Saltar para o conteúdo

Isto é altamente constrangedor

29 Julho, 2018

Ver um homem adulto a procurar desculpar-se fazendo  queixinhas da irmã e mais a família não sei quê!!! Queixinhas é que não!!!

Anúncios
15 comentários leave one →
  1. JMS permalink
    29 Julho, 2018 22:52

    Essa gente consegue vender a mãe ou o pai, quanto mais a irmã…

    Gostar

  2. Eremita permalink
    29 Julho, 2018 23:51

    Pois é. Mas ver uma mulher adulta, ensaísta e jornalista, a trocar “confrangedor” por “constrangedor” é altamente.

    Gostar

    • bcc permalink
      30 Julho, 2018 20:33

      Constrangedor, que é vergonha, que provoca vergonha.
      Está certíssimo.
      Ou sente-se confrangido pelo que está a acontecer ao BE?

      Gostar

  3. Carlos Conde permalink
    30 Julho, 2018 00:02

    Eremita:
    Antes de publicar aqui comentários fazias uma rápida pesquisa na net e evitavas escrever baboseiras, apesar de protegido com o pseudónimo.

    Liked by 2 people

  4. procópio permalink
    30 Julho, 2018 00:44

    É caso para os eremitas não saírem do buraco.
    A hipocrisia destes patifes robles e & atingiu proporções avassaladoras.
    Por eles não vão parar.

    Gostar

  5. Eremita permalink
    30 Julho, 2018 01:50

    De facto, falhei.

    Gostar

  6. Mario Figueiredo permalink
    30 Julho, 2018 02:22

    Isto de fazer sempre política montado num corcel de superioridade moral, só pode resultar num exercício de hipocrisia. Simplesmente, não é possível a um pessoa conduzir a vida sem que se esperem falhas de carácter. Muito menos será possível conduzir toda uma estrutura partidária composta por centenas de pessoas.

    Mas o que distingue a maioria das pessoas, é que elas não se escondem por detrás de uma beatitude moral que tentam impor aos outros, para esconder os seus vícios e fraquezas. A maioria das pessoas simplesmente não monta cavalos brancos e tenta preocupar-se mais com o seu valor pessoal do que com o valor dos outros. E se não o fazem e são descobertas, normalmente encolhem-se de vergonha e desaparecem.

    Mas o Bloco de Esquerda é um partido que decidiu sustentar todo o seu discurso político na imensamente frágil narrativa da moralidade. Pior, fá-lo recusando qualquer noção de conservadorismo. Pelo que, ao contrário de outros partidos que procurariam de imediato se demarcar do flagrantes acções dos seus dirigentes, o Bloco de Esquerda, não sabe fazer outra coisa senão lutar contra o que não pode nem deve ser combatido.

    Discute-se ultimamente a importância, ou fala dela, da ideologia na vida politico-partidária. Os seus malefícios e não sei mais o quê. Existe por aí um pensamento (incluindo de alguns dos colaboradores no Blasfémias) que a ideologia politica é um entrave à acção partidária e que tende a tornar os partidos rígidos. E se não bastasse, a ideologia tende a fomentar pensamentos políticos demasiado abrangentes que não podem ter qualquer base de sustentação ideológica. A titulo de exemplo, usa-se o aborto com alguma frequência, como exemplo de um tema que não pode ser objectivado no contexto de uma ideologia político-partidária.

    Mas é precisamente a falta de ideologia que permite o surgimento de partidos como o Bloco de Esquerda, assentes exclusivamente em dogmas escolhidos a la carte. E a falta de ideologia politico-partidária leva também qualquer partido a ter sempre que se posicionar como um adventista moral. Porque essa é a sua única forma de gerar eleitorado.

    A ideologia é muito mais do que um conjunto de ideais. A ideologia é um sistema de ideais. É portanto a aplicação de princípios científicos ao pensamento político. A ideologia forma-se com base em premissas, é argumentada, é constantemente testada, a sua base teórica repetidamente adaptada. É discutível, criticável, sujeita a escrutínio. É toda ela um processo orgânico. Se alguns depois praticam mal esta ciência e geram ideologias politicas francamente deploráveis, é precisamente porque a ideologia política é um processo obtido a partir dos mesmos processos que permitem avançar o conhecimento cientifico, que é possível perceber quando alguém como Karl Marx escreveu uma quantidade imensa de baboseiras, da mesma forma que é possível observar as tremendas falhas de raciocínio De Perceval Lowell quando este descrevia os “canais” de Marte.

    Se a ideologia política obriga alguém também a ter que pensar o aborto e a posicionar-se com base num argumento ideológico, isso é positivo. Não é negativo. É a tentativa de criar uma solidez e equilíbrio de pensamento e de acção.

    Já os dogmas em que partidos como o Bloco de Esquerda assentam toda a sua carga política — e uma forma de fazer política, a política de causas, que algumas pessoas parecem querer insistir em defender — não são mais do que pequenas notas soltas, nascidas no seio dos vários pensamentos ideológicos e de lá retiradas e baralhadas. Estes partidos e esta forma de fazer política geram inevitavelmente este tipo de pessoas e este tipo de hipocrisia. Precisamente porque não pensam a política, apenas a fazem, valem-se do cavalo da moral, mas esquecem-se que nunca ninguém o conseguiu dominar. E depois, a sua fraqueza ideológica impede-os de reduzir os seus quadros quando alguém prevarica. Afinal, é fácil defender-se o que não é defensável, quando não estou amarrado a um verdadeiro pensamento político, mas apenas a um conjunto de dogmas quer posso manipular à minha vontade.

    Peço desculpa pelo posto longo.

    Liked by 1 person

  7. oscar maximo permalink
    30 Julho, 2018 07:59

    A culpa foi da Cristas que fez a lei que permitiu o despejo dum inquilino, ou até de Deus, por ter dado ao Homem o livre-arbítrio.

    Gostar

  8. 30 Julho, 2018 09:06

    Queixinhas, aldrabão, trafulha, inquisidor e, sobretudo, um miserável sem coluna vertebral.
    Especulador asqueroso que, armado em virgem impuluta, esperava o dedo acusando os outros dos seus crimes.
    A esquerdalhada não tem emenda. GT GT VT

    Gostar

  9. vitor permalink
    30 Julho, 2018 09:40

    Os bandidos do Bloco mostraram a sua verdadeira face; montados numa suposta superioridade moral, fazem o que sempre os comunistas fizeram quando no poder: arrogam-se os privilégios que negam aos outros. São uns verdadeiros bandidos, bandalhos, agora que chegaram ao poder montados numa classe média acrítica, constituída sobretudo por professores, reformados de luxo, enfermeiros e restante gente que vive do que o Estado tira a uns para dar a outros, mostram a sua verdadeira face. Inquisidores, ditadores, déspotas, bandalhos!

    Gostar

  10. Rogerio Alves permalink
    30 Julho, 2018 10:19

    Vou dar uma de chato e por isso peço desculpa antecipadamente: mas, por acaso, acho que deveria ser “confrangedor”…

    “Como pode verificar em qualquer bom dicionário, confrangedor quer dizer «angustioso, aflitivo», enquanto constrangedor significa «que constrange», isto é «que obriga», «que coage», «que violenta», etc. Exemplificando: É confrangedora a situação daquela família. Para uma criança é constrangedor qualquer trabalho impróprio da sua idade.”

    Gostar

    • Mario Figueiredo permalink
      30 Julho, 2018 10:51

      Se a autora pretendeu expressar o seu próprio sentimento em relação ao assunto, concordo consigo. Se, pelo contrário o titulo se refere ao Robles, então parece-me correcto já que o comportamento dele se revela constrangedor.

      Como não vejo nenhuma razão para acreditar que HM está confrangida com esta situação e a situação ironizada ajuda a perceber isso mesmo, a natureza do titulo torna-se óbvia e não me parece haver nenhum erro aqui.

      Gostar

    • bcc permalink
      31 Julho, 2018 02:42

      Mas, constrangedor abarca também a ideia de vergonha, por a pessoa, ou outrem ficar embaraçada, isto é, presa.

      Gostar

  11. Eremita permalink
    30 Julho, 2018 11:45

    Concordo com o Mário Figueiredo, apesar de ter sido eu a lançar esta magna discussão.

    Gostar

Indigne-se aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: