 1 person

      • Mario Figueiredo permalink
        11 Abril, 2018 01:04

        Se qualquer empurrar um partido do centro democrático para a direita liberal é respondido com o assalto a que assistimos nos dois últimos anos, seguido da eleição de um novo presidente com tiques socialistas e para limpar a casa, não vale a pena ficar à espera de um messias. A coisa está viciada (e está mesmo!).

        Não vejo qualquer problema em criar um partido que se afirme de forma clara como liberal. Concordo que esse não pode ser o seu enfoque, até porque a realpolitik moderna obriga a compromissos. Mas pode perfeitamente estar na sua génese doutrinária. Da mesma forma que se pode moldar o espírito liberal de um partido existente, também se pode criar um novo partido com o mesmo molde.

        É bem certo que esse partido nem sequer se vislumbra nestas novas criações. Mas também é bem verdade que não existe em Portugal nenhum partido que promova (quanto mais pratique) o liberalismo clássico.

        Gostar

      • 11 Abril, 2018 01:28

        Oh figueiredo, você esta a ouvir a imprensa a chamar os supostos partidos liberais de racistas, xenófobos, islamofóbicos, machistas e por ai a diante ? Se não, então é porque eles não vêem para mudar coisa nenhuma . Quer se chamem “liberais”, “conservadores”, “cristãos” ou que quer que seja

        Gostar

      • Mario Figueiredo permalink
        11 Abril, 2018 01:32

        MG, não acertas uma. Para lá de fumar essa merda.

        Gostar

      • 11 Abril, 2018 02:16

        Elucide-me oh Dom figueiredo de la Mancha. Mas deixe-me adivinhar os seus moinhos são bons, justos e não se deixam corromper. Os moinhos à sua “esquerda” são maus injustos e corruptos. Ora, não precisava de gastar tanto “papel” na sua retórica pseudo-erudita.

        Gostar

      • Churchill permalink
        12 Abril, 2018 11:13

        Deixem fazer um bloco de Direita, pode ser que entre aldrabices e opções avulsas sem coerência se consigam sacar uns votos a alguns descrentes que já não se dão ao trabalho de ir meter uma cruz no papel.
        Até podem ir buscar familiares de terroristas, que também os há liberais.
        No fim, ou pelo meio, fazem-se umas geringonças de direita, em que todos estão contra todos mas continuam a fingir que estão unidos, e pode ser que não apareçam Sampaios a dissolver Assembleias com maioria absoluta e com governo do partido mais votado.

        Se mais não for, pelo menos para chatear a escumalha que domina o jornalixo

        Gostar

  3. 10 Abril, 2018 22:42

    Muito inteligente

    Gostar

  4. Procópio permalink
    10 Abril, 2018 23:35

    A raça é fraca. A situação é crítica. As burras vão avançando na idade, ficam menos férteis, os machos andam doidos, cheios de pó, apanhados pela obsessão do género, viram a cara para o lado e apresentam fraca disponibilidade.
    É vulgar vê-los na tevê a zurrar com maior ou menor intensidade.
    Estão cá desde a Idade de Bronze. Chegaram à Europa no quinto milénio antes de Cristo, divididos em dois grandes grupos, o Equus asinus europeus, com origem mediterrânea, mais activos, situados a norte e o Equus asinus africanus, proveniente da bacia do Nilo mais descansados, disfrutam da planície alentejana.
    Os nortenhos são utilizados em serviços de carga e transporte. Os outros nem para isso servem, deitam-se por baixo dos chaparros e puxam quase sempre para a esquerda.
    Acabam por bater nos muros.
    Não se vê meio de mudar a sua sina que ainda assim atraem alguns turistas
    Há mesmo quem tema a extinção da raça.
    Dizem as más linguas a ração pode falhar por um longo período. Espera-se que não morram quando já estiverem quase habituados à inanição! A esperança é a última a morrer!

    Gostar

  5. Arlindo da Costa permalink
    11 Abril, 2018 00:28

    Desconfio muito daqueles que dizem que não são «racistas»….também no tempo de Salazar todos eram «portugueses» , desde os fulas, os madeiras, os bantas, os papéis até aos malaios e monhés….eram todos da mesma «raça» 🙂

    Gostar

    • 11 Abril, 2018 01:02

      Há quem ache que o sexo é uma “chatice” de uma construção social e que nada difere os homens das mulheres , e há também quem ache que as raças o mesmo.
      Enfim diferentes degraus de prugressismo…
      Os soviéticos também pensaram a mesma coisa quando criaram a Jugoslavia.
      E o caro vitor tanto se sente confortável rodeado de gente da sua aldeia, como rodeado de ciganos.

      Gostar

      • 11 Abril, 2018 06:54

        Desde que não esteja lá você.

        Gostar

      • 11 Abril, 2018 15:11

        Não frequento festas ciganas, esteja descansado vitor. As suas filhas menores terão toda a possibilidade de desposar um belo espécime sénior cigano e dar-lhe muitos netinhos.

        Gostar

    • 11 Abril, 2018 01:03

      pardon, desvio da correspondência…

      Gostar

    • 12 Abril, 2018 12:02

      E mesmo de desconfiar dos “racismos”. O Ar-Lindo é um dos exemplares mais “racista” que aparece neste blogue. Não há post que ele não chame de “fássistas, xenofobos,”neoliberais” conservadores, quase nazis” a todo e qualquer que comente nem que seja com um simples bom dia. Ele é o paradoxo aplicado ao mentiroso. Quando um mentiroso diz que mente, está a dizer a verdade ou a mentir?

      Gostar

  6. 11 Abril, 2018 00:39

    Na caixa de comentários do El pais (uma coisa muito mal frequentada, como adiante verão) um espanhol (já isto diz muito da qualidade dos indivíduos que frequentam aquele ciberespaço…) um bocado parvo (cá está!…), referiu-se ao portugueses como complexados (coisa que aceitei) e com pouca casta.
    Aí passei-me. O debilóide burcalho deveria saber que em Portugal temos bastantes e boas castas de uvas, de azeitonas e de touros. Foi o que lhe disse.
    Vai daí, o safardanas espetou na pantalha com um vídeo de uns mari conços a cantar uma coisa que dizia cara al sol, ou coisa assim.
    Vai daí que e, que não sou nada parvo, conclui que os comentários do El pais são frequentados por abomináveis selvagens de Benalmadena com más inclinações para a (digamos assim, com muita elegância), para a dança…

    Pronto. Por mim, nunca mais leio a caixa de comentários do El coiso, nem vou a Espanha. O que mais me faltava!…
    Passem bem!
    Fónix, má raça…

    Liked by 1 person

    • 11 Abril, 2018 00:45

      Post Scriptum: Tive vergonha de perguntar, mas gostava de saber o seguinte. Quando dizes que ‘o dia da raça é quando o homem quiser’, referes-te a que caramelo em concreto? Hum?

      Gostar

    • PiErre permalink
      11 Abril, 2018 21:09

      Espanhóis e Portugueses somos todos Celtas.

      Gostar

      • 12 Abril, 2018 08:06

        Só havia povos celtas ou celtiberos no norte, noroeste e no Algarve da Península Ibérica. O resto dos povos da Península não o era.

        Gostar

  7. 11 Abril, 2018 01:02

    Há quem ache que o sexo é uma “chatice” de uma construção social e que nada difere os homens das mulheres , e há também quem ache que as raças o mesmo.
    Enfim diferentes degraus de prugressismo…
    Os soviéticos também pensaram a mesma coisa quando criaram a Jugoslavia.
    E o caro vitor tanto se sente confortável rodeado de gente da sua aldeia, como rodeado de ciganos.

    Gostar

  8. Artista português permalink
    11 Abril, 2018 09:10

    Como pretenso artista, confesso que de raças percebo pouco. Mas desconfio que a única raça que cresce e se desenvolve cá no burgo é a dos parasitas. Cá para mim, tudo o resto é sexo dos anjos e enquanto não se extinguir a dita raça não se vai a lado nenhum, e se se for será no sentido de um Maduro qualquer…

    Gostar

  9. Mário Fernandes permalink
    11 Abril, 2018 09:53

    Excelente post.

    Gostar

  10. Aventino permalink
    11 Abril, 2018 15:22

    Com tão mavioso embalar, o costa teve o talento de vos pôr a dormir que nem bébés.

    Gostar

  11. Procópio permalink
    11 Abril, 2018 16:36

    Dormir em qualquer posição é o que o tuga gosta.
    https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcRKLw92jSa9nXJ44mPPJgVeFcwxPh-ALC8-X-vU6Kuy439zY6DggQ

    Gostar

  12. 11 Abril, 2018 17:14

    Terei percebido mal o MCenteno no debate de hoje ?, estão ou não estão 20 milhões de euros já atribuidos mas “congelados” para serem aplicados no hospital no Porto onde estão crianças com doenças oncológicas ?

    Gostar

  13. Juromenha permalink
    11 Abril, 2018 17:34

    O “cão vadio da Europa”…e a problemática da “raça” ( que diabo, desde o sec.XIV, mais ano, menos decénio , que os dados estão lançados…
    Quanto à infâmia criminosa do S.João, nada mais que ler Pedro Arroja, no “Portugal Contemporâneo”.
    Mas o que interessa é o Sporting e demais futebóis….povo menor, irremediavelmente menor…se calhar tem a ver com o tal sec. onde se inscreve mil quatrocentos e carqueja…mas não se diz porque é pulhiticamente incorrecto e a cobardia oficial e oficiosa a isso obriga.

    Gostar

  14. Procópio permalink
    11 Abril, 2018 18:08

    “A situação a que se chegou na pediatria do HSJ estaria em vias de estar resolvida se a administração do HSJ (com a cobertura do Ministério da Saúde, pois este tem poderes para lhe dar ordens) não estivesse a bloquear, desde há dois anos, uma obra que é de todos os portugueses, e para ser dada às crianças internadas naquele Hospital”. Pedro Arroja. Portugal C.
    Há governantes de fraca raça, o da saúde é abjecto. A saúde está um caos. Não se sabe ao certo porque se morre, está-se dispostos a sofrer. É a sina.
    Já em La Lys os desgraçados dos soldados, mal equipados, mal preparados foram dizimados em oito horas pelo ataque do exército alemão. Houve em França quem fizesse gala de estupidez tamanha e transformasse o episódio num feito glorioso.
    O espesso doura a pílula, mas foi mesmo muma debandada, uma vergonha.

    http://expresso.sapo.pt/sociedade/2018-04-03-A-batalha-de-La-Lys-nao-foi-uma-vergonha

    Do celinho ao Afonso Costa não se adiantou um milímetro.
    Não passou de uma tragédia, ainda hoje se contam anedotas em Londres sobre o assunto.
    Se voltassemos ao mesmo, o celinho pelos vistos repetia a façanha.
    A continuar assim a raça extingue-se.

    Gostar

  15. Procópio permalink
    11 Abril, 2018 18:55

    Conversas entre outras raças malucas.

    T
    Olha que te vou mandar umas bojardas!
    P
    Mais para a noite, estou a beber vodka com o Patriarca.
    T
    Sim à noite é melhor, vais ver como brilham no céu!
    P
    Não vão chegar cá.
    T
    Tá bem… só quero estardalhaço e muitas fotos!
    P
    Para nós está OK. Vai subir o pitrol
    T
    Para nós também, o fracking é que está a dar

    Amigos como dantes.

    https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQ8OK2el020TwEE6Ah1mIwRZtel750Ez17Na_pPRwqHkWnTH7gC

    Gostar

  16. 12 Abril, 2018 00:42

    Estamos na antecâmara dum conflito bélico a sério !? Theresa May convocou o Gabinete de Guerra, Macron e Trump afirmaram o que se sabe, Putin idem, o garoto da Coreia quer premir o botão.
    O melhor será começar a comprar bastantes tupperwares (como as damas da imagem do post) para congelar comida, armazenar uns enlatados e ter cuidado com viagens aéreas no Médio Oriente e na Ásia.
    “A não ser” que o MCThomaz intervenha rapidamente e com afectos convença a May, o Macron, o Trump, o Putin e o tipo da Coreia (a Merkel não pode ficar esquecida) para um chá em Belém.

    Gostar

    • Churchill permalink
      12 Abril, 2018 11:21

      Isso, enviamos para lá o bananamen que às tantas eles já nem sabem de quem gostam

      Gostar

  17. Procópio permalink
    12 Abril, 2018 11:13

    P
    É pá está bom para reuniôes e mais reuniões, nem sei se tenho tempo para tantas almoçaradas.
    A tua amiga May veste bem e tem um colar que aprecio muito.
    T
    Tem paciência, para vestir não há como a Melinda. Custa-me os olhos da cara.
    O que vale é que aqui as rotativas não param.
    Os colares da May somos nós que lhe oferecemos percebes?
    P
    Olha que a May anda muito doidona.
    E vê lá se os teus generais não põem o pé na argola!
    T
    Está tudo controlado. Os merdia nem percebem que estão a postar as minhas fake news.
    Estou a gozar à brava!
    P Quando é que fazemos as pazes outra vez?
    T
    Paz não é notícia, deixa aquecer a panela mais uns dias.
    P
    OK, tu és de uma raça pior que a minha, tens ideias do caraças.
    Não sabes é envenená-los a preceito.
    T
    Não é preciso chegar aí, no Ocidente parece mal.

    Gostar

  18. Procópio permalink
    12 Abril, 2018 11:24

    Por entre a incompetência, os truques, as manipulações o medo é que está a dar.
    Já o Robespierre decapitava muitos inocentes na guilhotina com o intuito de usar o medo para alcançar um objetivo político.
    “Se a base de um governo popular em tempos de paz é a virtude, sua base em tempos de revolução é o terror e a virtude”.
    A geringonça enquanto aspirante a governo popular manteve a paz podre. Agora os tempos agitam-se lá fora e cá dentro as hostes agitam-se sedentas de passar à segunda fase.
    Consciencializem-se: tanto neste sítio como noutros, o terror é o que está a dar.
    Eu já nem consigo gozar uma mini sem estar a tremer, cheio de medo.

    Gostar

  19. Procópio permalink
    12 Abril, 2018 11:32

    https://www.theguardian.com/world/2018/apr/12/syria-deconfliction-hotline-in-use-by-russia-and-us-says-kremlin

    Conversas amenas

    P
    É pá a Daniels anda dizer muito mal de ti.
    Se fosse comigo…
    T
    Ela estava programada para o código 005621, tinha um botãozinho atrás, era só dar-lhe corda. Sempre a mesma coisa, fartei-me. Ainda por cima cara como burro!
    P
    Então e a nossa guerra?
    T
    É pá esqueci-me, vou já telefonar ao cão raivoso para ladrar na CNN
    P
    Cão que ladra não morde!
    T
    Era só o que faltava. Então e o meu golf na Florida!

    Gostar

  20. Procópio permalink
    12 Abril, 2018 12:47

    De um lado muita parra, ruído, mas o jogo é outro $$$

    “The volatility prompted the Russian central bank to halt foreign-currency purchases under a budget rule aimed at insulating the economy from swings in oil, Russia’s main export. The Finance Ministry canceled its weekly bond auction for the first time since the 2015 collapse in crude prices. Auctions will resume when the market stabilizes, the ministry said in a statement late Tuesday”.

    The sanctions aren’t just increasing, they’re turning into a tool of real economic war,” Prime Minister Dmitry Medvedev told parliament earlier Wednesday.
    “All Russian companies could potentially be at risk, and the impact could be quite substantial,” said Stephane Monier, chief investment officer at Bank Lombard Odier & Co Ltd. in Geneva.

    Deste lado as raças enfraquecem.
    “The greatest danger to Europe is tiredness”. Eighty years later, the same fatigue and passivity still dominate Western European societies. Edmund Husserl

    “Falling birth rates, the mushrooming public debt, chaos in the streets, Europe’s refusal to invest resources in its security and military might. Last month, in a Paris suburb, the Basilica of Saint Denis, where France’s Christian kings are buried, was occupied by 80 migrants and pro-illegal-immigration activists. The police had to intervene to free the site”.

    Gostar

  21. Procópio permalink
    12 Abril, 2018 13:03

    Atenção à nova raça de ditadores burgessos amantes de guerras intermináveis.
    Todos diferentes, todos parecidos, china, usa, rússia, turquia.

    Os gringos são os mais explícitos:

    “The guys of the reality-based community, people who ‘believe that solutions emerge from your judicious study of discernible reality are OUT.
    “That’s not the way the world really works anymore, There are empires now, we create our own reality. And while you’re studying that reality – judiciously, as you will – we’ll act again, creating other new realities, which you can study too, and that’s how things will sort out. We’re history’s actors . . . and you, all of you, will be left to just study what we do.”
    Pobres dos tugas, feitos mosquitos a enxamear o vinagre dos pulhíticos!

    Gostar

  22. 12 Abril, 2018 18:54

    Ora aí está ! O RRio mudou-se do Porto para Lisboa e eis que passado pouco tempo (hoje) os presidentes das câmaras do Porto e de Gaia anunciaram a construção de uma nova ponte entre as duas cidades. O Menezes bem a quis, mas não houve pilar do Rio.
    Precisamente no dia em que o RR apresentou o Conselho de Esrartégia Nacional do PSD. Oportunamente o Rio vingar-se-á e anuncia nova ponte, entre ele e o AC-DC

    Gostar

  23. Raghnar permalink
    12 Abril, 2018 19:39

    http://www.tvi24.iol.pt/politica/marcelo-rebelo-de-sousa/marcelo-culpa-todos-pelo-crescimento-do-estado-islamico

    Ainda diziam que Cavaco é que estava senil? Assino já a petição a pedir uma avaliação psicológica a Marcelinho…

    Gostar

  24. Procópio permalink
    12 Abril, 2018 22:56

    Claro que de tanto andar a cabeça esquenta. Tanto dá. É um pagode.
    Quanto mais indignos mais e se levam a sério. Já nem dá vontade de rir.
    Pior que o dinheiro roubado, é o senso perdido e a cegueira intencional.

    “Queria de ti um país
    onde o teu corpo fosse uma aldeia
    a descobrir novos caminhos, novos trilhos
    veredas até ao mar
    rios, riachos poder navegar
    queria de ti um país onde pudesses ser ave
    e poder assim pousar
    sentir nesse mapa por explorar
    o encanto das brumas da manhã
    beber-te em cada gota de orvalho
    e descansar como se eu fosse terra e tu árvore”.
    M. C.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: